Contos de Cora Coralina

Cerca de 593 frases e pensamentos: Contos de Cora Coralina

Cidade de Goyas (Goiás Velho)

Hoje, eu fui o menino de cabelos brancos,
que andou na ponte da menina feia (Aninha)
poetando suas lembranças em cânticos
do rio vermelho e das serras que recitam poesia em ladainha
E lá em sua janela a figura dela, Coralina, de versos românticos
tão meigo, tão terno, tão teu... que alegria
poder caminhar nos teus passos semânticos
das ruas indecisas, entrando e saindo em romaria
em trovas dos teus larguinhos e becos tristes
ouvindo os cochichos das casas encostadinhas
fui cada trepadeira sem classe, que vistes
cada morro enflorados, lascados, grotinhas
fui cada muro da ruinha pobre e suja, momentos tão teus...
Eu,
só quero te servir de versos, meus...

© Luciano Spagnol

poeta do cerrado
A Cora Coralina (paráfrase)
Após minha primeira visita a sua cidade
09/06/2015, 19’13”
Cidade de Goyas

Luciano Spagnol - Poeta mineiro do cerrado
Inserida por LucianoSpagnol

A FIRMEZA DE ANINHA.
( de Madalena Ferrante Pizzatto )

Aninha ajuntou pedras,
das pedras fez sua escada,
com firmeza subiu alto.
Entre pedras com firmeza
plantou e cultivou rosas.

Com firmeza entre pedras
edificou sua história.
Uma pedra foi seu berço
morou na casa de pedras.
Aninha comeu pedras
com seu marido de pedra
e teve filhos de pedras.
Viveu seus anos de pedra
com pedras no seu caminho.

As pedras duras e rudes,
esmigalharam Aninha
Com firmeza fez seus versos
que brilharam nos poemas.
E com firmeza se fez,
doce Cora Coralina.

* Uma releitura do poema PEDRAS ( de Cora Coralina )

Madalena Ferrante Pizzatto
Inserida por MadalenaPizzatto

Minha mensagem de formatura

Lembro-me das histórias que ouvia quando era pequena e não entendia qual o sentido delas, hoje percebi que cada uma tem um significado e delas retirei alguns aprendizados para a minha vida: Chapeuzinho Vermelho disse que a estrada é longa e deserta; com a Bela Adormecida aprendi que quem dorme demais não vê a vida passar; a Cinderela me ensinou a não desistir dos meus sonhos, pois eles não caberiam em mais ninguém, como um sapatinho de cristal; a Branca de Neve me ensinou que se tenho amigos, jamais estarei sozinha; e finalmente com a Bela entendi que enfrentarei feras na vida, mas que isso não me impeça de realizar o meu final feliz.

Nadjane Moraes
312 compartilhamentos

CONFESSO QUE AINDA ESPERO…


Algum cavaleiro armado…
Sim, um príncipe encantado
montado num alazão,

que me desperte o desejo,
me ressuscite num beijo…
Me leve desta prisão!

Mas “para sempre feliz”,
do jeito que eu sempre quis,
é na verdade ilusão.

Amor pra mim é um mito,
em nada disso acredito…
E me devora o dragão!

Verônica Miyake
14 compartilhamentos

Até hoje não entendi,
se era minha fascinação
ou a distração dos outros,
que faziam dela,
a mais linda das solitárias.

Para mim,
ela era perfeita,
linda, doce, sexy,
mas a solidão era sua rotina.

Eu não compreendia tal combinação,
mas creio que seu jeito,
fascinante no olhar,
nos lábios,
no andar,
vinham justamente de sua solidão.

Talvez por isso,
ela,
mesmo sem perceber,
tomava atitudes para manter-se só.

Ela flertava com a solidão,
ela maquiava-se de solidão.

Marco Paschoal

Muitos esperavam dela uma garota perfeita,aquela princesinha dos contos de fada, que fala baixinho e é toda delicada.Porém tudo o que encontraram foi uma garota comum,imperfeita,que é meio desastrada e toda espivitada.Mas mesmo assim conseguiu fazer amigos,poucos e bons.Sua família não é a melhor,e nem a pior,é única e sempre está ao seu lado quando precisa.Seus amores foram bons enquanto duraram,mas terminaram para dar espaço para aqueles que ainda viram.E assim ela vai seguindo a vida cheia de altos e baixos,buscando a felicidade ao lado das pessoas que ama e fazendo as coisas que gosta.

