Crônicas para Crianças

Cerca de 729 crônicas para Crianças

"Que tempo bom aquele de quando éramos crianças, onde nosso mundo imaginário não nos machucava como fazem nossas ilusões atuais. Quantas vezes me peguei rindo pra ursinhos, elefantinhos, algodão doce, cachorrinhos e gatinhos feito de nuvens branquinhas no meio de um lindo e infinito mundo azul. É... Meu mundo infantil é vivo e ainda não perdi a capacidade de sonhar."

-Aline Lopes

Aline Lopes - Pensamentos (Aline Lopes)
Inserida por alinelopespensa

Eu e você somos seguros nessa vida por não sermos tão crianças e sinto que amo mesmo sem querer disfarçar;
Não nos cabem segredos que diz respeito a intimidade que acaba nos envolvendo;
Eu procurei não sermos tão complicado sentindo ou não que amo mesmo com tudo que sinto transpassando o vão que nos aflige;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

Conselhos

Já dizia minha Avó: Deixem as crianças brincar.
Já dizia meu Avô: Daqui a pouco um chóra.
Já dizia meu Pai: Seja gentil.
Já dizia minha Mãe: Juuííízo!!!
Já dizia meu amigo: Fique tranqüilo.
Já dizia minha amiga: Pena sermos tão amigos
Já dizia meus colegas: Fudeu, corre!
Já dizia minha primeira namorada: Você beija bem.
Já dizia minha última namorada: Você beija muito bem!
Já dizia meu vizinho: A vizinha do lado é boa né?
Já dizia minha vizinha do lado: Porque me olhas diferente?
Já dizia o buteco: Fiado não!
Já dizia o Hospital: Silêncio
Já dizia o lugar fechado: Não fume!
Já dizia o fumante: Vou lá fora.
Já dizia o boêmio: Eu sou poeta.
Já dizia o poeta: Eu sou boêmio.
já dizia a música: Flutue.
Já dizia a letra: Me cante.
Já diziam os antigos: Se conselho fosse bom não daria , vendia!
E eu... eu sempre te disse:
Sou poeta, boêmio, beijo muito bem, flutuo e canto pra você :
EU TE AMO!

Anderson Melocomelo
Inserida por AndersonMelo13

Antigamente crianças brincavam
Hoje... extravasam
E se acabam
Pelos olhos inocentes
Que desabam...

Brincam de bonecas de carne e osso
Corda no pescoço
De quem vive com tamanho esforço
Calabouço
Pra quem se sente solto...

Falta de informação
Não há...
O que está errado
É quem esta dando o recado!

Idéias distorcidas na musica
A cultura
O que era uma alma pura
Vive suja
Na sociedade que julga
Enquanto os culpados estão em constante fuga
Existe cura ?

Gabriella Myiazaki
Inserida por GabriellaMyiazaki

Se você tiver de chorar, chore como as
crianças. Você foi criança um dia, e uma das
primeiras coisas que aprendeu em sua vida foi
chorar; porque faz parte da sua vida. Jamais
esqueça que você é livre, e que demonstrar
emoções não é uma vergonha.
Grite, soluce alto, faça barulho se tiver
vontade - porque assim choram as crianças, e
elas sabem a maneira rápida de sossegar seus
corações.
Você já reparou como as crianças param
de chorar? Alguma cosia as distrai, algo
chama a atenção delas para uma nova
aventura.
As crianças param de chorar muito rápido.
Assim será também com você - mas
apenas se chorar como chora uma criança.

M.Yogueta
Inserida por macabul

Que paz é essa que emana das crianças ?
É a paz que vem de Deus, por isso devemos cuidar dos nossos pequenos porque são herança do Senhor!Quem maltrata um ser tão indefeso faz divida com Deus !Olhemos com mais amor por nossas crianças para que num futuro espero não tão distante possamos ter paz e mais muito mais amor!

Raquel Santana
Inserida por RaquelSantana

Tenho ouvido muitas histórias, crianças tão pequenas com vidas tão sofridas. Elas não são o problema, nada fizeram, são vítimas de um mundo cruel, filhos de pais que não sabem como educar, que não conseguem separar os seus relacionamentos amorosos e desamorosos da vida de um presente de Deus.
Nenhuma criança pediu para nascer, talvez os pais também não tenham pedido para ter filhos, mas os filhos chegaram, eles existem, precisam ser amados, precisam de limites, precisam de alguém que lhes transmita segurança, harmonia e esteja presente em suas vidas.
Impossível compreender a falta de sensibilidade do ser humano que deixa a margem da vida filhos que não pediram para nascer e nasceram!
Seres humanos assim, não merecem esse presente chamado vida.

Helenice Augusta da Cunha
Inserida por Heleniceaugusta

É Natal!

Os sinos repicam alegremente,
Crianças brincam contentes,
E esperam, ansiosas, pelo melhor momento:
A hora de abrir seus presentes.

É Natal!

As estrelas de seu melhor brilho se vestem,
Os homens aos céus por tudo agradecem humildemente.
Uma criança solitária faz sua prece:
Ao lado da cama quer encontrar um presente.

É Natal!

Pinheirinhos enfeitados,
Festas pra todo lado...
Presentes, presentes e mais presentes...
É tanta celebração que tantos do mais importante se esquecem
Jesus...
A razão de o Natal ser comemorado:
pra própria festa Ele não é convidado.

E na sua festa... Jesus entrará!?

Rosangela Calza
Inserida por RosangelaCalza

Casas barrocas


Que bom esse dia,
crianças, sorrisos e marias,
subindo a ruas de mão dadas.
Cantando em plena risada.
A esperança e caminhada.
Hoje não nos faltam nada.
Pura a felicidade.
O cheiro de mar invadindo o nariz.
E a certeza da gente.
De gente. Que é gente.
Nasceu para ser feliz.
Brincadeiras lúdicas, sem preço.
Tão simples em plena paz.
Admirando casas de barrocos velhos.
Testemunham alegria de outrora.
Passadas para a novas gerações.
Simplicidade com os pés na areia.
Pular águas que não se misturam.
Sentir as correntes de ventos.
e o atravesso do amor no coração.
Agradecer da vida, o momento..
Caminhando feito corrente.
Pés descalços, e sorrisos quentes.
Onde a idade, já não existe.

marcos fereS

marcos fereS
Inserida por marcosviniciusfereS

Tem uma brincadeira que as crianças adoram. Elas dão as mãos, e contam até três, e tentam quebrar os dedos um do outro. Você precisa aguentar o máximo que puder. Ou ao menos mais do que a outra pessoa. O jogo só acaba quando alguém pede para parar. Desista e implore por piedade. Não é um jogo divertido.

No jogo das crianças, quando uma criança chora… A outra escuta, e a dor para. Você não gostaria que fosse fácil assim agora? Não é mais um jogo. E não somos mais crianças. Você pode chorar o quanto quiser por piedade, mas ninguém está ouvindo. Você está sozinha… gritando no vácuo.

Meredith Grey
Inserida por carolfc86

Somos eternas crianças
Há muitas perguntas em mim que eu gostaria de um dia responder:
Por que nos tornamos adultos? A partir de que data? Quem estabeleceu isso?
Por que deixamos de brincar aquelas brincadeiras que nos faziam tão bem?
Afinal, ainda choramos quando perdemos um ente querido.
Temos carência de sermos reconhecidos.
Nunca sabemos tudo, estamos sempre aprendendo.
Precisamos ser amados.
Sonhamos com o príncipe encantado ou com a princesa dos nossos sonhos.
Mesmo que as circunstâncias da vida e de fracasso tenham nos feito acreditar que não somos capazes, ainda temos dentro de nós a vontade de fazer e crescer... o sonho ainda continua morando dentro de nós.
Não podemos deixar essa criança que existe em nós morrer, vamos dar asas à imaginação e escrever a nossa história como fazíamos há tempos não tão distantes...
Afinal, nunca deixamos de ser os mesmos. A essência é a mesma. Somos e seremos ETERNAS CRIANÇAS!

Aline Brown
Inserida por AlineBrown

Em noites calmas de luar
Uma estrela brilha de mansinho

Brincam e sorriem como crianças
Falam para não se sentirem sós
Choram quando se escondem
São como as aves de penas soltas
Tocam a terra sentem o sal do mar
Fazem castelos na areia das praias

Os verdadeiros tesouros da Vida
Não são ouro ou diamantes

Desconhecido
Inserida por katiacristinaamaro

ATÉ CHEGAR MINAS GERAIS

O vento carrega as folhas das lembranças como as cirandas de crianças que na vida vi passar. O vento sopra indolente com seu riso quase inconsequente as velhas folhas que ajudei a desenhar.
De rabisco nos braços o tempo passo a passo mostra as cicatrizes que vieram meu corpo marcar. Companheiras de jornada seguem juntas pela estrada alertando onde não mais posso errar.
Então, bate aquela saudade das primeiras amizades de um tempo sem culpa onde o dorso da morte jamais ousa se arriscar. Tempo de brincadeiras pueris, de histórias e sonhos inocentes. Sonhos que se tornam sementes, onde algumas vingam outras não. Algumas dão frutos, outras jamais darão.
Mas a vida é assim e segue seu curso mesmo quando o dorso se avizinha. Afinal, para domar a fera da morte não há herói que se alinha, mas com um pouco de sorte e conversa fiada quem sabe a fera durma um pouco mais e a estrada prossiga até chegar Minas Gerais.

Fabio Rogério Baraldi
Inserida por baraldovisk

_Por favor , cuidem de suas crianças pra mais tarde o sistema
não engolir elas.

Passamos por um momento tão critico na Cultura mundial,
que hoje a grande maioria dos Pais' se matam de trabalhar pra dar de tudo a seus Filhos, talvez por terem tido uma infância difícil, sem muitas vezes ter o que comer ou o que vestir. E temem deixar os filhos passarem tais dificuldades ...

Entendam que é justo dar o bom e o melhor a seus Filhos,
A Melhor educação, lembra ? Hoje somos Pais, extremamente preocupados com o bem estar de nossos filhos...
Mas antes de estar nessas condições, Tivemos pais extremamente competentes Trabalharam duro e construiram
a nossa educação
Hoje não é diferente continuamos trabalhando Duro, mas por favor, ajudar essas crianças á construir um caráter,
é muito mais importante do que qualquer eletrônico
é mais importante do que qualquer bem material.
E com certeza é a única REAL obrigação com o nosso papel de Pais <

victorhugovenancio
Inserida por VictorHugovenancio

So duas perguntinhas pros exibidores de Lattes:
Seu doutorado ja tirou quantas crianças da miséria?
Seus diplomas ja salvaram quantas vidas inocentes?
Caso a resposta seja " nenhuma", nos dois casos, pra mim, seus diplomas são TITICAS e não passam de materialização de ego e tempo perdido!
FIM

Waceila Miranda
Inserida por WaceilaMiranda37

POBRES CRIANÇAS
Tantas caminhando sem rumo, sem futuro,
vítimas dos absurdos, herdeiras da ignorância.
Pequenos anjos, aparando sonhos em pás,
derramando lágrimas de ônix ,
Trabalhadores nos carvoeiros, escravos da fome,
do dinheiro..
Crianças das faces vermelhas, escravas nas olarias,
outras queimadas pelo sol, quebrando pedras, com
a alma pesada...
Anjos descalços, a vida é uma labuta na agricultura,
manejam espadas, não são de neon, ferem, cortam
o coração..
..
Pequenas meninas esquecidas na poeira do chão,
Amputadas, circuncidadas, sem vontades e opinião,
degradante tradição.
Pobres meninos aviõezinhos, o pó que carregam,
não é de pirlimpimpim,, provoca medo, anestesiados
e abandonados adormecem no relento, gelados no
cimento.
Tristes meninas, mulheres pequeninas,violentadas
e trocadas como mercadorias...
Outras tantas das faces marcadas pelo ácido da rebeldia,
confinadas escodem as cicatrizes na alma
Os pequenos desaprendem a brincar de bonecas, bolas e ,
carrinhos,
Tão pequeninos condicionam os dedinhos, apertam pequenos
botões, acionam seus brinquedinhos, ocupam o tempo, sempre
estão sozinhos, o amor de fato fica ao descaso, na mesma rotina.
Fetos cor de rosa, vivem horas contadas, sacrificadas para o azul
ser o orgulho, essencial para perpetuar a história,crueldade sem
igual. molestadas em lares de horrores.
Pobres crianças fogem das guerras que não são santas...
Empunham armas pesadas, os pipas não conseguem alcançar,
rodopiam no ar, e nas águas do mar, sentem a vida findar..
Pobres anjos sem sonhos para sonhar..
Almas pequeninas, conhecedoras da dor desde criancinhas,
são estrelas miudinhas que o céu estão a iluminar...

Rosely Andreassa
Inserida por RoselyAndreassa
1 compartilhamento

MEU PARCO SER:
(Nicola Vital)


Ontem à tardinha...
Em meio àquelas crianças
Que gracejavam com bolas de espuma
Sem roupas, medos, e sem tino.
Sob a chuva oblíqua e fria.
Meu indolente ser...
Que outrora, assim fora feliz,
Fenece a cada instante na busca vã
Da criança que possui meus sonhos
E devaneios...
Qual meu bardo coração
No afã de concluir
Meu parco ser.
19.08.2015.

Nicola Vital
Inserida por NICOLAVITAL

Quando crianças sonhamos em crescer, sair e conhecer esse grande mundo, mas o que não percebemos quando crianças é que estamos na melhor faze de nossa vida, não percebemos a realidade.
Em fim crescemos viramos adolescentes notamos que a vida não parece ser tão amigável e fácil como parecia quando criança, notamos a realidade, a violência,inflação, roubos, e percebemos o pavor nos olhares de cada um. Mas essa é apenas a segunda faze da vida, quando adolescentes pensamos que somos invencíveis ignoramos nossos pais, alguns não suportam o peso da realidade e se isolam, já outro notam a realidade mas fingem que não é nada de mais.
Então crescemos, chegamos a terceira faze da vida, ficamos adultos. As responsabilidades aumentam, mais peso nas costas. A cada dia acordamos pela manhã para ir ao trabalho, mas paramos para pensar:” porque eu não aproveitei mais?”, não adianta negar, a cada manha nós relembramos de como era fácil quando criança.momentos felizes, alguns tristes, tristezas que algum dia geraram uma recompensa que alegrou a todos. Pensamos o quão éramos inocentes, pequenos inocentes, desconhecidos do mundo, com grandes sonhos.
Mas essa é apenas a terceira faze da vida, nesta faze podemos achar que sabemos de mais, mas na verdade não sabemos nem da metade, somos apenas alunos da vida, a muita coisa de que temos de aprender. Na terceira faze conhecemos o verdadeiro amor, a paixão, uma pequena semente que é plantada no coração de cada um, se conhecem, se casam, e daquelas duas sementes eles criam algo maior, um presente da vida, para alguns o melhor presente. E este presente já devem imaginar, claro um filho, talvez dois ou mais.
Para alguns essa é a quarta faze, quando nós nos tornamos pais, quando recebemos esse presente, nós percebemos que somos pequenos aprendizes, e que temos que passar nossos conhecimentos para nossos filhos, ensinar o certo e o errado. Nosso propósito daí em diante é fazer com que a infância deles sejam iguais ou melhores das que nos tivemos. Eles quando eles são pequenos o tempo passa num piscar de olhos. Crescem e descobrem esse mundo repleto de mistérios, e descobertas e oportunidades.
Finalmente chegamos a quinta faze da vida, já tivemos nossos filhos, netos, e talvez bisnetos. Muitos falam que os idosos são sábios, realmente são sim. Alguns acham que quando ficamos velhos é ruim, pois vem a fraqueza entre outras coisas, por parte sim, é ruim, mas é justamente nesta faze que percebemos que valeu a pena ter lutado por tudo, lutado pelos nossos sonhos, e ter tido forças quando não avia saída. Percebemos os frutos de nossa vida, uma longa família, lembranças, sentimentos.
Eu mesmo não sou criança, nem adulto, nem idoso, sou apenas um adolescente que notou que a vida é feita de escolhas, e que o que nos da esse conhecimento não é o que ganhamos, não são bens materiais, e sim sentimentais, emocionais. A vida é feita de escolhas, que geram emoções que por fim geram emoções.
ps:”Jamais desista do seu sonho, tudo é possível, não existe impossível.Podemos tornar o impossível em possível . Jamais desista.”

Jessé Espindola
Inserida por JesseEspindola
1 compartilhamento

A grande maioria das pessoas acreditam que para educar crianças e jovens basta falar sobre boas maneiras, fazer longos discursos teóricos sobre como se deve agir no decorrer de suas vidas.

No entanto, esquecem-se da força do exemplo e negam a teoria fazendo o que desaconselham ou deixando de fazer o que ensinam.

Certo dia, dois camaradas capoeiristas estavam em uma roda de capoeira e nesta roda de capoeira tiraram um Mestre de Capoeira do jogo.

Como um deles tinha a vontade de jogar com o outro parceiro que estava jogando com o mestre que foram tirado do jogo.

Todavia, antes de terminar o jogo, perceberam que o professor que comandava a roda estava resmungando, em companhia de outros professores e Mestres, lhes falava com veemência, fazendo parecer que reprovava aquela atitude.

Como não entendiam nada do que estava se falando, pois, a música e a bateria estava alta, ao sair da roda perguntou a seu camarada que o acompanhava, que vivia já era visitante desta mesma roda a um bom tempo, o que os professores e mestres tanto estava dizendo.

O seu amigo então esclareceu que eles os recriminava por ter tirado o Mestre da roda de Capoeira em quanto estava jogando pois com isso estava dando mau exemplo as crianças e jovens que se encontravam na roda.

Então o mesmo se direcionou ao professor organizador da roda e perguntou o porquê das críticas, o professor respondeu ao mesmo “O senhor certa vez em seu treino diante de seus alunos, falou que era errado tirar um Mestre de capoeira da roda, e agora fez a mesma coisa” então o professor lhe perguntou:

"Como podem fazer isto diante de uma criança e depois exigir que faça o certo?", falou o professor organizador da roda.


"Como poderemos deixar um aluno sair para as rodas do mundo e confiar que obedecerá às as tradições da Capoeira, quando lhes damos o pior exemplo?", acrescentou indignado.

Com certeza aquele professor de capoeira agiu como um capoeirista que tem consciência de que a melhor pedagogia é o exemplo.


Com esse exemplo ficamos à imaginar se todos tivessem essas atitudes os capoeiristas poderiam abri mais suas mentes, e não só mais falar de tradições e fundamentos e passar a praticar estes fundamentos.

Não e difícil ver alguns capoeiristas ainda com o apto de tirar Mestre das rodas, em muito dos casos, são capoeiristas que já vem de um clico vicioso já de seus antigos Mestres que não lhe passaram esses fundamentos, então estes mesmo vão passar a seus alunos a mesma coisa.

Nós que desejamos mudar e conscientizar os novos capoeiristas para que possam crescer com fundamentos e tradições, não devemos só falar, mais também demonstrar, praticar, mostra, os exemples que eles devem seguir.

Enquanto os capoeiristas não se educarem para mostrar como se faz, não se pode esperar um panorama melhor no futuro, pois a base, que são as crianças, estará comprometida.

E os maus exemplo na Capoeira são apenas um dos fatores resultantes da deseducação. E causam bastante infelicidade e prejuízos culturais.

A palavra empolga, o exemplo ensina.

Buscapé Capoeira, Josenilton Lisboa
Inserida por buscapecapoeira
1 compartilhamento

A guerra está feita e estamos perdidos
as pessoas se matam ao se olharem
e as crianças já crescem com medo de viver ignorância, violência, crueldade
procuramos abrigos para não sermos pegos por essa onda que domina
uma boa parte do mundo
é dor irmão
é dor
e ela ta fazendo a festa

Daniel Fontes
Inserida por danfontes