Coleção pessoal de portalraizes

1 - 20 do total de 451 pensamentos na coleção de portalraizes

"Este é o dia. Esta é a hora, este o momento, isto é quem somos, e é tudo. Perene flui a interminável hora que nos confessa nulos. No mesmo hausto em que vivemos, morreremos. Colhe o dia, porque és ele". Ricardo Reis
Heterônimo de Fernando Pessoa (in “Odes”)

Fernando Pessoa
1 compartilhamento

Empatia é colocar-se no lugar da outra pessoa, sentir o que ela sente, pensar o que ela pensa. É quase impossível se tornar empático. Ou você é ou não é. Mas é imprescindível que você, não sendo, pratique o exercício de sê-lo. Pois o mundo repleto de empatia, é um mundo muito melhor.

Portal Raízes
1 compartilhamento

"O preconceito é como um objeto furta-cor: muda de cor conforme a 'luz'que recebe. O maior problema do preconceito é, quase sempre, porque ele se transforma em discriminação. Ambos: preconceito e discriminação têm origem nas generalizações. A generalização é nosso jeito mais cruel de incitar ódio social, preconceito e discriminação. Não generalize: cada ser é ímpar e unimultiplo".

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: preconceito discriminação

A saudade é flor que só floresce na ausência. É nela que se dizem as orações suplicando dos deuses a graça da repetição da beleza. E é só para isso que existem os deuses: para garantir o retorno do belo".
(Do Universo à Jabuticaba - [3 ed] Planteta, São Paulo, 2015).

Rubem Alves
1 compartilhamento
Tags: saudade flor

"Eu não tenho rancores nem ódios. Esses sentimentos pertencem àqueles que têm uma opinião, ou uma profissão, ou um objetivo na vida".
(In Instabilidade - Extraído de "Fernando Pessoa - O livro das citações" - Organizado por José Paulo Cavalcanti Filho - Rio de Janeiro, Record, 2013)

Fernando Pessoa
1 compartilhamento
Tags: ódio rancor

"Feliz dia para quem é o igual do dia".
"Saúdo-vos e desejo-lhes sol, e chuva, quando chuva é precisa".
"E olho para as flores e sorrio...".
"Que pensará o meu muro da minha sombra?".
"Que triste não saber florir!".
"Amar é a eterna inocência".
"Sejamos simples e calmo, como os regatos e as árvores".
"A minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer".
"Eu sou do tamanho do que vejo".
"Dá-me uma mão a mim e a outra a tudo que existe, vamos os três pelo caminho que houver".
"Pega-me tu ao colo e leva-me para dentro da tua casa".
"Sou um guardador de rebanhos. O rebanho é os meus pensamentos".
(Citações de poemas de Fernando Pessoa extraídos de "Fernando Pessoa - Obra poética II" - Organizado por L&PM - Porto Alegre, RS - 2010)

Fernando Pessoa
2 compartilhamentos

"Responsabilidade é aquela coisa que lhe impede de ser honesto com suas próprias vontades; que lhe obriga a ficar enquanto tudo que você quer é ir; que lhe faz se preocupar demasiadamente com o que deve colocar na bagagem enquanto tudo o que você deseja é livrar-se dela. Responsabilidade para com o outro é uma coisa inevitável que a gente contrai antes mesmo de nascer. Alguns a desenvolve, outros preferem ignorá-la".
(Em sua página oficial no Facebook)

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: responsabilidade bagagem

Puberdade senil

"Ainda não sei qual é a expressão que me flerta
quando miro minha face no espelho;
desconheço no reflexo esse olho que me enxerga,
que me escruta com a passiva ira dos tempos,
insolente na sombra dos rastros de um vinco.
Quando essa mão que explora traços invisíveis na deslembrança de um rosto infante, chispas de fuligem me alcançam a mente.
E os meus cabelos nascem prateados.
Perdi a superfície vã das coisas simples na esteira da infância,
ou em puberdade senil se encontra o olho desse espelho?".

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: senil infância

"É muito mais difícil dar o bem do que aceitar o bem, porque dar o bem é uma arte. É a última e mais astuta arte, a bondade".
(Em "Assim falava Zaratustra" - página 236)

Nietzsche
2 compartilhamentos

"Você se sente perplexa como uma mosca que levou um tiro de canhão e sobreviveu, todas as manhãs depois de se ter perdido um filho numa morte trágica. Daí você levanta não por estar viva e porque a vida continua, continua... Você levanta e se veste de raiva. A raiva é a mola impulsionadora da coragem. Da coragem necessária para não esperar a dor passar esperando. Você levanta, se veste de raiva e é com raiva que coloca um sorriso na cara e segue, mas não porque a vida continua, não mesmo, mas para debochar dessa anedota sem sentido que é a existência e não entregar os pontos à ela. Vou cultivar essa raiva, esse riso, essa rebeldia, essa resiliência inconteste até o último 'bufar' de minhas narinas. Pois eu sou uma flecha no calcanhar da vida que não cede à inflamação. Resistindo vulnerabilidades do corpo como se um dia não tivesse que curvar-se diante da morte. Esta, quando chegar, há de encontrar-me sóbria porque eu me fiz forte, mas foi por preguiça de ser fraca. É preciso muita coragem para ser covarde. E lidar com a tristeza é árduo demais. É preciso ser covarde para jamais ser covarde. Acovardo-me, pois". (Em sua página oficial no Facebook)

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: filho morte

"Quem me dera que a minha vida fosse um carro de bois que vem a chiar, manhãzinha cedo, pela estrada. E que para de onde veio volta depois quase à noitinha pela mesma estrada".
(Em O guardador de rebanhos)

Fernando Pessoa
1 compartilhamento
Tags: vida carro

"Molho as pontas dos dedos e apago a vela.
Ouço um chiado bonito e findo.
Por que há tanto silêncio no escuro?
As ilusões estão impregnadas de sebo.
Simulacros de uma luz indiferente às dores dos cegos.
Pobre vela que necessita da escuridão para ser aquela que vela.
Escrevi este poema permeado de triste beleza para dizer que não são as palavras melancólicas na sintaxe que fazem um verso triste.
É a tristeza dessas velas que só se enxergam quando tudo em volta fenece.
Ora, é o belo que há nas tristezas que deixa a dor suportável e dá luz própria à cada vela que se apaga".
(Em sua página oficial no Facebook)

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: vela poema

A não aceitação das diferenças torna o mundo um lugar horrível. Quem aceita isso é civilizado. Quem não aceita isso é bárbaro. Pode falar dez línguas, continuará sendo um bárbaro.
(Na palestra Tolerância Ativa)

Leandro Karnal
1 compartilhamento
Tags: aceitação diferenças

"É bárbaro todo aquele que propõe, na sua teoria, a exclusão do outro. É civilizado, seja um índio ianomâmi, ou um alemão, todo aquele que propõe a aceitação da existência do outro".

(Na palestra Tolerância Ativa)

Leandro Karnal
2 compartilhamentos
Tags: tolerância bárbaro

"A não aceitação das diferenças é problema tanto patológico como baixa inteligência e falta de caráter. Ou uma combinação das três coisas. O fundamentalismo não precisa ser ‘falta de caráter’. Eu ainda acho que se pode educar para a Tolerância Ativa".
(Na palestra Tolerância ativa)

Leandro Karnal
3 compartilhamentos
Tags: aceitação diferenças

É fundamental que existam gays. É fundamental pessoas de diversas etnias, é fundamental que existam diversas opiniões, inclusive contrárias à minha.
(Na palestra Tolerância ativa)

Leandro Karnal
2 compartilhamentos
Tags: gays diferenças

"Uns nasceram para cantar, outros para dançar, outros nasceram simplesmente para serem outros".
.
No livro "Antes de Nascer o Mundo"

Mia Couto
1 compartilhamento
Tags: cantar dançar

"Meu corpo sofre uma transformação: ele não é mais limitado pela pele que o cobre. Expande-se. É o jeito de ser do meu próprio corpo, movido pela solidariedade".
(Em “Assim acontece a bondade” – Crônica de Rubem Alves. Extraída do livro: As melhores crônicas de Rubem Alves – Página 13. Editora Papipus – Campinas – SP. 2012)

Rubem Alves
1 compartilhamento
Tags: bondade corpo

Impor um novo sistema de comportamento a si mesmo ajuda-o a escapar da constante confusão mental que você experimenta quando perde a direção.
(Em "Uma vida vitoriosa" - Polieditora 2002, Goiânia, Goiás)

Clara Dawn
1 compartilhamento
Tags: comportamento confusão

"Na Luz o homem que sonha se revela por inteiro. E trabalha muito nesta direção. Mesmo com alma despedaçada pelas decepções e frustrações vai em frente acreditando que pode mudar o rumo das coisas. É na esperança que o sonho renasce".
(Em "Não matem os nossos sonhos")

Doracino Naves
1 compartilhamento