Textos de homenagem ao idoso com mensagens de reflexão

Equipe editorial do Pensador
Equipe editorial do Pensador
Criado e revisado pelos nossos editores

A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos

Uma só idade para a gente se encantar com a vida
e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo nem culpa de sentir prazer

Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria imagem e semelhança
e sorrir e cantar e brincar e dançar
e vestir-se com todas as cores
e entregar-se a todos os amores
experimentando a vida em todos os seus sabores
sem preconceito ou pudor

Tempo de entusiasmo e de coragem
em que todo desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda a disposição de tentar algo novo,
de novo e de novo, e quantas vezes for preciso

Essa idade, tão fugaz na vida da gente,
chama-se presente,
e tem apenas a duração do instante que passa ...
... doce pássaro do aqui e agora
que quando se dá por ele já partiu para nunca mais!

Ser idoso…
Ser idoso não é olhar o tempo passar pela janela sem esperança do amanhã.

Não é ficar tricotando no sofá ou olhando os netos parecendo que isso é a única coisa que ainda resta a fazer na vida.

Ser idoso não é ter muitos anos de vida de tal forma a se achar que o único recurso é pensar no passado.

Ser idoso é mais…

É merecer respeito…

É receber amor…

É ter reconhecimento de tudo quanto fez e plantou ao longo de sua jornada…

É saber que ainda há tempo para aprender e ensinar…

É olhar para o céu e saber que o amanhã existe e será bem melhor do que o hoje foi…

É saber que existe sempre um motivo para sorrir…

Ser idoso é ser como é e lutar por um único objetivo, a felicidade. E a felicidade é algo que todos independentemente da idade tem o direito a usufruir.

Então aprenda a ser feliz, ainda que seja idoso…

SER VELHO E SER IDOSO

Para reflexão de jovens e "menos jovens"
sobre seu comportamento dianta da vida.
IDOSO, é quem tem muita idade,
VELHO é quem perdeu a jovialidade.
A idade causa a degenerescência das células,
a velhice, a degenerescência do espírito.
Você é idoso quando se pergunta se vale a pena;
você é velho quando, sem pensar, responde que não.
Você é idoso qdo sonha;
você é velho qdo apenas dorme.
Você é idoso qdo ainda aprende;
Você é velho qdo já nem ensina.
Você é idoso qdo se exercita,
Você é velho qdo apenas descansa.
Você é idoso qdo ainda sente amor;
Você é velho qdo só sente ciúmes.
Você é idoso qdo o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida;
Você é velho qdo todos os dias parecem o último da longa jornada.
Você é idoso qdo seu calendário tem amanhãs;
Você é velho qdo só tem ontens.
O idoso se renova a cada dia que começa,
o velho se acha cada noite que termina pois,
enquanto o idoso tem seus olhos postos no horizonte,
de onde o sol desponta e ilumina a esperança,
O velho tem sua miopia voltada para as sobras do passado.
O idoso tem planos, o velho tem saudades.
O idoso curte o que lhe resta de vida,
O velho sofre o que o aproxima da morte.
O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e plena de esperança.
Para ele, o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega.
Para o velho suas horas se arrastam destituídas de sentido.
As rugas do idoso são bonitas pq foram marcadas pelo sorriso;
As rugas do velho são feias pq foram vincadas pela amargura.
Em suma, idoso e velho podem ter a mesma idade no cartório,
mas têm idades diferentes no coração.
QUE VOCÊ, IDOSO, VIVA UMA VIDA LONGA, MAS NUNCA FIQUE VELHO. E VOCÊ, VELHO, APRENDA A SER IDOSO.

Idosos

São seres especiais. Se você tem avós, você tem sorte! Eu tenho um e o defino como pimentinha porque ele é atentado e só Deus mesmo para protegê-lo. Ainda procuro ser adotada como neta por outros.

Carinho e cuidado é pouco se você considerar toda a experiência de vida que possuem. Parecem crianças, mas com teimosia de um adulto. Não gostam de serem tratados como bebês. É preciso saber lidar com tudo isso e paciência é a resposta certa para qualquer situação que os envolve.

Uma ligação que você fizer, os deixará felizes. Uma visita resultará em sorrisos ou gargalhadas. Perguntas sobre as histórias da família culminarão em orgulho e prazer. Uma massagem para melhorar a circulação dos pés e onde for preciso é suficiente para deixá-los relaxados.

Caso queira corrigir a postura deles, eles agradecerão pela observação porque sabem como as curvas da vida os deixaram desatentos.

Se quiser fazer algo mais prático, com o objetivo de ser menos brucutu, que tal compras no sacolão, na padaria ou até mesmo separar revistas interessantes para eles?

Saiba que às vezes o que eles precisam mesmo é de bons ouvintes.

Respeitemos aos idosos

O idoso é aquele ser que está prestes a nascer de novo!
Em seu rosto, cada marca que traz, revela uma estrada percorrida;
Uma alegria, um sofrimento, um filho criado, um neto formado...
O idoso é uma árvore de sabedoria e bondade;
É aquele que sabe lhe acarinhar diante suas necessidades.
É aquele que vai lhe dizer:
_ Não siga por esse caminho, você não se dará bem! Eu já vivi isso!
É uma fonte de vida inesgotável embora muitos pensem o contrário.
O idoso é aquele ser que está mais próximo de Deus, assim como as crianças!
Ele tem sempre boas histórias para contar.
Viveu em épocas melhores, ou piores...
Época de boas colheitas, nazismo ou ditadura...
Ele saiu vivo e ficou para a semente, sempre dando bons frutos.
Se não houver mais idosos em nosso planeta
É sinal de que o ser humano não está vivendo nada bem!
Mas graças a Deus teremos muitas cabecinhas brancas e floridas
Para nos contagiar de alegria e paz.

Porque já não temos mais idade para, dramaticamente, usarmos palavras grandiloquentes como "sempre" ou "nunca". Ninguém sabe como, mas aos poucos fomos aprendendo sobre a continuidade da vida, das pessoas e das coisas. Já não tentamos o suicídio nem cometemos gestos tresloucados. Alguns, sim - nós, não. Contidamente, continuamos. E substituímos expressões fatais como "não resistirei" por outras mais mansas, como "sei que vai passar". Esse o nosso jeito de continuar, o mais eficiente e também o mais cômodo, porque não implica em decisões, apenas em paciência.

As pessoas com mais idade já têm opiniões formadas sobre todas as coisas e já não vacilam, não hesitam perante as dificuldades da sua vida. A nós, os jovens, custa-nos manter-nos firmes nos nossos pareceres por vivermos numa época em que mostra pelo seu lado mais horroroso, em que se duvida da verdade, do direito, de Deus.

Um pensamento sobre a famosa "Terceira Idade", que alguém nos fez, ou seja,
"Idosar, todos idosamos, mas o envelhecimento está na cuca de cada um..."
Nosso físico fica idoso, mas a alma não deve envelhecer...
Osculos e amplexos,
Marcial

CERTAMENTE IDOSAR NÃO É ENVELHECER
Marcial Salaverry

À medida que a idade avança, descobrimos que Terceira Idade, Melhor Idade, Fim da Picada, são alguns dos nomes dedicados às pessoas de larga vivência. A melhor definição depende do estado de espírito de cada qual. Podem ser idosos, por terem a idade física, ou podem ser velhos na verdadeira acepção do termo, isso depende apenas de como está seu interior.

Sempre existem comentários sobre o assunto em questão, pois é algo que sempre dependerá da maneira de se encarar a vida, uma vez que muitas pessoas recusam-se a admitir que podem ter problemas inerentes à idade, mas na verdade tal pensamento não é sinal de "desenvelhecimento", como pode parecer, mas sim de uma teimosia injustificável, de alguém que se recusa a enxergar o óbvio, ou seja, que a idade traz problemas sim, e que eles devem ser cuidados e observados, para que o envelhecimento físico não passe para o espírito.

Existe uma diferença entre envelhecer, ou ser velho. Podemos fazer com que o por do sol de nossa vida seja um lindo espetáculo crepuscular, ou então deixar que escureça cedo, terminando com a luminosidade que podemos e devemos ter em nossa fase crepuscular da vida.

É preciso transformar os conceitos geriátricos, deixando que a ternura tome conta de nosso espírito, transformando as frias letras e numeros que indicam o que se pode ou não fazer, numa gostosa poesia, sobre o que gostamos ou não de fazer, e para tanto, basta que se aprenda a gostar do que o físico nos permite, para que a alma não envelheça junto com o corpo. Assim, se o físico não aceita os impactos de uma aeróbica, ou de uma partida de tenis, tamboréu, volei ou basquete, aceitará o suave impacto da natação ou hidroginástica. Se não podemos correr, uma caminhada é bem recebida pelo organismo.

Ao invés de lamentar o que se deixa de fazer, podemos e devemos curtir o que se pode. Não adianta chorar sobre o leite derramado. O que foi, foi, o que será, talvez seja, o importante é o que É. Aqui e agora...

A idade pode trazer paz, luz, alegria, bons amigos. Basta que saibamos curtir o que de bom a vida nos oferece. Temos mais tempo para curtir os bons momentos, já que não precisamos nos preocupar tanto com o futuro, e podemos viver melhor o presente, seja cuidando de um jardim, ou simplesmente caminhando sem pressa, podendo curtir cada momento de um gostoso passeio por um jardim ou uma praia. Prestando atenção a tudo que podemos ver. Sem temer a tristeza, nem a solidão ou mesmo o sofrimento, pois já aprendemos que são contingências da vida, e já vivemos de tudo um pouco.

As decepções vividas, levá-las à sepultura, ao invés de as ficar lamentando, e enquanto houver vida, procurar sempre manter a qualidade adquirida ao longo do tempo.
Se não tivermos um amor a nosso lado, podemos manter a ternura de nossa alma, deixando-a aberta para algo que aconteça, nunca esquecendo de apreciar o caminho percorrido, já que sempre haverá algo lindo para ser observado, pois a vida é uma fonte de alegria, oferecendo-nos a água benfazeja da vida, e se tivermos esse amor, procurar mante-lo dividindo nossa felicidade com uma bela parceria...

Sem qualquer sombra de dúvida, nossa caminhada rumo ao inevitável ponto final, pode ser triste, ou amena. Depende de como a encararmos. Tanto podemos nos entregar à velhice, como podemos passar garbosamente pela idosidade. Apenas precisamos saber nos adequar ao envelhecimento, perdão, ao idosamento, para conseguirmos desfrutar adequadamente o fato de ainda estarmos vivos. E é muito bom estar vivo. Devemos agradecer ao Amigão a cada novo dia que vemos nascer, e assim, podemos caminhar sem pressa curtindo cada momento, ou ficarmos parados esperando que o tempo cumpra sua marcha.

A vida deve ser vivida. Existe muita coisa ainda a ser feita, por mais idade que tenhamos, desde que a vontade não morra em nosso espírito. E a única maneira de a mantermos viva, é permanecendo vivos, jamais nos entregando ao envelhecimento, porque este vai nos fixar num mausoléu.

Precisamos sempre manter acesa em nossa alma a chama da vida, tendo em nossos olhos essa luz interior que vai nos permitir melhor enxergar o mundo a nossa volta.

Se a idade nos trouxer problemas, é importante procurar as devidas soluções, tratando de enfermidades que porventura surgirem, jamais nos deixando abater. Se por algum problema mais sério a luz começar a ficar bruxoleante, precisamos reagir, e atiçar o fogo novamente, pois se o deixarmos extinguir, aí sim, será o fim de tudo.

Acontece que a vida sempre vale a pena ser vivida, seja em seu começo, no meio, ou no quase fim. Fim este que sempre poderá ser empurrado com a barriga, o que depende de nosso livre arbítrio, de nossa vontade de viver, ou mesmo da força que tenhamos na barriga...E DA VONTADE QUE TENHAMOS DE DOAR A ENERGIA QUE TEMOS EM NOSSO INTERIOR, E QUE SÓ SE EXTINGUIRÁ NO FIM DE TUDO...

E com essa vontade firme no coração, desejo a todos, UM LINDO DIA, que poderá ser repetido a cada dia de nossa idosidade...

Inserida por Marcial1Salaverry

Terceira idade
e a poesia do saber,
e o amor de quem tem fé,
e a vontade de viver,
e a gentileza dos pensamentos,
e a juventude da velha época.

Terceira idade
e a geração do sorriso,
e o momento de alegria,
e sobre alguns obstáculos sobrevivem
e com belas histórias nos contam
suas vitórias e suas derrotas

Inserida por RodrigoSTeixeira

Certamente, quando pensamos na tal “Terceira Idade”, já começamos a imaginar como ela será...E quando já a passamos, e chegamos à quarta, quinta ou sexta idade, vemos que aquela preocupação era sem sentido, pois é possível passar por ela, e sobreviver...Nem todos, mas...
Ósculos e amplexos,
Marcial


ENCONTROS E DESENCONTROS DA TERCEIRA IDADE
Marcial Salaverry


Pergunta-se o que pode ser definido como "Terceira Idade", e a resposta automática é a famosa "é aquela que vem depois da segunda, claro...". Mas existem fatores a serem considerado, que não tornam a coisa tão simples assim.

Terceira Idade, Melhor Idade, Fim da Picada, são alguns dos nomes dedicados às pessoas de larga vivência. A melhor definição depende do estado de espírito de cada qual. Podem ser idosos, por terem a idade física, ou podem ser velhos na verdadeira acepção do termo, isso depende apenas de como está seu interior, pois existe grande diferença entre o envelhecer, e o envelhe-ser, ou seja, ser um velho na verdadeira acepção da palavra, que define algo velho, como algo em desuso.

Na verdade, ao atingirmos essa faixa etária, podemos nos definir como "seres crepusculares", ou seja, estamos chegando ao crepúsculo da vida, e vai depender de nós mesmos, se desejamos ter um lindo crepúsculo, com o sol se pondo lindamente no horizonte, ou se teremos um crepúsculo de um dia tempestuoso, com chuvas e trovoadas.

Neste momento da vida, há que se jogar fora os conceitos sobre a velhice e, considerando-a como mais uma fase da vida, arrancá-la das engrenagens do tempo, da cronologia, da biologia, da geriatria, e poderemos transformá-la em uma doce e gostosa Poesia, onde não poderemos dispensar a gostosa presença da Ternura, o que certamente trará alegria para nosso "idosar".

Devemos seguir vivendo com intensidade, amando, praticando exercícios, sempre nos adequando à idade física, porque a mental, a espiritual, jamais deixarão a mocidade.

Procurar viver em harmonia, com bastante paz, luz, com muita alegria, com muita energia interior. Quanto às amizades, que sejam leais e sinceras, e que saibam curtir esse gostoso momento da vida. Que sejam poucos, mas que sejam verdadeiros amigos, que saibam e queiram viver.
Procurar fazer aquilo que gosta. Caminhar sem pressa, curtindo cada momento, pois já corremos muito na vida.
Não temer a tristeza, nem a solidão ou mesmo o sofrimento, que fazem parte da vida. Enquanto vivermos, que saibamos viver. Se não tivermos um amor a nosso lado, teremos as doces lembranças do que já vivemos, e devemos saber manter a ternura em nosso olhar, em nossa alma.
Sem qualquer sombra de dúvida. Nossa caminhada rumo ao inevitável ponto final, pode ser triste, ou amena. Depende de como a encararmos. Tanto podemos nos entregar à velhice, como podemos passar garbosamente pela idosidade. Apenas precisamos saber nos adequar ao envelhecimento, perdão, ao idosamento, para conseguirmos desfrutar adequadamente o fato de ainda estarmos vivos.

Podemos caminhar sem pressa curtindo cada momento, ou ficarmos parados esperando que o tempo cumpra sua marcha.

A vida deve ser vivida. Existe muita coisa ainda a ser feita, por mais idade que tenhamos, desde que a vontade não morra em nosso espírito. E a única maneira de a mantermos viva, é permanecendo vivos, jamais nos entregando ao envelhe-cimento, porque este vai nos fixar num mausoléu.

Precisamos sempre manter acesa em nossa alma a chama da vida, tendo em nossos olhos essa luz interior que vai nos permitir melhor enxergar o mundo a nossa volta.

Se a idade nos trouxer problemas, é importante procurar as devidas soluções, tratando as enfermidades que porventura surgirem, jamais nos deixando abater. Se por algum problema mais sério a luz começar a ficar bruxuleante, precisamos reagir, e atiçar o fogo novamente, pois se o deixarmos extinguir... será o fim de tudo.

Acontece que a vida sempre vale a pena ser vivida, seja em seu começo, no meio, ou no quase fim. Fim este, que sempre poderá ser empurrado com a barriga, dependendo de nosso livre arbítrio, de nossa vontade de viver. Ou mesmo da força que tenhamos na barriga.

E com essa vontade firme no coração, desejo a todos, UM LINDO DIA, e que possa estar repetindo este desejo por muito tempo ainda...

TEXTO ESCRITO EM 14/08/2003... O corpo sente a idade, mas o espírito ainda está bem vivo...Só quando Deus resolver me chamar... ⁠

Inserida por Marcial1Salaverry


TERCEIRA IDADE
É a fase da sabedoria
Das experiências
Uma vida que merece
Viver com alegria.
Que importa a idade
Se chegamos até aqui
Isso é um presente
Viver com felicidade.
Então vamos nos animar
E viver a melhor das estações
Das historias lindas
Para poder contar.
Nossa idade é como a flor
Mas, é preciso acreditar
Jamais se lamentar
Desabrocha com amor.
Só não desacreditar
Nem deixar a mente vazia
Somos capazes
Precisamos nos ocupar.
Então vamos viver
Aproveitar a terceira idade
Com fé e tranquilidade.
Irá Rodrigues

Inserida por Irarodrigues

"TERCEIRA IDADE"
Depois dos 60 anos muitos fatos que vamos relatar acabamos por optar a ficar mudos,pois a insegurança de citar nome,datas e detalhes já não lembramos bem e assim sendo vamos nos anulando.A única certeza que a vida nos dá é que estamos ganhando dores,mas com experiencia de vida devemos driblar tudo de ruim e com garra e fé acreditar que estamos de passagem para outra dimensão.

Inserida por Gilrefatti

CHEGANDO À TERCEIRA IDADE

Demétrio Sena, Magé - RJ.

A velhice não é a melhor idade, como se convencionou, mas pode ser uma idade melhor. Isto, se nos dispusermos a aceitá-la e dar o melhor de nós, para vivermos com relativa qualidade. Se a nossa infância e a juventude foram marcadas pelo que teríamos, e ao mesmo tempo pelo que não sabíamos que tínhamos, a velhice pode ser vista como a coroação de um um estágio no qual fomos aprovados.
Uma vez aprovados, passamos a viver do que nos resta, face ao que tivemos, e a reciclar nas nostalgias o valor desse troco do que pagamos para ver, e do eterno passado, sempre aos olhos, em formas de retrovisores. Reciclar, neste caso, não é só reviver. É viver de novo, como se a vida fosse realmente outra, com as limitações bem vindas por quem já viveu. Por quem já foi. Quem recaminha, sabedor de que o recaminho é curto. Não é um período que se compare à trajetória já percorrida, mas vem como um bônus especial para quem se superou.
Envelhecer é se superar. E quem alcança essa fase da vida sem se dar conta disto, viveu à toa. Não cresceu. Só envelheceu. No fundo, não superou nada. Simplesmente murchou, sem produzir sementes. E não adianta se valer de besteiras como chavões do tipo espírito jovem, coração de criança, corpo "com tudo em cima", para fugir da própria caveira que se esqueceu de cair e se mantém sob a pele flácida semelhante a um mapa ilegível, sem qualquer indicação do tesouro.
Façamos da velhice uma idade melhor, sem fantasia de melhor idade. Um tempo de reflexão serena para o bom fechamento de nossos dias, ainda que sem cessarmos as atividades que nos mantêm vivos enquanto há vida. No mais, pior do que tentarmos ser quem não somos, é insistirmos em ser, por fora, o que já fomos e agora não dá mais. É necessário que o corpo, a mente, o espírito e o coração, em seu sentido afetivo, estejam em plena sintonia. Não é possível cada parte puxar para um lado.
Creio, depois de tudo, que o segredo seja tão apenas enxugarmos, de uma vez por todas, o nosso conceito pejorativo de velhice ou terceira idade, sem darmos tanta importância para nominatas. Palavra de quem logo, logo estará nesse patamar. Que bom. Parece que sou merecedor de chegar lá... ou logo ali.

Inserida por demetriosena

⁠Saber envelhecer é uma arte. É importante pensar que, embora a envelhecimento tenha suas limitações, também tem saberes e vivências que só quem realmente passa pela experiência conhece.
O importante é saber extrair o melhor dos acontecimentos e se nutrir de bons e proveitosos encontros.

⁠O velho instruído

Seus passos agora já são lentos. Sua postura está curvada devido a tanto tempo inclinada. Seus olhos olham, mas não enxergam como antigamente. Seus ouvidos tentam escutar os movimentos dos lábios. A memória agora não traz na lembrança as situações não tão marcantes. Tantos anos se passaram, tantas lutas, tantas vitórias e também muitas derrotas. A vitória enobrece e a derrota instrui. O que será melhor, ser nobre ou ser instruído?
O mais velho sabe te responder. A nobreza traz alegria, destreza, se torna notável, superior sublime, distinto e poderoso em tudo noque faz, ou que pede para fazer. O instruído é luminar, literado, letrado, culto, pontificado. Consegue decidir situações por si mesmo. Muitas das vezes, a instrução te leva mais longe, pela sede do saber e a vontade de desbravar o desconhecido, em prol de outros. Observe os idosos de passos lentos que escolheram a instrução. Seus passos estão lentos, mas o conhecimento de vida abunda em todo o espaço em que se encontra. Ele nesta situação tem postura de gigante. Seus olhos não precisam enxergar para ver. Ele agora está instruído a desvendar mistérios. Seus ouvidos ouvem a voz que orienta toda a humanidade. Neste estágio, este homem de idade avançada, alcançou e liberdade espiritual. Ele está junto com Cristo

Inserida por gerson-ferreirastos

Não deixe chegar a terceira idade para avaliar quais foram os seus erros, todos cometem erros, a vida não vem com instruções. Mas se você tem poder de fazer mudanças , porque não faze-las ? A melhor mudança que um ser humano pode fazer, é deixar o egoísmo para trás.Esta esperando o que para fazer o bem?

Inserida por elaacreditavaem

⁠Uma das vantagens de se chegar a tal terceira idade, com saúde e amor próprio, é poder brincar no play ground de desavisados prepotentes, sem que eles desconfiem, por nos suporem simples peças do passado, embora estejamos presentes a marcar presença em seus "presentes" ! Odair Flores

Inserida por odair_flores

⁠Muitas pessoas quando chegam na terceira idade ou estão com alguma doença grave se tornam mais humildes e reconhecem que se não tivessem tido uma vida desregrada poderiam ter evitado muitos de seus sofrimentos e se pudessem voltar ao passado fariam tudo diferente, mas não podem fazer mais nada. Se enganam, pois, não podemos mudar nosso passado, mas podemos ter um futuro diferente e enquanto há vida temos a obrigação moral de lutarmos por nossa evolução espiritual ainda nesta vida.

Curtir a vida na Terceira Idade, com atitudes agradáveis e com simplicidade, otimismo, humildade, confiança e gratidão no coração, é uma das maiores riquezas que todo ser humano possui diante de Deus e descobrirá que há muita felicidade, usando suas experiências, seus recursos e seu tempo em prol de seus amigos e familiares.

Inserida por HelgirGirodo

As pessoas imaginam que alcançamos a sabedoria quando adquirimos mais idade, mas, na verdade, à medida que os anos avançam, é difícil nos mantermos tão sábios como éramos. De fato, o homem torna-se um ser distinto em diferentes etapas da vida. Mas ele não pode dizer que se tornou melhor, e, em alguns aspectos, é igualmente provável que ele esteja certo aos vinte ou aos sessenta.

Inserida por DavidFrancisco

Eu vejo idosos em pensões, em supermercados
e eles são magros, e eles são orgulhosos, e eles estão morrendo
eles estão famintos e eles não dizem nada
tempos atrás, entre outras mentiras
eles foram ensinados de que o silêncio era bravura
agora, depois de trabalhar a vida toda,
a inflação os aprisionaram
eles olham em volta
roubam um uva
mastigam-na
finalmente, fazem um pequena compra, o dia valeu a pena.
outra mentira que lhes foi ensinada:
não roubarás
Eles preferem a fome à roubar
(uma uva não os salvará)
e em quartos minúsculos, enquanto leêm anuncios de mercado
eles sentirão fome
eles vão morrer sem fazer barulho,
retirados de seus albergues
por jovens garotos loiros de cabelos compridos
que vão deslizar para dentro
e se afastarão do meio fio
estes garotos,
olhos bonitos,
pensando em Vegas e bucetas e vitória
é a ordem das coisas:
cada um sente o gosto de mel,
depois o da faca.

[Meu Pai Dizia]

Um dia foram pais carinhosos,
Hoje não são mais do que idosos.
Pelos aprendizes são mal tratados,
Vivendo uma vida de aposentados.

Em um dia foram mestres,
No outro foram fardos.
Membros de um grupo desgarrado,
Pais da evolução, filhos da perdição.

E o velho retirante se coloca a caminhar,
Na busca por um fio do passado a restaurar,
Passado em que sentiu orgulho de viver,
Viveu e assumiu paixões no entardecer,
Sem medo do escuro dominar sua clareza,
Usou toda a artimanha era o rei da esperteza,
Não detinha um centavo mais foi o mestre da nobreza.

Ouvimos os murmúrios, aprendemos os martírios,
Sentimos o perfume mergulhando sobre os lírios,
E no final da trilha te sobraram dois destinos,
Ou o asilo ou o exílio, mas eu prefiro o Sol Divino,

Um dia eu ouvi meu Pai dizer:
Só morre de verdade quem não viver,
Porque quem vive e faz por merecer,
Jamais verá o eterno anoitecer.

Um belo dia !
Meu Pai dizia...

Ser idoso…
Ser idoso não é olhar o tempo passar pela janela sem esperança do amanhã.

Não é ficar tricotando no sofá ou olhando os netos parecendo que isso é a única coisa que ainda resta a fazer na vida.

Ser idoso não é ter muitos anos de vida de tal forma a se achar que o único recurso é pensar no passado.

Ser idoso é mais…

É merecer respeito…

É receber amor…

É ter reconhecimento de tudo quanto fez e plantou ao longo de sua jornada…

É saber que ainda há tempo para aprender e ensinar…

É olhar para o céu e saber que o amanhã existe e será bem melhor do que o hoje foi…

É saber que existe sempre um motivo para sorrir…

Ser idoso é ser como é e lutar por um único objetivo, a felicidade. E a felicidade é algo que todos independentemente da idade tem o direito a usufruir.

Então aprenda a ser feliz, ainda que seja idoso…

Equipe editorial do Pensador
Equipe editorial do Pensador
O Pensador.com conta com uma equipe de escritores, editores, especialistas e entusiastas para produzir, organizar e revisar os conteúdos.