Crônica sobre Política

Cerca de 725 crônica sobre Política

Dicas de ciência política:
1. Conquistar mais poder é da essência mesma do poder. O poder que para de crescer está em extinção.
2. Como não existe poder absoluto, mas todo poder contém elementos de debilidade, a luta pela sua conquista, manutenção ou expansão não é jamais direta e linear, mas sinuosa e dialética.
3. Hoje em dia, os meios para a conquista, manutenção e ampliação do poder, usados em dosagens, variações e combinações diversas, são três e não mais de três: a mentira, a corrupção e o homicídio.
Em qualquer análise política essas premissas são indispensáveis.

Olavo de Carvalho
Inserida por Ashlon

Independência vs dependência

"Não existe política no jovem, pois ambiciosamente busca aperfeiçoar-se forçando autoridade para possuir um lugar no espaço entre as sociedades. Um jovem, ser vivo, não faz política quando constrói independência, essa é a razão. Em contraponto o velho desfaz sua independência para que exista política, pois sabendo que independente em um lugar no espaço não existe política e que findar a existência jovem é, para sí, uma catástrofe sobrenatural transforma-se, com avidez, no criador da dependência, a razão paradoxal a que surge do jovem independente. A política não é movida pelo jovem, pois necessita da dependência de outros, seres vivos, nesta razão. O velho cuida dos outros com o uso da política; e o jovem cuida de sí próprio por ser independente, do contrário não existe velho nem jovem em qualquer espécie de civilização. A independência destrói a regência política, dividindo e conquistando espaço ambiciosamente para, então, aperfeiçoar-se tornando-se experiência; a dependência constrói regência, unindo com tenacidade e desvendando leis que ampliam o espaço, sabiamente conectado em tudo, para que exista entre as partes envolvidas a dosagem de experiências contidas para desenvolver a jovialidade, nos seres vivos, assim no 'paradoxo existencial' uma razão torna-se luz e a outra razão sombra no ser vivo sobre a face de uma civilização. Naturalmente."

Filósofo desfragmentador
Inserida por desfragmentador
1 compartilhamento

EU IMAGINO

Imagino se existisse de fato...
A coerência política,
o amor da humanidade
o aperto de mãos das nações
e a verdade das verdades.

Imagino se não existisse...
Gambelações religiosas
Gente perseguindo gente
abuso de autoridades aos inocentes.

Imagino se...
O poder não fosse povoado por,
calhordas que surrupia a nação
e inventam leis, em benefícios
próprios
e estão sempre de chibata nas mãos.

Antonio Montes

Antonio Montes
Inserida por Amontesfnunes

A QUEM INTERESSAR POSSA!
A POLÍTICA E A DEMAGOGIA.
As pessoas manipuladoras não têm uma visão sobre como envolvem os outros e criam certos cenários, ou eles realmente acreditam que sua maneira de lidar com uma situação é a única maneira, porque isso significa que suas necessidades estão sendo atendidas, e isso é tudo o que importa. Em última análise, todas as situações e relacionamentos são sobre eles, e o que os outros pensam, sentem e querem realmente não importa.
Pessoas manipuladoras se apresentem em nossas sensibilidades, sensibilidade emocional e especialmente conscienciosa. Eles sabem que têm uma boa chance de conectá-lo em um relacionamento, porque você é uma pessoa gentil e atenciosa e, claro, porque quer ajudar. Eles podem atender a sua bondade só no início, muitas vezes te louvando pela maravilhosa pessoa que você é. Mas ao longo do tempo, o elogio dessas qualidades será minimizado porque você está sendo usado no serviço de alguém que realmente não se importa com você. Eles realmente se importam com o que você pode fazer por eles.
(Rosangela Colares)

"Controladores, abusadores, pessoas manipuladoras não se questionam. Eles não se perguntam se o problema esta neles. Eles sempre dizem que o problema é outra pessoa. "

Pastora Rosangela Colares
Inserida por rosadosanjos1
1 compartilhamento

Nada melhor que discutir política e preservar os amigos da época da juventude até hoje para trocarmos ideias sobre um país ideal. Manoel Mello, grande amigo da época do diretório estudantil da faculdade, com quem sempre debatemos sobre o futuro dessa nação propôs os seguintes pensamentos e ações para o País ideal:

O BRASIL QUE EU QUERO, QUE NÓS QUEREMOS.

Tudo aquilo que você consegue imaginar pode sim, tornar-se realidade! Mas como seria esse país ideal proposto pelo Manoel? Vejamos....

"Um País em que o estado não consuma mais do 10% dos nossos Rendimentos, que a saúde tenha recursos humanos e financeiros para tratar toda a população com qualidade, que não mais invadam áreas indígenas ou áreas quaisquer, que não hajam mais mortes por quaisquer motivos, que os políticos entrem para servir ao povo, que os bandidos resolvam trocar o crime por empresas mais lucrativas e legalizadas, que o País fomente empresas para explorar comercialmente outros povos com finalidade de lucros e prosperidade, que sejam alfabetizados os 60 milhões de analfabetos funcionais, que a polícia seja unificada e eficaz, que o exército ajude em construções públicas, Que todos tenham mais tolerância, que seja inserido na contabilidade do País o índice de felicidade das pessoas, que o salário mínimo seja de pelo menos 20.000, que o planeta reencontre o equilíbrio do meio ambiente, que tenhamos abundância em alimentos e saúde, que todos acreditem e sigam os ensinamentos mais puros de amor e esperança, que haja união do povo do sul e norte, pobres e ricos, que haja melhoria na qualidade de ensino de toda a cadeia educacional, que o Brasil se torne um país tido como destino mais visitado do mundo, que sejamos mais ricos que chineses e americanos, que o mundo possa seguir o nosso exemplo na questão da logística Reversa dos Resíduos Sólidos, que o Brasil adote o Sistema e Métodos da 3lixos e que outros países também adotem o modelo e padronizem-se os descartes no Globo Terrestre. " Manoel hoje gerencia a Empresa de reciclagem 3lixos. Mas poderia ser também um grande gestor nessa Nação. Manoel é um visionário.

Luiz Guilherme Todeschi
Inserida por Todeschi
1 compartilhamento

Um dia o Cristianismo se dividiu em Trinitários e Unitários. Outro dia a Política se levantou contrariando os primeiros, e se chamaram Comunistas e os contrários aos segundos são chamados Direitistas. Os comunistas negam a Deus; os Direitistas são anti-Cristo. O Diabo até crê em Deus, mas o nega; enquanto que Mamom [o Capitalismo] afronta a Cristo infiltrado até nos nossos cultos a Deus, procurando arrebatar a Cristo do centro
Tito Berry

Tito Berry
Inserida por TitoBerry

Política e Religião, se misturam ou não?

A discussão sobre qualquer assunto sempre é e será salutar em quaisquer que sejam a mesa, pois a política e a religião é inerente ao homem. A palavra política deriva do grego "políticos", adjetivo que significa tudo o que se refere à cidade (em grego, "polis"). Mas o conceito de "polis" é mais abrangente do que o nosso conceito de município.
A questão que se põe a mesa é fazer da política a religião e fazer religião da política, esta confusão ao meu ver é que causa efeitos contraditórios tanto a política como para a religião, os conceitos não podem ser contraditórios, pois deixaram de ser conceitos passando a ser meramente palpite.
Política é Ciência ou Arte, as visões de Platão e Maquiavel que são diferentes, mas é notório e possível notar, que não existe menção alguma sobre a religião que não faz parte nem da compreensão quanto a arte nem da compreensão quanto a ser ciência, portanto, mencionar um “conceito chamado teologia política” não participa dos conhecimentos científicos nem artísticos sendo apenas como menciona o texto é meramente um “discursos que reivindicam a presença da religião na esfera pública”, não tendo base conclusiva muito menos filosófica para existir. Isto se dá devido ao fato de que podemos considerar a política como um princípio ou como o trabalho de um homem.
De acordo com a significação da palavra, a política pode ser vista como arte ou como ciência, além do que a política segundo a filosofia é ciência (ciência política).
A religião não possui nenhuma característica para que possa ser interpretada que possa intervir de forma intrínseca no aspecto interpretativo em fazer parte do que é política, porém discutir política em ser ela ciência ou arte é um tema propicio com bases técnicas, já discutir a religião somente será uma discussão de compromisso com a fé.
São assuntos em mesas separadas, pois não há ligação entre os argumentos, mas se for com o aspecto de intervenção da religião na ciência e na arte, poderemos considerar então como um ato de intervenção e ou violação de princípios que não cabe nem mesmo a discussão.

Hélio Ramos de Oliveira
Inserida por biohelioramos
1 compartilhamento

Temos sim que falar de política, pois política não é TER é SER. Somos política em todos os níveis. Política boa, política ruim. Política social e política pública. A minha política e a política dos outros. Politicamente correto e politicamente divergente...
Devemos discutir política, porque é isso que somos. Política é relação. E uma boa política é respeitar a liberdade de expressão.
Essa é uma boa política a longo prazo...

Max Fercondini
Inserida por MaxFercondini

Eu no mundo dos Lideres

Eu como milhares de brasileiros acostumados com a situação politica e econômica do Brasil
E assim, caminhando em direção aos conflitos corruptos e corruptores
Políticos que dizem serem idealistas e na verdade estão em um governo manipulador
Feitos raposas felpudas pronta ao ataque para seu próprio beneficio
E assim somos escravizados pela opressão de um salario de fome e os fracos sempre serão mais fracos ,continuam a regredir
E estes idealista nos vendem a ilusão de um mundo melhor e nos levam ao erro
E nossa Pátria Amada e Idolatrada
Fica unicamente na vergonha que funda nosso governo
Que não tem força e nunca terá para mudar este gigante adormecido
E todas as coisas ruins caminham de mãos dadas
Precisamos de políticos com verdadeiros ideais
Não falo como democrata Tão pouco como uma comunista
Falo como uma Patriota que vive um país incerto onde falta investimento na Saúde Pública ,Justiça, igualdade sem cotas ,trabalho e menos impostos
Precisamos de políticos que não fechem os seus olhos e lute e faça um dia ser lembrado pelos grandes feitos
Professores que sejam apoiados e tenha a segurança governamental
Jovens defensores e que sintam orgulho de serem Brasileiros
E não um País formando crianças medrosas de encontrar um lobo mal com uma arma na mão?

Luzia A A Oliveira
Inserida por louises
1 compartilhamento

Temos o nosso próprio "Estado Infame".

Ao longo do tempo deixamos a POLÍTICA para o LADRÃO.

E agora somos a Vítimas?

Não somos vítimas somos é conivente com o CRIME de todas as formas e espécie que ele se mostrar útil.

Vivemos no passado da Ditadura.

Existe um total menosprezo pelas leis, por isso são vandalizadas pelos próprios que deveriam zelar por elas, mas que decidem favorável para o criminoso que é chamado de humano, mas não da vítima que será chamada de Estatística.

As Facções criminosas se APODERA dos poderes e tomam as decisões, é do conhecimento de todos que patrióticamente, "MENTE" para proteger a Horda que parasita o país.

Não estamos em Paz, pois nossa guerra é contra a tolerância aos CRIMINOSOS que protegemos com o pátrio dever Cívico do Voto.

As ruas são ocupadas pedindo JUSTIÇA, mas recebemos as noticias esdrúxulas, de que a horda criminosa que julga é morosa e acovardada.

Pessoas morrem em escalas de GUERRA, mas o silêncio do sepulcro acolhido pela mesmice, e ouvimos de todas as pessoas... Que "é assim mesmo" são os desígnios de Deus.

A Lama MATA e MARIANA, RIO DOCE e a DIGNIDADE sucumbe a mais um CRIME institucional e o GOVERNO negligência e diz ser FATALIDADE então morre pessoas, morre a CIDADE é o RIO DOCE amarga a MORTE oceânica.

O CRIME atende a "COMUNIDADE"?

A palavra COMUNIDADE - tem origem no termo latim communĭtas.

O conceito refere-se à qualidade daquilo que é COMUM, pelo que permite definir distintos tipos de conjuntos: das pessoas que fazem parte de uma população, das "PESSOAS" que se encontram unidas por acordos políticos e económicos.

O que teem em comum sendo que um é CRIMINOSO e atende o outro, este outro que não pertence a Horda, mas necessitam de assistência, pois são carentes da presença do Estado em para todos são comum, assim como o CRIME que é POLITIZADO, servindo o CRIME estuprando o ESTADO.

As ESCOLAS são entendidas como " um lugar para DEIXAR o filho", e muitos que não frequentam os bancos escolares e quando o fazem vão tão somente ficar não existe função para uma SOCIEDADE que aceita a MORTE do outro como ESTATÍSTICAS, nossa "DEMOCRACIADEMAGÓGICA" serve o CRIME institucional e Constitucional, não existe a punição pelo CRIME, mas existe sim a PENA de MORTE da SOCIEDADE Brasileira, que sucumbe e aceita MORRER e CALAR.

As CADEIAS são nossa CULPA?

Humanizar o CRIMINOSO, mas isso é após o CRIME já ocorrido, mas a ordem neste BRASIL é CRIMINALIZAR a humanidade e PUNIR a SOCIEDADE.

Somos a VIOLÊNCIA institucionalizada e BANALIZADA.

A nossa SAÍDA na verdade é a ENTRADA.

Precisamos "ENTRAR" na "POLÍTICA", para que o CRIME seja CRIME, assim como o Ladrão seja Ladrão e a "POLÍTICA" passe a ser a SOLUÇÃO.

HOJE no BRASIL todas as MORTES são causadas por POLÍTICAS CRIMINOSAS de Brasileiros que não "RESPEITA" o Brasileiro.

Protagonizando nossa indecência.

Hélio Ramos de Oliveira
Inserida por biohelioramos
1 compartilhamento

Não é que goste da nossa política ccomo está.
Na epoca da universidade ouvia falar das politicas sociais muito recentes para as minorias estarem ainda saindo do papel quase engatinhando. Pelo visto, parou aí!
Ja se falava da QUESTÃO SOCIAL como se fosse só a educação precaria e defasada a raiz do problema social brasileiro. Engraçado que você vê uma grande demanda de desempregados com escolaridade de nivel superior e até mesmo com capacitação bem acima disso. Pelo jeito, o mercado continua escasso.
Há uma crise generalizada bem antiga também na saúde, no emprego, no transporte, na habitação, na economia, na política, na ÉTICA.
Não faltam problemáticas no Brasil para se resumir apenas a uma questão social. Não, não podemos endemonizar o poder Estatal, quando nós mesmos o empoderamos.
Mas eu nao tenho partido desde a época da graduação, naquela década passada já se falava de reforma política. Mas eles continuam no mesmo lugar de sempre, isentos de sofrer com os marginalizados.
Mas quando publico uma piada, pareço ter um candidato favorito, coisa que há decadas não tenho mesmo. Para mim, ainda sonho com a utopia da reforma. Embora compreenda que nesse final de mandato e de novas eleições seria um suicídio social perder uma direção para um período de mudança tão radical na política.
Ah, mas eu fiz uma piada debochando do atual governo e esqueci que foi necessário ele assumir durante um golpe em cima de outro golpe.
Mas eu nunca tive partido, nunca defendi nenhum deles, embora não concorde quando a justiça só é firme para uns e não para todos os outros corruptos. Estou falando dos que foram gravados, filmados, pegos no flagra e dos outros que também estão envolvidos. Eu ainda me lembro deles.
Mas, já que fazendo minhas ironias eu posso ser interpretada sei lá de quantas maneiras e nem vamos resolver coisa alguma discutindo política.
Então, vamos seguindo a pé, economizando mercadorias, faltando nos compromissos importantes, esperando que a intervenção militar salve o planeta desses manifestantes do mal.
Chega de ironizar a crise! Vou continuar romantizando a vida...
#semeadoresdesentimentos

Semeadoresdesentimentos
Inserida por SemeadordeSentimento
1 compartilhamento

Fracasso social(política)

Até quando; vamos continuar respirando esse ar tão poluído; recheado de ganância, egoísmo, mentiras e individualismo?
Até quando; seremos tratados como escravos de um sistema criado para poucos ganhadores soberbos?
Até quando; eu e você beberemos e comeremos das sobras dos pobres em espírito?
Até quando; suportaremos ser cuidados e guiados de forma enganosa por esses políticos que carregam em suas mãos e nas suas faces manchas de sangue de inocentes?
Até quando; vamos permitir que os nossos sonhos sejam construídos em cima de um castelo de areia?
Até quando; vamos ficar esperando o dia seguinte nascer sem esperanças, respeito e sem luta?
Até quando?

RICARDO SANTOS DE SOUZA
Inserida por Ricardossouza

Sabendo empregar a "politica de boa vizinhança", poderemos comprovar que realmente é muito bom e gostoso poder viver em paz...
Osculos e amplexos,
Marcial

DEVE SER MUITO BOM PODER VIVER EM PAZ
Marcial Salaverry

Realmente esse deve ser o sonho dourado de 12 em cada 10 seres viventes, mas para que se possa viver em paz, é importante saber empregar convenientemente a tão propalada "Política de Boa Vizinhança”, o que nem sempre é possivel fazer, pois é algo que implica em ter que abrir mão de algumas coisas que por vezes são importantes para nós, em benefício de um bem estar geral, e nem sempre estamos dispostos a tanto. Nem sempre o que é bom para nós será bom para os demais, e vice versa...

Tantas coisas acontecem no mundo, justamente por faltar esse rasgo de boa vontade em alguns governantes. É fácil ver pelo noticiário que é mais comum uma briga entre vizinhos, do que entre pessoas ou povos distantes. Quantas “Guerras de Fronteiras” temos espalhadas pelo mundo, muitas vezes provocadas apenas por má vontade de alguém que não quer ceder um milímetro sequer.

E que dizer das famosas disputas por alguns centímetros a mais de terra que vemos pelo interior.

E para estacionar um carro? Quantas vezes brigamos por uma vaga, quando rodando um pouco mais poderíamos encontrar um lugar, talvez melhor.
Certa feita, em Águas de Lindóia, quando me preparava para estacionar o carro no local mais próximo de meu hotel, um sujeito “mais esperto” cortou minha frente e ocupou aquela vaga. Ao invés de discutir, suspirei fundo, e fui estacionar mais adiante, não sem antes duvidar seriamente sobre a honorabilidade da progenitora do individuo em questão, que além de tomar a frente, ainda deu um risadinha ironica quando saiu do carro. Durante a tarde, despencou um violento temporal sobre a cidade, inundando toda a região próxima ao lago, e o carro que ocupou “minha vaga”, estava submerso, e o meu, lépido e fagueiro a salvo da inundação. Ganhei por não ter brigado, e exigido aquela vaga, mostrando que por vezes, perder é ganhar... Juro que me deu vontade de procurar aquele cidadão, e agradecer sua indelicadeza...

Certamente esse é um tema bem abrangente, pois envolve de uma maneira geral todos os que estão próximos de alguém, pode ser algum de nossos vizinhos de rua, ou um de nossos colegas de Academia, de trabalho, de botequim, enfim tudo o represente proximidade pessoal.

Claro que os amigos internautas estão nesse pacote. Embora nem sempre exista contato pessoal, essa política de boa vizinhança deve ser sempre observada, e todos devemos respeitar os direitos de todos, principalmente, os direitos autorais, seja de escritores, seja de webdesigners, por exemplo. Nunca devemos trocar e nem mesmo omitir o nome do autor de um trabalho. Vamos respeitar o direito autoral, fazendo assim nossa parte no que implica ser política de boa vizinhança internetária. Respeito é bom, e todos gostam...

Basicamente em todos os casos citados, o que sempre deve imperar é o chamado direito de ir e vir, que é privilégio de todos nós. Claro, sempre deve haver alguns limites nisso, pois não há nenhum sentido em tomar certas atitudes que sabemos irão incomodar alguém.

É o caso daquele amigo que chega dizendo: Pô amigo, eu sei que você vai se chatear, mas eu tenho que lhe dizer... Ora pinóias, se sabe que o infeliz vai se chatear, por que cargas d'água tem que lhe dizer aquilo? Vamos respeitar o ... bem, o amigo...

Existe uma pequena coisinha que jamais me cansarei de repetir, que é o principal fator a ser observado no relacionamento entre pessoas: "O meu direito termina onde começa o seu, e o seu onde começa o meu." Procurando agir nesses parâmetros, não teremos problemas, pois os limites são mantidos.

Devemos sempre ter o bom senso para observar nossos limites. Para que "pisar nos calos" de alguém gratuitamente? Existem pessoas que adoram ver o circo pegar fogo, e estão sempre invadindo território alheio e isso, convenhamos, é muito desagradável.

Em sinal de respeito aos direitos alheios, e praticando a política da boa vizinhança, vamos nos desejar mutuamente UM LINDO DIA, procurando sempre entender de que algo deve ser feito em benefício de uma coexistencia pacífica...

Marcial Salaverry
Inserida por Marcial1Salaverry
1 compartilhamento

Nunca vi a menor razão para não aproveitar, na filosofia e na ciência política, as descobertas de filósofos cujas idéias foram instrumentalizadas (muitas vezes contra a vontade deles) pela política nazista ou fascista, como aconteceu com F. Nietzsche, Carl Schmitt, Ludwig Klages, Charles Maurras e tantos outros. Quaisquer que sejam as minhas objeções pessoais contra a orientação geral dessas filosofias, é impossível não acompanhá-las em certas questões de detalhe nas quais os diagnósticos que elas nos apresentam são úteis e não raro brilhantes.
Do mesmo modo, a crítica marxista da ideologia burguesa é um instrumento indispensável que nenhum anticomunismo pode nos impedir de aproveitar.

Olavo de Carvalho
Inserida por Ashlon

A TURMA DO BEM E A POLÍTICA DO PHOTOSHOP:
Despolitização a serviço da ofensa PARLATÓRIO POLÍTICO SEM NENHUM CONTEÚDO, vivemos tempos difíceis em nossa Cidade, principalmente no debate político onde não existe troca de idéias e respeito a opiniões diferentes e sim OFENSAS. Cada um defende seu ideário político, e usam como armas suposições típicas dos discursos da extrema esquerda contra seus adversários que não concordam com suas idéias.
Nesse contexto, um tipo de ação política desagradável é utilizado por intermédio das redes sociais ,especialmente do Facebook , “a política pelo photoshop”. O método é simples utilizado pelas militâncias da base do executivo e seus cargos de confiança, muitas das vezes, um “artista” anônimo, normalmente apoiado e cacifado, faz uma arte com o Photoshop, colocando uma foto agressiva ridicularizando, debochando e humilhando seus adversários, uma meia dúzia de palavras e postada nas redes sócias.
Em questão de segundos, os cargos de confiança e seus aliados renumerados ou não, e outros envolvidos na disputa política que têm interesses ocultos em favorecer a atual administração, compartilham a “arte” feita as pressas, cujo os comentários geralmente fazem relação aos ataque na arte mambembe. Sinto muito ser um chato, mas tal procedimento nada mais é do que uma forma de emburrecer o debate político.
As pessoas não querem mais pensar e recusam-se a formular argumentos, pior, utilizam as artes montadas para insultar e humilhar, muitas das vezes, sem o mínimo de conhecimento daquilo que está escrito. A ploriferação do debate político via Photoshop ou Corel Draw é apenas um sintoma de um povo despolitizado, que se recusa a lutar por seus direitos e considera muito melhor pegar idéias prontas. Não há espaço para a reflexão ou troca de idéias.
Pare e pense! Será que essas artes, esses arquivos prontos, seriam tão populares se a maioria da população, inclusive os formados em nível superior, dedicasse um período do dia para ler jornal, acompanhar os sites dos órgãos municipais, ler uma revista? Faço um desafio a você que utiliza as redes sociais: Ao invés de compartilhar a primeira arte que ver pela frente, que tal perder um tempo em ler um artigo, um projeto ou até mesmo escrever um texto baseado em suas pesquisas ou qualquer enunciado que mostre realmente o que você pensa em termos político?
Se você tomar esta decisão, você vai colaborar com seu crescimento, e também ajudará a melhorar a cultura política de nossa cidade.
Você escolhe: Ou faz política, ou será feito por ela!

Guilherme Câmara
Inserida por guilhermecjr
1 compartilhamento

A Atual Gestão do Executivo Municipal adora fazer política na base da maquiagem, passou quase todo seu mandato, tentando realizar o mínimo do essencial, é lamentável !
Manipulando seus bajuladores famintos de favores e privilégios, ligado diretamente ou indiretamente a atual gestão, seus lideres dão ordens aos seus bajuladores para usar de todo seu poder de ilusionismo, para tentar convencer o cidadãos que suas medíocres ações e pequenas obras são um epopéia como as pirâmides construídas pelos antigos faraós.
Mas a população não é boba sabe bem qual a realidade de nosso município e o quanto ele vem sofrendo com esse tipo de política adotada...
Mairinque precisa de trabalho sério e de verdade, se atual gestão trabalhasse a metade , mas de verdade, o rendimento provavelmente seria o triplo ...

Guilherme Câmara
Inserida por guilhermecjr

É triste perceber que na política atual, poucas pessoas praticando a concentração do pensamento e muitas achando normal o uso da retórica dispersiva.
A cultura em prol a ignorância, vem abordando propositalmente diversos assuntos em confabulação, sem o ideal aprofundamento de nenhum desses assuntos.
Desconsiderando de forma maliciosa o esclarecimento e a compreensão, usando da hipocrisia em suas análises criticas.
Os atuais sofistas perpetuam dando voz a instintiva tendência humana em detestar a verdade, em prol a sua vaidade.
Fazendo com que grande parte da população acredite que o que não é de Esquerda é de Direita.
Crer que só existe Esquerda e Direita é equivalente a crer que em todo universo só existe o céu e a terra.
Se Você detesta B e deseja A, sendo B e A contrários ,vale mais apena direcionar esforços para o fortalecimento de A do que perder tempo com insignificância de B.
Não se deve se ocupar com o mal a não ser que seja extremamente necessário.
Não se deve alimentar o mal nem dentro e nem fora de você.
Não se deve fazer de uma banalidade ou de um pequeno acontecimento isolado uma retórica dando a ela forma , dimensão e proporção que ela não teve, tem e nunca terá...

Guilherme Câmara
Inserida por guilhermecjr
1 compartilhamento

A presença da mulher na politica não é só uma questão de igualdade de gênero, mas contribuir de forma ativa com suas habilidades em lidar com as circunstâncias adversas e com as crises que atingem as famílias e sociedade sem perderem o charme e a sensibilidade.
Hoje cada vez mais podemos notar que as mulheres vem conquistando espaço na sociedade e muitas vezes assumem o papel de chefes de família sem deixarem de participarem das lutas sócias contribuindo de forma significativa para a politica em nossa sociedade, Parabéns a todas essas mulheres que somam forças na empreitada de resgatar e reconstruir nossa amada Mairinque.

Guilherme Câmara
Inserida por guilhermecjr

É necessário que mude não apenas a maneira que se “faz” política no Brasil, mas também a maneira que se exerce a cidadania, pois nós somos os verdadeiros responsáveis por isso tudo que acontece. Nasce em casa, nas nossas casas as crianças que são instruídas fazerem coisas para obter lucro, as crianças que tiram notas na escola não por ter consciência de que no futuro aquilo lhe será útil e sim por interesse pessoal ou promessas de algum regalo. A política nasce no berço, a política está em todos os lugares, não se engane.
Esqueçam esta polarização medíocre que foi criada justamente para deixar o povo cada vez mais enfraquecido, devemos lutar pelo nosso país, para depois podermos conquistar um mundo melhor, não apenas na esfera política e material, pois isso se aplica a tudo, a religião, as diferentes escolas filosóficas, às teorias científicas, etc. Separar, segregar e segmentar é o mesmo que enfraquecer, o povo precisa se unir em um único objetivo, criar um mundo digno e cada vez melhor.

Urubatão dos Santos Machado
Inserida por urubatao
1 compartilhamento

Que dilema em Brasil?
Há essa política atual que me irrita, perturba
frequentemente meu lado sentimental. O povo
é abestado chamam político alienado de mito.
Acordem para realidade, somos muito mais que
esta atual desigualdade. Lá no planalto central chega a me arrepiar todo, nosso presidente frequentemente tem um piripaque diferente. E o PT? esse nem me fale, todo meiguinho com seus quatros dedinhos na mão esquerda aguardando ansioso para se candidatar. E nós eleitores ficamos igual "cobras cegas" sem rumo
sabendo exatamente em quem votar, que dilema em Brasil??

Fabrício R.Veiga
Inserida por Boysdontcry