Poesia da Cerveja

Cerca de 204 poesia da Cerveja

Caetane-se,

pois a música que soa o ritmo de beber a cerveja,
sobre a vida pensar o que se deseja,
ja ouvi mil vezes a luz perfeita,
a luz de tieta,
e o que se pode prosperar,
bom de sal e de gosto,
é ouvir Cateano Veloso,
e que todos caetane-se
que tudo se ajeita.

Geraldo Neto
Inserida por gnpoesia

E hoje é sexta-feira eeeee... vamos comemorar , corra ao bar beba sua cerveja grite, pule discuta sobre o futebol, à final é sexta feira.
Um brinde a ignorância nacional.

H.A.
Inserida por Henrigraves

Eu... Acendo o cigarro, abro minha cerveja. É sexta-feira.
Chegou o fim de mais uma semana. Lotada de gente. Lotada de visitas, de louças para lavar, de almoços, de jantares, de transas, de besteiras...
Estou sozinho, não queria estar em exatamente nenhum outro lugar. Precisava de minha companhia. Sempre precisei.
Sem assuntos para conversar. Sem ouvidos para me ouvirem. Sem atenção alguma.
Rodeado de filmes, cigarros, cerveja e minha gata.
A gente envelhece e percebe que as histórias que construímos em nossas cabeças, as mentiras que nos contamos, são mais bonitas do que a realidade. Deve ser horrível ter uma memória perfeita. Não conseguir perdoar os outros ou a si mesmo.
Definitivamente, tenho alegria na tristeza. Espero que você esteja aproveitando seu tempo sozinha. Espero que você esteja aproveitando a distância dos olhos de seus pais.
Me deixe só. Não falem comigo por pelo menos 4 dias. Nasci, vou morrer sozinho.
Soltem do meu braço! Essa terra que piso - a mesma da minha infância - já apodreceu. Me soltem!
Enquanto chega minha morte, trago este cigarro, termino minha cerveja, quero estar sozinho.
Eu já lhes esqueci. Me esqueçam!

Kevin Martins
Inserida por kevinmartins6
1 compartilhamento

Garçom, por favor! Uma cerveja.
Um isqueiro também... Esqueci do meu!
Ei, não me olha assim,
Olhe para dentro de si.
Não perca seu tempo recriminando-me,
Gastando seu dedo torto sobre mim.
Não se preocupe comigo, meu bem!
O veneno que mata,
Que apaga a alma,
Não faço uso!
Garçom, por favor! Mais uma cerveja!
Traga o isqueiro de novo,
Quero fumar mais um cigarro!

Camila Senna
Inserida por camilasenna

Porção R$ 45,00
Cerveja R$ 10,00
Banho 5,00
hotel R$ 650,00
Sorvetinho básico R$ 3,00
Agora junta tudo e bata no microondas e sirva no copo do liquidificar e depois me fale o gosto que tem!

Jeremias Edson Cardoso.
Inserida por Jherecardoso

Pode ir embora
Fecha a porta sem rancor
A paixão acabou
O amor se evadiu
E a cerveja esquentou

Eric Schneider
Inserida por EricSchneider

Quilo feito.
Tarde aberta.
O sol me envolve
com seus dedos de fogo.
Só mesmo uma cerveja
pra esfriar o sopro do inferno.

Raniere Gonçalves
Inserida por ranish

Muito vinho e cerveja. Nada de
confusão.
Sao meus 3 mandamentos pra
curtir nesse verão.
(10 Mandamentos Para o Verão)

MAG - 10 mandamentos para o verao
Inserida por cintiarachell

Hoje é Whisky dispenso a cerveja,
Traz as taça poe na mesa
Vem Biathc vem cocota
A noite é uma caixa de surpresa.

Wesley Stronda
Inserida por WesleyStronda

Todos querem ser muita coisa
Serpente, sermão,
A seca do "ser tão"...
Você, só cerveja

Thu Oliveira
Inserida por thuoliveira

Muitos dizem o que pensam, mas poucos dizem o que sentem...
"Muita lata e pouca cerveja..."

Gomes Luis Gugas
Inserida por GomesLuisGugas

QUANDO SE AMA

Troco o som do piano pela viola sertaneja,
A taça do vinho é trocada pela cerveja.
Assim é tal da adaptação do relacionamento
São furacões que surgem a todo o momento.

Conhecer as duas faces de uma moeda,
Tentar ser maleável para evitar a queda
E assim vai crescendo todo o sentimento
São furacões que surgem a todo o momento.

Entender que toda vida é uma pequena vida,
Que sem alguém ficamos perdido na avenida;
O sol deixa de ter o seu lindo colorido amarelo
E aquela delicia da infância não passa de caramelo.

Para se achar por completo ente mundo
Temos que entrar na vida do outro a fundo.
Conhecer o que não gostamos por que sim,
Apenas para aquela questão por um fim.

E assim vai crescendo todo o sentimento
São furacões que surgem a todo o momento.
E sorrir a toa sem querer do outro ser juiz,
Finalmente desejando que o outro seja feliz.

Desejo a você que encontre alguém que lhe faça feliz
Que saiba lhe acordar beijando a ponta de seu nariz

André Zanarella 05-08-2012
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4298220

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella
1 compartilhamento

NA LINHA DO CÉU

Cores na linha do céu,
Formatos na linha do céu,
Cerveja gelada...
Toalha na cintura...
Incenso queimando...
Você no pensamento...
Vejo o horizonte.
O sol partindo...
Cores de saudades...
Cadê você?
Estou aqui...
Estou sozinho.
A lua nascera...
Estrelas brilharão...
Luzes acenderão...
Cadê você?
Por onde anda?
Saudades de você.
Do seu corpo...
Boca na boca...
Corpo no corpo...
Do seu ser...
Cadê você?

André Zanarella 14-11-2012
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4669248

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

PEIXE, CERVEJA E VOCÊ.

Quando tudo era sonho era assim,
Uma felicidade que não tinha fim.
Hoje conversamos num botequim,
Peixe, cerveja e você, morreu o ruim.
Conversamos apenas com o olhar,
Para mim isso que é o tal do amar,
Um silêncio que parece até cantar
E palavras sem necessidade de falar.
Peixe, cerveja e você que felicidade,
Às vezes até acho isso surrealidade,
Nessas horas quero a eternidade
E você amar sem nenhuma moralidade.
Peixe, cerveja e você, hoje eu estou feliz,
Esqueço no meu coração a cicatriz
Não brigue comigo doce aprendiz,
Pois você minha linda é minha força motriz.

André Zanarella 20-11-2012
(escrito pós bar Bar Riga no carro)
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4676024

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

CERVEJA É DROGA.
WHISKY É DROGA.
QUALQUER BEBIDA ALCOÓLICA É DROGA.
Ao se drogar, não dirija.
Não coloque em risco a vida de pessoas inocentes.
Elas não têm culpa do seu vício.

Augusto Branco
Inserida por AugustoBranco1

Papel

Caneta

Cigarros

e

Cerveja

Tudo oque é necessário

Para um bosta de pensador ter ideias.

O Lápis corres

Tão facilmente

Sobre o papel

Que parece

Brincadeira

Me divirto e rio

Tirando sarro

Do próprio universo

Kkkkkkk

/

gargalhadas e gargalhadas

Pura insanidade

\

Criança

Papel

Caneta

Esperança

Tendes Humanidade suficiente para amar?

Tendes Amor suficiente para ser humano?

Amor

Amor

Amor

Maldição

Que nasce

em corações

inocentes

E vai crescendo

E se alimentando

Crescendo e vivendo

Amando

E

Amando

E

Amando

E

Sendo amado

Por tantos

E Tantos

É Tão bom e divertido

Que acho que a

Escuridão

De meu coração e a solidão

Se tranca de medo

Kkkk

Maldita solidão

Maldita solidão

Maldita solidão

Solidão Maldita

Solidão Maldita

Solidão Maldita

Dor

Dor

Dor

Acalme teu coração e pulse

sua alma

Seja Forte

Que as lagrimas caiam...

Kelvin Lianza
Inserida por kelvinlianza
1 compartilhamento

Me perguntaram se eu bebo cerveja, não, eu não gosto de cerveja, postei as fotos por achar divertidas, mas e se eu bebesse? A Bíblia proíbe o excesso, a embriaguez, não o beber em si, o Apóstolo Paulo escreveu "Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber..." Colossenses 2:16. Tudo em excesso faz mal, até refrigerante, suco chá e etc, logo vale o velho ditado, aprecie com moderação...
Sou cristão reformado, creio que a salvação é pela graça somente, e não por obras, mas sei de uma coisa, não acredito que alguém está pecando por tomar um copo de cerveja, mas acredito que uma língua comprida que fala mal dos outros e um dedo em riste que aponta para os outros é próprio de satanás, aliás satanás significa acusador...
Bom, então antes de falar do irmão que toma cerveja cuide de cortar fora tua língua gigante.
Não gosto de cerveja, mas querendo me chamar para tomar uma taça de vinho é só marcar...!

Bispo Rodrigo Faddoul
Inserida por bisporodrigo

No melhor bar da cidade.
Com a melhor cerveja congeladora de dedos.
A carne gorda desdenhado da brasa.
E meus estimados amigos
mastigando a pauta
num copioso suplício
ao choroso violão.

Raniere Gonçalves
Inserida por ranish

O prelúdio da cerveja

O suor do copo
antecede
o suor do corpo
o prazer
afoito

O gosto da cevada
se mistura ao
da língua
atrevida
molhada

A espuma
lembra a maciez
as mãos sobre a pele
a iminente
nudez

Um gole
um beijo
Um gole
um abraço
Um gole
de desejo
Um gole
que amasso!

É o vazio da garrafa
Cai o copo
Cai o corpo
Caio inteira
e enlouqueço
pela noite
nos teus braços

Joice Vilela
Inserida por joicevilela

NA BANDEJA

Trago para o meu amor uma bandeja,
De ouro, com taça de cristal e cerveja,
Queria que fosse um bom espumante,
Mas não é isso que gosta a minha amante.
Nessa noite de festa quero o amor,
Que ele deixe de lado toda a dor.
Amor, admiração, desejo numa bandeja,
Tudo isso a ela entrego e que assim seja.
Nessa bandeja também entrego meu coração,
Deixo minha alma e corpo em devoção,
Tenho apenas a na vida uma esperança
Que ela nunca derrube essa bandeja como uma criança.

André Zanarella 16-02-2013
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4982943

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella