2 min. de leitura | indicado para +3 anos

Certa vez, havia uma menina pobre, mas muito boa, que morava sozinha com a mãe. Elas não tinham nada para comer em casa. Um dia, a criança saiu para a floresta, e lá encontrou uma velha que a presenteou com uma panela que tinha o seguinte poder. Se alguém dissesse: "Ferva, pequena panela!", a panela faria uma sopa doce; e quando dissesse: “Pare, pequena panela!”, ela iria imediatamente parar de ferver a sopa. A menina levou a panela para a casa da mãe, e agora sua pobreza e angústia haviam chegado ao fim, pois poderiam comer sopa doce quantas vezes quisessem.

Um dia, porém, a menina saiu e, na ausência dela, a mãe disse: “Ferva, pequena panela!”. A panela começou a cozinhar e ela logo comeu tudo o que desejava; mas quando a pobre mulher quis que a panela parasse, ela descobriu que não conhecia a palavra de ordem. A panela continuou a ferver muito rapidamente ultrapassando a borda; e à medida que fervia e fervia, a cozinha logo ficou cheia, depois a casa e a próxima casa e logo toda a rua.

Parecia que iria saciar a fome de todo o mundo, e embora houvesse a maior necessidade de fazer a panela parar, ninguém sabia como. Por fim, quando a menininha chegou na cabana, disse: “Pare, pequena panela!”

Imediatamente parou de ferver; mas até hoje quem quiser entrar na aldeia deve comer sopa até o caminho desejado!!!

Veja também: