Poesia da Cerveja

Cerca de 192 poesia da Cerveja

Amor ' VIII '
Marido e mulher estão tomando cerveja num barzinho. Ele vira pra ela e diz:
- Você está vendo aquela mulher lá no balcão, tomando whisky sozinha? Pois eu me separei dela faz sete anos! Depois disso ela nunca mais parou de beber.
A mulher responde:
- Não diga bobagens. Ninguém consegue comemorar durante tanto tempo assim! é d + rsrsrs

Edi..
2 compartilhamentos

Acho que eu tenho tudo o que quero.
Quando quero cerveja, bebo cerveja.
Quando quero vodka, bebo vodka.
Quando quero você, bebo vodka.

Bruno Fontes
2 compartilhamentos

Cada bebida tem seu resultado:
A cerveja é diversão;
O Whisky é conversa séria e as vezes besta;
E por último, o vinho, esse eu bebo sempre, revela o amor de um homem.

VERNIOR JR
2 compartilhamentos

NA FALTA DE AMOR E CARINHO: CERVEJA, VODKA E VINHO.
NA FALTA DE AMOR E PAIXÃO: WHISKY, TEQUILA, CACHAÇA E LIMÃO.
NA FALTA DE AMOR DE VERDADE: CERVEJA, VODKA, VINHO, WHISKY, TEQUILA, CACHAÇA E LIMÃO.

DR
2 compartilhamentos

E é assim mesmo que eu sou. Bem resolvida. Prefiro a roda dos homens nas festas, tomo cerveja, falo besteira, faço palhaçada, torço pro Corinthians e assobio com os dedos.
Talvez eu não seja um modelo de mulherzinha delicada. Isso não quer dizer que o meu lado feminino, vaidoso e elegante não prevaleça. Mas sei muito bem o que quero pra mim. Alguém que tenha a ver comigo, que não queira me mudar e goste de mim exatamente assim!

Angel Mancio
2 compartilhamentos

Ser! Veja! onde você esta!
"Cerveja" o que esta fazendo com seu dinheiro pois aquilo que não é mantimento não vale apena consumir.
"Cerveja" está ti levando para onde voce não quer ir, para um buraco sem fim.
"Cervaja" que temos co-responsabilidade com degradação da humanidade onde poucos tem muito e muitos tem nada.
"Cerveja" que enquanto você bebe para esquecer dos problemas os poblemas não esquece de você.
"Cerveja" te leva a um mundo de fantasias e quando passar o efeito logo você vive a realidade.
"Cerveja" tudo passa. A vida é breve.

Clysberth
Inserida por Clysberth

NA LINHA DO CÉU

Cores na linha do céu,
Formatos na linha do céu,
Cerveja gelada...
Toalha na cintura...
Incenso queimando...
Você no pensamento...
Vejo o horizonte.
O sol partindo...
Cores de saudades...
Cadê você?
Estou aqui...
Estou sozinho.
A lua nascera...
Estrelas brilharão...
Luzes acenderão...
Cadê você?
Por onde anda?
Saudades de você.
Do seu corpo...
Boca na boca...
Corpo no corpo...
Do seu ser...
Cadê você?

André Zanarella 14-11-2012
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4669248

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

PEIXE, CERVEJA E VOCÊ.

Quando tudo era sonho era assim,
Uma felicidade que não tinha fim.
Hoje conversamos num botequim,
Peixe, cerveja e você, morreu o ruim.
Conversamos apenas com o olhar,
Para mim isso que é o tal do amar,
Um silêncio que parece até cantar
E palavras sem necessidade de falar.
Peixe, cerveja e você que felicidade,
Às vezes até acho isso surrealidade,
Nessas horas quero a eternidade
E você amar sem nenhuma moralidade.
Peixe, cerveja e você, hoje eu estou feliz,
Esqueço no meu coração a cicatriz
Não brigue comigo doce aprendiz,
Pois você minha linda é minha força motriz.

André Zanarella 20-11-2012
(escrito pós bar Bar Riga no carro)
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4676024

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

Papel

Caneta

Cigarros

e

Cerveja

Tudo oque é necessário

Para um bosta de pensador ter ideias.

O Lápis corres

Tão facilmente

Sobre o papel

Que parece

Brincadeira

Me divirto e rio

Tirando sarro

Do próprio universo

Kkkkkkk

/

gargalhadas e gargalhadas

Pura insanidade

\

Criança

Papel

Caneta

Esperança

Tendes Humanidade suficiente para amar?

Tendes Amor suficiente para ser humano?

Amor

Amor

Amor

Maldição

Que nasce

em corações

inocentes

E vai crescendo

E se alimentando

Crescendo e vivendo

Amando

E

Amando

E

Amando

E

Sendo amado

Por tantos

E Tantos

É Tão bom e divertido

Que acho que a

Escuridão

De meu coração e a solidão

Se tranca de medo

Kkkk

Maldita solidão

Maldita solidão

Maldita solidão

Solidão Maldita

Solidão Maldita

Solidão Maldita

Dor

Dor

Dor

Acalme teu coração e pulse

sua alma

Seja Forte

Que as lagrimas caiam...

Kelvin Lianza
Inserida por kelvinlianza

No melhor bar da cidade.
Com a melhor cerveja congeladora de dedos.
A carne gorda desdenhado da brasa.
E meus estimados amigos
mastigando a pauta
num copioso suplício
ao choroso violão.

Raniere Gonçalves
Inserida por ranish

Me perguntaram se eu bebo cerveja, não, eu não gosto de cerveja, postei as fotos por achar divertidas, mas e se eu bebesse? A Bíblia proíbe o excesso, a embriaguez, não o beber em si, o Apóstolo Paulo escreveu "Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber..." Colossenses 2:16. Tudo em excesso faz mal, até refrigerante, suco chá e etc, logo vale o velho ditado, aprecie com moderação...
Sou cristão reformado, creio que a salvação é pela graça somente, e não por obras, mas sei de uma coisa, não acredito que alguém está pecando por tomar um copo de cerveja, mas acredito que uma língua comprida que fala mal dos outros e um dedo em riste que aponta para os outros é próprio de satanás, aliás satanás significa acusador...
Bom, então antes de falar do irmão que toma cerveja cuide de cortar fora tua língua gigante.
Não gosto de cerveja, mas querendo me chamar para tomar uma taça de vinho é só marcar...!

Bispo Rodrigo Faddoul
Inserida por bisporodrigo

QUANDO SE AMA

Troco o som do piano pela viola sertaneja,
A taça do vinho é trocada pela cerveja.
Assim é tal da adaptação do relacionamento
São furacões que surgem a todo o momento.

Conhecer as duas faces de uma moeda,
Tentar ser maleável para evitar a queda
E assim vai crescendo todo o sentimento
São furacões que surgem a todo o momento.

Entender que toda vida é uma pequena vida,
Que sem alguém ficamos perdido na avenida;
O sol deixa de ter o seu lindo colorido amarelo
E aquela delicia da infância não passa de caramelo.

Para se achar por completo ente mundo
Temos que entrar na vida do outro a fundo.
Conhecer o que não gostamos por que sim,
Apenas para aquela questão por um fim.

E assim vai crescendo todo o sentimento
São furacões que surgem a todo o momento.
E sorrir a toa sem querer do outro ser juiz,
Finalmente desejando que o outro seja feliz.

Desejo a você que encontre alguém que lhe faça feliz
Que saiba lhe acordar beijando a ponta de seu nariz

André Zanarella 05-08-2012
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4298220

André Zanarella
Inserida por AndreZanarella

Pode ir embora
Fecha a porta sem rancor
A paixão acabou
O amor se evadiu
E a cerveja esquentou

Eric Schneider
Inserida por EricSchneider

Porção R$ 45,00
Cerveja R$ 10,00
Banho 5,00
hotel R$ 650,00
Sorvetinho básico R$ 3,00
Agora junta tudo e bata no microondas e sirva no copo do liquidificar e depois me fale o gosto que tem!

Jeremias Edson Cardoso.
Inserida por Jherecardoso

Todos querem ser muita coisa
Serpente, sermão,
A seca do "ser tão"...
Você, só cerveja

Thu Oliveira
Inserida por thuoliveira

Muitos dizem o que pensam, mas poucos dizem o que sentem...
"Muita lata e pouca cerveja..."

Gomes Luis Gugas
Inserida por GomesLuisGugas

Quanto vale ?

Um quilo de carne,
Um sanduiche de mortadela,
Uma corrida de taxi,
Uma cerveja gelada,
Uma visita inesperada,
Uma viagem dos sonhos,
Um amigo.

Salvador Faria
Inserida por salvafaria

Vou dormir mais uma vez embriagado...
Embriagado de cerveja e saudade
Embriagado de tristeza e vontade, do teu beijo

Marcus Patrick Pens
Inserida por marcuspatrick

A cerveja pode tornar a vida suportável
Desperta sorrisos, e nos tira dessa realidade tão normal
Nos deixa tipo assim... Eu não estou bêbado, eu só to legal...
Ela liberta os nossos medos, criando uma felicidade artificial
Com ela meu mundo gira...
A cerveja me inspira!

Marcus Patrick Pens
Inserida por marcuspatrick

Ela ria, sem nexo, enquanto enchia mais um copo de cerveja naquele bar de quinta onde tocava umas músicas do passado ao fundo.
Ela ria, mas chorava por dentro.
Chorava por causa de nada.
Como sempre, a dor dentro dela apertava involutariamente o botão do choro toda vez em que ele aparecia por perto, só ou acompanhado, bebendo ou fumando, chorando ou sorrindo. Ela chorava pois sabia que era feliz com ele e sem explicações o deixou.
Ele sentia falta dela no começo.
Agora os dois se amam e se odeiam, sentem falta e desprezo, lembram-se de tempos bons e tempos ruins.
Mas o orgulho de tomar a iniciativa, o beijo, o abraço, ou simplesmente o sorriso, não deixam que o doce amor daqueles amantes inocentes voltem.
E é triste saber que nada vai mudar essa história.

Roger Effe
Inserida por degenerativo