Uma vez, dois galos travaram um duelo para se decidir qual havia de ser o rei da capoeira. Por fim, um deles venceu o outro, que fugiu para um canto e se escondeu. O outro voou para cima do telhado da casa e fez um grande alarido, cantando e batendo as asas, a fim de celebrar a vitória.

O ruído atraiu uma águia, que desceu a pique e levou o galo. Como resultado, o outro galo tornou-se o rei da capoeira.

MORAL: O vencedor duma disputa deveria ser sempre modesto na vitória, porque nunca se pode ter a certeza do que virá a seguir.

Esopo