Coleção pessoal de Isa-bel

1 - 20 do total de 57 pensamentos na coleção de Isa-bel

O pior em ter passado por coisas ruins ao seu lado é no fim ter que admitir que valeu a pena cada segundo. Cada esquina. Cada lua. Cada noite. Todo o frio. Toda lagrima. Toda dor.
Carta-SM

IsR

Quero deitar em teu seio
Percorrer tuas curvas
Me fazer intima de tuas esquinas
Conhecer teus sabores...
...teus cheiros.
Provar de tudo que so vivi em pensamento.
Passear por ti...
Navegar em ti...
Dança comigo Roma?

Isabel Rocha

Definitivamente acredito que alguém, em algum lugar, está escrevendo nossa história. E que somos como uma saga; No próximo livro tudo que parece sem sentido e complicado se tornará claro como o céu em dias ensolarados.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

E...
Se...
E se...
E se?!
Consegue imaginar?

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Eu já coloquei para tocar musicas em volume total nos fones para não ter que ouvir meus próprios pensamentos... Mas o que vem de dentro não da para silenciar. A gente pode até fingir que não ouve, que não importa ou que não dói... mas abafar essa tal voz não é tao fácil assim.
Tudo bem, já entendi que não consigo faze-la calar, mas bem que ela podia pelo menos, falar mais baixo. Nem que seja só até eu conseguir pegar no sono.
É que já esta chato ficar ouvindo o mesmo nome o tempo todo, entende?

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Diz o que eu não já posso dizer
A quem já não quer mais me ouvir.
Vai lá e fala para mim!
Diga que ainda sinto igual
Diga que a distancia ainda me faz mal
Diga qualquer coisa que possa trazer aqui pra perto de mim O que já não tenho mais.

Diga que eu sonho com o perdão
Diga que ainda bate forte o coração
Diga que ainda sinto aquele tremor
E que aquele amor não acabou
"Eu amo você! Volta pra mim?"

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Eu gosto de cartões feito a mão. Gosto de olhares e momentos que falam por si só -sempre que possível dispense palavras. Gosto de encontrar bilhetes com frases singelas ou observações da noite anterior -Isso dispensaria qualquer ligações, mas ligue assim mesmo só para reforça a ideia de que foi lindo e que mais algumas rodadas cairiam bem. Isso causaria uma aquelas pequenas perturbações nos cantos dos meus lábios. Me faça rir sempre que houver uma oportunidade.
Gosto de gentilezas -Puxe a cadeira,abra a porta do carro,me ofereça o casaco (Lembre-se eu sou quase romântica)
Gosto de livros, do cheiro, gosto e personalidade, então, escreva uma dedicatória em um livro, coloque uma foto nossa e deixe na minha porta com uma rosa -fazendo isso, nada vai tirar o sorriso do meu rosto pelo resto do dia.
Observe as cores do dia e me convença de que realmente se importa com isso.
Gosto de presentes fora de datas comemorativas. Surpreenda-me porque o inesperado atua no mais fantástico e complexo do nosso ser... Na memória!
Saiba ouvir e se souber me ensine. Eu gosto de aprender... E de sorvete de morango.
Gosto de cachorros, gatos e odeio pássaro enjaulados.
Gosto de tardes modorrentas no sofá, com coberto, pipoca e um filme antigo.
Gosto de perder a noção do tempo, andar descalça, do cheiro da maresia e odeio panos de prato e vassouras.
Gosto de arvores grandes, sentimentos grandes, pensamentos grandes, espelhos grandes, famílias grandes, quartos grandes, vocabulários grandes,camas grandes, cães grandes, pratos grandes, sonhos grandes e realizações maiores ainda.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Desejo a você leitor, que nunca deixe de admirar a força, a beleza e a singeleza das pequenas coisas da vida: Olhe para o lado, ha sempre algum motivo para sorrir em algum lugar do mundo.VIRE-SE!

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Eu nunca estou ocupada de mais a ponto de não poder admirar a beleza de uma rosa ou as cores de um entardecer. Eu reverencio as coisas boas e singelas; os pequenos eventos da vida. E a emoção que esses pequenos espetáculos gratuitos me proporcionam não tem preço.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Meu coração já foi partido, já arrancaram-me lagrimas e já roubaram-me o sorriso. E ainda assim eu digo que nunca desistirei do ser humano. Porque o Homem que sigo gastou todas as suas forças e ate o ultimo minuto de sua existência acreditando nas pessoas e no poder do perdão.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Como sempre foi notável o meu contentamento ao ouvir aquela voz e reconhecer quem chamava por mim naquela noite modorrenta de quinta-feira. Enfim nos reencontramos apos meses sem contato algum. Passamos horas a fio falando do quanto um fez falta ao outro, do quanto a distancia fez sangrar os nossos dias. Nos olhamos, falamos, abraçamos, comemos e principalmente rimos. Rimos de nos, do nosso passado e como sempre desenhamos o nosso futuro, e rimos mais ainda por saber que passaremos mais algum tempo sem nos ver e quando isso acontecer novamente nada estará do jeito que agente desenhou. Nos crescemos juntos. Muita coisa mudou menos essa nossa velha mania de tentar prever nosso futuro de um jeito tao lindo, tao brilhante e tao estupidamente improvável. Um fim de tarde que se misturou com o começo da noite, estávamos sentados naquele degrau com a noite e o tempo passando tao rápido que não nos demos conta de que a hora da despedida havia passado. Enfim... nos despedimos com um beijo, um abraço bem demorado e apertado, e aquele nosso juramento em sussurro no pé do ouvido "Haja o que houver sempre estarei ao seu lado"

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Fico a imaginar o que há de te-la feita nascer assim
A menina de covinha na bochecha quando rir
Quero decifrar seu olhar e os segredos descobrir
Deus há de te-la feita para mim.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Eu adorava sentir o vento e olhar as árvores.
Nunca soube ao certo se o vento brincava com as árvores ou se as árvores dançavam com o vento!
As vezes tinha a impressão que o vento fazia cócegas nas árvores.
E quando me via passar, ele corria para bagunçar meu cabelo. Dai, ele me irritava e ia embora, mas sempre voltava e se desculpava com um acariciar leve em meu rosto[...]

-Contos de um Pequeno Príncipe

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Aprendi da pior forma a diferença entre fugir e se libertar.
Enquanto eu não esquecer da curvinha dos cantos dos seus lábios quando sorrir - Até poderei fugir desse sorriso. Mas nunca me libertarei dessa vontade incontrolável de beijar você.
Enquanto eu não conseguir esquecer de como você fica bem de terno jamais conseguirei parar de te imaginar dizendo "SIM" do meu lado no altar.
Enquanto eu não esquecer da cor dos seus olhos não perderei a mania de me deitar na grama só para me sentir mergulhar mais uma vez nos seu olhar. Ou só pra me manter- em pensamento. sob a mira dos seus olhos.
Enquanto eu não esquecer dos seus versos nunca conseguirei parar de escrever na esperança de que você leia e venha me fazer parar de fugir e me libertar de todo esse desamor.

Isabel Rocha
2 compartilhamentos

"Isabel... Isabel..."
Era bem assim no começo, meio e fim.
Haviam palavras como mel e fel para rimar
E alguns elogios pra me bajular
Havia doçura e amor
No lugar vazio e dor
Era um versinho para mim
Rabiscado em uma folha de papel
E nele dizia assim
"Meu coração sempre dirá Isabel... Isabel..."

Isabel Rocha
1 compartilhamento

O meu amor tem a dor da saudade
Um cheiro que ficou
E ainda arde de vontade.

Isabel Rocha
2 compartilhamentos

Por ele sou capaz de muita coisa. Mas só por você sou capaz de tudo!

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Algo me diz que tem alguma coisa, que pode estar na maneira em que me toca, ou no modo de me olhar nos olhos ou no jeito de brincar com meu cabelo- Talvez seja uma dessas coisas, todas elas ou nenhuma. Mas me diz em voz alta aqui dentro, que sentirei sua falta quando partir.

Isabel Rocha

Ela nunca deixou de procurar seus olhos.
De respirar fundo toda vez que você passa para sentir, mesmo que de longe, o cheio do seu perfume.
Ela continua a mesma; mesmos erros, anseios e saudades que aos poucos foram construindo essa masmorra solitária onde ela tem passado a maior parte do seus dias.
Ainda não se sabe ao certo se a dor passou ou se ela simplesmente se acostumou com a dor dessa lonjura.

Isabel Rocha
1 compartilhamento

Se tudo que fizestes por mim pudesse ser representado em gotas d'água, um oceano se formaria.
Se o que eu faço em troca pudesse ser representado em peças de madeira
Não seria possível nem sequer construir uma pequena jangada para navegar nesse imenso oceano.

Isabel Rocha
1 compartilhamento