Pensamentos Mais Recentes

Amar é viver e Viver é amar.

Daniel Martins Dias
Inserida por DanielMartinsDias

Apegar-se em nostalgia pelo que já foi, é mera ilusão; Pois aquilo que passou, jamais poderá voltar a ser com a mesma característica e intensidade.
É só no momento presente que se constrói para o futuro.

Ana DAraújo
Inserida por anadaraujo

'Faria tudo novamente?' - Provavelmente sim! coisas maravilhosas como amores, amizades, conquistas, família, festas... são consequências dos momentos bons, mas também dos ruins.

André Anlub
Inserida por AndreAnlub

Coisas de casa:
1. Vê que a cozinha tá bem lavada quando chega na sala.
2. Vai construir uma casa? se precisar de terra eu empresto meu capacho.
3. A mágica de pegar na vassoura e fazer ventar
4. O misterioso poder de atração que tem embaixo da geladeira, do fogão, do sofá e dos móveis com tudo que é pequeno.

André Anlub
Inserida por AndreAnlub

Ninguém acudiria dizer, em sã consciencia, em juizo; que a honra é sentimento desprezível. A chamada honra de família principalmente.

José Maria Gonçalves (sapateiro)
Inserida por zemariapompeu

O subordinado, por sua vez, compreende os deveres da sua posição e tem o escrúpulo de procurar cumprí-los consciosamente.

José Maria Gonçalves (sapateiro)
Inserida por zemariapompeu

Para escrever um poema:
De dia: 1 hora e um copo cheio de café.
De noite: 30 minutos e um corpo cheio de silêncio.

André Anlub
Inserida por AndreAnlub

gostaria que os meus problemas fossem resolvidos ao estalar os dedos

Jhota Bush
Inserida por Jhota

O homem de bem, enfim, respeita nos seus semelhantes todos os direitos que lhes são assegurados pelas leis da natureza, como desejaria que os seus fossem respeitados.

José Maria Gonçalves (sapateiro)
Inserida por zemariapompeu

Todos na vida, nascem para fazer a diferença em algo, não importa o que
Então se não tenta alcançar uma simples coisa, como você se considera algo importante na vida?
Mude e faça a diferença independente do que seja.

Ana Carolina Silva Neves
Inserida por Carol_silva

Certemente Jesus Cristo não viveu para ser Feliz, Ele viveu para te fazer Feliz

Jhota Bush
Inserida por Jhota

As relações completas das qualidades que distinguem o homem de bem, mas quem quer que se esforce para possuí-las, estará no caminho que conduz as demais.

José Maria Gonçalves (sapateiro)
Inserida por zemariapompeu

Segundo um certo proverbio antigo; as grandes almas vivem hoje na solidão. E é na solidão que Deus espera os homens.

José Maria Gonçalves (sapateiro)
Inserida por zemariapompeu

Loucura?

Íh!! A loucura poderia ser descrita de tantas formas que, ao final, todos seriamos potencialmente loucos. Na verdade, todos somos loucos, não só os médicos.!
Mas, reduzindo a loucura a um único estado, o que seria a loucura?
Seria amar? Amar sem reserva?
Sem comedimento?
Amar sem medo das conseqüências? Do futuro incerto? De não ser amado? Do amor acabar, de morrer de amor!?
Seria loucura amar sem o consentimento do ser amado?! Arrebentar seu coração arriscando conquistar o coração do outro!?
Aquele que se sente, muitas vezes, oprimido pela nossa forma particular de amar e pela nossa insistência insana de um desejo de recíproca!
E que, com sua demonstração de fuga, causa-nos um sofrimento indizível em nosso coração e nos faz refletir sobre os motivos, os por quês e o que nos levou a tal estado de desejo, de saudade, de vontade de estar junto, de tocar, de sentir o cheiro, de ouvir, de falar,
Ou, de simplesmente, não dizer nada e, apenas, estar, escutar o bate-bate do coração, que alvoroçado pela presença do outro, se desespera no peito de tanta felicidade!?
Seria isso a loucura?
Ou loucura seria não saber o que sente o coração que ama?
Nunca saber como seria se deixar embevecer pelas sensações de prazer ao ser tocado pela ser amado!
Nunca sentir o coração acelerar por uma simples visão, ou com a perspectiva de um encontro?
Seria loucura não amar por medo do fracasso, ou seria fracasso não ser louco o suficiente para experimentar o amor?
Seria loucura amar, alçar vôo em alturas inimagináveis, esquecendo que tudo pode ser um sonho e pode-se acordar a qualquer instante e a queda livre causar-nos feridas profundos na alma e danos irreversíveis ao coração?
Ou seria loucura não amar por medo de acordar de um sonho, e, enquanto acordados conjecturamos todos esses detalhes advindos de nossa escolha e desistir antes de tentar?
Seria loucura levar a cabo sonhos guardados, mesmo com a hipótese de possíveis equívocos, de lágrimas vertentes, sucumbir sentimentos latentes, pra fugir das dores do amor?!
Sensatez, diriam uns, prudência, ponderação, diriam outros. Realmente, pode-se dizer, loucos não são sensatos e muito menos prudentes e ponderados.
Mas o que seria a vida sem as agruras, as angustias, os medos, a ousadia, a insensatez, a impulsividade e até um pouco de “irresponsabilidade” no sentido da coragem de fazer coisas e que esses feitos podem trazer, agruras, sim, mas também poder trazer “aqueles” momentos que chamamos de felicidade!?
Sim, porque todo esse aparato de palavras é pra dizer que, mesmo sendo loucura, quando se ama está se procurando a felicidade, e, se está, é feita de momentos, precisamos ser loucos, de vez em quando, pra experimentá-la, aproveitando algumas oportunidades que a vida oferece de conhecer esse outro estado, claro, é óbvio que sempre com a alcunha de que seja pra sempre!.
Há também a premissa de que, é do sofrimento que tiramos nossas maiores e melhores lições de vida. Aprendemos com o sofrimento; a felicidade sendo o divisor de águas, onde se distingue uma coisa da outra.
Sensatez!! Prudência!!
Quem disse que o amor é prudente e sensato não conhece o real significado, nem dessas palavras, quiçá de amor ou da loucura!!
Mas, amar seria mesmo loucura? Não seria a redenção da alma que se derrama ao enxergar aquele que chega e se instala preenchendo todo um ser? Que dá espaço pra outra alma onde só cabe uma?
Discorrer, em tão reduzidas linhas sobre a não ou a sim loucura do amor, de amar, deixa-nos, muitas vezes, extasiados.
O amor é o paraíso e o inferno dos amantes. Mas, como viver e conhecer esses dois universos tão adversos/inversos e controversos sem pisar no tapete da vontade, dos sonhos, da esperança e, ao mesmo tempo, do obscuro, do absurdo, da dúvida e da incerteza que os permeiam?
Afinal, com disse Friedrich Nietzsche “Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura...”
Loucos ou sãos, precisamos amar e sentir todas as sensações deste sentimento, desta abstração que pode, ao mesmo tempo, ser menos que nada e maior que tudo e, como sem querer, pode mudar toda uma estrutura de vida ou, e, até mesmo, de um certo prisma, comprometer existências futuras de tão substancialmente duradoura e profunda que se faz.

Lúcia Araújo – 10/12/2010.

Lúcia Araújo
Inserida por lucia0910

Nossa maior viajem é a da vida, então gaste tudo nela, você não vai ter outra oportunidade quando essa viajem acabar

Ana Carolina Silva Neves
Inserida por Carol_silva

Em terra de egos, quem vê o outro errou!

Andre De Rose
Inserida por andrederose

Sim, eu tenho medo que em algum momento você abandone o barco e saia fora do nada, meu medo é esse. Muitas vezes sou intenso e diversas vezes sou aquela pessoa que está quieto, imóvel para não ter que demonstrar, muitas vezes julgado de "você não sabe o que quer" mas isso é apenas uma forma de defender o seu eu, é quando bate a dúvida que você pode sair a qualquer momento, todas, sem exceção, todas as pessoas são propícias a sair de nossas vida sem ao menos dizer "Até logo, preciso retirar-me". Isso não é nenhum texto dramático ou romântico, mas é que quando uma pessoa machucada tenta se relacionar com outra, a outra pessoa tem que ser inteligente sentimentalmente, ser inteligente de alma, seja uma decepção familiar, amizade e até mesmo no amor, uma pessoa machucada se torna alguém observador, cauteloso e sabe a hora de se entregar e quando se entrega um pouco e acontece algo, essa pessoa volta para a observação pois não quer se machucar, já não é uma pessoa intensa, na verdade é, só não quer mostrar e diz para si mesmo "Se essa pessoa for embora, não ligo", fala apenas para se sentir mais forte e completo, mas sabemos que se importa sim, só tende a demonstrar com menos intensidade. E realmente, não é algo passageiro, você que passou por isso sabe, volto a repetir, não é passageiro, uma pessoa que já foi machucada, jamais irá testar a profundidade do rio com os dois pés novamente, se você conhece, lida, ou é uma pessoa assim, peço para que com quem você conhece ou lide, tenha paciência não é fácil e nem fácil de explicar, pois uma pessoa assim tem medo da vulnerabilidade, é frágil e tem medo de se abrir e ficar só novamente.
Se você é uma pessoa machucada, peço para que continue acreditando, pois não são somente os amigos verdadeiros amigos que estarão ao seu lado, ainda existem pessoa de bom coração que podem te ajudar a lidar com a insegurança e fazer esquecer o medo de se sentir só.

Cássio Roberth
Inserida por cassioroberth

Eu tenho medo de sombras, dúvidas e coisas muito diferentes do normal.
Mas te garanto sem a menor sombra de dúvida que foi a melhor ter começado a te amar....❤

Ana Carolina Silva Neves
Inserida por Carol_silva

Dissertação subjetiva – O NOME

Embora a vida seja cheia de encontros e desencontros, recheados de formas diversas e,
Mesmo nos, seres pensantes, inteligentes(?) e dotados do livre arbítrio para agir, fugir, enfrentar,
Algumas vezes caímos em armadilhas das mais simples as mais envolventes, todavia,
Nunca, nunca estamos preparados para o desafio do desconhecido. Não importa o tamanho da experiência vivida.
Uma hora ou outra nos deparamos com situações que fogem ao nosso controle,
E, de camarote, assistimos a mais um capitulo de nossa própria vida, mistérios que irão para a galeria ou para a
Lista de experiências, hora na ala dos fracassos, ora das decepções, ora das alegrias ou das saudades incontroláveis e nos dão vontade de ter asas e voar.
Já dizia o poeta, “por mais que não possamos voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode ... fazer um novo começo, qualquer um pode começar de novo e fazer um novo fim,
Óh!! Quão lindas são as palavras. As mesmas que podem trazer o êxtase do prazer, pode levar a ínfima sarjeta da subsistência. Palavras!!
Se assim o fosse, e não sou cética ou incrédula, o mundo seria muito melhor,
É, talvez, um desejo profundo de um apaziguador, de afagar as dores indeléveis que atormentam nossa alma sofrida,
Sim! E porque não? Na vida existem os que causam a dor e os que a curam ou, pelo menos a amenizam.
Isso só nos comprova que viver é apenas caminhar por caminhos desconhecidos, sujeitos a suas intempéries e é ai que está o segredo de tudo,
Levar-nos por esse caminho-existência-vida, procurando, a cada tropeço, a cada conquista, a cada gole amargo dos cálices que bebemos, aprender a desenhar o sumário da história, que, apesar de povoada por inúmeros personagens, é só nossa e ninguém poderá fazê-la por nós,
Viver é caminhar a procura de algo que ainda não evoluímos o suficiente para compreender. Amor, felicidade, dizem uns, auto-afirmação, sucesso, dizem outros. Na verdade, ninguém ainda descobriu o segredo da vida.
Ainda haverá um dia, porém, que a humanidade chegará à conclusão desse segredo. Então não haverá mais mistério e nem humanidade, porque o segredo é o alicerce de tudo.

Lúcia Araújo – 06/08/2010

Lúcia Araújo
Inserida por lucia0910

"Enquanto eu respirar quero carregar o sorriso nos lábios e a esperança no olhar."

Tiago do Nascimento Maia
Inserida por TiagoMaia91

Antes de dar todo o seu amor para os outros, de a si mesmo(a)...

Ana Carolina Silva Neves
Inserida por Carol_silva

Às vezes a gente pára a nossa vida para focar em alguma coisa que vai vir a se tornar a nossa vida.

Daniel Melgaço
Inserida por danmelga

Nos crepúsculos ouço passos
São os teus, bem os conheço
Os ditames em mim amordaço
Pois só vens quando adormeço
E me vem à tona o confronto
Os amigos de maus e bons fins
Ressono, e na praça, defronto
Onde brindamos nossos tintins
Mesmo me vejo em Mesquita
Exortando – a Baco e a Eros
Em gáudios que inda fremira
E nos vem esta regra – a pira
Pois que o amor nos é austero
Nos infringindo essa vindita

Joni Bigoo
Inserida por JoniBigoo

Pode ser que em algum momento você pare sua vida para fazer alguma coisa. Mas lembre-se de que é possível que essa coisa vá fazer parte da sua vida.

Daniel Melgaço
Inserida por danmelga

Não se culpe pelo tempo perdido. Agora é o melhor momento para começar a fazer o que você quer fazer.

Daniel Melgaço
Inserida por danmelga