Poemas sobre Violência

Cerca de 1232 poemas sobre Violência

A violência doméstica não tem qualquer justificação. Não tem nenhum fundamento. Nem qualquer lógica nem moral.
Quem se atreve a exercer este tipo de violência não é ser humano... É mais animalesco. Isto, na verdadeira acepção da palavra. Sem querer ferir suscetibilidades, homem que é homem não bate em mulher. Sim, 90% dos casos são de homens a agredir mulheres. O que pensarão estas criaturas quando agridem verbal ou fisicamente uma mulher? Será inveja? Ciúme? Inferioridade? Não sei. Algo de paranoico será! Tu que és mulher, nunca deixes alguém tocar-te... Atrás de uma, vem sempre outra... Isso está provado.
Sê forte e demonstra que tens essência suficiente para enfrentares esses fulanos. Violência gratuita? Jamais! Nunca! Grita, defende a tua dignidade com algo, há pontos vitais que poderás usar para defesa, enfim... Tenta salvar-te... Não é fácil, mas não é impossível... É uma legítima vergonha o que se passa no nosso país... Devia haver pena dura para estas situações... Muito dura... Sem dó!

Dora Marques

A Força da Mulher

Mulheres fortes não aceitam serem humilhadas e não se submetem à violência de que tipo for, não aceitam serem atacadas em sua dignidade, na sua moral, não aceitam serem desvalorizadas, maltratadas, subestimadas e desrespeitadas.
Mulheres fortes mostram para que vieram, enfrentando as situações com altivez, com dignidade, com trabalho, com competência, com perspicácia, com inteligência, com ousadia e com persistência.
Mulheres fortes não aceitam um relacionamento pela metade. Não se sucumbem à carência afetiva ou a situações que não demonstrem a existência de amor, cumplicidade, respeito, valorização e união.
Sejamos fortes, demonstrando a todos o poder que emana em cada uma de nós.
Exigimos respeito, dignificação, igualdade de direitos e valorização da nossa sublime condição de mulher.
Como idealista e com a conscientização de todos, creio firmemente que chegará o dia em que homens e mulheres caminharão lado a lado na busca de um mesmo ideal, com respeito, união e admiração, vivendo em harmonia e na plenitude da paz.

Teresa Cristina Della Monica Kodama

A violência organizada

A sociedade esta corrompida, as pessoas estão corrompidas, a política brasileira esta corrompida, a pergunta que vem a mente de muitas e muitas pessoas é: existe fim para isto ou um inicio para as coisas melhorarem?
A violência que a população sofre, não vem somente das manifestações, mas vem da morte nos corredores dos hospitais, dos milhões que são desviados, faltando para a educação, segurança e saúde.
Qual a seria a verdadeira manchete de violência, de manifestantes depredando para chamar atenção ou a força do governo que utiliza a policia como uma mão de ferro, para coibir o direito de lutar pelos seus direitos?
Qual a verdadeira vocação dos noticiários, manipularem as informações conforme convém ou mostrar a verdade? Será que somente quando jornalistas sofrem de opressão se ouve o grito da mídia?
Onde estão os artistas engajados? Onde está às pessoas que poderiam dar força a voz do povo? Foram compradas com patrocínios? Estão acomodadas em seus sofás? Ou tem medo de perderem a mordomia?
Qual a verdadeira voz do governo? Qual a verdadeira voz das manifestações? É pura utopia ou serve somente para vender revistas e jornais, dar ibope pra televisão?
Existe vontade real nesta mudança, ou apenas algumas pessoas tentando tirar um por fora e se promover?
O governo esta com medo, as pessoas estão com medo, existem motivos para celebrar? O governo não sabe a violência que tem em seus atos impensáveis de politicagem, o povo não tem a noção da força que tem quando para de malandragem.
Qual é a verdade? Quem é que prática a verdadeira violência? Quem está na rua, ou quem está sentado numa poltrona somente a observar? Democracia e ditadura são palavras que no Brasil se confunde, a diferença é que na democracia por hora, no país tupiniquim, escolhemos quem é que vai nos castigar.

Pablo Gabriel Ribeiro Danielli
2 compartilhamentos

Mulher deve ser respeitada, e ponto. Não importa a roupa que ela usa, os lugares que costuma frequentar, a música que ela ouve ou a dança que a encanta.
Dependendo do quão respeitoso você for, ela quem vai resolver se é pro teu bico - e não você!
E se não for pro teu bico, entenda o recado, vaza e não olhe pra trás.
Deixe-a em paz!

Fernando Guifer
19 compartilhamentos

De noite, o estampido seco dos tiros
o grito de desespero
os corpos dos jovens caídos no chão.
De manhã, o silêncio profundo
o medo
a apreensão.
Vocês viram algo?
Ninguém viu nada não moço!
Ninguém viu nada não.

J.W.Papa
12 compartilhamentos

JOANINHA

Essa é a história de Joana dos Santos
Mais conhecida como Joaninha
Linda menina com tantos encantos
Seu sonho maior era entrar pra marinha

Tinha dois irmãos, mãe e padrasto
Numa casa simples da periferia
Rosto de boneca e corpo casto
Os vizinhos diziam que artista seria

Aos 11 anos tudo mudou
Joaninha tornou-se mocinha
Chegou na escola com o braço roxo
Sorriso amarelo e olhar de desgosto

Cada dia uma história contava
Bati na maçaneta, caí da escada
Escorreguei no banheiro
Cortei-me com o espelho

Dona Rosa, sua professora
Percebeu haver algo errado
Ela confessou à protetora
Que era violada por seu padrasto

Chorou amargamente
Disse que pra casa não voltaria
Dona Rosa tinha algo em mente
No dia seguinte o denunciaria

Ao acordar ouviu a manchete
Menina jogada em terreno baldio
Não entrou pra Marinha nem tornou-se artista
A pobre criança virou estatística.

Elis Barroso

⁠Se eu escolher "as nossas regras" que são apenas suas, serei prisioneira desse amor que um dia me libertou.


Conto - E isso é amor? Livro - PERFIL

Daniele Pereira

Infância Violada

Não passava de criança
Que sonhava ser herói
O que trago na lembrança
Eu que sei o quanto dói

Era só uma menina
Que sonhava ser princesa
Mas que teve a triste sina
de ser pega indefesa

Foi tão feio, tão nojento e tão vil
Erguer meus olhos puros e infantis
Mirar na cara do meu algoz senil
Ultrajado em seus míseros ardis
Enojado de seu semblante imbecil
Laçado feito um passarinho infeliz

Lá se foi minha pureza
Antes nunca que tão cedo
Quem saiu em minha defesa?
Só restaram culpa e medo
A vergonha e a tristeza
Hoje moldam meu enredo

Não havia a quem contar
Ninguém me daria ouvido
Com quem mais posso contar
se até eu de mim duvido?

E se eu quisesse evitar
Não teria acontecido?
Haveria culpa em mim
Por tão funesta atitude?
Se houver, diga que sim
faz de conta que me ilude
Sem flores em meu jardim
Espinhos me fizeram rude
Minha sede não tem fim
Faltou água em meu açude
Quem sabe mesmo assim
Num lampejo de virtude
Antes de chegar o fim
algo acorra e tudo mude?
E se perceba até que enfim
Que eu resisti o quanto pude

Hermes Fernandes
1 compartilhamento

O anti poeta...

Maldito, anti poeta
De arma na mão
Manchou a palavra de vermelho
Tingiu o sentimento com a cor da dor
Fez sofrer a alma mesmo distante
Alma que tem sentimento chorador alheia
Alma que ora sente a dor e ora
Alma que sem religião apela para uma força maior
Alma que não entende a maldade do falso poeta
E onde está a alma deste desalmado?
Que lhe fizeram de mal que tinha ele de mal?
A resposta?
A resposta fica num tiro de arma de fogo
Dante poeta conseguiu a arma
Caneta com que escreveu a anti poesia
Como? Comprou no câmbio negro...
E se fosse um liquidificador teria feito tanto estrago?
Hipócritas o anti poeta é fruto de vossa ideologia.
Agora faz cara de triste chora
Malditos, maldito, maldição...

Nildo Cordel

Em relação aos caminhos que levam os homens à finalidade que procuram, isto é, glória e riquezas, costumam eles proceder de modos diversos: um com circunspecção, outro com impetuosidade, um pela violência, outro pela astúcia, um com paciência, outro com a qualidade contrária, e cada um por estes diversos modos pode alcançar aqueles objetivos.

Niccolò Machiavelli in O Príncipe

Maquiavel

Pobre Garota

Pobre garota,
foi violentada e estrupada dentro da sua própria casa,
julgaram suas roupas e falaram pra ser, ''Mais comportada''.
''Culpa desse short curto, dessa blusa decotada, provocou até que fosse estrupada...''
Ah, mas é claro,
já era de se imaginar, a culpa é sempre dela, e não dele que não sabe se controlar.
''Segura suas cabritas que meu bode esta solto'', foi assim que aconteceu a geração de macho tolo.
E hoje, mulheres andam por ruas amedrontadas, com medo de serem roubadas,
e eu não estou falando de um simples celular, estou falando de algo mais difícil de se recuperar,
aquilo que nos faz falta de verdade, aquilo a que chamamos de dignidade...

Gabriel Rodrigues

Você vê mais violência em um desenho do Tom & Jerry do que em um show meu. Crianças assistem um rato ter seu cérebro esmagado todos os dias na TV.

Ozzy Osbourne
123 compartilhamentos

A não-violência não existe se apenas amamos aqueles que nos amam. Só há não-violência quando amamos aqueles que nos odeiam. Sei como é difícil assumir essa grande lei do amor. Mas todas as coisas grandes e boas não são difíceis de realizar? O amor a quem nos odeia é o mais difícil de tudo. Mas, com a graça de Deus, até mesmo essa coisa tão difícil se torna fácil de realizar, se assim queremos.

Mahatma Gandhi
197 compartilhamentos

Poder é fazer com que o outro faça o que você quer e sem o uso
da violência real

Max Weber
35 compartilhamentos

Prefiro ser violento se houver violência em meu coração, do que negar minha essência...

Mahatma Gandhi
125 compartilhamentos

A sabotagem do ensino, a desinformação, a narcotização pelas mídias e a violência contra os pobres de grana são planejadas, comandadas, executadas e consentidas pelos pobres de espírito.

Eduardo Marinho
65 compartilhamentos

É melhor ser violento, se existe violência em seu coração, do que vestir o manto da não violência para disfarçar impotência.

Mahatma Gandhi
182 compartilhamentos

A não violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia. Ela é uma arma para os bravos.

Mahatma Gandhi
126 compartilhamentos

Enganamo-nos ordinariamente sobre a intensidade dos bens que esperamos, como sobre a violência dos males que tememos.

Marquês de Maricá

Violência! Violência! Quem não é capaz de se opor à violência? O que chamamos de violência não é nada; a sedução é a verdadeira violência.

Gotthold Lessing