Poesia da Cerveja

Cerca de 220 poesia da Cerveja

Muitos dizem o que pensam, mas poucos dizem o que sentem...
"Muita lata e pouca cerveja..."

Gomes Luis Gugas
Inserida por GomesLuisGugas

Retumbante

Me dê 100 Reais. Eu vou sair e comprar R$90 de cerveja pra mim. Na volta, pensando em você, gasto R$4,50 com uma caixinha de Doril pra dor de cabeça que eu mesmo vou te causar, mais R$1,60 comprando um chá de Camomila e R$1,50 com um pacote de Clube Social. Aí você usa o Doril pra dor de cabeça quando souber que gastei a maior parte comigo,
depois bebe o chá pra se acalmar e come com satisfação o Clube Social. Então eu te dou o troco dos dez reais que gastei com você. No final você ainda me agradece, esquecendo completamente que os 100 reais deveriam ser gastos totalmente com você. Nunca vi uma maneira tão simples de explicar a forma como o governo e algumas igrejas controlam o seu dinheiro.

Fusco Abaré
Inserida por FuscoAbare

Chegou sabadão e vou detonar
Tomando cerveja estou ou querendo te amar
É noite e o show do amor já vai começar
Dançando forró meu som vai te conquistar
Vou te tirar pra dançar voçê vai pira gira no salão
E vai beber remecher na batida lá do sertão

E quando cançar de dançar vou te dar carinho e paixào
Tu sentiras que viver e amar pra valer tem condição

Vladi Du Kavako
Inserida por VladiDU

Aviões do Forró
corrigir letra
De bar em bar
De mesa em mesa
Bebendo cachaça,
Tomando cerveja.

De bar em bar
De mesa em mesa
Bebendo cachaça,
Tomando cerveja.

Foi assim...
Que eu te conheci.

Olha que
Foi no risca faca
Que eu te conheci
Dançando...
Enchendo a cara
Fazendo farra
To nem ai...

Foi no risca faca
Que eu te conheci
Dançando...
Enchendo a cara
Fazendo farra
To nem ai...

De bar em bar
De mesa em mesa
Bebendo cachaça,
Tomando cerveja.

De bar em bar
De mesa em mesa
Bebendo cachaça,
Tomando cerveja.

Foi assim...
Que eu te conheci.

Olha que
Foi no risca faca
Que eu te conheci
Dançando...
Enchendo a cara
Fazendo farra
To nem ai...(x2)

eu
Inserida por ataner

A vida é como uma garrafa de cerveja.
Começa lacrada e é preciso força para abri-la.
Gelada, apetitosa, deliciosamente juvenil.
Sobe e desce, deita e levanta.
Escora-se em copos ou em bocas.
Afoga mágoas ou celebrações.
Mas o tempo lhe consome, torna-se amarga.
Já não tem mais tantos amigos, tantas companhias.
Só lhe resta o vazio, o nada, o âmbar trespassado pela luz.
A vida é como uma garrafa de cerveja.

Luiz Riva
Inserida por luizriva

GRITAR, so c for pra pedir uma cerveja...
AMOR, so c for pelo dono do bar...
BEIJAR, so c for o gato da revista...
CAIR, so c for na gandaia...
BASICO, so jeans...
GOSTOSA, so eu!!! logico neh???

pitanguinha
Inserida por Pitanguinha

Economize agua beba cerveja

li um livro sobrre parar de beber resultado parei de ler

to na dieta da sopa deu sopa eu como

abbccc
Inserida por abbccc

Pode ir embora
Fecha a porta sem rancor
A paixão acabou
O amor se evadiu
E a cerveja esquentou

Eric Schneider
Inserida por EricSchneider

Hoje é Whisky dispenso a cerveja,
Traz as taça poe na mesa
Vem Biathc vem cocota
A noite é uma caixa de surpresa.

Wesley Stronda
Inserida por WesleyStronda

Muito vinho e cerveja. Nada de
confusão.
Sao meus 3 mandamentos pra
curtir nesse verão.
(10 Mandamentos Para o Verão)

MAG - 10 mandamentos para o verao
Inserida por cintiarachell

Vou dormir mais uma vez embriagado...
Embriagado de cerveja e saudade
Embriagado de tristeza e vontade, do teu beijo

Marcus Patrick Pens
Inserida por marcuspatrick

NA BANDEJA

Trago para o meu amor uma bandeja,
De ouro, com taça de cristal e cerveja,
Queria que fosse um bom espumante,
Mas não é isso que gosta a minha amante.
Nessa noite de festa quero o amor,
Que ele deixe de lado toda a dor.
Amor, admiração, desejo numa bandeja,
Tudo isso a ela entrego e que assim seja.
Nessa bandeja também entrego meu coração,
Deixo minha alma e corpo em devoção,
Tenho apenas a na vida uma esperança
Que ela nunca derrube essa bandeja como uma criança.

