Coleção pessoal de LeoniaTeixeira

1 - 20 do total de 4344 pensamentos na coleção de LeoniaTeixeira

Deixando o amor fluir, livre ! Quê vale, o quer que seja, se não amar, se não viver ? Músicas...intenções, segundas...As vezes falo com os olhos, escuto no silêncio, grito com alma...Também digo com a boca ! Fim, por fim...Me entrego, me dou...De ponta, calada, com a voz. Entendo-me, compreendo-te...Quem sabe, tô aqui... "Sempre aqui, sonhando "...Querendo nós !
Leônia Teixeira
23/05/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Não me revelas o que queres
não me conta segredos,
não fala o que pensa,
não divide.
És um poço de silêncio
oculto, guardado...
parece trancafiar a dor.
Beleza de outono, inverno.
nos olhos o calor, frio
palavras escondidas,
amordaçadas,
vejo, sinto...ouço.
Vejo teu desejo contido
guardado,
arrepia, da calor.
Sinto tua voz que encanta
me canta,
ouço teus sonhos de amor.

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Me ofendeu ? Ofendo ! Jogo rápido: dez á dez.

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Porque quando me afasto me bate a sensação que me quer por perto...Ai, grudo !

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Espanhou, francês, português...qualquer língua, fala...diz ! Topa, encara...Flerta...Me manda e mais, respostas...De mim, por mim já me vejo no chuveiro, caindo no riso...Perdendo o juízo...Nua, na tua... Subindo, descendo...Estradas !
16/05/2018

Leônia Teixeira

Sou de meios, maios, malas...subidas, descidas...Sou tropeços, caidas, recaidas...Giros, vôos, vida ! Sou metades, pedaços...Risos, rasos...Me visto, me revisto, bagunçada ! Me cubro, me descubro...Sou parte, sou porte...fraca e forte ! Sou desenhos, desdenhos: frios, versos, prosas. Sou pedinte, laços...verdes e rosas. Sou fanqueira, pagodeira...Sou resto, misto...Sou massa, moça...Dengosa ! Me retiro, atiro...Sou vulgar, vazia, ventania...Sou leveza, cantada...Sou começo, recomeço...Sou parada ! Tô na rua, na lua...Canto em casa, toco em letras, risadas...Sou beleza, balada ! Corro certo, sou deserto...To no rio, vazio...sou bacana, desumana...Mulher de salto: Levada, leviana...
27/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Escancaro risos: não me importa se me faltam dentes !
26/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Declaro para os devidos fins, a quem de direito possa, que nesse data, nada além de amar, nada além do amor. Revoga-se qualquer disposição em contrário.

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

O ministério da Saúde adverte: puxa sacos fazem mal aos Políticos !

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Ouvindo pássaros...vem teu cheiro ! Te toco ao longe, léguas de mim...sinto teu riso, tuas mãos...No meu decote, teus olhos...fogo, violão! Músicas acariciam meu travesseiro, rolo na cama...teclados, sedução: teu corpo entre minhas pernas...batidas, coração !
20/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Já nem vale mas pretextos, disfarces...esconder verdades...
Sobremesa de olhos dentro dos olhos ! Um sussurro, mãos se buscando...dois, eu e você procurando saídas. Sei que pensamos iguais, queremos o mesmo sonho...viver, um beijo...um aperto...nós !
12/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Quando vi já estava indo...
Liguei, em vão...
Caixa postal
Um oi, empurrar a porta...
Mudaria a história !
12/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Vou saquear teus olhos e quando forem meus vou roubar teu corpo, depois tomo pra mim tua alma e teus sonhos !
11/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Poesia é um prato que como de boca cheia, banho de espuma!
06/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Há um louco dormindo em minha rede: azunhando meu corpo, pele...Tem um louco me tirando o juízo ! Sabe muito...É diferente, ausente...
03/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Há tempo pra cada tempo
Tempo,
Pra esquecer, pra lembrar...
Tempo pra entender, esconder...
Tudo no seu tempo
Sem tempo,
Pra nós !
Já deu, já foi.
É hora de juntar os cacos
Limpar os vidros,
Hora de tapar os ouvidos
Rasgar letras, músicas...
Sair da banda
Sem olhar pra trás.
02/04/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Já olhou em meus olhos ?
Tem a cor dos sonhos !

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Não há outra saída: o amor é a porta !

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Porque o amor se faz em ópera, tem que ser gritado o mas alto que der, tem que fazer barulho...O amor tem que ser vivido num abraço, em palavras...Num aperto de mão entre amigos, em desconhecidos...em negros da favela, brancos da maré ! O amor tem que se dá as mãos em quem tem fome, em mendigos.
21/03/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento

Não abuse ! Posso tropeçar e segurar no teu pescoço...vai, que eu fique bamba e role nos teus braços...Não abuse, posso cair na tua cama, sentar no teu colo...te fazer poemas, te cantar em rimas e dizer te amo ! Não abuse, tô no meu limite, não chegue tão perto...
20/03/2018

Leônia Teixeira
1 compartilhamento