Parei de Fumar

Cerca de 7 frases e pensamentos: Parei de Fumar

FUMEI

Fumei,
por anos,
mas parei.

Não parei porque minha filha pediu,
nem quando minha mãe me impediu,
parei quando meu pulmão gritou
e o médico mandou.

Fuma e morra,
assim,
curto e grosso,
realista.

Larguei a nicotina,
naftalina,
polônio,
acroleína
e outros.

Desfiz meu pacto com o diabo,
dei um fim ao suicídio prolongado,
vivi,
mais tempo que o esperado.

Superei as recaídas,
mesmo com tantos caminhos difíceis,
encontrei a saída,
bem vinda a vida,
vida bem vivida.

Andressa Fernandes
Inserida por AndressaFernandes
1 compartilhamento

FAÇA ALGO

Abra o portão
Não pare agora
Não fume,
Ame,
Cante,
Dance
E se apaixone

Valéria Pinto
Inserida por ValeriaPintofrases
1 compartilhamento

Estranhamente parei no maldito terceiro cigarro. Não por consciência de que eu não deva fumar tanto, que nicotina faz mal, vicia. Não. Mas sim por que descobri a tempo que isso aqui não é um surto. Como em outros ímpares e escassos momentos isso aqui é a sinceridade.

NaNa Caê
Inserida por nanacae
1 compartilhamento

De forma despretensiosa me encostei na parede
Um antigo hábito de parar para fumar, e então começar a observar
Olhando para frente vejo aquela movimentada avenida
Tantas pessoas, tanta diversidade cultural, tantas vidas
Em cada rosto uma história, em cada caminhar um jeito
Em cada rosto, um artista à sua forma
Semblantes sérios, pessoas conversando, outras sorrindo
Em cada momento observado, é como se fosse uma pintura, uma tela
Uma obra de arte de momentos rotineiros, mas que nunca serão iguais
Poderão ser similares, mas nunca iguais....
Pessoas que amanhã ou depois poderão não estar ali, ou passar por ali
Na esquina um senhor com o seu violão que parecia mais a extensão do seu próprio corpo
Para minha felicidade ele tocava uma doce música do Tom Jobim
Ali estavam algumas pessoas a sua volta, já outras nem o notavam
Mas por alguns minutos quando parei para observa-lo, percebia que não conseguia mais ouvir o som da avenida
Incrível como nossos olhos e sentimentos são capazes de desviar-nos da rotina quando conseguimos ver algo que nos faz bem
Anestesiado por aquela melodia, pensei em tantas coisas
Pensei no como uma simples música é capaz de extrair nossos melhores sentimentos
Música pura, sem declarações falsas ou de sentimentos negativos
Um presente de um compositor de coração puro para um artista de rua
E um presente do artista de rua para os ouvidos que ali estavam
Pensei em como uma música ouvida no presente nos conecta com o passado, e faz pensarmos no futuro
Pensei em como a variação das notas faziam com que meus sentimentos variassem
Pensei em como momentos simples como aquele tornam nossos dias especiais
Como se não bastasse o efeito daquela linda música
Olhei para minha frente, e observei uma linda moça
Ela lia uma revista em frente à banca
Da minha altura, cabelos lisos e escuros, pele branca, olhos claros
Olhei atentamente, por um breve momento aquela linda moça notou
E então a olhei novamente, e ela também me olhou
Sem reação me sobrou um sorriso que foi docemente devolvido
Seguido de um oi, que de forma singela veio acompanhado de um oi por um sorriso ainda mais lindo...... que doce moça.....
O que fiz? Me tomei por uma timidez que não era minha
Virei meu rosto...
E voltei a observar aquele senhor tocando aquelas tão lindas músicas
Neste mesmo dia, tive um dia pesado, cheio de trabalho, desafios, demorei para conseguir um táxi, tive conversas difíceis, resolvi problemas
E normalmente eu teria me lembrado deste dia como sendo um dia difícil!
Me lembraria deste dia como sendo um dia que eu não gostaria que os outros fossem iguais...
Mas porque não me lembrar daquele senhor tocando violão ?
Porque não me lembrar daquele dia como sendo o dia do sorriso da moça?
Talvez tenham sido essas as recompensas por um dia difícil
Ou talvez uma doce lição de que o ruim, nunca é 100% ruim
Somos tão vulneráveis com as coisas ruins que acontecem
Somos sempre tão vulneráveis para aquilo que fazem de mal para nós
E nesse medo de se machucar
Ponderamos nossas decisões por algo que nos fizeram de mal
E poucas vezes por algo que nos fizeram de bem
E nessa vulnerabilidade humana, nos apegamos em defeitos
E menosprezamos virtudes, qualidades
Olhos clinicamente treinados para evitar dor
Mas pouco treinados para em gestos reconhecer o amor
Desejamos viver em um conto de fadas que não existe
Desejamos viver apenas a parte boa de um relacionamento
Abraçamos a saudade pelo tempo sem se ver
As risadas, os sorrisos
As partes boas
E fugimos da parte ruim
Menosprezamos a rotina em que se prova, e se estabelece um casal
Menosprezamos caminhos que já foram percorridos e sonhos que foram imaginados
Menosprezamos o perdão que já nos foi concedido
Menosprezamos quem perdoamos
Pois parece doloroso viver com as mágoas do passado, e tentar construir e consolidar um futuro
E nesta falta de fibra, nesta falta de impeto, verdadeiros casais se desfazem
E ai você procura em outro(a) o contrário daquilo que você não suportou e conseguiu prosseguir
E você só deseja a parte boa
Mas é ai que mora o perigo
O outro, ou a outra pessoa que você encontrou também!
E nisso são "amores" de semanas, o mais duradouro de alguns meses
De promessas vazias, e de possibilidades remotas
Acaba por "entregar" seu coração para qualquer um(a)
E nisso você sente falta de fibra, sente a falta daquele(a) que lutava
E então bate aquele desejo de voltar, acompanhado de uma confusão
De gestos e ações contraditórias
E você pelo efeito de uma dúzia de bebidas, drinks e conversas
Acaba por pensar em voltar para aquele ser porto seguro, voltar talvez para o verdadeiro amor
Consegue ver sinceridade naquele(a) que sempre foi mentiroso
Consegue ver sentimento naquele(a) que foi sempre tão egoísta
Aprende a dar valor na verdadeira atenção
Na mensagem respondida e correspondida
No desejo reciproco, na vontade de se estar perto
Na ausência de jogos, na ausência de orgulho....
Consegue ver o amor
Consegue ter os olhos que você nunca teve, e que reluta em ter
E você de sua forma tenta observar se aquele amor existe
E assim como observei aquela avenida como sendo uma tela, uma obra
Você então percebe que não está olhando mais para aquela tela viva, cheia de sentimento
Para aquele(a) que com pincéis e cores vivas queria desenhar e percorrer um longo caminho da vida única e exclusivamente do seu lado
Não está mais olhando para aquele alguém que tanto te queria
Para aquele(a) que tanto te desejava
A música que aquele senhor tocou, poderá ser tocadas outras vezes
Mas os sentimentos ao ouvi-la, não serão sempre iguais
Talvez, eu nunca mais veja aquela moça do lindo sorriso
Mas ao menos aprendi que a dura rotina pode nos trazer surpresas
E na "dor" podemos identificar o amor
Aprendi que corações batem em diferentes frequências
E que quando batem de forma diferente, mas simultaneamente uma bela tela pode ser pintada
E que por trás de um coração existe uma pessoa
Que erra, aprende, erra, aprende, tolera, perdoa, é perdoado(a), releva
E que com gestos como estes AMA
Uma pessoa que é como aquele senhor com o violão
Tenta executar a música da forma correta
Mas que um dia ou outro pode desafinar
Mas ainda assim ser capaz de TOCAR/LEVAR uma música.....
E aprendemos que viver com a diferença e a imperfeição revela o verdadeiro amor em que desafinar não é feio, e sim natural...
Pensar que foi só agora que fui capaz de entender essa música do Tom Jobim que sempre custei tanto a entender
"Se você disser que eu desafino, amor
Saiba que isto em mim provoca imensa dor
Só privilegiados têm o ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que Deus me deu"
"O que você não sabe nem sequer pressente
É que os desafinados também têm um coração"

Luis Ricardo Teiga Ramalho
Inserida por luisrtr
1 compartilhamento

Coisas raras de escutar: Parei de fumar; Parei de beber; Parei de entrar no Facebook...

Desconhecido
Inserida por Gaabymacedo
1 compartilhamento

Parece idiota, mas pode ser que aconteça. Com cigarros e garotas, eu sou assim. Paro de fumar, fumando. Deixo de gostar, gostando.

Gabito Nunes
Inserida por tahcosta

Larguei todos os meus vícios, parei de beber, parei de fumar. Depois percebi que o pior tipo de droga é te amar, e nessa eu já estava dependente

Decrepitar
Inserida por decrepitar
1 compartilhamento