Andressa Siqueira
25 compartilhamentos

Sempre fui o tipo de menina sonhadora. Aquela que assistia mil vezes cada um dos contos de fadas, usava os velhos vestidos da mãe para se vestir de princesa e criava um mundo de "faz de conta" na cabeça. Uma criança que vivia no mundo da lua, no mundo dos sonhos, da imaginação... Cresci, e continuei igual. Eu queria tanto, mais tanto, um casamento lindo e perfeito com tudo que tinha direito, inclusive, é claro, um príncipe para chamar de meu. Eu idealizei esse dia. Idealizei o casamento, a vida toda. E idealizava o príncipe também, perfeito, como nos contos de fadas. Pois nos contos o príncipe só vem para trazer a felicidade eterna. Hoje, faz UM ANO que estou casada. Bodas de papel. O dia oito de Junho foi inesquecível, um momento mágico para sempre. A realização de um sonho, a concretização de um momento ansiosamente esperado por quase todos os dias da minha vida. Lembro desse dia com emoção e com gratidão, por Deus ter me permitido vivê-lo. Pois bem, mais disso tudo, acho que todos já sabem. A pergunta que escuto quase todos os dias desde que casei é: "E ai? Como está a vida de casada?" É claro que nessas horas, eu resumo com um simples "vai bem". Mais a verdade é que em um ano, já tenho muito a dizer. A primeira é: Não, não é um conto de fadas. E também não, meu marido não é nenhum príncipe e nem consegui o meu "Felizes para sempre". Muitos dizem que o primeiro ano de casamento é uma constante lua de mel. Mais na realidade eu acredito que seja um dos mais difíceis. É difícil aprender a conviver com os defeitos e diferenças a cada dia, é difícil entrar em acordo com tudo que o outro decide, fala, pensa... E é difícil se acostumar com os problemas, responsabilidades e dificuldades que essa nova realidade traz. Mais é exatamente por não ser fácil, que é tão importante. Foi neste primeiro ano que vimos que precisamos um do outro para caminhar e para sermos felizes, que precisamos saber ouvir, nos calar muitas vezes, baixar a guarda, entender e aceitar as diferenças, respeitar as fraquezas, abrir mão de algumas coisas, aprender a gostar de outras... É como um barco, os dois tem que remar, sempre. Só assim o barco vai em frente. Em um ano, aprendemos o verdadeiro significado de amor. Amor não é gostar de alguém perfeito para nós. Não é ter alguém que te agrade sempre. Amar é quando conhecemos os piores defeitos de alguém, e mesmo assim queremos estar juntos. Amor é cuidado, é respeito, é construção. Uma construção que precisa de uma base forte e bem feita, bem trabalhada. Relaciono essa base a esse primeiro ano. Eu poderia escrever aqui um texto perfeito relatando só coisas boas e maravilhosas. Mais preferi descrever a verdade. A verdade é que tivemos momentos lindos e felizes, de alegrias, sorrisos e diversão. Passeamos, viajamos, fomos ao cinema, dormimos agarradinhos, comemos muito brigadeiro e pipoca na cama assistindo tv, brincamos, conversamos, desabafamos... Mas também choramos, discutimos, gritamos, discordamos.... Enfim, uma vida real, de um casal real, com protagonistas reais.

Nathalia Andrade
15 compartilhamentos

"Parece-nos que de todos os contos de fadas nenhum contém uma verdade moral tão vital quanto a velha história, existente em muitas formas, de A Bela e a Fera. Nela está expressa, com toda a autoridade de uma escritura humana, a verdade eterna e essencial de que até que amemos uma coisa em toda a sua feiura não podemos tornar bela.".

