Pensamentos Mais Recentes

Vc pode não gostar de alguém por isso ou por aquilo...Essa é sua visão ...Mas o que vc não pode deixar é de sentir a dor do outro....a dor pode ser igual em todo lugar aonde o amor não é igual..Deveria ser, mais não é...não chame de amor aquilo que exclue...não chame de amor o preconceito..não chame de amor a indiferença...o amor existe onde existe a dor....o amor de sentir a dor do outro..sem a necessidade de passar pela mesma dor para condoer-se.
Olha aí jovem que se acha um superhomem.
O buraco é mais embaixo e o caminho certo é mais em cima...Ouça o conselho da dor

Luiz Sergio Santana de Brito
Inserida por luiz_sergio_santana

Uma casa bagunçada não atrai boas energias.
O corpo é a nossa morada.
O coração bagunçado pode abrigar o nosso pior inimigo
Uma mente acorretada pode enjaular uma terrivel fera, que quando se deixa escapar, causa muitas feridas.
Uma lingua envenenada é uma arma letal.
É preciso fazer uma faxina geral.
Abrir a mente...arejar o corpo..lapidar a lingua...criar pensamentos positivos e proprios...plantar amor no coração....tirar a trave dos olhos e chamar o Espirito Santo para administar essa casa que a tempo anda bagunçada.
Renove-se no amor e dê sossego a casa..libertando a alma.
Que corpo é esse que tu moras?

Luiz Sergio Santana de Brito
Inserida por luiz_sergio_santana

Quando passas pelo pior, todos procuraram saber o que aconteceu mas, pouco procuraram saber como você está ou se sente.

Alcidio Magenge
Inserida por AlcidioMagenge

Eu quero estar sempre errada no mundo dos certos.

ARRUDA, J.B. de.
Inserida por jaci_jaci

Deus!
Que a tua paz recaia sobre nós,
Que o desequilibrio não encontre abrigo em nossos corações.
Que a tua paz prevaleça em todos os lugares.

Deus :
Que a nossa fé seja firme
Que a esperança seja como o Sol que renasce fulgurante todos os dias.

Deus :

Abrandai nossos corações,
Acalma nossos passos, afim de que sejamos um contigo na figura dos que cruzam o nosso caminho, dissipando mágoas ,recontruindo onde destruímos, reconciliado sempre...

Deus de amor de
, justiça e bondade
Velai por nós.

Assim seja!

Toque de luz

toque de luz
Inserida por toquedeluz

A criação revela o Eterno de forma irrefutável, onde tudo demonstra o Espírito de amor e seu significado, para a consciência humana.

José Jakson Cardoso
Inserida por jjcardoso2014

Quando o vento tocar teu rosto sou eu te beijando Bem como sentir o perfume das flores levando a mensagem do meu perfume sou eu em pensamento Quando a chuva molhar o teu rosto são minhas lágrimas de saudade, te pedindo pra me ver. Todos os elementos da natureza ajudam para que a distância não apague em ti a minha existência.

Mirian Lôbo
Inserida por EliasTorres

O nosso humano pensamento; e O SENTIMENTO…

Que pena haver em nós tanta maldade;
Devido a: o nosso humano, pensamento;
Tanta vez em nós, matar a bondade;
Por nos neutralizar O SENTIMENTO!

Que pena os dois, não se tornarem um;
Com força, para só bons nos tornar;
Devido a: o valer de ambos, ser nenhum;
Se um já, dentro de nós não se encontrar!

Pois se um, sempre em nosso outro se encontrasse;
Com esse dominar do Sentimento;
Todos cá viveríamos a AMAR!...

Porque sempre que mal, em nós entrasse;
Pelo entrar do nosso mau pensamento;
O nosso AMOR, o tal ia expulsar.

Com carinho;

Manuel Santos
Inserida por manuel_santos_1

Tenho que aprender a não criar espectativas... porque assim, o coração sofre menos.

Cecília de Sousa e Sousa
Inserida por Ci11021718

eu porém tantas vezes não estava pronta
banho tomado
penteada asseada jantada
crescida formada empregada quase morta
pra quando minha mãe chegasse
eu não estava pronta
eu resistia a todos os meus deveres
eu me insubordinava
eu teimava toda uma vida
(ainda teimo)
eu não me limpava
só pra ver se minha mãe chegaria
a despeito de mim
a despeito da sujeira do erro da noite
a despeito da espera a que
assim fingindo não esperar
eu me recusava
foi assim por muitos anos
minha mãe e eu
numa língua estranha e indecisa
embora fosse a mesma língua
a limpeza que eu deveria guardar para ela
e oferecer a ela
na volta
ainda guardo comigo
e de repente deparo com ela
(que ainda espera)
num livro
numa voz estranha
numa outra mulher
que também esperou
numa banheira vazia
o seu amor voltar

Luanna Belmont
Inserida por pensador

Vieram os homens que eu
não queria, mas que me queriam,
e os que eu queria, e não pude ter.
Os homens que não pude ter
eram sempre enormes, ambidestros,
bonitos como o meu pai quando
meu pai não era homem,
quando meu pai era eu mesma,
perdido de amor.

Luanna Belmont
Inserida por pensador

A obra da criação e as escrituras, como os dons espirituais, atestam a presença do Criador e nos possibilita testemunhar sua onipresença e onisciência. Hoje aprendi com o Reverendo Caio Fábio D´Araújo Filho, como entender o verdadeiro olhar de compreender a reconexão que devemos ter com Ele, para termos a oportunidade de nos tornarmos dignos de viver em sua presença, ainda aqui neste espaço tempo e matéria.

José Jakson Cardoso
Inserida por jjcardoso2014

A manifestação e a revelação de Deus para o homem, através da natureza e dos acontecimentos que revelam a Graça e a misericórdia do Criador, e, quanto mais o nosso olhar é contemplativo e reflexivo, agente reconhece, a grandeza e o poder revelador do Criador.

José Jakson Cardoso
Inserida por jjcardoso2014

Poucos homens despertaram em mim
o desejo de ser eu mesma.
Dois, talvez três em toda a vida.
O primeiro meu pai, que,
quando nasci,
perdeu-se amorosamente em mim
até se achar outra vez
mais tarde
não saberia precisar
esquecido de não ser, voltando a ser
homem.
Não tenho irmãos.
Tenho um primo que certa vez derrubei
no chão sem querer enquanto brincávamos.
Foi quando entendi
que o trabalho do ódio
é mapear circunstâncias
aleatórias
em torno de feridas alheias
que nem são nossas
portanto alheias
aprendidas.
É bonito como a criança resiste ao ódio,
se assim lhe permitem.

Luanna Belmont
Inserida por pensador

Quando achastes que ganhou algo, será larapiado implicitamente.

Douglas Guedes
Inserida por Douglas_Guedes

Tem uma mulher
que eu amo.
Olhos doídos, pálpebras mornas.
Já acalentou crianças,
deu-lhes o corpo,
alimentou, limpou suas lágrimas,
fez sorrir com voz calma.
Filhos, talvez netos.
Soube renascer neles tantas vezes.
Conhece a fragilidade humana.
Eu beijo os lábios
fechados dessa mulher,
a partir dos cantos,
em pequenas lascas de ternura
e queda no vazio.
Essa mulher viveu coisas
que me abastecem.
Ela fala de alegrias,
de sóis, sobremesas, decotes,
livros, enganos.
Vai falando e contornando dores
com pequenas pausas,
no que os cílios superiores tocam
os cílios inferiores demoradamente,
e ela afunda.
Aperto sua mão e ela emerge.
Enquanto a ouço,
beijo seus olhos.
Digo-lhe que é uma mulher, ainda.

Luanna Belmont
Inserida por pensador

existi furiosamente
no instante quebrado que me dedicaram
seus olhos desocupados do
que poderia haver de mais belo

Luanna Belmont
Inserida por pensador

Aprendam a ter respeito por quem passa por dificuldades. A Terra não é plana. 🌎

Anna Flávia Schmitt Wyse Baranski
Inserida por anna_flavia_schmitt

..."Jamais haveremos de nos reconciliarmos com o razoável caminhando no meio dos psicóticos porque uma mente politicamente estuprada, tem a mesma serventia de um aparelho excretor." ... Ricardo Fischer.

Ricardo Fischer
Inserida por RICARDOFISCHER2013

toda noite vem o homem
vestido de branco e
digo a ele
é impossível domar a água

I just sit on the ground in your way

o homem vestido de branco
anota a minha doença num papel.

Bruna Mitrano
Inserida por pensador

Se você comemora, celebra a queda de um membro da sua denominação, lamento te dizer, você não faz parte do corpo. Ninguém celebra a amputação de uma parte do seu corpo.

Marcello Figueiredo Silva
Inserida por marcello_figueiredo

firmava os pés no chão enquanto varria, mecanicamente, os cacos de vidro. era a primeira vez que não se arrependia dos gritos, do murro na porta, de mais um copo atirado contra a parede. estava sozinha, reconhecendo suas frustrações, a parcela de si não compartilhada, e já não lhe importava o lado de fora – algo haveria de se perder, sempre, no vácuo entre duas mãos sobrepostas. em minutos, um vizinho solidário invadiria sua sala e, com tiques de pardal, exploraria cada canto, procurando marcas da Louca, até finalmente perguntar tudo bem? e ela responder, sorrindo, que sim.

Bruna Mitrano
Inserida por pensador

ela pediu pra eu não enlouquecer
parei de tomar os remédios pra tentar ser gente
mas uma chuva forte caiu
era janeiro
e me escorreguei
perdi o senso
disseram
é temporário
os tremores noturnos
a matriz de uma ânsia descabida
os rostos na janela
todas as noites
os rostos que catequizam as janelas
nas casas sem muro
não há o que se ver que não sobrecarregue a carne
o corpo ainda sente
curva-se ao inevitável
tomba no meio da rua e conclui
não se dá as costas pra morte
há sempre um diagnóstico
preto no branco
vou morrer de tempo ou
vou fazer o quê?
re:___________________.

Bruna Mitrano
Inserida por pensador

a impertinência da cura.
arrancaram meus caninos,
tenho as gengivas suturadas à mostra.
de medo: tormenta

[mãos de pólvora afagando o fogo]

Bruna Mitrano
Inserida por pensador

gelo na língua: a cara lisa, lagrimando brasa, em riso esquizo cacarejento estala, essa dor do cão!

Bruna Mitrano
Inserida por pensador