Poemas de Buda

Cerca de 209 poemas de Buda

- O que é que vocês acham? Estas poucas folhas serão as mais numerosas ou todas as folhas de todas as árvores do bosque? - Pouco numerosas as folhas que o Senhor tem na mão; muito mais numerosas são todas as folhas de todas as árvores do bosque. - Da mesma forma , ó monges, muita coisa é aquilo que aprendi, pouco, muito pouco é o que ensinei. No entanto, não fiz como fazem os mestres que fecham o punho e guardam ciosamente os seus segredos. Pois eu lhes ensinei tudo o que lhes era de utilidade, eu lhes ensinei as quatro verdades. Nada lhes ensinei porém que não fosse útil.

Buda

quando se fala e age com pensamentos puros, a felicidade nos acompanha como se fosse uma sobra, jamais nos deixa!

Buda

O sentimento de raiva deve ser evitado como se fosse fogo, pois ele é perturbador e devemos mudar nossa mente, nosso modo de falar e pensar a fim de evitá-lo.

Buda

Perguntaram a Buda se ele já havia sentido raiva:é claro disse Buda!Preguntaram a Buda se ele já havia sentido desejo de atacar o outro:é claro disse Buda!Mas se estou conectado a todas as coisa disse Buda como isso me faria bem?

serie Life
16 compartilhamentos

Se Deus no budismo é Buda, no judiaismo D'us é um só, no cristianismo ele é pai, filho e espirito santo, logo cada local e cultura cria seu Deus para si, se não existe prova nenhuma que há uma mente dirigente que controla o universo, eu continuo a não criar e nem acreditar em seres imaginários.

Tiago Vilas Boas
17 compartilhamentos

Buda disse em certa ocasião: “A dor é inevitável, o sofrimento é opcional.” Isso significa que a dor sempre estará presente em nossa vida, pois sofremos acidentes, vivemos perdas, decepções… O que muda de uma pessoa para outra é a interpretação que se faz desses acontecimentos.

Allan Percy

Jeová, Cristo; Iemanjá, Orixá; Buda, o Desperto são apenas estampas de acolhedora almofada, que nos embala e conforta durante a vida, esta viagem.

Paulo Ricardo Zargolin

AUSÊNCIA.

Buda viveu como Cristo
nada nunca escreveu
sem nada deixar escrito
disse coisas ao mundo
que o mundo nunca esqueceu.

Budistas e católicos
Enfim todos os religiosos
Guardam suas visões de Deus
Engraçado não ser o oposto
O homem toma conta, adeus.

O mundo continua em antítese
O reverso do esperado
Criam os infantes as teses
Ideia de que tudo isso
pode ser demonstrado.

Eu espero o amor
tomando conta de tudo
o que se sucedeu
foi só a vida engoliu
todos os amados do mundo.

Sobram sempre as crianças
Livres do tormento e consciência
Correm atrás de sonho
Essas vidas de latência.

O que sobra a nos carecas da idade
Aqueles que não perderam cabelos
Ainda assim se foi o tempo
Sobrando as vidas nem sempre as verdades.

Vender a ilusão da vivência
Assumimos a posição guardiã
Desesperançosos de sonhos
e quem sabe da própria existência.

Sobram os monges
Trancados um seus monastérios
Longe da vida e da experiência
Sem erros e sem vivências.

Sem sofrer
ou viver
mas
em paz.

É essa a resposta
Uma vida autocontemplativa.
É assim o homem perfeito
Apagando a emoção
soterrando a vida.

Pensem em uma vida perfeita
Voltem a ser crianças
Hoje é seu dia renasça
Entre neste trem sem destino
E não conte a ninguém só faça.

Pode não sair do lugar
As viagens do coração
quando assim tem e são
nem sempre locomovem.

Tenha sua jornada tranquila
meditativa, apaixonada
madura, louca, ocorrendo no ar.

Que dominada a emoção tão revolta
não perca seu ímpeto latente
possa mesmo apaixonados tornar-nos
gentis figuras de gente.

Dante Locateli
2 compartilhamentos

– Mestre, você se considera um homem ou um deus?
O Buda sorriu e respondeu:
– Nenhum dos dois. Sou apenas alguém que acordou enquanto o resto de vocês ainda está dormindo.

Aravind Adiga

Buda dizia:
Se você quiser conhecer sua vida anterior, olhe o que você é agora, porque o que você é agora é o resultado de todo o seu passado. Se você quiser conhecer sua vida futura, olhe o que você é agora e trabalhe sobre o momento presente, porque o momento presente é a causa do que você será.
E ele dizia:
Não se preocupe com o que está atrás, não se preocupe com o que está à frente, mas trabalhe sobre o momento presente.

Riva Almeida
Inserida por RivaAlmeida

►Nossas Crenças

E se Deus não for Jesus, for Buda?
Eu pensei "no que isso muda?"
Será que deixaria as pessoas mudas?
Pretendo escrever agora uma rima curta
É apenas uma dúvida súbita
E se for Alá? Ou algum Orixá?
Olodumare, do Candomblé
Ou quem sabe do Hinduísmo
Pensei nisso, que loucura seria isso
E se o Messias fosse na verdade uma criança indígena?
E a confusão que isso tudo causaria
Onde tudo que foi ensinado fosse uma mentira
Começariam a indagar qual o propósito da vida.

Escreverei apenas em uma folha, e nem sei se vai ser boa
Penso que é interessante o que julguei naquele instante
Uma loucura nasceria, na verdade já nasceu
Ninguém respeita a crença alheia, quem está falando isso sou eu
Não pretendia criar um texto polêmico
Só que talvez o seu Deus e o meu
Sejam parentes, ou o mesmo, então por que não podemos nos respeitar?
Se acreditamos em algo tão próximo
E ao mesmo tempo tão distante do nosso alcance
Por que não respeitar as crenças dos homens?
Mas se ofendi alguém com este texto, desculpem, lamento muito.

AteopPensador
Inserida por AteopPensador
1 compartilhamento

De Buda a Brahma
Religião é bem vinda a quem ama,
Ideias diferentes,
Mas querendo paz para toda gente

Porém, do cidadão ao prefeito,
O que falta entre elas é respeito.
Vindo até do presidente,
Quem propaga desrespeito não é inteligente

Do terreiro ao culto,
Peço ao fim do insulto.
Se bobear tem pessoa até na camada de ozônio,
Pronto para chamar meu exu de demônio.

Ate as religiões do continente africano,
Parem com esse preconceito, mano !!
São o diamante da cultura.
Com todo sangue derramado, viraram pura.

Não usem nada em vão,
Propagando ódio em nome da religião.
Parem até o amanhã,
Com o preconceito com nossos amigos islã

Matheusin
Inserida por matheus_luis_ribeiro

Papo filosófico das 18 horas. ;-)

"Um filósofo veio a Buda e perguntou: Sem as palavras e sem ficar mudo, você me contará a verdade?"

Ele está pedindo algo impossível. Mas, perto de um Buda, o impossível acontece. Só perto de um Buda o impossível torna-se possível. E todas as leis, as leis comuns são rompidas.

Luiz Guilherme Todeschi
Inserida por Todeschi

⁠Olha essa meditação

Ioga, buda, kabala.
O monte da inspiração.
Autonomia de vida.
A liberdade referida.
O equilíbrio.
Atitude.
Sensatez, brio.

Vontade própria.
A estrada, o caminho é o arbítrio em essência.
Veja.
As influências interferem.
Sim.
Muitos resistem, contudo outros vulneráveis.
Sensíveis.
A vibração conectada.
A frenética vida é cheia de considerações.
A luz da vida, a água, o pão.
Toda energia inserida.
A mente é envolvida.
Induzida.
Oprimida.
Sim, o homem tropeça contra os desejos.
Como se houvesse uma rede preparada.
Uma força absoluta lhe empurrando ao buraco.
Reflita, pecado real, artificial, a lei que acusa.
A lei que lhe aprisiona.
A vida aflita.
Reflita.
A lei da atração.
O cavalo de Tróia.
O presente, a mente enganada.
A prisão, emoção, sensação, depressão.
Autonomia, liberdade.
Atento a enganação.

Giovane Silva Santos

Giovane Silva Santos
Inserida por giovanesilvasantos1

Aqueles que confundem o que não é essencial como sendo essencial e o que é essencial com não sendo essencial, nutrindo pensamentos errados, nunca chegarão ao que é essencial.

Sidarta Gautama (Buda)

Você, o seu ser, tanto quanto qualquer pessoa em todo o universo, merece o seu amor e sua afeição. Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo. O segredo da saúde, mental e corporal, está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro,nem se adiantar aos problemas, mas, viver sabia e seriamente o presente. Jamais, em todo o mundo, o ódio acabou com o ódio; o que acaba com o ódio é o amor.
Buddha

Sidarta Gautama (Buda)
21 compartilhamentos

Fácil de ver é o defeito nos outros, mas um defeito próprio é difícil detectar. Tal como a palha ao vento uma pessoa apregoa os defeitos dos outros, mas esconde os seus, tal astuto caçador que se esconde por detrás de ramos disfarçados.

Sidarta Gautama (Buda)

Tal como poeira fina atirada contra o vento, o mal vai para cima do tolo que ofende um homem inofensivo, puro e inocente.

Sidarta Gautama (Buda)
12 compartilhamentos

Poucos entre os homens são aqueles que atravessam para a outra margem. O resto, a maior parte, apenas corre para cima e para baixo na margem de cá.

Sidarta Gautama (Buda)

O tolo preocupa-se, pensando: “Eu tenho filhos, eu tenho riqueza”. Na verdade, se nem ele próprio pertence a si próprio, quanto mais os filhos, ou a riqueza?

Sidarta Gautama (Buda)