G. K. Chesterton

Esquece os contos de fadas com pessoas perfeitas, vidas perfeitas, "felizes para sempre" e finais felizes. A vida não é um conto de fadas, nenhuma pessoa é perfeita, nenhum relacionamento entre duas pessoas será totalmente perfeito e não existem finais felizes. A vida ás vezes é dura, as pessoas ás vezes erram, a felicidades ás vezes dura pouco e os finais a maioria das vezes machucam. Nenhum relacionamento é só amor, paixão e perfeição. Todo relacionamento tem suas fases boas e suas fases ruins, tem seus altos e baixos. Tem momentos que parecem que não vamos aguentar mais e tem momentos que só temos vontade de estar mais e mais perto. Tem momentos que queremos desistir e tem momentos que só queremos abraçar a pessoa e nunca mais soltá-la. Esquece os contos de fada e se concentre na realidade: o amor é imperfeito. Você vai amar, vai rir, vai chorar e vai voltar a sorrir. Vai ter amor, vai ter carinho, vai ter beijos, vai ter erros e vai ter perdão. Se é realmente amor você tenta, você suporta, você aguenta, você não desiste. Se é realmente amor vocês vão superar os obstáculos, vão vencer as dificuldades, vão dominar os contratempos, vão suportar a turbulência. Esquece o "felizes para sempre", o "para sempre" nem sempre chega, então se concentra no "felizes por agora" e aproveite a pessoa que está ao seu lado.

Bárbara Flores
13 compartilhamentos

A culpa é dos contos de fadas, que quando criança me fez acreditar que um dia eu iria encontrar o meu Príncipe Encantado e, ser feliz para sempre. Cresci com isso na cabeça. Procurei por todos os cantos o meu príncipe e, só encontrei os cavalos. Levei alguns coices até desistir. Chega! Essa história de 'Príncipe Encantado' cansou minha beleza. Cansei de brincar de esconde-esconde. Tenho certeza que ele deve estar por aí, dentro de algum armário com um bofe bem fortão. Tudo bem, eu não queria o príncipe mesmo. O príncipe dá muito trabalho, tem muita bruxa querendo pegar ele. Eu quero o sapo, pelo menos ele não dá tanto trabalho e, é bem mais fácil de cuidar.

Amanda Sanches

Qual mulher não é deslumbrada pelos contos de fadas, carruagens e pela fantasia da igreja católica que tendenciou o casamento aos sonhos? A delicadeza da mulher é atemporal, independente da cultura em qualquer lugar do mundo. Subestimar os valores, engolir o choro e conter sensibilidade num escudo da contracultura em meio as decepções, não apagam a busca do homem ideal. Mulher costuma enfeitar os desejos porque necessitam de atenção. Idealizam príncipes por se espelharem na perfeição. Contam repetitivas histórias por detalharem cada gesto de carinho. Cultivar o romantismo é coisa de mulher! E a magia que envolve o mundo feminino é voltada ao encontro daquele que preencha todos os predicados sonhados. Requisitos orquestrados desde a infância até o dia de sua chegada. Que não importa se vem no cavalo branco, de carro ou a pé. A realeza do homem está na sua integridade

Dani Leão

Sou mais rede do que sofá, pé no chão e salto 15 na mão. Sou cabelo grande como nos contos de fada, também sou coque de princesa. Sou minha majestade e gosto de me realizar. Sou mais noite de lua cheia e manhã de sol nos horizontes do mar, rio ou cachoeira. No mais, sou "sombra e água fresca". Sou mais um roseiral do que jardim de flores no campo. Sou um borboletário ao ar livre em metamorfose sentimental. Sou o pote de fé no arco-íris. Sou aquarela. Sou coração que transborda amor à procura da razão. Sou mais doce que salgado, mais coca cola do que suco. Sou fruta tirada do pé. Sou mais água de coco, água, água com limão. Sou transparente e intensa. Muitas vezes dura. Sou esmalte forte, cor vibrante e quente, vermelho. Sou arrepio à flor da pele, suspiro, sinto com o espírito o desejo de minha alma. Sou coragem a pulsar valente, impulso e decisão. Não sou de ficar em muro, prefiro derrubar barreiras. Sou àquela que não passou na fila da paciência, e que engole mais de mil budas na tolerância. Sou mistério e magia. Teimosia. Sou inteira, não nasci para ser metade. Bem-me-quer ou não te quero. Sou dias de chuva com pipoca, chocolate branco e netflix. Sou maresia, cheiro de mar e conchinha. Barulho de ondas e vista pro oceano. Sou horizonte sem pressa, amiga do tempo. Sou filha dos ventos não nasci para âncorar.

Dani Leão
2 compartilhamentos

Paixão? Eita bixinha que dói. Quando se está apaixonada dói dentro, dói fora. Dói a alma, dói o coração, dói a cabeça, dói na vida. Paixão dói e não é pouco não. Paixão fere, paixão exala sofrimento, exala alegria e tristeza. Tristeza de não estar perto, tristeza de não poder sentir. Paixão fere, deixa marca. Temporária, mas deixa. Paixão dá raiva, paixão dá nervoso, paixão dá vontade de sumir, aparecer, correr atrás, se esquivar, se esconder, vontade de chorar. É, ela dói viu.

Lays Silva
28 compartilhamentos

Deixa passar. Certas coisas não compensam sabe? Não compensa esquentar a cabeça e muito menos o coração. Ás vezes temos que simplesmente ignorar e deixar pra lá, não vale a pena se desgastar por qualquer coisinha atoa. Ás vezes temos que deixar algumas palavras serem esquecidas, deixar alguns momentos somente no passado e deixar algumas coisas simplesmente passarem. Temos que parar de fazer drama por qualquer coisinha. A gente já está crente de saber que as pessoas não foram feitas para nos agradar e muito menos para nos corresponder. A gente tem que dar atenção para o que realmente importa, para o que faz bem, para o que motiva a nossa alma, para o que vale a pena, e tem que deixar de lado toda essa baboseira de ficar sofrendo por quem a gente sabe não merece a gente, por quem a gente sabe que não compensa, que não vale a pena. Tem que deixar de lado toda essa negatividade, todo esse orgulho, todo esse sofrimento desnecessário! Deixa passar, deixa o vento levar isso embora e deixa o tempo te fazer aprender que não compensa sofrer. Deixa essa angustia passar e dar espaço para o que vale realmente a pena chegar e ficar.

Bárbara Flores
23 compartilhamentos

Quando vi os meus pais pela primeira vez me apaixonei e espero o mesmo deles ... Até hoje o meu coração bate assim por eles .Na miha vida se eu sou linda eu me baseio nos dois , se na miha vida eu sou gentiu ,eu me baseio neles ,se na minha vida ,eu sou onesta ,me baseio neles ,se na minha vida eu sou bom caracter , eu me baseio neles,se na minha vida eu sou amorosa ,me baseio neles, se na minha vida eu sou intelectual , me baseio neles ,todo o meu caracter é baseado neles pois eles são minha família.

laura guarnier
11 compartilhamentos

Desde que pus as malas dentro do carro, soube que te perderia. Quando a certeza me assolou, meu coração não doeu, como já aconteceu tantas vezes antes e, assim acredito, seja apenas por eu estar pré-consciente de um futuro não mais presente. Presença. A tua, meu bem, que não é mais e que não me dói mais, embora lateje louca nos dias de chuva e te conto que cai temporal devastador todo fim de tarde. É o instante que arregalo os olhos e sinto o coração tornar-se pequenino dentro do peito, com todos os medos mais inocentes e as saudades, minhas, mais doces. Tu és a minha saudade mais bonita e me é estranho te perder, pois sempre te tive feito vela acesa dentro de mim, ritmando meu coração pra lá de descompassado e que sabias ler de olhos fechados, apenas decifrando a pulsação. E eu sinto falta disso, de quando fomos sem ser. E agora, que mudei, tudo se perdeu e assim entendo que aquele nosso encontro na praia não foi um reencontro — mas uma despedida.

Desconhecido

'Estancieiras ou peonas, é tudo a mesma cousa... Tudo é bicho caborteiro...; a mais santinha tem mais malícia que um sorro velho!

caborteiro - arisco, traiçoeiro
sorro - raposa

'vi então o que é uma mulher rabiosa... não há maneia nem buçal que sujeite: é pior que homem!'

rabiosa - raivosa
maneia - correia que prende as pata dos cavalo
buçal - arreio da cabeça do cavalo

'por isso é que ela ficou como cobra que perdeu o veneno...'

