Poemas de Terror

Cerca de 339 poemas de Terror

há algo frio e vazio...
noite perfeita no claro terror do coração...
seus beijos mortos são parte do sofrimento...
arranco meus olhos...
ainda sinto nas profundezas meu coração...
seu choro estão pairando na imensidão...
quero gritar ninguém entendi
que sentir de verdade é sonho...
alem da ilusão do momento...
queria você aqui, para sonho seja real.
tento distinguir o céus, das ilusões que sobraram,
imagino uma folha caindo nos espaço infinito...
minhas lagrimas escorrem, consumindo o desejo...

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

morte sonho profundo esquecido...
amor desastre momentâneo,
obscuro terror é amar...

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

poeira sobre teu ador, sobriedade
terror, silencio, no mar de desilusão...
tentar fingir, sorrir poço sem fim, ser tão feliz,
tudo está escondido no profundo da alma,
os espaços, se tornam maiores,
covardia...sendo forte sem ter forças para viver.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

sinto teu amor no terror do céus em chamas,
seus lábios sangram momentos...
em todas estações há paixão torna se a perfeição,
no ador que consome a terra,
teus sonhos meu amor,
sobretudo o infinito que clama por tua alma...

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Escrever o mundo


Vou fazer uma poesia que fale de amor
Para livrar o mundo do caos e terror
Para as pessoas sentirem e entender
Que a vida é dificil, mas é pra aprender


Vou escrever pra mudar o mundo
Que com dor não consegue tudo
Que não preciso roubar um cidadão
Porque ele também precisa comprar pão


Vou escrever pro amor levar
a impatia em todos vou plantar
O mundo já está cheio de rancor
Mostre ser diferente, mostre amor.


Tem muita gente sofrendo
Muitas pessoas morrendo
Os ladrões estão sempre roubando
E não sabe o que o povo está passando


O mundo não é um conto de fadas
Mas você escolhe como vai ser
O seu dia, só depende de você
Se quer mudar a realidade do país
Comece a plantar amor pela raiz.

Jacinta Silva
Inserida por JacintaSilva

Sou tipo um livro
Cheio de páginas
Algumas em branco,
Outras em chamas,
outras de puro terror
Mas a maioria
Está em uma linguagem
Que você nunca compreenderá

Pedro Rodrigues
Inserida por pedro_rodrigues_3

Dores de mundo ausente disperso...
Pelo o ador reluzente do tenso terror.
Que se expande passivamente
Entre entrelinhas da escuridão.
Claramente desejo o destino.
Ausente de tudo para todos.
Revolto sentimentos por sua vez é única...
Barreira que pretende desejo puro do amor.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Deusa da noite,
aonde a morte se dispõe no terror do coração ferido,
defere os maiores sentimentos dessa vida,
para o qual o sangue da lua cheia torna-se imortal.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

loucura dispersa,
solidão, prospecto do amor,
eterno terror,
bem diga diga tua alma
sob a face da morte teu amor.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Livros
Oh! Livros de tanto conhecimento,
Grandes E Pequenos Duros e Moles
Pode Conter Terror ou Amizade,
Aventura ou tristeza, Alegria e Doença
Ah! E Não Temos Nem Que Notar As Aventuras sombrias,
Todos Os Tipos Nesse Mundo, Todo o Conhecimento,
Sem Eles não Existiriam Adaptações, Essa Linda palavra com origem dos Livros
Pequenos Grandes, Infantis, Juvenis, Adolescentes E Adultos,
De História Ou Lição, De Alegria E Compaixão.
Eu Juro os Proteger
Na Saúde e na doença, Na Alegria e Na Tristeza
Eu Me Declaro o Homem Que Mais Gosta De Livros Na História Da Terra
Não Leio por Obrigação, E Sim Por Diversão
Pois Como Costumo Dizer,
O Cérebro tem um tamanho O Que Cabe Nele Não !

João Pedro De Biasi Lopes
Inserida por joaopedropoeta

Escute sua mãe pra nao arrumar problema
Minha voz impactante como o terror na cena
Sou intelectual parcial e construtivo
Já fui no velório e vi o morto ainda vivo
Disputado eh , quem não quer subir na vida
Entrega ate mesmo sua alma viva
Correria sou eu não entro nessa , mas aqui quem não errou atire a primeira pedra .

Fuan Carvalho
Inserida por FuanCarvalho

Seja bem vinda a escuridão...
tenhas a morte o desfrute...
para o terror do amanhecer,
que amor é este...?
na escuridão do seu quarto
te amor até o ultimo suspiro...

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

“É o cansaço que vem da fome
Da forja de morte dos homens
Gerando o terror que os responde
Com a voz, de uma vida que some
No leito em que o metal se esconde
Da chama que a todos consome..."

Álvaro de Azevedo
Inserida por AlvaroAzevedo

... "fale-me sobre morrer no momento certo.
- Viva enquanto viver! A morte perde seu terror quando se morre depois de consumida a própria vida! Caso nao se viva no tempo certo, entao nunca se conseguirá morrer no momento certo."
(Quando Nietzsche chorou - Irvin D. Yalom, pg 329)

Irvin D. Yalom
Inserida por tomaznmdeaquino

Quando a poesia explode,
não causa terror,
não mata ninguém...
— é vida, esplendor,
é chuva de amor,
melodia do bem!

Antonio Costta
Inserida por Antonio_Costta

o gelo do teu coração,
transpõe as fonteiras
da solidão como um sonho,
até terror do sentimento perdido,
em sentimento pesado em lagrimas,
expostas por momentos que desdem
a vontade de morrer por mais um dia,
nada parece ser compreensível,
noite passa entre as paredes
desse mundo cruel apenas
sonhos que se vão nas profundezas

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Liberdade & Racismo

Esse terror foi real há pouquíssimo tempo e é ingênuo pensar que não há traços disso na nossa cultura atual, sempre vai haver, desde que ha uma história dolorida ou não. Mas já passou, agora você é livre, então digo a ti, estude e estude um pouco de tudo e tenha caráter que um grande homem ou mulher você será e muito bem respeitado, porém, como dito anteriormente, muito foi feito pelo direito dos negros ao longo da história, não desista se fechando em um aparelho de celular e muito menos se colocando diante de uma sociedade hipócrita vestido de marca, não é a marca que fará você um ser grande, mas suas atitudes, seja lá a sua cor.

Catia Couto
Inserida por catia_couto

gostas de sangue espalhadas pelos seus olhos,
são infindáveis no terror do meu ser,
nos templos escuros e sinuosos,
por dentro das barreiras que queimam fogo da alma.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Tristeza que paira
sobre o terror do sentimento
tantos no querer, absurdo
sentir tanto amor...

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Anjos e demônios
cânticos de amor,
terror se amar tanto,
possessão,
dominação,
obsessão,
trágico é amor...
morte e um monstro
dentro do peito,
profundo sentimento,
arrancado por mero capricho.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo