Fábula ⁠O Leão, o Urso e a Raposa (com moral da história)

Um leão e um urso, tendo encontrado um filhote de veado, puseram-se a disputá-lo. Enfrentaram-se de modo terrível, até que finalmente, tomados de vertigem, jaziam semimortos.

Uma raposa que passava, como os visse abatidos e o filhote no meio, pegou-o e foi-se embora, passando entre os dois. E eles, não conseguindo levantar-se, diziam: “Infelizes somos nós, já que foi para uma raposa que nos desgastamos”.

Esopo

Moral da história

A fábula mostra que com razão sofrem aqueles que veem qualquer um aproveitar-se dos frutos de seu próprio trabalho.

Ensinamentos: A fábula reflete sobre as consequências da mesquinharia, da cobiça e da ganância. Ao invés de dividirem o alimento, o leão e o urso resolvem disputá-lo. Caso tivessem chegado em um acordo, o alimento dos dois não teria sido roubado pela raposa.

Veja também: