Beijo Negado

Cerca de 28 frases e pensamentos: Beijo Negado

Às vezes trocamos beijos, outras vezes até o contato visual é negado, mas bom mesmo é quando elas te comem com os olhos e te roubam um beijo. Mas isso não é crime, afinal como roubar algo que já lhe pertence?

Cirilo Freire

Eu Te Amo , Isso eu nunca eu vou negar , Primeira Namorada , Primeiro Beijo , Amor á Primeira Vista , Quero você pra ser Dona do Meu lar , Mãe dos Meus Filhos , Minha Esposa , Meu Mundo , Minha Razão de Viver , Te amo tanto que meu coração chega a ficar acelerado quando ao menos te vejo , quero um dia ter essa oportunidade de ficar ao seu lado e se tiver te garanto que vou agarra-la com unhas e dentes e vou querer ficar contigo pro resto da minha vida.

Christian Melo

Certa moça a confidente dizia isto baixinho "se beijo gastasse a gente, nega... eu já era um tiquinho..."

Cristiane S. Effting

⁠não me deixa sem você não me negas um beijo
eu te escolhi como mulher eu fiz de tudo por você
eu lutei por esse amor eu quis venci por nosso amor
entre as rosas do meu jardim, eu te escolhi...
eu apenas morro por você, o nosso amor é para sempre.
as rosas caem no inverno mas a primavera vai chegar...
a flor vai brotar , eu vou te dar essa flor,
como abelha colhendo mel eu prometo minha senhorita

é para sempre meu amor como a chuva do verão
voando na imensidão com as asas molhadas
aquecendo meu coração me guiando como um feixe
de luz o meu coração como a chuva do verão...
as poesias de amor é como dançar na chuva de
verão;

os passáros cantam eles dançam na chuva de verão
suas asas molhadas alegram o seu coração.
com as asas molhadas alegra meu coração...
cantam meus passarinhos a cantarola do meu amor,
canta meu passarinho chegou o tempo de amar.

Rafinha

Poema mudo

Com a alma despida de beijos negados
entrego nos versos meus dias escuros
de trêmulos risos calados
deixei -me ser esse poema mudo.
Perdendo as minhas penas no vento
dentro da alma, sabor de despedida
E me calo nessa existência sentida
turvo mundo surdo de pranto.
Despida , peregrinam os sentimentos
por minhas trilhas, por labirintos
e sem medo, corro os riscos
que minha alma acredita, desafiar o tempo.
Nas tramas da noite, perdem o enredo do poema
letras entrelaçadas, na urgência dos minutos
costurando trovas, serenatas e cores
Eu me enviarei a ti, cheia de flores.
As horas são implacáveis no meu mar de ilusão
os sonhos inventados buscando explicação
viajante do tempo a velejar fantasias
mera aprendiz nas ondas bravias.
Exposta aos quatro ventos
dançando entre as estrelas
escuto pássaros cantando poemas
... de versos que eu ainda não escrevi
No pouso forçado dessa poesia.

Vanda Costa, Cotia

Menina eu te amo

O momento desejado
Antes um só tempo.
Você sorrindo.
O beijo negado.
A decepção e o sofrimento.
Olho teu olhar fingindo.

Que não há tristeza neste mundo.
Mas no coração perfura uma lança.
A dor é profunda.
E eu com tua boca sonhando.
Pedindo igual uma criança.
Esquecendo que é você que manda.

De qualquer jeito, aborrecida.
Valente ou pacata.
Trazendo nos olhos a esperança.
Uma menina malcriada.
Uma mulher, uma gata.
Ai se esconde uma criança.

Não posso esquecer
A infancia vivida
A vida magoada
Quem te fez sofrer.
O viver magoa a ferida.
Menina por mim amada.

Ricarlosmelo
Inserida por Ricarlos

O silêncio


Dos gritos ao peito negado
e a boca que as mãos cega
dos beijos que nunca mais beijaram os lábios
em tão arbitrária censura padece.
Monossilábicas falas se apresentam
desaparecem das frases os verbos
subitamente silenciadas, somem também as palavras
logo desistem de compor tão pobre repertório.
E as palavras antes tão docemente pronunciadas
ao serem censurados por seu algoz censor
para todo o sempre cessam.
Murcham o peito sem os gritos
murcham os lábios sem os beijos
e as mãos murcham em cólera.

J.W.Papa
Inserida por JotaW

Recôndito

Não pega na minha mão em público
Nega o meu beijo na praça
Tem medo de fazer juras
Mas, diz acreditar em disco voador

Secretamente, no lusco-fusco
amor selvagem, abrasador
Veja a loucura
desse fugidio senhor

Encobre-se por todos os cantos
quando o momento é para o amor
Mas, para destroçar o encanto
profere à luz do mundo
blasfêmias com fervor.

Maria da Penha Boina
Inserida por MariadaPenhaBoina

Amor, afeto, carinho, colo, cafuné, beijo e abraço. Não posso negar, sou um homem totalmente dependente dessas e de outras coisas capazes de conduzir perfeitamente o aconchego e o calor humano.

Dhieferson Lopes
Inserida por dhiefersonlopes

As vezes sofremos e choramos por dentro, por um beijo negado!

Rauny Joe
Inserida por raunyjoe

Nunca mais quero o seu beijo!
Mais meu ultimo desejo você não pode negar...

Se alguma pessoa amiga, pedir que você lhe diga se você me quer não? Diga que você me adora, que você lamenta e chora a nossa separação.

As pessoas que eu detesto, diga sempre que eu não presto, que meu lar é o butiquim, que eu arruinei a sua vida e não mereço a comida que você pagou pra mim.

Joab Ramiro
Inserida por JoabRamiro

Um beijo negado, é talvez um belo futuro apagado.

Duda kauã
Inserida por dudakauan

Seus olhos são portais do paraíso,
seu beijo trás de volta o meu sorriso,
como negar esse amor, como viver sem essa dor,
se ter você é tudo o que eu preciso.

AUTOR: CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA GONÇALVES.

Carlos Alberto de Oliveira Gonçalves
Inserida por betogoncalves

Um abraço que aqueceu o frio que fazia naquela noite de segunda-feira.Uma camisa no chão.Beijos negados e alguns roubados.Dois celulares desligados...Quero mais algumas doses.Quero doses ainda mais fortes!!

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Meu coração tá aqui preta,
esperando cê voltar nega.
Volta logo pra juntim,
pra seus beijos eu roubar.

Layon Soares
Inserida por LayonSoares

O meu coração tá aqui preta,
esperando cê voltar nega.
Volta logo pra juntim, pra seus beijos eu roubar.
O que foi fazer ai, longe do seu habitat?
Vem correndo pro pretim, ele sabe te amar.

Layon Soares
Inserida por LayonSoares

E eu atenderia todos seus desejos
Se você me pedisse
Mas se você me negar um dos seus beijos
Não sei o que eu faria

McFly
Inserida por pensador

" Ô nega Gabi, me leva,
me leva pelos teus encantos.
Termina com teu beijo esse meu pranto.
Me chama.
Ah nega, minha nega Gabi, eu te quero tanto."

Baianinho
Inserida por diego_peixoto

Como podes uma mãe um beijo o filho negar
As vezes sou ignorante só para me aliviar
Meus pensamentos vai além da minha própria imaginação
Me sinto um filho excluído até então
As vezes não consigo nem pensar somente ignorar
Queria que as pessoas tivesse mais visão
Como posso eu esconder o meu próprio eu em meio a população?
Queria ser liberto para dizer e fazer oque penso
Mas todas as vezes acabo libertando meu ódio intenso
Queria saber me expressar sem brigar
Mas infelizmente enquanto meu eu me dominar só me resta digitar
Escrevo poemas não por que sou " viado " e sim porque sou apenas mais um homem frágil
Queria eu poder falar oque penso sem ser julgado
Mas oque me resta é escrever poemas no anonimato !

Um fumante Qualquer - Wesley Mendes
Inserida por Wesleymendes52

⁠Não me nega,oh nega em negria que invade adocicada como chocolate,Toque de cacau beijo amargurado facilmente conquistável o domínio ideal de ideias que autenticidade nega,Não me nega assim você falando que me ama com essa boca linda,Diz ser minha e sorri.Uma luz do escuro que ilumina minha noite,Sorriso sincero olhos confusos Cê sabe que no meu ombro pode tudo,Não tenha medo do futuro nosso agora é dominar o mundo.

Mauríciopj