Livro CONTOS GAUCHESCOS

Já era 2ª feira e todos haviam saído para o trabalho ou para a faculdade. Quase às 11 horas da manhã fui à cozinha pensando em tomar um bom brecfest mais só pude pensar num gole de café e em alguns cigarros e já estava saindo para ir ao antigo bairro onde morara. Já fazia algum tempo que não voltava lá e a saudade era tanta que saí apressado. Desci do ônibus e olhei o outro lado da avenida. Percebi que ali se encontrava um enorme muro e uma ponte. Para atravessar para o outro lado era preciso ultrapassar àquele muro bem parecido com o muro de Berlim e atravessar a ponte. Precisava atravessar mais não era tarefa fácil. Era como mudar de universo de realidade. Sempre achei que não sabemos ao certo aonde vamos. Na travessia comecei a imaginar que no caminho somos apenas passageiros. Somos guiados pelos sentimentos, pelo impulso e só percorremos o caminho, mas não sabemos aonde vai dar. Seguimos o destino até chegarmos ao objetivo que sempre esteve lá. Fui despertado pelo barulho ensurdecedor de uma buzina e percebi que havia chegado a Moçambique. No campo de refugiados da guerra. Enfermeiros e voluntários da ONU corriam de um lado para outras aonde crianças e homens lutavam contra a desnutrição e contra a morte e não tinham se quer esperança nem perspectivas para suas vidas excerto o apoio daquelas pessoas Tinha uma forma peculiar de ser que minha pobre realidade nunca pode imaginar. Eram de uma cor azulada e magros a ponto de parecer ficção. Do outro lado pessoas estendiam a mão pedindo uma esmola nas portas das igrejas onde católicas e protestantes iam dar seu testemunho de fé e não prestavam atenção àquelas pessoas que tinham as pernas enroladas com um pedaço de pano encobrindo as feridas. E que podiam estar em Recife ou na festa de Santa Rita de Cássia ou em Moçambique ou em qualquer lugar do mundo. Onde pessoas preocupadas com se mesmas, não prestam atenção aquele lugar que sempre esteve ali esperando por elas. Ate ouvir Lia gritar Charlot até que fim apareceu. Estava pensando que havia nos esquecidos. Vejo que você estar bem. Volitou parar sua esposa para sua família. É aí se esquece o passado. Disse que não. Que apesar de estar tranqüilo não tinha esquecido de nada. Fui à barraca de Aurindo, onde a cantoria dos passarinhos que e lê criava enchia o ambiente de músiocabilidade. Pedi um vinho e comecei a viajar no pensamento, pois pensar com música e um vinho é bem mais fácil. Lembrei das palavras de Lia e comecei a recordar o tempo que ali passei. Quando tinha pedido tudo mais conseguira a solidariedade daquele povo simples e humildes que mentas vezes não tinham nem para si e gostavam de dividir o que tinham com os outros. Lembrei que apesar das adversidades que ali passei uma coisa eu não perdi, mas ao contrario antes não tinha e hoje eras que era de mais valioso a uma pessoa. A LIBERDADE



Estava casado há trinta anos, tinha três filhos e três netos. Comecei a refletir sobre a felicidade e a sorte que tivera em ter uma família mesmo tendo as atrocidades que na vida passei. Lembrei que havia escutado um amigo que dizia você Charlot é abençoado. Ele era uma pessoa que tinha uma doença grave e sofria de solidão, ou era um dos sintomas de sua doença e eu havia contra argumentado que era preciso aproveitar aquele momento para construir coisas positivas. Estar só nunca se está, pois podemos lembra pessoas, lugares, experiência. Estar só é estar consigo mesmo e sentir-se só e perde o contato com seu eu Novamente me vi ali onde morara quando havia me separa de minha família comecei a prestar atenção às pessoas que passavam cada rosto me descrevia uma lembrança boa de algo bom às crianças passavam gritavam Charlot. Até que chegou Aurino e contei-lhe da brincadeira que inventara de ter uma caixa para guarda minha s lembranças. Perguntei a Aurino o que ele guardaria numa caixa assim. Ele em sua simplicidade respondeu com facilidade. Minha paz de espírito Charlot, pois só assim podemos dizer que somos felizes. De repente me vi ali diante da caixa já de volta em casa. O que eu guardaria nesta caixa que hoje já era importante para mim, pois havia virado um interessante robi, onde eu guardava. Pensei em guardar minha solidão, ou meus momentos a sós quando pude refletir e avaliar minha existência. Percebi que sendo abençoado por ter uma família, e ter um lar, e a vida ter me proporcionado bons momentos e por até poder dizer em voz alto que era feliz, não podia assim eu sentir, pois percebi que para ser feliz é preciso aprender a ser feliz com os outros ou por meio das pessoas. Esta era a carência da minha felicidade, pois vivendo na companhia de pessoas, eu também me sentia só, pois pelo que pareciam todos queriam ser felizes para si e não compartilhar esta Felicidade COM NINGUEM. A FELICIADADE SÓ EXISTE QUANDO ALGÉM NOS FAZ FELIZ. Ser feliz é proporcionar à oportunidade as pessoas de nos fazerem feliz.

texto literário-contos
2 compartilhamentos

Ela - Amor?

Ele - Oii Meu Bem!

Ela - Me Prometa Uma Coisa?

Ele - Depende Da Promessa Meu Amor, Mas Fala.

Ela - Me Prometa Que Nunca Vai Me Abandonar, Me Deixar Sozinha?

Ele - (Pensativo...)

Ela - Promete Pra Mim? Amor?...

Ele - Amor, Quantas Vezes Já Disse Que Nunca Te Abandonaria? Pequena, Você Sabe Exatamente O Que Sinto Por Você, Quanta Coisa Já Fiz Por Você, Ainda Quer Mais Provas?!

Ela - Não... (desanimada)

Ele - Eu Estou Aqui Com Você, Sempre Estive, Pequena, Nas Piores E Boas Situações Eu Estive Ao Seu Lado, Por Que Eu A Abandonaria?

Ela - Não Sei! Talvez, Sei Lá! Promete Pra Mim? Vai?

Ele - Tá, Eu Prometo, Nunca Abandonarei Você, Nunca!

Ela - (Feliz) ... Eu Te Amo!!!

Ele - Também Amo Você! Muito!!!

[...]

Dois Dias Depois Ela Recebe Uma Notícia Da Sogra Que Estava Chorando, Sem Voz Pra Contar O Que Realmente Aconteceu A Sogra Pediu Para Ela Ir Até A Casa Dela.

Infelizmente O Final Da História Sempre Acaba Bem Né?
Totalmente Enganado (a)!

Sogra - (Chorando) ... Meu Filho Sofreu Um Acidente De Carro...

Ela - (interrompendo a sogra) ... Não Não Não Não... Isso É... É... Mentira... Diz Que Mentira?

Sogra - (chorando) ... Perdoe-Me Te Dar A Noticia Assim... (choros)

Ela - (muito mal fica em silêncio e chorando) ...

E Ela Grávida, Queria Realizar O Sonho Dele De Ser Pai... O Tempo Passando... Passando... O Que Acontece Dali Pra Frente?
Depressiva, Desanimada, Triste, Vazia...
Uma História Só Acaba Quando O Final É Bom, Mas Na Realidade A História Só Acaba Quando Final Nos Mostra A Superação!

Contos Por Ai
1 compartilhamento

Todos gostamos de nos envolver nas histórias dos filmes.

Quando eu era menina amava 'O Mágico de OZ'

Principalmente quando Dorothy entra naquele mundo fantástico

Mas quando Dorothy começou a valorizar a beleza do local,

percebeu a encrenca em que havia se metido.

Um dos exemplos clássicos de "cuidado com o que você deseja".

Passe cinco minutos vivendo uma fantasia, que você poderá desejar ter sua antiga vida de volta.

Perdemos o que está bem a nossa frente

Enquanto estamos ocupados, olhando para o arco-íris.

Mas às vezes, precisamos viver a vida de outro,

para perceber o quanto amamos a nossa.

Porque não importa quão mágicos sejam os filmes,

no final das contas, não há melhor lugar que o nosso lar.


Season 02 Episode 14 Get a Life

fantasias contos históriais
Inserida por anakiya