Coleção pessoal de demetriosena

1 - 20 do total de 1689 pensamentos na coleção de demetriosena

QUAL É A SUA?

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Há corações que só batem;
corações que apanham;
sonham; têm fantasias...
As cabeças vazias,
mas também as cabeças
que têm mentes.
Tem consciências em paz
e consciências dopadas...
ou só dormentes.

Demétrio Sena, Magé - RJ.

VILÃO DA TRAMA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Já não quero aceitar que me guardes assim,
para quando encontrares espaço pra mim
nesse tempo de agenda espremida que tens...
É que faço questão de me sentir alguém;
entre todas as coisas quero ser teu bem,
não apenas mais um entre todos os bens...

Vestirei esse traje de vilão da trama,
deixarei que te caiba toda melhor fama,
como quem indeniza por quebrar contrato...
Faço tudo por ti, pouco importa o que doa;
sou durão, insensível, pra que sejas boa,
só depois reconheças como fui sensato...

Este adeus era teu, mas não queres o fardo;
tudo bem, parto eu, que faz tempo me guardo,
me preparo e me ponho de molho pra isto...
Se me cabe o favor de ser mesmo culpado,
ser o teu pecador sem perdão nem pecado,
sou a cruz pra que faças o papel de Cristo...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

MENTIRA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Pode até ser que a mentira
não tenha pernas tão curtas;
nem seja crime ou pecado;
'Deus' não esteja me vendo
e não serei descoberto...
É que mentir causa dano;
danificar ser humano
há muito não acho certo...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

AS PERDAS BRASILEIRAS DE DEUS

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Para grande maioria dos brasileiros, Deus perdeu espaço na bíblia, nas paráfrases corriqueiras, nos adesivos e até nos cumprimentos domésticos. Aos poucos, as frases daqueles adesivos em muitos automóveis, usando o nome de Deus, serão transformadas em: “Dirigido por mim, guiado por Bolsonaro”; “Foi Bolsonaro que me deu”; “Bolsonaro é fiel”... Da mesma forma os cumprimentos, despedidas e chegadas estão sendo substituídos por: “- Bênção, pai e mãe... - Bolsonaro te abençoe”; “Bolsonaro esteja nesta casa”; “Vá com Bolsonaro”; “Bolsonaro ilumine seus caminhos”; “Tenha fé; Bolsonaro proverá”...
Quando alguém chama um hipnotizado idoso ou de meia idade por senhor, já pode ouvir a resposta simpaticamente mal intencionada: “Senhor é o Bolsonaro, que está no planalto”. Se determinada pessoa prevê um perigo para outra ou simplesmente brinca de rogar uma praga, a resposta certa é: “Cruz credo; Bolsonaro que me livre”, ou: “Bolsonaro é mais”. Quando algo de bom por acaso voltar a acontecer no país, o chavão automático será que “Bolsonaro é brasileiro”... e caso as coisas não deem muito certo para os planos de um cidadão, será comum que se diga resignadamente: “Bolsonaro sabe o que faz”.
Aqueles versículos ou fragmentos bíblicos mais citados no dia a dia ficarão assim: “Meu socorro vem do Bolsonaro”... “Eu e minha casa serviremos ao Bolsonaro”... “Bolsonaro é meu presidente; nada me faltará”... “Tudo posso no Bolsonaro que me fortalece”... “Passarão os céus e a terra, mas as palavras do Bolsonaro não hão de passar”... “Sem fé é impossível agradar ao Bolsonaro”... “Buscai primeiro o Bolsonaro e toda a sua justiça”... “Bolsonaro é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia”... “O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Bolsonaro é o porte de arma”.
Para esses milhões de seres hipnotizados, Bolsonaro estará sempre certo. Haverá sempre uma justificativa para um erro e uma recompensa para quem compreender. Sua corrupção não será corrupção, e sim, um mal necessário. Se milhões e milhões de brasileiros vierem a sofrer mais ainda, será somente a cota de sacrifício de cada um. E no dia em que o “Bolsonaro Forte, Pai da eternidade, Príncipe da paz” decidir que é hora de cometer um genocídio, os hipnotizados de sempre terão na ponta da língua um veredito bíblico, mais uma vez adaptado: “Bolsonaro é amor, mas também é fogo consumidor”.

Demétrio Sena, Magé - RJ.
1 compartilhamento

AO AMOR

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Eu vou direto
ao amor...
Sem atalhos;
truques; freios.
Porque não sou
do tipo
que faz "odeios".

Demétrio Sena, Magé - RJ.

ANTESSALA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Tenha calma; discorra com brandura,
pois conter o furor não é fraqueza;
ninguém vai concordar sob tortura,
por temer esses gritos de certeza...

Seja franco, mas tenha gentileza;
use a voz como tal; não como bomba;
não enxergue no próximo essa presa
que se não destrancar você arromba...

Seu saber é somente o seu saber;
o maior dos saberes é não ter
essa vã pretensão de sapiência...

Tente ouvir algo além de sua fala;
torne o seu coração em antessala;
um acesso pra sua consciência...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

CASTOS DE FESTIM

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Há quem viva no céu da hipocrisia;
tenha mente regida contra o mundo;
agonia sem fim, porque o saber
tem maldades; doutrinas de pagãos...
Gentes vagas, enchidas pelo vento,
não se mesclam no reino dos pensantes;
são rascantes, têm medo de novelas,
porque podem querer novelizar...
Este mundo é pesado pros fingidos,
pros ungidos, os castos de festim
que vigiam caminhos; pés alheios...
Não educam seus filhos a contento
e por isso não podem lhes expor
ao evento real que a vida é...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

NOVO LANÇAMENTO

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Eu lançarei mais um livro,
depois de tanta frustração;
será no ano que vem...
E caia onde cair,
sobre alguma cabeça, coração,
que para mim tudo bem...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

LIVRE PARA GRITAR

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Hoje falo de amor; abertamente;
sem temores; não conto até nem três,
pois não sou candidato a presidente;
não preciso dos votos de vocês...

Meus direitos, os seus, a nossa vez,
igualdade, respeito a toda gente,
qualquer gênero, crença, classe ou tez,
porque nunca serei seu presidente...

Sofrerei muitas perdas, muitos danos
ao gritar por direitos, bens humanos,
mas assumo esse risco à minha frente...

Somos tão diferentes quanto iguais;
vim dizer servidão pra nunca mais,
pois não sou candidato a presidente...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

NUNCA MAIS

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Não quero mais que retornes,
que me contornes, me guardes
para quando sobrar tempo,
nem quero mais contratempo
esmiuçado em palavras
tão sem palavras plausíveis...
Eu quero vida que segue,
que pode ser do teu lado,
que pode ser solidão,
mas nunca mais o perdão
pelo que sempre farás;
por uma paz provisória...
O meu querer tem limite;
já deu artrite na espera
que sempre foi do meu peito,
me fez viver do seu jeito
como se fosse do meu;
cheguei ao breu deste amor...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

VOZ SEM VOZ

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Quando tudo estourar,
tenha calma;
pois terei alma
para não dizer que avisei...
Vou apenas calar
com respeito, empatia
e muitos desvelos;
calar pelos cotovelos...
Porque bem sei,
é assim, feito lei,
não há como impedir
que chegue a vez...
E quando chegar,
você não vai conseguir
não ouvir
a minha mudez...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

BALA DE AÇÚCAR

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Persisti numa troca inexistente;
quis resposta que nunca teve onde;
minha mente vestiu meu coração
e assim me privou de meu juízo...
Embarquei na pureza dos teus olhos
sobre minha leveza em me doar,
meu olhar se banhou dessa quimera
que afogou a noção vivencial...
Apostava meu corpo em tua paz,
penhorava minh´alma numa fé
incapaz de medir o teu desprezo...
Confiei numa frágil confiança;
em teus olhos; teu riso; tua fala;
foste bala de açúcar de festim...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

DELÍRIO OU PROFECIA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Quando a sociedade recentemente revelada se assumir dividida entre caças e caçadores - porque o poder há de precisar de seus androides fiéis para entregar cabeças pensantes e desobedientes -, quero de antemão estar entre as caças.
Ainda que o poder me fosse grandemente favorável, minha consciência não suportaria que eu fosse um caçador. Com todos os terrores de ser ferido, amordaçado, entregue ao sacrifício, acho bem mais triste caçar, e assim sendo, ter que olhar nos olhos inevitáveis das presas, antes de consumar a maldade legalizada pela tirania oficial.
A ser verdugo e vítima dos meus semelhantes, entre os quais alguns afetos, inclusive consanguíneos, prefiro mil vezes ser vítima.

Demétrio Sena, Magé - RJ.

TORÇO CONTRA MIM

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Quero estar enganado;
ter sido alguém muito injusto;
morder a própria língua...
Ter uma íngua na consciência.
Que tudo isto que olho
não seja tudo que vejo,
seja só coincidência.
Sonho viver sem canga
e tirar sempre da manga
uma nova poesia,
sem explicar aos censores
por que tais linhas e cores...
por que tal sintonia.
Falar de tudo que sinto,
sem delatores atentos
aos meus universos,
não quero volta no tempo
em que todo meu tempo
foi posse oficial.
Eu não serei ser um robô
que não terá por direito
uma vida pessoal.
E quero estar sem razão;
me retratar lá fim...
Desejo morrer à míngua
por cruel penitência,
mas aplicada por mim.
Que cada um seja um;
sejam todos um todo
e que sejamos um toldo
em uma justa peleja...
para ganhar ou perder.
Porém ninguém seja escravo
dos caprichos e vontades;
das verdades do poder.

Demétrio Sena, Magé - RJ.

BOLETO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Quando a conta chegar, paguemos todos;
quem a fez, quem não quis ou fez que não;
sem o velho sermão do não sabia,
do sabia ou da vã neutralidade...
Conferir o reflexo do espelho;
mensurar passo a passo a caminhada;
não há nada que ao tempo se antecipe
pra curar o que ainda está por vir...
Pagaremos por culpa ou inocência,
omissão, comissão, seja o que for,
consciência, percalços, dor maior...
Ao chegar o boleto só paguemos,
pois não temos escolha quanto a isto;
já gastamos o Cristo que nos coube...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

ANTÍTESE DE AMOR

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Um ateu não suporta preconceito;
seu amor tem o vício da igualdade;
abre o peito e comunga diferenças,
porque tem liberdade pra ser gente...
Comunistas acolhem os opostos,
têm os braços abertos pros cristãos,
porque sabem se armar de piedade
contra os nãos dogmáticos da lei...
Os pagãos acreditam nessa graça
que se prega de pura liturgia,
por quem tem alergia do que prega...
Os ateus, comunistas e pagãos
dão as mãos e convidam todo mundo
para o mundo que Deus imaginou...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

PRETENSÃO TIPO B

Demétrio Sena, Magé – RJ.

Falou-me bem sutilmente;
naquele tom de ninar...
foi mais ou menos assim:
“Tu és tão inteligente...
não consigo imaginar
como discordas de mim...”.

Demétrio Sena, Magé - RJ.

SONETO SOBRE SER

Demétrio Sena, Magé – RJ.

É perfeito que haja imperfeição,
quando nada interfere lá no fundo;
no caráter, no próprio coração
que parece faltar dentro do mundo...

Será pleno quem saiba ser metade,
pra que venha caber outra versão,
se tiver de aceitar uma verdade
onde o pé sentirá faltar o chão...

Ilusão é ser cheio de certezas;
é tanger e dar nó nas correntezas
por sobrar egoísmo tempo afora...

Solidão é ter todos em poder
da soberba; do medo de perder;
de querer ser eterno aqui/agora...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

EM CONSERVA

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Vejo dom de visão em muitos cegos
e cegueira nos olhos que só olham;
é olhar e não ver que fecha o mundo
entre os egos que vivem para si...
Corações burocráticos só cumprem
uma fria missão percussionista,
quando a mente só serve pra manter
sua lista específica e formal...
Tantas vidas guardadas no formol,
quantas almas mecânicas detidas
onde o sol do sentido não alcança!
São robôs que podiam ser humanos,
mas os danos notórios do egoísmo
têm mais força que a própria humanidade...

Demétrio Sena, Magé - RJ.

SINTO MUITO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Será bom pra quem tenha privilégios;
pra quem lustre as botinas do poder;
quem se pôs a perder pra ganhar a voz
onde o grito intimida os mais pensantes...
A vitória será de quem vendeu
sua livre vontade; o seu orgulho;
se rendeu à preguiça de seguir
e deixou que levassem os seus pés...
Não aceito vencer passivamente;
minha mente não segue a multidão
sem achar as razões que me conduzam...
Sinto muito por quem triunfará
quando a honra estiver desprotegida;
nossa vida for posse oficial...

Demétrio Sena, Magé - RJ.