Poema sobre a Seca

Cerca de 873 poema sobre a Seca

Segue o sonho.

A chuva nem se insinua
o que nos torna peregrino
no caminho de sol à lua
segue o rumo do destino
e essa seca continua
maltratando o nordestino.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Por um momento esqueci quem eu era, me deixei levar pelas armadilhas da vida, meus pés tremeram, meus olhos se escureceram e minha boca secou. Secou por sede de justiça, por medo das pessoas, por saber que mesmo fazendo sempre o bem, pessoas estão e estarão sempre dispostas a te derrubar, fazer o que se são humanas e erram!!!
Me igualei a pessoas que não se colocam no lugar das outras, após ser ferida, feri!!!
Se ganhei algo com isso? sinceramente acho que não, mas só Deus é que sabe o fim que terá isso, mas de uma coisa eu tenho certeza, de tanto cair, aprendi a me levantar mais forte e mais rápido!!!
Aprendi que se falam, deixa falarem, se julgam, deixa julgarem, se fingem ser amigas, deixa que finjam, pois o que me salva não é o que os outros pensam ou falam e sim Deus que sabe e conhece todos os envolvidos!!!
Agradeço ao Pai Celestial por esse dom maravilhoso que é ver as coisas antes delas acontecerem, mais ao mesmo tempo não tenho o dom de me afastar de coisas que me farão mal. Eu sempre acredito que as coisas e pessoas podem mudar, pq eu sou a testemunha viva de que as decepções não matam, que todos podem sim fazer uma história diferente e que mesmo que te machuquem o corpo, com o tempo ele sara, as palavras ditas são mais dolorosas, mas são a verdade e sendo verdade, não podem mudar. Queira bem, quem te quer bem, queira bem até quem quer o teu mal, pois nessa vida tudo tem um preço e fatalmente o troco!!! Deus é justo e Ele conhece as intenções de cada um!!!
Às vezes me pergunto pq Deus deixa as pessoas te machucarem, te usarem, te fazer de palhaça e Ele me responde quase que instantâneo: Dou a eles o livre-arbítrio e o que eles fazem é de responsabilidade exclusiva deles e serão cobrados por isso!!!
Ninguém é perfeito, mas o arrependimento já é um bom começo pra começar a mudar de atitude!!!

Claudia Homem
Inserida por claudiahomem
1 compartilhamento

A seca.

Quando a água evapora
a terra é quem mais sente
o chão rachado apavora
não nasce uma semente
enquanto o vaqueiro chora
a seca mata e devora
o sonho da nossa gente.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Água e verde!

É bonito ver nosso chão
com as árvores frondosas
como é linda a plantação
sem as secas maliciosas
e com água no sertão
a vida ganha um milhão
de coisas maravilhosas.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Léguas!

É pouca água que tem
mas é ela quem sustenta
são léguas de terra além
pra buscar água barrenta
e é assim num vai e vem
que a gente se mantém
nessa seca violenta.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Esperança na terra seca...

Refazem o batido caminho pela velha e conhecida terra seca, o mesmo sol que lhes dá vida também lhes judia marcando-os, nos rostos, os poucos, mas já aparentes muitos mais anos de vida...

Intenso, escaldante, é secura demais...

Se a chuva vier o chão não lhes negará a vida adormecida...

Já faz muito, mas ainda se lembram do último ano onde o inverno foi bom, nessa memória tem cheiro da terra sendo encharcada...

Exaustos chegam ao açude ainda com um pouco de lama, olham para o céu com poucas nuvens...

Cai de joelhos e puxa os filhos, com os olhos rabisca no barro todos seus desejos e sonhos como se fossem sementes e suplica:

Meu divino São José,
Aqui estou a vossos pés.
Dá-nos a chuva com abundância,
Meu divino São José.
“O sertão é uma espera enorme”,
Dá-nos chuva com abundância,
Meu divino São José.

Talvez nenhum de seus desejos se realize e nenhuma das sementes veja brotar...

Sabe que não há certezas na vida, mas precisa acreditar que haverá ainda uma próxima vez, pelo menos para os meninos...

Paulo Afonso de Barros (http:www.recantodasletras.com.brcronicas4809465)
Inserida por pauloafonsobarros57
1 compartilhamento

Meu nome.

Nordestino esse é meu nome
encarando a seca medonha
e o verde da terra some
a chuva apenas se sonha
a dor maltrata e consome
mais vale morrer de fome
do que viver de vergonha.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Chora sabiá
Em seu cântico de chuva, que não vem

Pela vasta paisagem seca que se vê
Pelo horizonte encoberto de fumaça;
Em que matas, o fogo castiga.

Chora sabiá
Pelos frutos, que não se seguram.

Chora sabiá
Pelo ardente calor.

Chora sabiá
Para que nuvens carregadas voltem logo
Para que a vida fique mais verde
E o ar fique mais límpido.

Para que tu sabiá!
Volte á cantar sereno nas manhãs;
De neblina e orvalho

E não triste;
Nas tardes
De ardente calor.

Jeff Thiago
Inserida por jeffthiago

Sem armas.

Não temos armas pra guerra
a seca domina o sertão
não tem mais verde na serra
não tem mais planta no chão
mais rachado do que a terra
só mesmo o meu coração.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Falta chuva.

Ó meu Pai protetor
meu Senhor onipotente
como é grande a nossa dor
nessa terra de sol quente
mande a chuva por favor
que o resto é com a gente.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

A SERTANEJA

A mulher sentada no chão de terra batida, tem em seus braços magros uma pequena criança inerte.
Ao seu lado, apertando um dos seios murchos e ressecados de sua mãe, um menino espera por um leite que não virá.
O sol escaldante turva a visão e confunde o raciocínio.
A sertaneja observa o horizonte desolada, não sabe o que fazer, e ainda que soubesse, não teria forças para executar.
As moscas rondam insistentes, e na porta da casa de taipa, urubus espreitam um possível jantar.
A morte ronda silenciosa.
O olhar da mãe volta-se para o pequeno ser em seus braços.
ESTÁ MORTO!
Não suportou a dureza da seca, mais um que a fome levou.

Rita Coruripe
Inserida por RitaCoruripe

Rebanho.

Numa seca sem tamanho
vejo triste minha manada
tão pequeno meu rebanho
já não corre em vaquejada
da terra eu tirava o ganho
hoje não tiro mais nada.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Espera.

Sou nordestino brasileiro
sei que você me conhece
me trata como estrangeiro
por muitas vezes me esquece
nosso problema é verdadeiro
quando vem nosso dinheiro
no caminho desaparece.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

Água na fonte.

Esse é o povo brasileiro
que o líder não desaponte
não construa no estrangeiro
porto, estaleiro e ponte
use aqui nosso dinheiro
pra botar água na fonte.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

FONTE.

Fico olhando o horizonte
carregando a dor contida
porque nuvem tem um monte
mas falta a minha preferida
aquela que serve de fonte
para o alimento da nossa vida.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

VIDA!

A vida pode ser injusta
com o povo do sertão
poucos sabem quanto custa
o suor de cada irmão
por aqui a seca assusta
o trabalho ainda não!

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

SOBREVIDA.

É com a alma ferida
sem praguejar contra a sorte
sentindo a terra ardida
e o sol batendo mais forte
não é difícil encarar a vida
difícil mesmo é encarar a morte.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

ORGULHO DE SER NORDESTINO (A)
Profª Lourdes Duarte

Respeitem os nordestinos
Tanto quanto querem ser respeitados
O nordeste e hospitaleiro
De pessoas livre e cabra da peste
No nordeste de tantas secas
As flores brotam suaves e belas
Mesmo de onde se julgam impossíveis
A vida brota singela.
Tenho orgulho de ser nordestino (a)
O que vem de baixo não nos atinge
Quem desdém preconceito contra nós
Não merece admiração
Muito menos seguidores
Porque estes já rastejam no chão.
E os nordestinos seguem em frente
Desbravando secas, chuvas e trovões
Vivendo a sua vida sem olhar a de ninguém.

Prof Lourdes Duarte
Inserida por lourdesduarte

Os tempos de seca preenchem todas as horas.
O gado segue, a vida segue.
É assim.
E num dia desses
tudo vira lembrança!

Raniere Gonçalves
Inserida por ranish

LEI SECA
(Direção e Bebida Não Combina)




Para não ser chamado de tonto
prefiro soprar o bafómetro!

Para não correr o risco de causar acidentes
prefiro evitar a bebida, mostrando que sou um ser inteligente!

Para preservar vidas, inclusive a minha própria
prefiro tirar o pé do acelerador e mudar minha rota...

Para não ser pego em blitz e me comprometer
prefiro dar um tempo para a bebida e até mesmo
- parar de beber!

Para não perder pontos na carteira de habilitação
prefiro manter o bom exemplo de exímio cidadão!

Para não ver minha carteira ser cassada, e pagar pesada multa
prefiro deixar de ser criança... e agir como gente adulta!

Para aderir e apoiar a lei seca, que é uma boa ideia
prefiro mudar de hábitos, para o meu bem próprio - e de toda a platéia...!

Nivaldo Duarte
Inserida por nilduarte