Coleção pessoal de Gracaleal

121 - 140 do total de 1262 pensamentos na coleção de Gracaleal

⁠Ano de eleição é uma espécie de 44 minutos do 2° tempo no jogo político quando a taça é a reeleição. Haja obras, benfeitorias, soluções para problemas antigos, movimentos e benefícios sociais, projetos fantásticos tudo fresquinho para ficar na memória do eleitor na reta final, para que ele vista a camisa e continue sendo o seu maior patrocinador. O investimento perfeito para colher dividendos nas urnas

Graça Leal

⁠Por mais que pareça inacreditável, ainda assim, respeite quem acredita em político, que para tal basta não ser analfabeto, mas não acredita em médico, em cientistas, que para tal, em hipótese alguma, basta não ser um analfabeto

Graça Leal

⁠Se a minha opção fosse, somente, transitar confortavelmente pela estrada do politicamente correto, que é pavimentada, também, pelas exigências da hipocrisia; hipocrisia que costuma causar dependência enquanto as belas paisagens ao redor ocultam os sorrisos amarelos dos transeuntes, eu não estaria livre para ter a satisfação de ser uma camaleoa no contexto da minha expressão literária. Ok, sob um paradoxo, camaleão não é exatamente um animal encantador e cotado para ser um companheiro agradável de estimação, porém, considerando que o natural da natureza é ser brisa e vendaval, garoa e tempestade, floresta e deserto e, igualmente, ser essência na beleza do gatinho e da onça, sinto-me uma privilegiada. Sinto o natural em mim. Sinto-me parte do verdadeiro sentido do existir

Graça Leal

⁠⁠Não importa o número de mortos durante uma pandemia, ou no dia a dia por falta de hospitais devidamente equipados e sem uma equipe de profissionais da saúde em número suficiente para atender a população, um político sempre se elege com votos proporcionais aos eleitores vivos

Graça Leal

⁠Um breve resumo do que é regime político democrático

Na urna, a maioria elege um candidato e a minoria tem que aceitar. No impeachment a maioria tira o candidato e a minoria pode espernear

Graça Leal

⁠Dá um desânimo cada vez que velhos e novos CNPJ's aparecem no cenário político/policial e evidenciam a verdadeira face dos RG's que, atuando no serviço público, nas três esferas do poder, exercem o seu lado desumano, cruel e, de tabela, homicida. Dói a alma constatar que a justiça está enxugando gelo no enfrentamento da corrupção em uma sociedade que, majoritariamente, diz seguir os ensinamentos cristãos.

Graça Leal

⁠O Brasil não vai se tornar um país melhor quando todos pensarem igual, mas, sim, quando todos os brasileiros tiverem ao seu alcance todas as ferramentas que lhes proporcionem, igualmente, desenvolverem
independência no exercício do pensamento

Graça Leal

⁠⁠Quando um povo, ou uma grande parcela dele, opta por apoiar, politicamente, figuras que praticam e defendem ilicitudes de forma explícita é certo que viverá tendo que fazer malabarismo intelectual, virtual, moral, social e emocional para justificar a sua identificação, bem como a manutenção da mesma, com os ilícitos dos seus ídolos, mas, especialmente terá que redobrar o malabarismo acima citado quando a revolta lhe tomar as veias diante das consequências legais para deter tais ilícitos quando estas vêm à público

Graça Leal

⁠Só para deixar mais claro, porque parece que o ser humano não está entendendo, ou não quer entender:

Sim, todas as vidas importam, mas os negros precisam lembrar à sociedade frequentemente que a vida deles está inclusa neste contexto do "todas". Quando isto for assimilado por "toda" a sociedade mundial a vida passará a ser o que ela naturalmente representa [ VIDA ] e não haverá mais a necessidade de movimentos sociais para lembrarmos que negros, brancos, índios, homens, jovens, crianças, mulheres, gays etc são iguais quanto espécie humana, a diferença que de fato existe está no grau do sentimento que toma o coração de cada indivíduo, consequentemente este torna-se o responsável pela informação que chega ao intelecto a fim de promover a interpretação pessoal do valor da vida.

Graça Leal

⁠Feliz dia dos namorados. E que o amor seja praticado sem rótulos preestabelecidos, que não seja tão seletivo nem limitado àqueles que proporcionam prazer à carne.

Homens políticos desenvolveram o ser humano de direita e o ser humano de esquerda, e uma grande parte destes foi contaminada por um imenso ódio no coração se tornando pessoas com comportamentos irracionais, dotadas de muita ignorância e de falsas boas intenções se deixando levar cada vez mais por um fanatismo cruel em defesa de uma bandeira que só faz estimular o cometimento de atrocidades entre si, bem como com os seres humanos isentos e pensantes que tentam ser apenas humanos racionais meio a este ringue de primitivos em combate. Perderam a sensibilidade e ganharam um azedume no fígado e na alma que nem percebem o quanto estão sendo irracionais e bestializados tendo como vetor o desserviço que prestam os seus líderes enquanto comandantes das suas mentes, assim como as informações que estes priorizam para "adquirirem conhecimento" como se fossem uma cartilha com orientações de sobrevivência.

Nossa, que autoridade têm os políticos!

É impressionante a rapidez com que eles conseguem incutir na cabeça de uma imensa parcela da sociedade a ignorância funcional a fim de que possam, com as atitudes dela, serem favorecidos nos seus interesses materiais e de poder. Nem Jesus conseguiu conseguiu tal proeza. Não conseguiu salvar essas mentes e corações. No fundo sequer ele têm este poder, pois há mais de dois mil anos que ele tenta qualificar a alma da espécie e convencê-la que todos são irmãos, mas é o diabo que continua seduzindo a humanidade e fazendo a manutenção do caos até mesmo através dos seus sorrisos, abraços e declarações de que está pensando no todo.

Graça Leal

⁠Em política, tudo é uma questão de ótica, o problema é que a cegueira impera entre os eleitores, já nos políticos a visão é perfeita, mas ainda assim eles não abrem mão de usarem lentes de aumento para terem potencializada a clareza da cegueira do eleitor

Graça Leal

⁠Quem ganha muito colo demora para aprender a andar e às vezes passa a vida sem habilidade no caminhar

Graça Leal

⁠A pele preta não é anestésico para nenhuma forma de dor

Graça Leal

Eu não ousaria desejar que os racistas tivessem as suas almas abduzidas pelas profundezas da escuridão, pois no breu também habita a noite e nela residem as estrelas, a lua e o colorido deslumbrante do universo, e destas belezas, destas sutilezas encantadoras do infinito eles não merecem desfrutar considerando ser a escuridão o território da negritude do belo. No fundo, desejo-lhes mesmo que os seus corações sejam expostos no pedestal do dia, sob uma imensa transparência das suas essências desumanas, e que permaneçam sob holofotes reproduzindo a luz sombria que emana de uma alma refém do peso de uma consciência para que sejam evidenciados pela vergonha incalculável que causam em todos que verdadeiramente são humanos

Graça Leal

⁠Não cultivo o hábito, não me permito o desgaste psiquicoemicional de aplaudir, nem me sentir grata por nenhum bem feito por um político, tenho como interpretação do ato o cumprimento da obrigação atribuída ao cargo para o qual ele foi candidato eleito, bem como, para tal, é remunerado.

Graça Leal

⁠Leveza é, também, não escolher carregar um político nas costas, já basta, e já pesa muito ter que carregar toda a sua classe com o bolso

Graça Leal

⁠Um povo que não aprendeu com os livros sobre o caos que se instalou em várias passagens políticas da sua história limita-se a viver repetindo-a estimulado pelo aprendizado de quem a tem clara e detalhada na sua memória a fim de que, com o suporte do poder, consiga manipular, no remake, o seu resultado catastrófico dando-lhe uma roupagem moderna, informatizada e mais colorida, e isto encanta, sobretudo, os sofridos, desinformados e iludidos da atualidade, porém alheios à realidade pregressa.

Graça Leal

⁠Que confortável é ser manifestante de rede social e tomar tiro só de palavras. É lindo apoiar quem se expõe ao ponto de perde a própria vida para garantir a permanência na zona de conforto dos incentivadores do caos. O ideal é o povo não precisar ir às ruas e sim o estado cumprir o seu papel democraticamente em favor de todos e não só de grupos selecionados que simpatizam com os seus desvios de objetivos no que tange os compromisso assumido em campanha.
Pobre povo brasileiro que precisa ser armar de disposição para sofrer enquanto se deixa enganar pela cegueira hipnotizante conduzida pelos seus políticos.

Graça Leal

O que mais impressiona é o fato de que há um consenso que a política está impregnada de corruptos e mal feitores que usam o cargo para cometerem ilícitos, mas quando pegos pela justiça todos se dizem inocentes injustiçados e não falta quem os defenda cegamente com o argumento de que há adversários piores. O brasileiro é mesmo um caso a ser estudado, porque no fundo não quer acabar com as maracutaias de "todos" àqueles que prejudicam o país no âmbito da política, quer apenas punição para os políticos que são os seus desafetos, e aqueles que moram no seu coração, que se afinam com os seus interesses pessoais são sempre vítimas perseguidas e defensáveis.
Considerando um país onde um gesto de honestidade de um indivíduo vira notícia, não dá para esperar, como unanimidade, a prática de certos valores capazes de construir um ambiente mais justo que possa promover mais qualidade de vida social para todos.
A sociedade brasileira está muito longe do mínimo ideal de decência no trato com a realidade que à cerca, bem como está se distanciando cada vez mais da coerência entre o que prega e o que deseja como resultado, de fato, para o bem comum.

Graça Leal

Ditadores primeiro oferecem o doce, depois o amargo.

Graça Leal