Carta de Despedida

Cerca de 619 carta de Despedida

Despedida

Respiro fundo,
Tenho que controlar meus sentimentos,
Lágrimas se formam agora,
É despedida, é o momento.

Abraço pessoas,
Desejo-lhes seu bem,
Deus me conhece e é testemunha,
O que me desejas, a ti desejo também.

Paro, respiro, me refugio no banheiro,
Lavo meu rosto que já não esconde a emoção,
A despedida realmente é sentida,
No seu abraço, em meu coração.

Palavras e imagens se fazem,
A saudade já se faz presente,
Relembro o início desta viagem,
E meu sorriso já esta ausente.

Mas levo comigo abraços de amigos,
Pessoas que preencheram lacunas em minha vida,
Ensinando-me que a vida castiga,
Mas com sabedoria e sorrisos a vitória se conquista.

Obrigado á todos que me querem bem,
Saibam que eu á vocês desejo o mesmo,
Que possam sorrir ao lerem estas linhas,
Que é como agradeço aos seus sentimentos.

Obrigado!

Alex Sanjeri
Inserida por alexsanjeri

Despedida

Longo tempo de amor e felicidade
Tudo se foi em um piscar de olhos
Enquanto jovem desejava ter mais idade
Pois sonhava que era isso que me faltava

Fecho os olhos e observo o passado
Tínhamos tanto para dar um ao outro , meu amor,
Era como se todas as coisas fossem minhas,
Quanto mais te dava mais tinha para te dar

Às vezes tu dizias que os meus olhos eram belos
E eu acreditava,porque ao teu lado todas as coisas
Eram possíveis,mas isso era no tempo de segredos
No tempo em que tudo era belo e de amor sem fim

Quando eu agora digo: meu amor
Já não se passa absolutamente nada
Pois incoscientemente escondemos
Prálem das estrelas o nosso amor

Tudo oque planejávamos no futuro
Promessas com determinação,embora,
Tudo isso já não tem sentido e por mais duro
Que seja esquecer tudo isso , assim escolheste

O antes eu deixei para as lágrimas
O agora eu tento vivê-lo com tranquilidade
O depois só espero murmurar o teu
Nome no siléncio do meu coração

Já gastamos tudo oque tínhamos
Já não temos mais nada para dar
O passado é inutil como a realidade
Meu amor , as palavras tão gastas.

Adeus.

João Botelho (eu)
Inserida por SuicideSilence
1 compartilhamento

Despedida

Quando já não estiver aqui
e acaso alguém perguntar...

Diga-lhe...

Que deixei a vida
me levar por outros caminhos...

Sem sequer me preocupar
aonde chegar. E se por acaso
alguém que goste de mim...

Insistir, diga:

Com muito carinho, daquele
jeitinho que eu fui embora para não vê
chorar quem decerto todas
as noites por ti clama.

E nesta despedida meu grito
paira no ar para jamais machucar
quem realmente me ama.

Alexandre d Oliveira
Inserida por oliveiralexandre

Despedida

Lágrimas pela vida, que tudo pára antes do fim... Por que a vida é sempre breve e passageira, se tudo perde a graça quando ela parte? Lágrimas de tristeza: corações estão em luto; lágrimas de dor e compaixão: perder é o que mais machuca; lágrimas de saudade: que injustiça é não viver! Um sorriso foi ser eterno e um sonho não durou para sempre. Porque alguém não teve tempo para ser feliz, e partiu cedo demais.

Dói lembrar que um dilúvio veio e estragou tudo, que toda a nossa alegria foi levada embora pela correnteza... Que uma nuvem negra escondeu o brilho de todas as nossas estrelas, e que todo o nosso céu ficou escuro. Dói saber que o filme de uma vida inteira pode acabar em alguns segundos, e que o final nem sempre é feliz.

É tão difícil dizer adeus! Pior ainda é não ter a chance de dizê-lo. Ter tantas coisas para falar e já não poder ser ouvido... Apenas um breve instante para pensar em como foi incrível enquanto esteve perto; e a eternidade para lembrar o quanto, porque ela será sempre especial.

O lugar mais fundo é onde todos os sonhos se acabam, onde a tristeza pode afogar-nos em lágrimas: é quando descobrimos o quanto dói perder alguém... E dói demais! Pois o destino nem sempre é justo; e a vida, às vezes, é cruel. Mas precisamos olhar para o céu amanhã... A estrela que mais brilhar será essa pessoa que amamos muito, de volta às nossas vidas. Foi a forma que ela encontrou de ser eterna para a gente.

Edilson Costa
Inserida por EdilsonACosta
1 compartilhamento

Amor
Lua em Despedida
Lua em silêncio,
Me encontro aqui mais uma vez,
Palavras não explicam a dor sentida,
Minha ausência te comoda,
Amor com paixão sangrando em desejo,
Meu sangue em sua Alma,
É para teu amor que é meu desejo sangrento,
Minha vida hoje é de limpeza,
Eu tenho que jogar fora velho Amor,
Um coração que se mata para dar amor a outro,
Não conhece este coração?
Um coração que bate por você,
Não terá despedidas em nosso Amor,
Para teu Amor... Eu só tenho eternidade,
Amor que me ilumina minha Alma,
Uma lua, um arco-íris,
E tenho também amor e paixão sangrando,
Um coração de amor de verdade,
Universo e à Mente,
O escudo de que conhece é o coração,
Por isso,
Eu te quero tanto que não sei como explicar,
Sinto á Paz,
Porque tua dor é minha dor,
E não há dúvidas.. Alma senti,
Eu te quero com Alma e coração,
Te venero,
Mesmo que o tempo ainda não nós ajude,
Levarei você em meu pensamento!
O sol anuncia um novo dia,
Agora tua Lua partirar,
Sinto seu coração Pulsar,
Pulsa
Puls
Pul
Pu
P

souMárcia
Publicado no Recanto das Letras em 08/02/2009
Código do texto: T1428329

Márcia L.
Inserida por souMarcia
1 compartilhamento

“Palavras que não devem ser faladas”


Adeus...
...a despedida já é maculada por uma profunda dor, quem diz adeus perde um amor, o sorriso que murcha a flor, estandarte de horror, caminhos que representam extremo torpor.

Te odeio...
...um coração a beira da morte, sei que minhas palavras não estão escondidas em um sacrário, mas odiar alguém é muito forte, brisa leviana que acompanha a morte.

Não te amo...
...teu amor pode não ser perfeito, só não tente magoar quem ama inocentemente, trabalho árduo é fazer crescer um amor dormente, nunca diga algo capital, martírio carente.

Perdão...
...se tuas palavras se limitam a apenas perdão, desculpe, mas você perdeu parte de seu coração, perdoar é divino, não pertence a você, ame com juízo, não pretenda entender.

Marques Bueno
Inserida por MARQUESBUENO

O ADEUS NA DESPEDIDA


Fremente amargura ao ver à tanta partida,
Que tanto sufoca o meu frangível coração,
São os reveses de uma vida já tão sofrida,
Amores fatíloquos de uma difícil aceitação.

Sente a minh’alma o adeus na despedida,
Por isto peço: Não me veja com compaixão!
Ao sair feche a porta, minta estar distraída!
Não olhe para traz, trazer-me-á comoção.

Minha estrutura emocional já corrompida,
É o fruto da mais iníqua e desdita desilusão;
Que digam que a minha existência renhida,

Foi um musical de talentosa orquestração,
Mas os ais que me levaram a sentir a ida,
Foram as déias que me fizeram ingratidão.

Rivadávia Leite


--------------------------------------------------------------------------------

Rividávia Leite
Inserida por mariabazaia

O Adeus

usado em despedida
sofrido e definitivo
o que não volta atrás a não ser para os arrependidos
o mais que tchau, o que passa e fica
sentido com lágrima ou raiva
ferido , corrosivo e solitário
esquecido, desvinculado e até mesmo insiguinificativo
dito em estação, desilusão, final da vida
dissimulado ou inesperado,mas enfim consumado
cedo ou tarde, nunca se sabe
chegue até o fim e que se acabe

ursulas
Inserida por ursulas

Sou nuances dividida
Sou a alva da madrugada,
O negro da despedida.
Sou o doce da paixão,
O salgado da desilusão.
Sou o despertar da vida,
A perda da ilusão.
Sou a alegria prometida,
A lágrima sentida.
Sou a alma desnuda,
A face em oculto.
Sou a emoção nascida,
O sentimento sepulto.
Sou dia iluminado de sol,
A noite escura sem lua.
Sou do porto seguro o farol,
O sem saída da rua.
Sou eu!
Sem eira e nem beira.
O plumo, o rumo.
Estranha sensação de ser.
Sou tudo, sou nada!

May Lu
Inserida por maylu

Despedida.
Na hora da despedida eu vou te abraçar
E nessa hora vou te beijar
E dizer que não vai da pra continuar
Mas que pra sempre vou te amar
Esse nosso amor nenhum outro vai se comparar
O meu sentimento eu vou guardar
E eu vou te abraçar um abraço longo forte pra demorar.
Eu eu vou te beijar com a leveza mas com se o mundo fosse acabar.
Adeus, eu sei que vou chorar
Mas não há como evitar.

Reberika
Inserida por ErikaRebeca

Soneto de Despedida

Da primeira vez ocorreu impetuoso
oprimiu a calma feito um louco
violentando meu ser pouco a pouco
fez dos meus olhos secos aquoso.

Da segunda vez ocorreu a esmo
resumiu o caminho eterno a colisão
assassinou friamente a paixão
fez dos meus olhos amantes ermo.

Enquanto teus olhos brilhavam aos meus
o choro, a sofreguidão, o impeto que ocorreu
era claro meus olhos ainda eram teus

Quando meus olhos se perderam aos teus
a morte, a colisão, o ermo que ocorreu
era claro teus olhos não eram mais os meus

Julio Leoncini
Inserida por lapejulio

CARTA DE DESPEDIDA AO SENHOR ESTRANHO:


18 de Abril de 2011, Brasil.


Estranho,


“Sei que é uma decisão tardia, diante os fatos ocorridos, mas tudo tem seu tempo pra acontecer, se isso só aconteceu agora, deve-se ter lá seus motivos. Vá entender!

Enfim, resolvi não te querer mais.

Mesmo que meu coração ainda reclame sua ausência.

Resolvi mudar o costume de ter você em tudo. De ter você nos cantos da casa, de ouvir você abrindo a porta, de ouvir o barulho do seu carro, de sentir sua respiração... Tudo isso de maneira imaginária, pois você não está mais aqui. Fato. E eu preciso me acostumar com isso.

Resolvi pensar sozinha, imaginar meu futuro sem você. Você não vai voltar.

Resolvi guardar as recordações numa caixa grande, de aparência simples, para que ali ficassem enterrados os nossos momentos bons, ou melhor, os momentos que tanto apreciei. Momentos sublimes e que, na realidade, eram tão vazios... Guardei dentro dela todas aquelas pequenas coisas que me fazem ter você na lembrança, tudo que me faça sentir a sua energia: suas camisas, bermuda, roupa intima, escova de dente, fotos, cartas escritas, bilhetes, vidros de perfumes, aliança, coleção de CDs...

Criei uma caixa imaginária dentro de mim pra guardar tudo que vivemos: as palavras ditas, as noites amor, as conversas por MSN, as conversas por telefone até amanhecer o dia, as mensagens no celular, o som do seu sorriso, a lembrança dos seus olhos, da sua respiração, o beijo que você dava na minha mão ao dirigir, a sua cara ao ler a mensagem que escrevi no espelho, as reticências, o “quem sabe um dia!”, o “inclusive”, as músicas, as nossas vídeo chamadas, as suas mãos calejadas, a ponta da orelha, o seu silêncio, a paz que encontrávamos juntos...

Guardei nela também a saudade que sinto e que você nunca sentiu.

Guardei os planos, os projetos, as incansáveis noites em claro esperando por noticias suas, a minha insistência em fazer com que você acreditasse que eu seria a pessoa certa pra você, as minhas lágrimas de apelo, o meu sofrimento por vezes tão grande que me causava dores físicas, a minha insegurança, minha preocupação e o meu medo de perder você.

Guardei a esperança, o desejo, a vontade, o amor por você, a espera, a paciência, a sinceridade, a compreensão, o meu respeito e admiração por te achar tão perfeito.

Resolvi mudar o perfume, meus produtos de banho, comprei lençóis novos, toalhas novas. Não quero nada que seja intimo misturado com a sua lembrança.

Olha, vou comprar uma cama nova! Não agüento mais dormir no sofá, pois não consigo olhar pra cama e pensar o quanto você foi sórdido ali! Acho que foi nela que você mais mentiu... principalmente ao fingir fazer amor. Acho que você desconhece o real significado da frase.

Penso apenas que não suportaria mais suas mãos sobre o meu corpo, apesar do desejo ainda ser forte, eu não agüentaria tanta humilhação. Não agüentaria olhar pra você e pensar que tudo é fingimento.

Eu que sempre me entreguei verdadeiramente. Eu que sempre acreditei na nossa cumplicidade. Acreditei em você. Confiei. Agora me encontro perdida em meio a sentimentos tão frios e procurando as palavras certas para descrevê-los.

Tenho raiva do meu corpo por saber que nele você despertou sensações maravilhosas que ninguém nunca conseguiu fazer o mesmo.

Tenho raiva de mim por não conseguir me permitir que outro o toque, pois ainda sinto como se ele fosse seu.

Repito pra mim mesma, cheguei a escrever as frases ditas por você (colei em espelhos, guarda-roupa, geladeira... eu precisava que delas!), pois foram elas que me fizeram enxergar que eu não sou o bastante... não sou o bastante pra você. Não por ser inferior. Não. Mas porque pra você, você se basta. Você é tão você, que os outros não são nada. Você brinca com os sentimentos, com as pessoas, você muda a vida, a rotina, você tem o dom de transformar o céu em inferno! É triste. Mas é a realidade. Você tem um dom de cativar e de destruir tudo em segundos, com a mesma facilidade.

E eu não quero ao meu lado alguém tão singular. E eu preciso me libertar desse sentimento doentio que é amar você, porque definitivamente, você não é o quem eu amo. A sua realidade é diferente da pessoa que amei. Eu imaginei, ou vivi, não sei ao certo, algo inexistente.

Você tantas vezes me disse que me amava incondicionalmente... o que é ser incondicional pra você?
Acho que você nunca vai saber o quanto eu amei você e a sua real importância para mim.

Senhor Estranho, encontre-se. Porque agindo assim você vai fazer com que muitas pessoas boas e de sentimentos puros, se percam. E definitivamente, ninguém merece ser usada assim.

Boa sorte em seu caminho, porque agora eu vou refazer o meu e concertar os estragos que você o fez.
Seja feliz.”

...

(são três pontos finais, só pra ter certeza que acabou.)”

Laila Monteiro
Inserida por lailamonteiro
1 compartilhamento

Despedida:
Sinto-me como se algo morresse hoje em mim...
Um sentimento nostálgico já me aflora.
Vejo algo que já não é... Nunca foi e agora esta,
Dando Adeus e indo embora.
É estranho, mas vejo o falecimento de algo que nem chegou a nascer.
A destruição do que podia florescer.
A saudade do que viveria sem nunca ter vivido.
Só me resta seguir, suprimir e deixar esvair.

Waceila Miranda
Inserida por Waceila

Lágrimas que escorrem pelo rosto. É
triste, essa impetuosa e indiscutível
despedida. Pra sempre que tu dormes,
pra eternidade essa ferida. Tudo escuro
e tão triste. Tão misterioso e tão
simplório. A única coisa pra sempre
ficará é o meu amor por vocês. As
flores servem para alegrar. Flores são
poesias, mas a saudade a maltratar. A
Morte é tão triste, ao menos uma
música a tocar.

Graone de Matoz
Inserida por Graonedematoz7640

DESPEDIDA

Colocou a xícara no pires
com a colherzinha mexeu
bebendo o café com leite.

Sem nada falar
acendeu um cigarro
fazendo círculos com a fumaça.

Pôs as cinzas no cinzeiro.
Sem nem olhar, seu chapéu
colocou e pela janela espiou.

Chovia! Levantou-se.
Vestiu a capa de chuva
porque a chuva caia.

E saiu.
Sem uma palavra
Sem nem um olhar.

®Verluci Almeida
020506

Verluci Almeida
Inserida por VERLUCI

JOVEM DESPEDIDA

Todos os dias vejo sua foto empoeirada
E como um relâmpago lhe vejo sentada
O passado me vem à tona, emancipada
Você levanta, corria e me abraçava, caída

Alguns minutos depois, ao meu lado estava
Com um lindo sorriso, tudo intimidava
Mesmo as flores mais belas quando caminhava
Se possível curvariam-se enquanto as fitava

Sua pele branca refletia a luz do entardecer
Seu jeito tão delicado ia desaparecer
Com todo o meu sofrimento, antes de conhecer

Você, eu era totalmente vazio, preenchido
Estava, mas com um beijo, e longe um aceno
Ela se foi, e com tão carinho eu lhe disse “te amo”

Matheus Balbi Gonçalves
Inserida por MatheusBalbi

É muito triste só ser notada e enxergada na hora do maior tombo e da despedida.

Melancólico abandono, de quem partiu, sem ser afagada, amada.

É muito desgostoso ser uma carta não lida, nem aberta, nem muito menos, guardada amarelada como demonstração de um verdadeiro carinho, afeto, irmandade, saudade, amor...

Aimara Maia Schindler
Inserida por servamara

DESPEDIDA
Vou partindo assim,bem assim
A noite está calma e acordada como sempre
Ela testemunha a minha despedida
Vou levando pouca coisa comigo,agora
Da tua alma peguei um pouco de doçura
E você nem percebeu,pois está adormecida
Quando amanhecer verei o sol de outro lugar
Será estranho,tudo muito estranho
Celebrarei a cada momento aquele lindo anjo
Estou indo mas um fio de mim vai ficando
Não corte ele,se eu me perder vou precisar dele
Vou esperar mais alguns minutos
A dor da despedida está me esperando ali fora
Qual rosa deixarei para você?
Acho que vou deixar todas que eu plantei um dia
Flores ficam mais lindas entre outras flores
Juro que eu queria ficar bem pequenininho
Pra poder ocupar um cantinho pequeno em você
A vela ainda está queimando
A cama está em paz agora depois de tudo divino
Sei que isso não vai se esquecer
Quero que você se lembre daquele paraíso
Quando querer me encontrar estarei lá
Me espere num dia de chuva ou num dia se sol
Vou embora caminhando devagar
Se eu aprender a voar,volto pra te levar até ao céu
Deixe aquelas rosas para mim voltar pra beija-las
Estou saindo de mansinho agora,não quero acorda-la
A nossa canção está acabando
Quando acordar pense em mim
Preparei aquele café que tanto ama
Nem sei o motivo disso tudo,eu não queria ir
Mas agora saio da nossa grande brincadeira
Esse não é o fim do nosso jogo
E se alguma voz vir te dizer,siga o teu coração
Ele te levará até a mim
Sei que chegou a hora, não tem mais solução
Estou te dando nesse momento um beijo na testa
Deixe a porta aberta pra mim...

Guilherme boldrin
Inserida por guilhermeboldrin
1 compartilhamento

Beijo Calado

O beijo é pra tudo…
Chegada… despedida…
Encontro... Saudade...
O beijo é quase mudo...

Beijo de quem se conhece
Beijo de quem não se conhece
Beijo pra se conhecer
Beijo de se enlouquecer

Tem beijo estralado...
Beijo de selo...
Beijo com zelo...
Beijo Molhado...

Tem beijo que se esquece...

Tem beijo que palpita...
Tem beijo que estremece...
Tem beijo que excita...
Oque não pode...
É deixar o beijo ficar calado !!!

Rafael valente
Inserida por rafevalente

Minha estrela

Estrela que encanta minha vida
me diz que nunca terá despedida,
pois viver sem tua luz é mesmo que
estar no mundo escuro e sombrio.

Estrela que alegra os meus dias
me diz qual é a tua maior alegria,
que prometo te guiar para sempre
estando em todos os momentos presentes.

Estrela que carrega o meu coração
me diz a verdade, qual tua maior paixão,
grita para o mundo mostrando essa
grandiosa emoção.

Estrela que habita os sonhos meus
me diz se é capaz de amar outros
sentimentos além dos meus, nessa passagem
maravilhosa que novamente o destino nos prometeu.

Emerson Lima
Inserida por emersonlima1