Coleção pessoal de Marcial1Salaverry

1 - 20 do total de 1144 pensamentos na coleção de Marcial1Salaverry

Mães e filhas... Sempre uma estranha relação...
Por razões que a própria razão desconhece, nem
sempre se entendem bem... Por que será?
Osculos e amplexos,
Marcial

MÃES E FILHAS NEM SEMPRE SE ENTENDEM
Marcial Salaverry

É meio complicado abordar este tema, pois nunca alguém conseguiu explicar o porque dos desentendimentos que quase sempre ocorrem entre mães e filhas. Acontece que por vezes as mães se esquecem que já foram filhas, e estas ainda não sabem o que é ser mãe, e assim começa a origem do problema, pois as mães se esquecem de todas as dificuldades de relacionamento que viveram. E as filhas sequer imaginam que ainda vão viver tudo isso. E apenas um diálogo saudável e sincero pode esclarecer as coisas para os dois lados...

É preciso levar em conta que para as mães, as filhas nunca crescem. São sempre aquelas menininhas que sempre pediam para que a mamãe resolvesse seus problemas. E as filhas sempre já se consideram lidimas donas de seus narizes.
Quando crianças, as meninas sempre vêem as mães como suas "ídolas". Espelham-se nelas para tudo. E as mães acham que será por toda vida assim, e então as mães se acostumam a ser requisitadas para tudo. Qualquer dúvida, a mamãe esclarece. Para qualquer problema, consulta-se a mamãe, que tudo sabe, tudo resolve, só que a mamãe se esqueceu de passar a sua menininha "dentro da asa do tacho", e ela, infelizmente cresce. Vira adolescente, e então começam os problemas.

Logicamente a ex-menininha começa a ter idéias próprias, começa a ter suas amizades, a conversar com pessoas com outras idéias, e começa a fugir da "proteção materna", ainda mais com o advento das tais "redes sociais", onde pululam conceitos e preconceitos nem sempre saudáveis... Acontece que por vezdes as mães relutam em acreditar que a menina não é mais uma menina. Está saindo de dentro do ovo, e não quer mais aceitar as idéias agora ditas "ultrapassadas", e que até pouco tempo atrás eram verdades absolutas. Claro que a mãe se recusa a aceitar essa mudança, e assim começam as primeiras crises domiciliares, e a situação pode se agravar com o aparecimento do pior inimigo das mães. Aquele monstro perigoso chamado "namorado", que marca o limite de território, e é assim que a guerra está declarada. A ex-menina não quer mais aceitar a ingerência materna, que por sua vez não aceita o "narizinho empinado dessa fedelha" .

A situação não precisa chegar a esse ponto que, felizmente não é mais tão comum, e para tanto, basta que, ao notar que a menina está crescendo, a mãe comece a dialogar cada vez mais com ela. Ao invés de ser a "toda poderosa que tudo sabe e manda", ela deve começar a ser a amiga da filha. Aquela a quem a menina pode fazer confidências, que sempre está pronta para ouvi-la e trocar idéias e informações. Principalmente informações, e que mostra começar a aceitar suas idéias e novos ideais, e isso se consegue através de diálogo, troca de idéias. É preciso conhecer-se o que começa a passar por aquela cabecinha, já não tão oca, há que se entender que ela tem necessidade de novas amizades, conhecer outras coisas. Só com a troca de idéias pode se evitar muitos problemas...

Transformando-se numa aliada da garota, passando a ser sua amiga, trocando confidências, evitam-se muitos desentendimentos.
Então, a coisa não é tão feia assim. E se por acaso a situação estiver deteriorada, o melhor a fazer é procurar um diálogo. Nunca é tarde para que se inicie a trégua, e assim descobrir o ponto de desentendimento, sendo necessário entender que as coisas não se resolvem através de imposições, nem do famoso "eu sei o que é bom para você". E onde fica o livre arbítrio? Muita conversa, gente, ainda é um bom remédio.

Bem, a verdade é que não sou mãe e nem filha, mas fui um observador atento de muitos casos semelhantes ao que foi acima dito, e com resultados os mais diversos. E por causa da falta de um bom diálogo, muitas mamães foram precocemente promovidas a vovós, para não falar de outros problemas muito mais sérios, que podem acontecer por falta de um diálogo esclarecedor, de muito carinho e compreensão...
Sem duvida alguma, os melhores resultados foram conseguidos com a palavrinha mágica: DIÁLOGO.

Então, dialogando bastante, espero que tenhamos UM LINDO DIA, não sòmente no Dia dos Mães, mas igualmente nos 364 outros dias do ano...

Marcial Salaverry

Amizade... Respeito... Saber entende-los, e saber entender que quem nos procura
com bons sentimentos, apenas quer ajudar, e assim não devemos prejulgar,
interpretando como cobranças, certas atitudes que são frutos de amizade e carinho...
Devemos saber nos colocar "do outro lado"...
Osculos e amplexos,
Marcial

CONSIDERAÇÃO E RESPEITO AJUDAM A MANTER UMA BOA AMIZADE
Marcial Salaverry

Uma verdade que não se pode negar, é certeza de que a principal regra que rege os relacionamentos, é saber observar que não existe nada melhor do que tratar as pessoas com a mesma amizade e consideração que desejamos para nós, pois assim agindo, certamente teremos o mesmo tratamento em retorno.

Pode-se dizer com toda certeza, de que uma das coisas mais interessantes que temos para fazer, é procurar espalhar amizade e, a partir dela, felicidade. Infelizmente nem todos pensam assim, e, como resultado, encontramos pessoas que vivem mal humoradas, incapazes de um sorriso espontâneo, incapazes de uma gentileza, e por vezes interpretando atitudes amistosas como se fossem cobranças que estamos fazendo. E a qualquer coisa que dizemos, dão respostas atravessadas. A uma simples pergunta sobre “o que tem feito da vida”, respondem com ironia, indagando o que temos a ver com isso.

Certamente não podemos fazer, se elas se sentem bem assim, interpretando mal o que lhes dizemos. Respeitemo-las, pois são pessoas que fazem do mau humor o real sentido de sua vida, e não são capazes de “sentir” um gesto de amizade, de simples e delicado carinho.

Penso que muito melhor do que um tratamento frio e distante, seria oferecer um pouco de calor humano, de um sentimento amistoso. Um abraço, um aperto de mão, um gesto de solidariedade, são coisas que nada custam, e fazem bem para nosso espírito.

Nada tem a ver com cobrança, se mostramos interesse pelo que se passa em seu lar. Por vezes notamos que um amigo, um filho, um sobrinho, um neto, enfim, alguém a quem queremos bem parece estar passando por alguma fase não muito favorável. É normal um interesse sobre o que está acontecendo. Não estamos cobrando satisfações, mas sim, desejando saber se existe algo que podemos fazer para ajuda-los. Simplesmente, uma atitude amistosa, muitas vezes mal interpretada.

Sempre deveremos respeitar as pessoas, com seus defeitos e virtudes, com suas tristezas ou alegrias. É a melhor maneira de sermos respeitados também. Ao notar algum defeito nas pessoas, deveremos usar de tato e bom senso para aponta-los, nunca o fazendo ofensivamente. Enfim é importante saber usar do espírito de humanidade, escutando eventuais desabafos, da mesma maneira que gostamos de ser escutados.

