Poemas sobre Violência

Cerca de 963 poemas sobre Violência

Violência gera terror nossa causa é de Paz. Bom edificar o que nunca foi do bem e precisa porém conhecer o Espírito do amor da verdade

Raboni

Uma espada mantém a outra na bainha, as vezes, a ameaça de violência por si só é dissuasivo, às vezes, tomando uma vida, outras poderiam ser preservadas, esse é o código pelo qual os samurais viviam.

Rainden - Metal Gear

Você nunca ganha com violência. Você só ganha quando mantém a sua dignidade.

Green Book: O Guia

Que todas as Mulheres, não só hoje mas todos os dias, sejam livres de qualquer violência e que não lhe sejam negados direitos á vida. Que sejam associadas a respeito e dignidade.

Maria Simão Torres

A violência contra os pobres de grana é planejada, comandada, executada e consentida pelos pobres de espírito

Eduardo Marinho

Violência doméstica

Quantas vezes me bateu
sem falar o que eu fiz
eu só queria ser feliz
você não compreendeu
o meu coração sofreu
sentindo o corpo padecer
em troca de tanto amor
tive sofrimento e dor
mas não vivo sem você

É difícil de entender
porque sou tão submissa
sirvo pra tua cobiça
teu momento de prazer
porém nada vou dizer
o meu direito é se calar
se nem piso na calçada
mesmo assim fico marcada
sem ter forças pra lutar

Apenas vou chorar
recuar mais uma vez
diante a tua embriaguês
nada posso recusar
tudo tenho que aceitar
calada sou agredida
e por ser tão dependente
vivo casada e carente
escrava da própria vida

Gostaria de gritar
para o mundo inteiro ouvir
o tanto que sofri
sem poder denunciar
se não tenho onde morar
vivo a merce da sorte
vou me recolher tão cedo
convivendo com o medo
de escrever a própria morte.

Guibson Medeiros

Nada de sutileza, gosto do que intimida, gosto da pancada, gosto da violência que você sabe colocar em cada verbo só para fazer carinho nas minhas qualidades.

Jota Cê

-

Jota Cê - Néctar da Flor

A violência justifica a repressão, violência gera violência, combater fogo com fogo, o ciclo sem fim da luta de ignorantes contra ignorantes.
Sou mais a linha de Gandhi e Jesus, combater fogo com água, sabedoria, transformação real, rompimento da violência.
Quando um não quer, dois não brigam. "Lutar e Vencer todas as batalhas não é glória suprema. A glória suprema consiste em quebrar a resistência do inimigo sem lutar" - A Arte da Guerra - Sun Tzu
Se apanhar ou morrer, dane-se... o martírio amplifica e legitima a causa.
Quando se busca o bem do coletivo, o individual vale menos, e isso inclui o orgulho, a raiva, a vaidade, etc.
A guerra pela paz já é uma busca errada por natureza, somos mais inteligentes que isso.
Paz não é sinônimo de ingenuidade, a lei da legítima defesa continua valendo!
É hora de se voltar contra o efeito manada da massa irracional e colocar a massa cinzenta em ação.
Querem uma revolução? Quebrar tudo é fácil, quero ver reduzirem o consumo... isso sim seria a revolução que nos salvaria de colapsos ambientais e crises econômicas por endividamento coletivo.
Me entristece ver que a humanidade se concentra nos extremos OPRIMIDOS e OPRESSORES. Quem é oprimido hoje se torna opressor amanhã.
Vamos voltar a ser uma tribo? Uma aldeia global? Um por todos e todos por um...rs
Se você acha isso uma utopia, então escolha seu grupinho: ponha sua máscara negra e quebre tudo por aí, ou se candidate pra roubar o dinheiro dos impostos que o povão trabalha duro pra pagar.
Eu rejeito os extremos e fico no grupo dos conscientes, pois não quero ver o circo pegar fogo, quero ver a nossa espécie prosperar... e todos os dias colocar a cabeça no travesseiro e dormir em paz. "SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER NO MUNDO" - Mahatma Gandhi

William Eduardo Marques
2 compartilhamentos

A violência organizada

A sociedade esta corrompida, as pessoas estão corrompidas, a política brasileira esta corrompida, a pergunta que vem a mente de muitas e muitas pessoas é: existe fim para isto ou um inicio para as coisas melhorarem?
A violência que a população sofre, não vem somente das manifestações, mas vem da morte nos corredores dos hospitais, dos milhões que são desviados, faltando para a educação, segurança e saúde.
Qual a seria a verdadeira manchete de violência, de manifestantes depredando para chamar atenção ou a força do governo que utiliza a policia como uma mão de ferro, para coibir o direito de lutar pelos seus direitos?
Qual a verdadeira vocação dos noticiários, manipularem as informações conforme convém ou mostrar a verdade? Será que somente quando jornalistas sofrem de opressão se ouve o grito da mídia?
Onde estão os artistas engajados? Onde está às pessoas que poderiam dar força a voz do povo? Foram compradas com patrocínios? Estão acomodadas em seus sofás? Ou tem medo de perderem a mordomia?
Qual a verdadeira voz do governo? Qual a verdadeira voz das manifestações? É pura utopia ou serve somente para vender revistas e jornais, dar ibope pra televisão?
Existe vontade real nesta mudança, ou apenas algumas pessoas tentando tirar um por fora e se promover?
O governo esta com medo, as pessoas estão com medo, existem motivos para celebrar? O governo não sabe a violência que tem em seus atos impensáveis de politicagem, o povo não tem a noção da força que tem quando para de malandragem.
Qual é a verdade? Quem é que prática a verdadeira violência? Quem está na rua, ou quem está sentado numa poltrona somente a observar? Democracia e ditadura são palavras que no Brasil se confunde, a diferença é que na democracia por hora, no país tupiniquim, escolhemos quem é que vai nos castigar.

Pablo Gabriel Ribeiro Danielli
2 compartilhamentos

Um mundo de sonhos
Pense só em um mundo melhor

Um mundo sem violência, onde predomina a carência

Um mundo sem dor, onde só há o amor
Um mundo sem maldade, onde só há felicidade

Onde tudo é perfeito, um mundo sem preconceito

Um mundo sem solidão, onde todos ficam em união

Onde não há mortes, onde são todas as pessoas saudáveis e fortes

Onde não há ladrão pulando muro,
Onde só há educação para iluminar nosso futuro

Mas infelizmente não é assim,
O mundo só fica pior,
Mais no meu coração sempre vai ter o desejo e o sonho de um mundo melhor

José Edilson

IN MEMORIAM – (o escrivão da noite)

O poder no comando da violência urbana è variável em todas as formas da descamação ao engravatado.
Compreensível para raros.
Estados espalhados. Você pode até tentar fugir, mas eles não vao te pegar.
Eu avisei para você garoto : « não se afaste de mim ».
Eu era a verdade e você não acreditou.
Eu era a esperança e você recusou.
Agora o “poder no comando da violência urbana” o pegou.
Oh filhote!!! Por que não deixou papai “te ajudar!”.
Sempre lhe falei que o mundo era perigoso e que um dia eles iriam “te pegar!”.
Eu avisei tanto, mas você não quis me ouvir escarrando no prato que comeu.
Você não quis aprender que a regra era muito simples: primeiro o sistema “te cria” e depois “te elimina”. Hoje foi a sua vez. “Te pegaram”. “Te mataram”. Neste jogo não existe segunda chance. Você está eliminado. Não pode mais chorar.
Quem mata um dia é morto. Esta è alinha maior esperança e o meu maior medo também.

(Em memória de um assassino, assassinado em caractere de execução).
http://brejaubapoesias.ning.com/

httpbrejaubapoesias.ning.com
2 compartilhamentos

ARMA... Parece algo hediondo que gera violência.
Mas se a gente mudar a ordem das letras???
AMAR... Para esta palavra não é necessário comentários. Ela já diz tudo por si só

Jonatas Alberto

Diga não a violencia.

Não temos culpa
Do que nos cerca
A violência
Não é a coisa certa
Não presta

Observe com atenção
O que está em suas mãos
Para não cair no chão

Tente não errar
Para não machucar
Será que um dia a violência irá a cabar

Depende de você
Para fazer
Um mundo melhor para se viver.

keylla Tamarozi Santos

Ser humano

Chuva que cai no dia de calor
Sensação de paz momentânea
Violência instaura o terror
A realidade é instantânea

Há disparidade em altos níveis
O consumo diário no capitalismo
O avanço utópico do anarquismo
Tantas diferenças, todas incríveis

Enquanto jogamos conversa fora
E outros não podem se expressar
Ignoramos a chance de mudar
Mudança global? Não agora!

Estamos cheios das tolices
Corrompidos pelos poderosos
Seres férteis em bizarrices
Nossos ídolos estão mortos

Quem pensa diferente, é louco
Quem pensa igual, é pouco
Quem não pensa, é normal
O que Ele pensa? Erro fatal.

Allan Caetano Zanetti

Ação de Paz

No teu círculo de amigos não faltam aqueles que cultivam
a violência, a arrogância, o espírito perturbador…

Bulhentos, irrequietos, gostam de promover desordens,
sempre armados contra tudo e todos.

Cuidado com eles!

Aconselham a anarquia, estimulam as arruaças, encorajam a malquerença.

Não te inspires na sua poluição mental, responsável pelo seu comportamento alienado.

Trata-os com gentileza, no entanto, poupa-te à sua convivência malfazeja.

Eles são cansativos pela instabilidade e exaurem aqueles que os cercam,
em razão da agressividade em que se debatem.


* * *


Há quem aconselhe revide a qualquer ofensa;
reproche a toda insinuação; respostas ácidas às provocações…

O fogo não se acaba, quando se lhe atira combustível.

Assim também acontece com o mal.

A única alternativa é a que decorre da ação do bem,
que apaga as labaredas da violência
e estabelece a paz na qual o progresso se firma.


* * *


És instrumento da vida, para a tua e a felicidade geral.

Esparze alegria, sem fomentar o pandemônio.

Irradia dignidade, sem carantonha ou simulação sisuda.

Favorece a paz, sem pieguismo ou receio da perturbação.

Tua realidade íntima, tua forma de vida pessoal.

Vive em paz, e apazigua todos quantos se acerquem de ti.




Psicografia de Divaldo Pereira Franco.

Em 28.12.2010.

divaldo franco
2 compartilhamentos

Violência de gênero
E as palavras que ela ouvia.
Eram como veneno em conta gotas.
Ela não entendia , mas sentia que aquelas palavras não a faziam bem.
De gota a gota, de palavra em palavra, seus sonhos foram morrendo.
Até que ela também. ..
Ana Jalloul

Ana Jalloul

Ao mesmo valor que o homem tem a violência... A mulher tem ao amor... Tem a rosa e a feminilidade incumbindo à serenidade buscada pela paz...
Ó homens que pensam em ferir! Dar-ser o momento hereditário para que não tenha o tempo inválido sem sorrisos ou arrependimento...
Ah mulher és a esperança com o teu cheiro, teu perfume... Carregando em teu ventre a esperança da paz... Do amor para tanto acabar com a dor...

Julio Aukay

Violençia ou paz ?

> Diego 7T <

Violençia ou paz ? conçerteza o mundo sabe o certo rapaz
Violençia é pros tolos quem nao sabe fazer a diferença
por isso quem é da paz representa o esquema
a palavra é mais firme que a arma de grosso qualibre
entra para nossa equipe Diego 7t e Arazzo no Proçeder , Paz pode crer

> Arrazo <

Proceder é assim que tem que ser, a paz ta com nóis violencia pode esquecer,
violencia não ta com nada, é paz meu irmão, com muita alegria ,amor e união.
Diego 7t e Arrazo com vcs, falando de violencia e paz mais uma vez.

----

o/

Arrazo Diego 7t
Inserida por diego7T

O bullying,a violência,a rejeição...
Será mesmo que é ir longe demais ser homossexual e querer levar a vida normalmente?
Quem são os verdadeiros doentes?
Quem são os verdadeiros heróis?
Onde está o Brasil democrático?
Devemos continuar sendo vítimas do preconceito,do equívoco,da ignorância?
Não,definitivamente,não podemos morrer,sem antes lutar por uma sociedade justa e livre,por um Brasil de todos os brasileiros,sem excessão!
Pois uma sociedade não é feita pra reproduzir a si mesma num ciclo vicioso,mas também deve visar as necessidades e aspirações de toda a população.E como parte dessa sociedade devemos ser corajosos para levantar o nosso estandarte e pedir pelo impossível,a mudança tem que partir de quem quer ver a mudança.De nós...Devemos derrotar nossos medos e não esperar que eles criem força e nos derrotem...

Michelly Martins
Inserida por michellyrockmar

Palavras são como a violência
Quebram o silêncio
Vem colidindo
Dentro do meu pequeno mundo
Doloroso para mim
Me perfurando por dentro
Você não pode entender
Minha Garotinha

Tudo que eu sempre quis
Tudo que eu sempre precisei
Está aqui em meus braços
As palavras são muito desnecessárias
Elas só podem prejudicar

Promessas são ditas
Para serem quebradas
Os sentimentos são intensos
As palavras são insignificantes
Da satisfação sobra
então, a dor
As palavras são inexpressivas
E esquecíveis

Tudo que eu sempre quis
Tudo que eu sempre precisei
Está aqui nos meus braços.
As palavras são muito desnecessárias
Elas só podem prejudicar

Depeche Mode - Martin Lee Gore
Inserida por renatareginajordao