Sidarta Gautama (Buda)

Encontrados 21 pensamentos de Sidarta Gautama (Buda)

Os sábios, sempre meditativos e firmemente perseverantes, experimentam sozinhos o Nibbāna, a incomparável liberdade da escravidão.

Sidarta Gautama (Buda)

Tal como poeira fina atirada contra o vento, o mal vai para cima do tolo que ofende um homem inofensivo, puro e inocente.

Sidarta Gautama (Buda)

Não acredite em nada, não importa onde você o leia ou quem o diga, a menos que esteja de acordo com sua própria razão

Sidarta Gautama (Buda)

A paz vem de dentro não procure fora.

Sidarta Gautama (Buda)

Poucos entre os homens são aqueles que atravessam para a outra margem. O resto, a maior parte, apenas corre para cima e para baixo na margem de cá.

Sidarta Gautama (Buda)

Você, o seu ser, tanto quanto qualquer pessoa em todo o universo, merece o seu amor e sua afeição. Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo. O segredo da saúde, mental e corporal, está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro,nem se adiantar aos problemas, mas, viver sabia e seriamente o presente. Jamais, em todo o mundo, o ódio acabou com o ódio; o que acaba com o ódio é o amor.
Buddha

Sidarta Gautama (Buda)
16 compartilhamentos

Não aceites aquilo que ouves relatar, não aceites a tradição, não aceites uma afirmação só porque ela está nos nossos livros, nem porque está de acordo com tua crença ou porque foi dita pelo teu mestre. Sê uma lâmpada para ti mesmo.

Sidarta Gautama (Buda)
52 compartilhamentos

O mundo está em constante mudança, por isso não se apegue a nada.

Sidarta Gautama (Buda)
12 compartilhamentos

Aqueles que confundem o que não é essencial como sendo essencial e o que é essencial com não sendo essencial, nutrindo pensamentos errados, nunca chegarão ao que é essencial.

Sidarta Gautama (Buda)

O tolo preocupa-se, pensando: “Eu tenho filhos, eu tenho riqueza”. Na verdade, se nem ele próprio pertence a si próprio, quanto mais os filhos, ou a riqueza?

Sidarta Gautama (Buda)

O tolo busca prestígio imerecido, precedência entre os monges, autoridade sobre mosteiros e honra entre chefes de família.

Sidarta Gautama (Buda)

Que os leigos e monges pensem que fui eu que fiz. Em toda a obra, grande e pequena, que eles me sigam. Tal é a ambição do tolo; assim aumenta o seu desejo e orgulho.

Sidarta Gautama (Buda)
Inserida por JGSUUU

Fácil de ver é o defeito nos outros, mas um defeito próprio é difícil detectar. Tal como a palha ao vento uma pessoa apregoa os defeitos dos outros, mas esconde os seus, tal astuto caçador que se esconde por detrás de ramos disfarçados.

Sidarta Gautama (Buda)

Ninguém é sábio por falar muito. Aquele que é pacífico, amigável e sem medo é chamado de sábio.

Sidarta Gautama (Buda)
21 compartilhamentos

Tal como uma grande enchente leva de enxurrada uma aldeia que dorme, também a morte apanha e leva de enxurrada o homem de mente apegada, delirando pelos seus filhos e gado.

Sidarta Gautama (Buda)

Você só perde aquilo a que você se apega.

Sidarta Gautama (Buda)
42 compartilhamentos

Duvide de tudo. Encontre sua própria luz.

Sidarta Gautama (Buda)
10 compartilhamentos

Seu propósito na vida é encontrar um propósito e dedicar a ele todo o seu coração e a sua alma.

Sidarta Gautama (Buda)
14 compartilhamentos

A mente é tudo. O que você pensa, você se torna.
Somos moldados por nossos pensamentos; nós nos tornamos aquilo que pensamos. Quando a mente é pura, a alegria segue como uma sombra que nunca vai embora.
Não habite no passado, não sonhe com o futuro, concentre a mente no momento presente.

Sidarta Gautama (Buda)
33 compartilhamentos

Quando você evolui, o mundo evolui

Sidarta Gautama (Buda)

Olhe pra estrela que o dedo aponta e não para o dedo que aponta à estrela.

Sidarta Gautama (Buda)
15 compartilhamentos