É isso que precisa sempre ser levado em conta. Não devemos ser agressivos com quem demonstra alguma preocupação conosco. Não podemos deixar que nosso eventual mau humor fale mais alto, e nos faça entender errado.

Concordo que muitas vezes recebemos cobranças injustificadas, mas saibamos entender o motivo de quem no-las fez. Muitas vezes não existe mesmo o intuito de cobrar alguma atitude nossa, mas apenas um desejo de saber o que acontece, e possivelmente o que se poderá fazer para acertar as coisas. Saibamos entender tais atitudes, evitando constrangimentos para quem apenas nos quer bem. E, crianças, amizade não é artigo que se possa desprezar.

Vamos sempre analisar as coisas, observando algumas regrinhas de bem viver, procurando tratar as pessoas com simpática cortesia, como gostamos de ser tratados, e sabendo interpretar atitudes. Procurar ajudar na medida do possível, sempre dispensando aos demais o mesmo tratamento que gostamos de receber. Sempre procurando ser como um espelho, devolvendo a imagem que desejamos receber. Assim se pratica a mais salutar de todas as amizades, ou seja, a amizade recíproca. E isso faz muito bem para nosso espírito.

Saber ouvir e interpretar é tão importante quanto saber falar, sempre dispensando a mesma atenção que gostamos de receber, evitando sobretudo julgamentos precipitados, e antes de uma resposta agressiva a uma manifestação de interesse, vamos imaginar-nos do outro lado da mesa, colocando-nos no lugar de quem nos pergunta algo. Será fácil chegar à conclusão que faríamos a mesma pergunta. Vamos respeitar a amizade e o carinho que nos dispensam, e assim, fazendo nossa parte para ver um mundo mais feliz, vamos chegar à conclusão de que somos os mais beneficiados, podendo nos considerar felizes.

Para melhor espalhar amizades, desejo que todos, sem exceção, tenham hoje e sempre UM LINDO DIA, sempre deixando claro que não estou cobrando nada, apenas desejando que todos pensem melhor, e possam viver em melhor harmonia, sem acharmos que tudo é cobrança ...

Marcial Salaverry
1 compartilhamento
Tags: amizade consideração

São sempre pequenos motivos que podem
fazer qualquer criatura feliz, e não sou exceção...
Saber aproveitar bons momentos e as coisas boas
que a vida nos oferece, e tomando os devidos cuidados
para não desperdiçar o que estamos recebendo, eis o que
pode deixar qualquer ser vivente feliz...
Ósculos e amplexos,
Marcial

EIS AQUI ALGUNS MOTIVOS PARA SENTIR-ME FELIZ
Marcial Salaverry

Estou particularmente feliz hoje, pelos motivos abaixo discriminados,
e desejo dividir com todos, para ensinar direitinho o caminho para saber sentir a felicidade.

1-Ao acordar, vi que estava vivo.
2-Apalpei-me, vi que estava inteiro.
3-Levantei-me, vi que consegui. Posso locomover-me para onde quero.
4-Conversando com meu Amigão lá de cima, descobri que tenho muito para agradecer,
e quase nada para pedir (e o que pedir é para melhorar a vida de outros).
5-Posso respirar, andar, cantar, comer e tantas outras coisas prosaicas que todos,
ou quase todos podem fazer, mas que não dão a devida importância,
pois são coisas naturais, mas que nem todos podem fazer, e nem todos os que podem,
sabem agradecer esse fato importante para o bem viver...
Como posso, é motivo para estar feliz, nunca esquecendo de agradecer ao Amigão
pelos benefícios que Ele me proporciona, como por exemplo poder ouvir certas
músicas que tocam a alma, e podem aumentar a sensação de felicidade...
6-Tenho AMIGOS que acredito consideram-me uma boa amizade.
Podem não ser muitos, mas existem, e isso é muito bom.
7-Então...tenho, ou não motivos para estar FELIZ ?
8-Agora o motivo mais importante:
POSSO COMPARTILHAR ESSA FELICIDADE COM TODOS.
AMIGOS, DE CORAÇÃO, DESEJO QUE TENHAM VOCÊS TODOS UM LINDO DIA!!!

E vamos todos curtir esse dia numa boa, pois vivida
com fascinação, "a vida é bonita, é bonita, é bonita..."

Marcial Salaverry
Tags: para sentir-me

A felicidade é a coisa mais fácil do mundo
de ser conseguida...
Basta saber deixá-la fluir de sua alma...

A FELICIDADE É ISSO AÍ
Marcial Salaverry

Saiba encontrar a felicidade...
É fácil, e não tem contra indicação,
e certamente faz bem ao coração...
Saiba você que, na realidade,
está dentro de nós, essa tal felicidade,
da qual todos temos tanta necessidade...
Para buscá-la em nosso interior,
é preciso entender o que é o amor,
e dar-lhe o devido valor...
É saber que precisamos usar
nossa energia interior, sabendo como amar...
Amar a Deus, amar-nos, e saber distribuir
esse amor a quem o queira sentir
bem dentro de seu coração,
e receber toda a doce emoção,
desse amor que lhe é ofertado em doação...
Para sentir felicidade,
saiba que é preciso saber espalhar amizade...

Marcial Salaverry

Marcial Salaverry
Tags: felicidade

A cada dia que nasce, sempre devemos agradecer
ao Amigão pelo dia anterior, e preparar-nos para o novo dia,
sempre com amor no coração.
E nesse renascimento,
esquecer a dor e o lamento,
e viver a felicidade de um novo dia...
Osculos e amplexos,
Marcial

A CADA DIA QUE NASCE
Marcial Salaverry

Algo que jamais poderemos esquecer, a cada dia que nasce, é o fato de que precisamos sempre nos lembrar de que nós nascemos junto com ele, pois sempre será algo de novo em nossa vida, e como tal deve ser encarado e vivido, e assim sendo, o que ontem aconteceu, ficou pra trás, precisamos renascer a cada dia, respirando aquele gostoso ar matinal, sempre revigorando nossa alma e nosso organismo. Claro, quem mora em cidades com alto índice de poluição, deve respirar mais devagar, mas sempre tendo presente que logo cedo, a poluição ainda não conspurcou tudo, portanto ainda se pode respirar.

A cada dia que começa, devemos esquecer aquilo que fomos ontem, deixando pra trás eventuais acontecimentos desagradáveis, lembrando apenas do que nos deu prazer. É uma política interessante. Convenhamos que relembrar desgraças, irá renovar dores. E se existe algo que deve e pode ser renovado, são só os prazeres vividos. E se nada aconteceu de bom ontem, esqueça esse dia. E tente recomeçar da estaca zero, sempre olhando para a frente, sempre lembrando que cada dia que começa pode ser considerado como o primeiro dia de nossa vida.

Assim age a Natureza. O sol desponta a cada dia, e se nuvens o encobrem aqui, ele brilhará ali. Mas quando as nuvens se dissiparem, ele ressurgirá com seu brilho. Consideremos essas nuvens, como os problemas que nos afligem. Quando se dissiparem, nosso sol interior brilhará novamente.

Vejam esta mensagem que nos foi deixada por Chico Xavier, nosso amigo de sempre, e para todo o sempre:
"Quero que cada manhã, a alma desabroche do sono como a rosa do botão, e surja, como a aurora do oceano, ao sorriso dos teus lábios, ao gesto de tua mão.
Quero me engrinaldar para a festa renovada com que cada dia nos convida a desdobrar as asas como a águia em demanda do sol.
Quero crer, a cada nova aurora, que esta é a definitiva, a do encontro com a felicidade, a da permanência assegurada, a de teu sim definitivo."

Assimilando a grande verdade dessa mensagem que nos foi legada pelo Mestre Chico Xavier, vemos que realmente podemos renascer a cada manhã, desde que assim o desejemos. Depende de nosso livre arbítrio, entregarmo-nos ao sofrimento, ou procurar superá-lo. Sejam quais forem os problemas, uma solução haverá, basta que a saibamos descobrir. Mas, dominados pelo desespero, nada conseguiremos.
Da mesma maneira, quando temos grande sucesso, não podemos nos deixar enlevar pela sorte favorável, sempre levando em conta que nada é eterno. Nem a dor, e tampouco a flor.

Existe um velho provérbio que define bem tudo: "Não há bem que sempre dure, e nem mal que nunca se acabe..."
A sabedoria popular sempre presente nos mostra que a cada dia que nasce, devemos nascer junto com ele. Ontem foi ontem, vivamos o hoje, pensando no amanhã...

E que melhor maneira para faze-lo, do que tendo UM LINDO DIA, e esperando que se repita a cada dia que nasce...

Marcial Salaverry
1 compartilhamento
Tags: agradecendo

Não há nada melhor do que receber o doce afago
de um carinho materno...
E as mamães adoram receber um carinho em retribuição,
do que jamais se pode esquecer...

CARINHO MATERNO
Marcial Salaverry

"O que queremos fazer com a vida?"
Quantas vezes se faz essa pergunta,
à procura da orientação materna...
E conta-se com o apoio da sua mão terna,
que vem sempre em socorro,
apontando o caminho, acalmando o coração,
fazendo pensar, com um tempo para reflexão,
que é preciso pensar bem
para acalmar o coração inquieto,
que sem ela não fica quieto,
esperando que ela chegue
tranquilizando com as palavras certas,
e sempre dizendo com sabedoria,
"o diabo sabe por diabo,
mas mais sabe por sua idade..."
Sempre se deve escutar
a voz da experiencia,
que com paciencia
sabe aconselhar,
para que se possa o rumo acertar...
E durante toda a vida
diz-se sempre, de coração,
OBRIGADO MAMÃE QUERIDA...

Marcial Salaverry

Marcial Salaverry
Tags: carinho materno

Embora o deseje, nem sempre uma mãe
consegue abraçar seu filho, embora seja
esse seu mais ardente desejo...
Ósculos e amplexos,
Marcial

NÃO É SEMPRE QUE MÃES E FILHOS PODEM SE ABRAÇAR
Marcial Salaverry

Algo que ninguém consegue esquecer, é que está chegando o Dia das Mães. Muita festa, com aquela gostosa união familiar. Mães e filhos se abraçando numa linda demonstração de amor. Isso acontece em quase todos os lares.
Realmente existem datas consagradas à união familiar. O Dia das Mães, como o Natal, é uma data das mais festejadas pela união familiar.
Pensando na festa, gostaria de falar um pouco do que pode ser sentido por mães e filhos que as circunstâncias da vida forçam a uma separação.
O que normalmente é considerado como uma infinda tristeza, pode e deve ser encarado de outra maneira. Consideremos como uma espécie de teste que é imposto, para que se possa aquilatar a força desse amor.
Chega a ser interessante essa relação Mães e Filhos. Muitas vezes, quando juntos, querem estar longe. Se separados, lamentam a distância que os separa.
Quando a distância que os separa é pequena, ainda não chegam a dar o devido valor. Afinal está aí, ao alcance da mão. A qualquer momento que se queira, pode-se ter a companhia, a presença. Então, protela-se a visita para amanhã, ou para qualquer outro dia, e às vezes esse dia demora para chegar. Mas acontece que ela está logo ali. Então, pra que a pressa?
Todavia, por vezes a distância aumenta, e o que estava ali pertinho, pode ir para longe.
Fica mais difícil um encontro, um reencontro. Aí bate a saudade. A mamãe está longe. Por que não me preocupei mais com ela quando estava perto? O amor continua o mesmo, mas falta a convivência, e aí bate a tristeza.
Quando então acontece o inevitável, e ela vai de vez, aí é que a saudade bate forte, aí é que se lamenta o pouco caso demonstrado quando estava ao alcance da mão. Pergunta-se, então por que a convivência não foi aproveitada quando era possível... Mas aí então já é tarde.
Estranhos são os caminhos do Senhor, bem como estranhas são as reações do ser humano. Por que será que muitos só dão valor ao que tem quando perdem? Por que esse sentido de se julgar superior aos sentimentos inerentes a todo ser humano? E depois, quando descobrem que são tão humanos quanto todos os outros, lamentam o tempo perdido. Interessante isso...
Mães e filhos distantes... Precisam ser muito fortes para superar a tristeza. Precisam ser muito fortes para entender o porque dessa separação. Precisam ser muito fortes para não deixar o amor fenecer. A distância pode e deve ser motivo para se fortalecer o bem querer, como preparativo para o reencontro.
Mães e filhos distantes... Apenas não podem deixar que a distância provoque o surgimento de mágoas que possam dificultar o reencontro. O carinho pode e deve existir mesmo à distância. A tecnologia moderna facilita isso. Um simples cartão, um telefonema e mesmo um e-mail com as palavrinhas mágicas: "eu te amo", "tenho saudade", "quero te ver", fazem milagres. Flores podem ser enviadas à distância. Pequenos gestos que indicam carinho, atenção, nunca são demais.
E aqueles que tem a sorte de estar juntos, nunca deixem de dar valor à companhia. Nunca pensem em mães e pais como "aqueles chatos que não saem do meu pé", pois quando não os puderem ter mais, talvez sintam a falta e dêem o devido valor.
A mesma fórmula se aplica àqueles chatos que ficam escrevendo o que, por vezes, não queremos ler. Aproveitem, enquanto eles ainda estão escrevendo...
Um abraço a todos, e UMA SEMANA CHEIA DE LUZ, e de muito amor e compreensão para as mães e filhos distantes, enquanto podemos ter e desfrutar de UM LINDO DIA...

Marcial Salaverry
1 compartilhamento

Temos nossa opinião sobre tudo, ou quase tudo na vida...
Apenas temos de analisá-la, para ver se é o jeito certo.
Meditar, analisar, e então executar, depois de considerar
possíveis alternativas...
Osculos e amplexos,
Marcial

SEMPRE SERÁ UMA QUESTÃO DE OPINIÃO
Marcial Salaverry

Certamente existe algo que sempre coordena nossa vida. É nossa opinião, nosso livre arbítrio, que nos faz decidir o que, e como fazer, como direcionar o rumo a seguir em nossa caminhada, contudo, é preciso con siderar que devemos sempre procurar alternativas, ouvir opiniões, pesar prós e contras, mas sempre deveremos ter nosso ponto de vista sobre o que vamos fazer. Ouvir opiniões, considerar opiniões alheias, é uma coisa, é sinal que sabemos usar o discernimento, mas a escolha final deverá ser nossa, e não será desdouro nenhum mudar de opinião quando julgarmos que nos seja conveniente faze-lo.

Realmente, somos livres pra escolher porém, como somos aprendizes em fazer tais escolhas, precisamos tomar certos cuidados para não nos deixarmos prender a elas, sem analisá-las detidamente, saindo da ignorância, e não nos prendendo a ela, destarte, é certo que atitudes ditadas pela teimosia, e não pelo bom senso, mostram alguma intolerância. Perseverança é uma coisa, teimosia é outra. Se alguém nos mostra que nosso caminho é errado, devemos parar para pensar e analisar. Levar algo adiante apenas "para não dar o braço a torcer", é sinal de ignorancia.

Sempre seremos responsáveis por nossas ações e antes de agir ou mesmo antes de pensar, podemos já ter feito escolhas entre diversas opções, mas deveremos ficar abertos a novas possibilidades, pois sempre alguém poderá nos mostrar algo novo, e talvez melhor. Há que se analisar as possibilidades, uma vez que não resta dúvidas de que as melhores escolhas são feitas quando conseguimos analisar todas as opções, entendendo que algo de novo sempre pode surgir. É preciso que saibamos nos colocar também do outro lado, para poder ter um enfoque melhor daquilo que pretendemos fazer. Sempre estamos sujeitos a novos aprendizados, a novas avaliações em nossas idéias, modificando-as se houver uma possibilidade de melhorar o caminho, ou as corrigindo se julgarmos melhor uma retomada de posição. Sempre é bom aproveitar para aprender também com a experiência alheia. Assim, desde que possamos nos colocar no lugar do outro, poderemos aprender, e quem sabe, aperfeiçoar nossas idéias, sempre tendo presente que duas cabeças podem pensar melhor do que uma, ou não, e é exatamente essa alternativa que precisa ser analisada detidamente...

Precisamos sempre ter presente que as opções que conhecemos não são as únicas, e é por isso que precisamos de amigos, que poderão nos trazer outras opções para nosso desenvolvimento, sabendo entender que a característica principal da amizade é a possibilidade de facilitar as coisas para as pessoas que sabem manter a mente aberta para novos conhecimentos, desenvolvendo melhor seus projetos.

Efetivamente, somos responsáveis por nosso pensamento, e nosso destino, mas não será mostra de irresponsabilidade o fato de nos basearmos em opiniões alheias, pois, na realidade, a escolha foi nossa, e se houve influência é porque permitimos que ela existisse da maneira que ela existiu e da fonte de onde ela partiu. Foi por nossa escolha mesmo a ajuda escolhida e poderemos mudá-la, segundo for mais conveniente, e isso é válido não apenas nas questões da vida em si, mas também certos preconceitos que norteiam nossa vida, é algo que depende de nossas próprias escolhas.

Preconceitos que poderão nos levar a algumas atitudes erradas, porque nos deixamos dominar por idéias preconcebidas, ao invés de pensar com a alma solta.

Podemos ou não achar que será melhor conhecer algo a partir da experiência de outra pessoa, mas não podemos nos esquecer de que que somos livres para experimentar e examinar tudo, através de nossa experiência pessoal. Com toda a certeza, sempre que nos negarmos a novas experiências, nos bitolamos em idéias que talvez sejam ultrapassadas.

Só poderemos saber se será válida ou não uma mudança, se a estudarmos devidamente, e mesmo assim constatarmos que nosso pensamento é realmente o melhor a ser feito. Nesse caso, poderemos continuar pelo mesmo caminho, pois temos todo direito à liberdade de atos e opiniões, e isso é determinado pela força criadora que todos temos dentro de nós.

Podemos e devemos nos sentir livres para examinar as possibilidades, chegando às nossas próprias conclusões. E se os fatos constatados nos levarem a mudar projetos, isso não significa que não soubemos planejar, mas sim, que tivemos o bom senso para usar nosso livre arbítrio, mudando algo que não estava certo. É onde não cabe a teimosia de pessoas que jamais mudam de opinião, mesmo vendo a casa cair, pensando estar defendendo sua personalidade. Na realidade, apenas estão sendo teimosamente ineficientes.

Bem a propósito, um pensamento de L'Inconnu, que cai como uma luva...
"Ainda que seguindo opiniões diferentes das suas próprias, isto não distancia a pessoa de você, somente agrega novas opções que você pode usar se souber respeitá-las."
Algo que deve ser opinião unanime, é a necessidade de termos UM LINDO DIA, sabendo sempre repeti-lo.

Marcial Salaverry
1 compartilhamento
Tags: apenas opinião

Uma adoção, sempre será um ato de amor verdadeiro,
dando oportunidade a quem não tem a mãe biológica,
ter o amor verdadeiro de uma mãe para alegrar a vida...

MÃES DE CORAÇÃO
Marcial Salaverry

Quando se faz uma adoção,
o que manda é o coração...
Tem que haver aquela empatia,
uma comunicação por telepatia,
no simples cruzar de olhares...
A criança, parece pressentir,
sua alma parece se transferir...
Nesse ato de adoção,
vai uma doação...
é uma mútua aceitação...
A criança parece entender
o que vai acontecer,
e sua alma como que escolhe
quem ela quer "adotar"...
Chama pelo olhar,
como que dizendo... és minha mãe...
Leve-me... Deixe-me ao teu lado viver,
não quero mais te perder,
agora que te encontrei...
E assim completa-se a ligação...
de quem terá partido a adoção?
A escolha foi obra de um sinal divino,
completando a roda do Destino...

Marcial Salaverry

Marcial Salaverry

Momentos de solidão podem ser bem aproveitados para aquela conversa com nossa alma,
para atender às recomendações que nos recomendam um distanciamento social,
pensando em nossa saúde, em nossa vida, e dos demais...
Ósculos e amplexos,
Marcial

APROVEITANDO BEM A SOLIDÃO
Marcial Salaverry

Quando por quaisquer razões ficamos a sós em casa, podemos aproveitar a solidão para então curtir um bom momento a sós, entendendo que estar sozinho, por vezes pode ser melhor do que num lugar bem cheio de gente, ainda mais considerando que o recomendável pode ser justamente esse distanciamento...

Assim, acaba-se descobrindo que a monotonia gostosa de nossa casa, é melhor do que no meio de muita gente com a vida vazia, procurando alguma coisa, seja lá o que for, ainda mais se forem criaturas que não pensem com seriedade na segurança da vida, seja a própria, seja a de outrem, e que estão por vezes com a alma cheia de rancor,
vivendo assim nesta triste voragem, ao invés de procurar outra paragem, onde possa ficar em paz...

Fique em casa cuidando de sua segurança, para assim curtir a solidão, aproveite para mergulhar em seus pensamentos, afugente seus lamentos, ou então eventuais maus pensamentos seja como for, na busca de um possivel calor... Quando sabemos aproveitar a solidão, pensamentos simplesmente voam, tomam rumo desconhecido, flutuam, e assim, vamos nos relaxando, aproveitando para ter um melhor e maior contato com Deus... Certamente a vida não se modifica, mesmo pensando como deve ser vivida...

Assim é a humana natureza, nunca sabe extrair da vida, a beleza que é reconhecida com sinceridade na fuga em busca da felicidade, de algo que pode possibilitar uma existência gostosa, na tranquilidade de nosso lar, ao invés do agito de um bar, bem longe da paz por nossa alma desejada... Apenas podemos dizer que estamos totalmente sós se, ao olharmos para o espelho, não vermos nossa imagem lá refletida, eis que sempre nossa alma nunca permitirá que a solidão nos domine, como no poema abaixo...
"SÓ SOLIDÃO
Marcial Salaverry

Somente solidão totalmente só,
pode fazer a alegria virar pó...
Solidão só é solidão,
quando nos sentimos a sós,
quando somente um SOS
ao azar jogado, pode chamar quem
possa nos livrar da solidão só...
Amando-nos, reduziremos a pó
essa incomoda sensação de estar só..."

E, lembrando de um velho ditado que nos mostra que "É melhor estar só do que mal acompanhado", podemos curtir UM LINDO DIA, desejando que todos que souberem sentir-se "juntos ainda que distantes", também saibam curti-lo...

Marcial Salaverry
Tags: aproveitando solidão

Nosso RG atesta que a idade vai avançando, mas nosso espírito pode resistir ao avanço cronológico que pode afetar nosso corpo...
Osculos e amplexos,
Marcial

IDOSANDO COM DIGNIDADE
Marcial Salaverry

Ao nos olharmos no espelho, temos consciencia de que estamos envelhecendo, ou melhor, estamos idosando, porque os sinais da passagem do tempo são inequívocos.
Contudo, temos que adquirir consciencia de que não somos uma mera peça imprestável nesta vida, pois se não temos mais a mesma capacidade física que sempre nos animou e deu vitalidade em nossa juventude, e, claro, não temos os mesmos reflexos e a mesma disposição, não podemos nos deixar vencer pelo desânimo, nem tampouco pedir aquela aposentadoria total, que nos levará apenas a contar o tempo que ainda falta para ocuparmos nossa última morada. Com certeza não podemos permitir que nossa vida murche e feneça, enquanto apenas esperamos as coisas acontecerem.

Algo que ocorre nessa fase, é começar com a ideia fixa de que nada mais temos a fazer, e ficamos apenas falando de nossas dores e mazelas, e queremos chamar a atenção do mundo para que alguém cuide de nós. Esse ponto é crítico. Sinal de que realmente estamos nos entregando à velhice, muito mais do que à idade.

Devemos usar nossa vivencia para ensinar aos mais jovens, e devemos dialogar com eles, e não apenas monologar sobre nossos problemas. Ouvindo, podemos sempre aprender algo a mais que nos possa ajudar a viver melhor. E que nos permita também ajudar a outrem, mostrando que ainda temos vida, que ainda somos úteis e necessários. É importante descobrir que talentos temos e que ainda não foram descobertos para que possamos desenvolver algo, seja no campo da música, da pintura, da jardinagem, da cerâmica, da literatura, ou mesmo de nossa solidariedade, eis que todos temos algum talento artístico, e se eventualmente ainda não foi descoberto, sempre será tempo de faze-lo.

Afinal, temos que descobrir a melhor ocupação para o tempo de que dispomos, e que nos dias da juventude nunca tinhamos, pois precisávamos ganhar a vida e assegurar o futuro. E agora podemos realizar velhos sonhos, e devemos a cada dia despertar dispostos a aprender alguma coisa mais. Pode ser uma forma diferente de usar o pincel, uma breve poesia, um ensinamento, uma receita surpreendente, sempre existirá algo que poderemos melhor desenvolver.

A idade não deverá nos transformar em pessoas rabugentes e sisudas, sempre poderemos ser joviais, sem exagerar para não parecer tolos. Se por acaso não fomos pais muito atentos aos filhos, pois nossas obrigações nos exigiam muito, poderemos agora ser avôs ou bisavôs que possam dedicar algum tempo aos netos e bisnetos, tomando cuidado para não os mimar, mas sim educar, ensinando-lhes a viver, ensinando-lhes a amar e respeitar os mais velhos, e a vida.

Claro que sempre devemos ter presente que, apesar de toda nossa experiencia, podemos estar errados em alguma coisa, e sempre será tempo para corrigir algo que possa melhorar nosso relacionamento com o mundo e com as pessoas que nos cercam, e como a ciencia está em evolução constante, não podemos nos fechar em nossos conhecimentos, pois temos que evoluir com o mundo, sempre atentos a tudo que possa acrescentar algo ao nosso saber.

Se nossa capacidade física fraquejar, deixando-nos com alguma dependência, precisamos da ajuda de nosso Amigão, pedindo que nos dê paciência, que nos permita suportar o corpo que tanto nos serviu, e que agora mostra as limitações causadas pela marcha inexorável do tempo. Dançamos, fizemos esporte, brincamos, viajamos, tivemos bons e maus momentos, e o que foi vivido, mostra que devemos agora e sempre continuar amando nosso corpo, e devemos sempre cuidar dele.

Principalmente, não devemos ser inconvenientes, procurando não incomodar tanto aos demais. Devemos aprender a pensar duas vezes, antes de reclamar, insistir e exigir o que quer que seja, a quem tenha que cuidar de nós. Devemos aprender a cultivar a paciencia.

Se por acaso perdermos quem esteve sempre a nosso lado, não devemos chorar essa perda. Sentir a falta é uma coisa, viver lamentando e se lamuriando é outra coisa, e isso não deve acontecer. Podemos usar as boas lembranças de alegres momentos vividos juntos para minimizar a dor da ausencia querida.

Sempre devemos cultivar boas amizades, que poderão nos ajudar a viver melhor o tempo que ainda temos por aqui. O mais importante é contarmos sempre com a ajuda divina, de nossos entes queridos e de nossos amigos, a fim de termos um envelhecimento digno, e que sempre sejamos lembrados com um pensamento e um comentário favorável, como alguém que viveu dignamente, e que soube sempre ser uma pessoa que espalhou luz e amizade por onde andou,e que sempre conseguiu ter, desejar e propiciar UM LINDO DIA.

Marcial Salaverry
1 compartilhamento
Tags: envelhecer

Na verdade, o que realmente é importante,
não é apenas o fato de ser feliz, mas sim,
o fato de conseguir sentir-se feliz...
Parece ser fácil, e realmente pode ser...
Ósculos e amplexos,
Marcial

COM CERTEZA A FELICIDADE É UMA COISA MUITO BOA
Marcial Salaverry

Para que alguém possa dizer que está feliz, é lógico que precisa estar satisfeito com uma série de coisas a seu redor e, claro, consigo próprio, e o principal requisito, é gostar-se. Se alguém não tiver realmente uma boa dose de amor para consigo próprio, nunca poderá estar feliz.
Poderá dizer-se feliz alguém que, ao olhar-se no espelho, diz: Eu te odeio? Claro que não, mas certamente existem outros fatores que podem colaborar, dependendo da maneira de pensar de cada um.

Na realidade, a felicidade está em nosso interior, depende de nosso relacionamento conosco, a qualidade de nosso relacionamento com o mundo. É preciso aprender faze-la aflorar, eis que na verdade, a felicidade tão procurada e disputada, não é assim tão difícil de ser encontrada, pois deve ser procurada em nosso interior. E o caminho para encontrá-la não é tão difícil como parece, basta que se adquira um certo nível de compreensão, e assimilar certas coisas da vida.

Quando conseguir compreender que o mundo não é para ser disputado palmo a palmo, para assegurar o direito de posse, mas sim, para ser compartilhado, quando se deixar de lado o desejo de ser "o centro das atenções", talvez se consiga entender que a humildade é privilégio dos grandes, e apenas os medíocres não sabem disso.

Aprendendo a respeitar as pessoas, as plantas e os bichos como obras da mesma natureza que o fez, o indivíduo cresce espiritualmente e melhora tanto como pessoa, que não lhe sobra tempo para criticar outras pessoas, passando a respeitá-las, e reconhecendo que todos têm o mesmo direito à vida. Ninguém é melhor do que ninguém, embora alguns consigam atingir um nível mais elevado de conhecimento, o que inclusive, deve ser compartilhado, e não guardado egoisticamente para benefício próprio apenas.

Não existe nada melhor do que caminhar ao lado de um amigo, sorrir inúmeras vezes por dia, mesmo diante de certos azares, procurar falar sempre de coisas boas, procurando conhecer o lado bom das pessoas. É importante esquecer os erros do passado,nossos ou dos outros. Se cair, saber levantar sempre. Se algo acontecer que cause irritação, podemos faze-lo, claro, pois somos humanos, mas procurar reverter isso imediatamente. Saber repudiar a inveja e a ingratidão é uma atitude que torna nossa vida melhor.

Claro que agir dessa maneira, é algo extremamente difícil de se conseguir. É uma questão de aprendizado, e não acontece de forma repentina. Mas, claro que vale a pena tentar. Quem consegue inserir em sua vida a prática cotidiana de atitudes positivas, não se torna apenas o melhor amigo, o melhor pai, ou o melhor chefe, na verdade, será a melhor companhia para todos aqueles que o cercam, pois não faz apenas a felicidade dos outros, mas torna-se verdadeiramente feliz. Sua vida deixa de ser um fardo a carregar, que vai se tornando cada vez mais pesado, sempre acrescido das desgraças vividas. Ela se torna uma caminhada deliciosa para ser feita.

A maioria das pessoas procura a felicidade apenas como um fim, e não como um caminho a ser percorrido e muito bem palmilhado. Talvez seja essa a razão para que ela se torne tão inacessível e tão rara.

Realmente é simples saber encontrar e sentir a felicidade, entendendo ser o caminho para UM LINDO DIA, e uma feliz sequencia de lindos dias...

Marcial Salaverry
Tags: felicidade

É preciso saber direcionar a força de nossos sentimentos apenas para o bem...
O exercício do mal, causa um grande desgaste em nossa alma...
Principalmente em ocasiões quando a solidariedade, se faz necessária, é quando
precisamos saber usar de nosso bom senso, voltando nosso pensamento para
o sentido coletivo, algo que, infelizmente, nem todos são capazes de fazer...
Ósculos e amplexos,
Marcial

A FORÇA DOS SENTIMENTOS
Marcial Salaverry

Algo que aprendemos desde criança, é a grande verdade que nos diz que a força dos sentimentos deve ser sempre bem direcionada, e assim sendo, devemos saber bem usar essa força que é inata em todo ser vivente, apenas para o bem. Na verdade, o bem flui naturalmente em nossa alma, enquanto o mal, precisa ser planejado antes de ser executado, mostrando ser algo que não é natural em nossa natureza humana...

Dessa maneira, nem que seja por comodismo, façamos o bem, simplesmente esquecendo quaisquer idéias que sejam voltadas para o mal, destarte, devemos agir de maneira a colaborar com o bem estar e segurança, não só nossa, mas igualmente dos demais, pois se todos agirem de forma solidária e coletiva, as coisas poderão ser bem encaminhadas...

Pergunta-se o que é fazer o bem? Essa pergunta é interessante, e nisso já pensei bastante, chegando à conclusão que a dificuldade para que isso seja conseguido, é a grande verdade que nos mostra que é inerente ao ser humano, não saber ser humano,quando não consegue agir com humanidade, com a devida racionalidade, quando não consegue "esquecer o umbigo", lembrando que existem outras pessoas à sua volta...

Animais ditos irracionais, respeitam a cria e as fêmeas... E o que os ditos racionais fazem com mulheres e crianças? Por vezes o ser humano é tão desumano, que penso em algo assim, como um grande cantor e compositor brasileiro, que em uma de suas músicas, dizia "só queria civilizado como os animais.."

Nosso Maluco Beleza estava certo, e isso é algo que decerto nem sempre deixa que a vida seja sempre bem vivida... Essa falta de civilidade e de respeito com o direito à vida que todos temos, é algo que nem sempre nos permite fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, que sinceramente desejo que todos tenham, mesmo àqueles que se recusam a fazer sua parte para combater certas situações críticas...

Marcial Salaverry

Presencialmente ou em distanciamento,
um abraço amigo e sincero sempre será bem recebido e desfrutado...
Seja na Primavera, Verão, Outono ou Inverno...

RECEBA UM ABRAÇO AMIGO DE FINDI
Marcial Salaverry

Para um bom fim de semana,
nada melhor que um abraço de amizade...
Se estamos em distanciamento social,
receba mesmo um sincero abraço virtual...
Amizade, rima com fraternidade,
e também com sinceridade,
sendo uma amizade de qualidade,
sua melhor rima é com reciprocidade...
Vamos assim, espalhar amizade...
Com um abraço sincero é o bastante,
para nos sentirmos juntos ainda que distantes...
Venha de lá um abraço, para bem começar o dia
que gostosamente encerra a semana,
e que a próxima lhe seja plena de
LUZ, PAZ, AMIZADE E AMOR...

Marcial Salaverry

Marcial Salaverry
Tags: abraço amigo

Falar sobre contatos extrafisicos, é um tema sujeito a controvérsias,
que depende da maneira de pensar de cada um, devendo cada qual
dar o enfoque segundo seu livre arbítrio.
Osculos e amplexos,
Marcial

FALANDO SOBRE CONTATOS EXTRA FISICOS
Marcial Salaverry

Para falar sobre contatos extra físicos, é preciso ter em mente que é um assunto sujeito a muitas controvérsias, dependendo da maneira de cada um ver a vida, e no que acredita ser algo possível de existir.

Vamos considerar que os estudiosos do funcionamento da mente humana afirmam que o que se chama de mente fotográfica é atributo de todo ser humano, podendo mesmo ser considerado como certas ideias que, sem que possamos dizer como, nem porque, surgem de repente vindas do nada, e aparecem à tona de nossos pensamentos. Como explicá-las? Poetar, por exemplo, pode ser a criação dentro daquilo que foi vivenciado durante a vida, ou vindo de outras vidas, assim como um inventor tira do nada as mais absurdas invenções, um escritor tira do nada as mais incríveis idéias.

Tal pensar é fascinante pois a experiência de um, sempre será diferente da experiencia de outro. Podemos questionar idéias, meditar, e até mesmo modificar pontos de vista, e até a propria vida, pois da experiência de vida de cada um, algo podemos aprender para viver melhor, e apreender o que se escreve, ou o que se faz.

Vemos que esse pensamento tem muita lucidez, pois analisando o ato de poetar, de escrever, e até mesmo de criar, inventar, pode ser chamado de diversos nomes, tais como "inspiração", "intuição", "sabedoria", "genialidade", vemos que é algo que está realmente dentro de nosso interior, e a cada momento pode aflorar, ou não. Depende de nós, dar ou não seguimento ao que nos vem do interior. Existem diversos poetas que não poetavam, por não conseguir distinguir seu talento inato. Devidamente "puxadas" por algo ou por alguém, hoje estão poetando lindamente. E julgavam não saber escrever, mas agora estão permitindo que sua "voz interior" fale exteriormente.

Muitas vezes o sentimento de solidariedade de diversas pessoas, pode ter algo a ver com o resgate pessoal de eventuais culpas, que estão alojadas no subconsciente, e procuram dessa maneira um resgate para seus débitos, ainda que o façam inconscientemente. Assim, pode-se acreditar que sempre temos algo para reciclar em nossas posturas, e é com o questionamento, que adquirimos ferramentas para isso, para nos transformar em pessoas melhores, resgatando-nos, e assim, liberando nossa alma para o futuro.

Seja qual for nosso pensamento sobre o assunto, apenas devemos ter em mente que nunca poderemos apresentar um pensamento como sendo o exato, assim como não temos o direito de julgar se alguem pensa e vê a vida de uma maneira diferente possa estar errado. Quem somos nós para julgar quem quer que seja? Temos que primeiro nos julgar, para depois poder opinar sobre atos de outrem. Nunca se pode dizer que tal pessoa "está errada". Ela poderá estar errada segundo nossa maneira de pensar, mas certa de acordo com a sua. Para isso existe o livre arbítrio, e realmente, falar-se em contatos extra físicos, em domínio da mente, ou em assuntos correlatos, como resgate de vidas passadas, sempre pode suscitar dúvidas, pois cada qual tem seu enfoque sobre o assunto. Ninguém está certo ou errado, apenas tem seu pensamento, e dúvidas sempre existirão, e assim, para dirimi-las, ou ao menos uma tentativa nesse sentido, existe o diálogo, que sempre deve ser feito de maneira racional e ponderada.

Com um grande abraço extensivo a todos, compartilhem ou não de meu pensar, fica aqui meu desejo de UM LINDO DIA, podendo e devendo repeti-lo a cada dia de vida...

Marcial Salaverry
1 compartilhamento
Tags: contatos extrafísicos

Como sou admirador do grande Mario Quintana, resolvi prestar uma homenagem a este "Bom Dia", dele,
com meu "Boa Tarde", apenas invertendo a ordem das palavras finais das estrofes...
Abraços poeticos,
Marcial

BOM DIA
Mario Quintana

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha o próprio vento..."
<><><><><><>
BOA TARDE
Marcial Salaverry

Palavras trazidas pelo vento,
vindas de belos poemas,
escritas de um jeito preciso,
mesmo que seja algo antigo,
o tempo não conseguiu levar,
e são essas palavras as únicas,
a falar do amor todas as coisas...

Marcial Salaverry em dueto

Com certeza, as palavras certas ditas no momento certo,
sempre serão benditas, quando bem ditas...
Saibamos usar este maravilhoso dom que o Amigão
nos concedeu, sabendo usar as palavras...
Osculos e amplexos,
Marcial

DIZENDO AS PALAVRAS CERTAS
Marcial Salaverry

É verdade que palavras são palavras, nada mais do que palavras, mas devem ser usadas com bom senso, discernimento e respeito, procurando dar bons conselhos, boas idéias, levando positividade, aclarando situações, procurando sempre levar algo de bom, de interessante, evitando as "fakenews..."

É certo que palavras podem alegrar ou entristecer, apoiar ou derrubar, dar ou tirar alegria ou felicidade, mas o importante é que sejam medidas e oportunas, que sejam as palavras certas, ditas na hora certa, sempre com a verdade...

Na verdade, sempre desejamos falar de nossos desejos de felicidade, e para tanto, deveremos saber falar com alma, dizendo realmente o que sentimos, pois palavras ditas com carinho, mostrando o real caminho de nossos sentimentos, deverão ser palavras que trazem felicidade, para serem sempre recordadas com saudade, e são para a vida uma real necessidade, para que se possa ter uma conversa em reciprocidade, em que as palavras possam ser ditas e escutadas com igual atenção, pois palavras, quando escutadas com atenção, são as palavras que sempre fazem bem ao coração...

Vamos entender que palavras com carinho faladas, jamais serão esquecidas, deixando marcas perenes na alma de quem as escutou, quando ditas com sinceridade, carinho, amizade, reciprocidade, são as verdadeiras necessidades da vida...

O diálogo com as palavras certas pode dirimir dúvidas, acertar situações, e terminar com falsos julgamentos, dirimindo dúvidas, acalmando ânimos por vezes "quentes..."

A verdade sincera é o que deve sempre prevalecer, e sempre vale a pena lembrar que "Palavras bem ditas, sempre serão palavras benditas..."

São as palavras que podem propiciar sempre a oportunidade de se viver UM LINDO DIA, e espalhando-as, igualmente espalharemos amizade, o que de melhor podemos fazer na vida...

Marcial Salaverry

Esse gatinho simpático ao lado, me trouxe lembranças de um passeio quando lá estive... Realmente, recordar é viver...
Ósculos e amplexos,
Marcial
Trecho do livro UM BRASILEIRO NA ÁFRICA.

UM PASSEIO NO PARC NATIONALLE DU KIVU
Marcial Salaverry

Em minhas andanças pelo Congo, passei alguns dias atendendo aos meus clientes do Kivu, e não poderia deixar de visitar o Parc Nationalle du Kivu, uma bela reserva animal da região. Com um grupo de 12 turistas, organizamos um grupo para conhecer a Reserva, e com um guia da região, em busca de aventura, saímos em procura dos leões. Todos sonhavam em testemunhar uma caçada dos leões.

O guia ironicamente perguntou quem se candidatava a servir de isca para os gatinhos...
Assim seria fácil para que os outros testemunhassem a caçada. Não houve voluntários, não sei porque...

Encontramos um seleto grupo de 2 machos e 7 fêmeas, em plácido repouso.
As fêmeas estavam cuidando de uns quantos filhotes muito alegres e brincalhões.
Apesar do guia assegurar que os leões quando estão de barriga cheia não atacam, e que se alguém quisesse passear entre eles não haveria perigo de ataque, ninguém quis conferir a veracidade dessas palavras, eis que restava uma dúvida cruel: E se restasse um pouquinho de apetite num deles?

Limitamo-nos a olhar e fotografar, principalmente porque as leoas, ao pressentirem a presença humana, puseram-se em posição de guarda ao lado dos filhotes, com olhares bem pouco amistosos. A expressão "defender os filhos como uma leoa" é bem real. É impressionante a atitude delas.

Satisfeitos com as fotos obtidas, continuamos o passeio na expectativa de ver uma caçada aos búfalos, o que acabamos conseguindo ver alguns dias depois...
Este foi realmente UM LINDO DIA vivido no Congo, pois sobrevivi ao passeio todo, e estou conseguindo contar um pouquinho do que vi e vivi lá...

Marcial Salaverry
Tags: lembranças

A grande verdade da vida nos ensina que, se quisermos bem viver
nesta nossa passagem, precisamos saber superar nossos medos e traumas...
Pode não ser fácil, mas é possível...
Desde que exista uma real força de vontade...
Osculos e amplexos,
Marcial

NÃO DEVEMOS TEMER OS MEDOS E TRAUMAS DA VIDA
Marcial Salaverry

Certamente, se quisermos bem viver a vida, precisamos aprender a superar um dos piores inimigos que temos, e que é facilmente localizável. Encontra-se em nosso interior, em nossos medos, em nossas fraquezas, e é preciso admitir que não nos é muito fácil controlar o que se passa em nosso interior. Muitas vezes trazemos certas coisas muito no recôndito de nossa mente, lá no fundo de nosso subconsciente, para as quais não encontramos explicações.

Existem situações que nos provocam certos traumas difíceis de serem superados, que para alguns, é um inexplicável medo da escuridão, e nesse caso, ficar em lugares escuros causa uma espécie de pavor, que não sabemos dizer o porque.

Para outros, é a altura que causa receios. Se estão em algum lugar alto, mal conseguem chegar à janela para apreciar o panorama, porque vem aquela impressão de estar caindo.

Sem falar naqueles que sentem verdadeiro pavor de ambientes fechados. Ao serem obrigados a andar de elevador, chegam a sentir náuseas.

Sem falar naqueles que não conseguem ficar sem comer. A sensação de fome é insuportável, e na verdade, desse mal acho que todos sofrem, principalmente quando se quer iniciar um regime...

Para se falar de todos os medos e traumas que existem, teremos que gastar algumas laudas, tantos são. E são tão reais e atuantes, que todos já estão devidamente batizados e catalogados, entre os quais, a terrível depressão, e para ela ainda não existe uma explicação plausível.

Sabemos que esses problemas existem, e creio que todos temos algum ou alguns desses medos dentro de nós. Cabe-nos conhece-los, aceita-los e vencê-los, porque a vida assim o exige. Não podemos deixar que dominem nossos pensamentos, caso contrário teremos muitos problemas em nossa vida, pois em sua maioria são situações por vezes dificilmente contornáveis. Enfrentando-as e as vencendo é meio caminho andado para nosso sucesso na vida.

Nosso amigo L’Inconnu tem um pensamento muito interessante sobre o assunto:
"Não tenhas medo das tuas fraquezas, dos teus maus pensamentos. Elas existem para estimular o teu desejo de vencer."

Uma grande e nítida verdade. Se quisermos ter algum êxito em nossa vida, deveremos antes conhecer nossas fraquezas, e procurarmos superá-las.

Quanto aos maus pensamentos, então, temos que aprender a classifica-los, combate-los e vence-los. São os pensamentos que podem nos induzir a certos vícios perigosos, a certos hábitos nocivos, que fatalmente irão prejudicar nossa vida, acabando muitas vezes com nossa saúde. E em outras, com a estabilidade de um lar, sendo muitas vezes responsáveis mais do que diretos pelo término de muitos relacionamentos, e até mesmo provocando crimes os mais hediondos.

Quando não se consegue controlar certas compulsões para o jogo, para a bebida, para as drogas, para o fumo, são vidas que se arruinam, acabando igualmente com a harmonia de seus lares, e até mesmo com a vida de familiares.

São os inimigos que levamos dentro de nós. Todos, sem exceção, temos algum deles, que tenha solicitado um “asilo político” quando nascemos. Penso que não existe ninguém que, em sã consciência, poderá dizer que não tem nenhum desses medos ou dessas compulsões dentro de si.

Realmente importante é identificar, aceitar e saber como combater. Com ajuda de psicólogos, psiquiatras ou não. Sempre será difícil achar e admitir a existência do problema. Combater, até que pode ser mais fácil, desde que realmente se tenha essa disposição de espírito.

Convenhamos que não é muito fácil para um drogado, um alcoólatra, um fumante, um jogador, um "computadólatra", um "celulólatra" admitir que está dominado pelo vício, e esse é apenas o primeiro passo, e é preciso mais ainda para livrar-se dele. É algo que vai exigir uma força de vontade muito grande. Sempre é uma decisão totalmente individual. Poderá e precisará contar com a ajuda de parentes e bons amigos, mas tudo vai depender realmente de sua força de vontade, de seu real desejo de melhorar sua vida, de se livrar do problema.

A todos aqueles que estão querendo se livrar de algum vício, meu maior apoio, e vai um pequeno conselho: Se estiver sendo difícil, procure aconselhamento e ajuda profissional. É a solução em muitos casos.

Espero, finalmente, que todos tenhamos UM LINDO DIA, sendo este certamente um vício bem saudável, o vício de LINDOS DIAS... Sejamos todos "lindodiadólatras"

Marcial Salaverry
1 compartilhamento

Sentir amizade significa ter bons sentimentos...
Amizade é o melhor sentimento que podemos sentir...
Amizade é importante para a solidificação do amor...
Vamos aprender a bem viver com AMIZADE...
Ósculos e amplexos,
Marcial

CERTAMENTE É BOM SENTIR E VIVER AMIZADE
Marcial Salaverry

Certamente é muito bom sentir amizade, mesmo entendendo que a amizade é um sentimento muitas vezes mal interpretado, pois nem todos sabem vive-la como ela merece ser vivida, chegando por vezes a ser mal interpretada por criaturas que não tem sensibilidade para sentir como é bom viver, sentir, e espalhar amizade...

Amizade mesmo, é aquele sentimento que une duas ou mais pessoas desinteressadamente, bastando estarem juntas, seja física ou internautamente, papeando, trocando bobagenzinhas, e até mesmo confidências, pois é mais fácil abrir o coração para um amigo do que para um parente.

Assim como também faz bem também para quem escuta (ou lê). Afinal com amizade, estamos sendo úteis, e é muito bom saber que alguém confia tanto em nós a ponto de abrir seu coração, mesmo que seja somente para um desabafo. Mesmo que você nada tenha para dizer, pelo menos ouça. Isso fará sempre com que nos sintamos melhor, não tenham dúvidas, eis que a amizade para ser AMIZADE, deve ser um sentimento com caminho de ida e volta, pois a reciprocidade é fundamental para sua sobrevivência...

Falando em amizade, que saudade dos amigos do Sítio do Picapau Amarelo, e de nosso amigo inesquecível, nosso Mestre Monteiro Lobato...

Um gesto amigo, um carinho, para sentir-se bem, é o melhor caminho para fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, e que podemos praticar e propiciar a quem o desejar, seja física ou virtualmente...

Marcial Salaverry

Marcial Salaverry
Tags: sentir amizade