André Zanarella 16-02-2013
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4982943

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

Eu... Acendo o cigarro, abro minha cerveja. É sexta-feira.
Chegou o fim de mais uma semana. Lotada de gente. Lotada de visitas, de louças para lavar, de almoços, de jantares, de transas, de besteiras...
Estou sozinho, não queria estar em exatamente nenhum outro lugar. Precisava de minha companhia. Sempre precisei.
Sem assuntos para conversar. Sem ouvidos para me ouvirem. Sem atenção alguma.
Rodeado de filmes, cigarros, cerveja e minha gata.
A gente envelhece e percebe que as histórias que construímos em nossas cabeças, as mentiras que nos contamos, são mais bonitas do que a realidade. Deve ser horrível ter uma memória perfeita. Não conseguir perdoar os outros ou a si mesmo.
Definitivamente, tenho alegria na tristeza. Espero que você esteja aproveitando seu tempo sozinha. Espero que você esteja aproveitando a distância dos olhos de seus pais.
Me deixe só. Não falem comigo por pelo menos 4 dias. Nasci, vou morrer sozinho.
Soltem do meu braço! Essa terra que piso - a mesma da minha infância - já apodreceu. Me soltem!
Enquanto chega minha morte, trago este cigarro, termino minha cerveja, quero estar sozinho.
Eu já lhes esqueci. Me esqueçam!

Kevin Martins
Inserida por kevinmartins6
1 compartilhamento

E hoje é sexta-feira eeeee... vamos comemorar , corra ao bar beba sua cerveja grite, pule discuta sobre o futebol, à final é sexta feira.
Um brinde a ignorância nacional.

H.A.
Inserida por Henrigraves

Um dia a tristeza irar tomar conta de mim, não se preocupe apenas traga cerveja.
Um dia a felicidade será tanta que vou ter vontade de gritar, não se preocupe apenas traga mais cerveja.
Um dia irei brigar contigo, não se preocupe traga a cerveja que selamos a paz.
Um dia vou te contar uma verdade absurda, não se preocupe tomamos uma para comemorar.
Um dia vou mentir para te ajudar, não se preocupe chame o garçom e peça mais uma cerveja.
Um dia Deus irar me chamar para viver ao lado dele, não se preocupe abre uma cerveja e chore. Olhe para a cadeira vazia que eu estarei sentado nela e quando esse dia chegar pare de beber por que foi assim que morri de tanto não se preocupar com a vida.

Mateus Amaral
Inserida por mateusamaral

Hey gata cê e igual cerveja?
Pq?

Se a latinha fika suando por fora ao tirar da geladeira e pq cada vez ta melhor x dentro!

ReyXxtPedrinhoo
Inserida por Reixxt

Acordei
Meio dia e trinta e sete
Meti uma bela cerveja
Dei uma boa cagada
E fui fumar uma cigarro na sacada
Olhei ao longe e avistei uma velha caindo aos pedaços
Notei que nós fazíamos a mesma coisa
E que nos vestíamos incrivelmente parecidos
Era assustador, como ao longo de poucos anos eu me tornara um ser que desprezível
Todo dolorido
Bêbado, como sempre
Fedendo a cigarros de filtro amarelo
Buscando uma faísca de sol em cada dia nublado
Eu me tornara o que fui fadado a ser
Um ignorante, bem sucedido, de pessoas
Um escritor envelhecido, ainda que jovem
Um amante das putas
To pensando o que vai ser o almoço...

Kevin Martins
Inserida por kevinmartins6

Nada realmente acaba ou termina:
A camiseta vira regata;
A cerveja vira xixi;
O boi vira churrasco;
Você vira saudade;
O amor vira ódio;
O sorriso vira lágrima;
Eu viro palhaço!

Ney Mombach
Inserida por NeyMombach

A cerveja foi um baita invento, depois, a estrada de ferro para leva-la mais longe. Porém ela azedava nos longos caminhos de trem.
Os porões também ficavam pequenos pra armazenar e conservar a produção.
Solução: oxigênio comprimido. Depois, oxigênio com hidrogênio, perfeito! Temos o freezer, bons negócios e bêbados.
Luis Pasteur, pasteurização, conserva a cerveja sem refrigeração.
Então, comprimindo oxigênio, hidrogênio mais etanol criamos o combustível dos foguetes, bombas e fomos a lua.
Conclusão: Nunca duvide das utopias, ideias e coragem de um bêbado, louco ou sonhador, você pode considera-lo um lunático e ele pode leva-lo até lá.

Leandro Pantera
Inserida por LeandroPantera

O prelúdio da cerveja

O suor do copo
antecede
o suor do corpo
o prazer
afoito

O gosto da cevada
se mistura ao
da língua
atrevida
molhada

A espuma
lembra a maciez
as mãos sobre a pele
a iminente
nudez

Um gole
um beijo
Um gole
um abraço
Um gole
de desejo
Um gole
que amasso!

É o vazio da garrafa
Cai o copo
Cai o corpo
Caio inteira
e enlouqueço
pela noite
nos teus braços

Joice Vilela
Inserida por joicevilela