Carta de Despedida

Cerca de 627 carta de Despedida

JOVEM DESPEDIDA

Todos os dias vejo sua foto empoeirada
E como um relâmpago lhe vejo sentada
O passado me vem à tona, emancipada
Você levanta, corria e me abraçava, caída

Alguns minutos depois, ao meu lado estava
Com um lindo sorriso, tudo intimidava
Mesmo as flores mais belas quando caminhava
Se possível curvariam-se enquanto as fitava

Sua pele branca refletia a luz do entardecer
Seu jeito tão delicado ia desaparecer
Com todo o meu sofrimento, antes de conhecer

Você, eu era totalmente vazio, preenchido
Estava, mas com um beijo, e longe um aceno
Ela se foi, e com tão carinho eu lhe disse “te amo”

Matheus Balbi Gonçalves
Inserida por MatheusBalbi

os traços da alma dão a flor das lagrimas,
numa despedida sem fim,
nos perdemos no fulgor do amor,
em tuas lastimas não compreendo nada,
apenas a dor que consome o coração,
no amor o brilho opaco se da afio,
das noites perdidas pelo sentimento de amar,
no fato dor que tenho no coração,
é uma ferida sem fundo pois o amor é eterno.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo
Inserida por hellmouse666

DESPEDIDA

Colocou a xícara no pires
com a colherzinha mexeu
bebendo o café com leite.

Sem nada falar
acendeu um cigarro
fazendo círculos com a fumaça.

Pôs as cinzas no cinzeiro.
Sem nem olhar, seu chapéu
colocou e pela janela espiou.

Chovia! Levantou-se.
Vestiu a capa de chuva
porque a chuva caia.

E saiu.
Sem uma palavra
Sem nem um olhar.

®Verluci Almeida
020506

Verluci Almeida
Inserida por VERLUCI

A despedida fora um dar de mãos... o casal ao lado soube expressar bem o momento: um beijo molhado e demorado como se não houvesse mais amanhã a ser vivido (e quão bom é essa sensação, de quando o tempo não é influenciador de suas emoções, quando o agora fica por dias naqueles minutos; quando o pôr-do-sol para, apenas para dar mais clima ao momento, quando o vento passa aconchegando e faz das pessoas meros vislumbres animados);

[...]

A despedida fora um dar de mãos... mas se os olhos falassem (ora, e pois se não falam!? Gritam as alegorias do coração. Berram os distúrbios da mente. Induzem indelicadamente um profanar de palavras desanexas a sua alma), diriam: fica comigo mais tempo. (Desencontrei-me ao seu encontro)

L. Vyn
Inserida por LVyn

A Despedida

Diante dos meus olhos vi
A tristeza chegar.
Em silencio minha alegria esvanecer.
Senti os olhos flamejar de dor
A alma esvair sem cor
Sem ânimo, sem força,
Mas tu foste.

Culpa ninguém tinha
Foi o passado predestinado que roubou o que eu mais queria.
Por instantes relutei, chorei, sofri, orei.

Busquei perdão daquele que tem a vida.
E me perdoou.
Então senti a sua doce consolação
Não me desamparou,
Porque me amou
Firmou-me no fundamento do perdão.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

ABENÇOO

Saúdo o dom da vida
Aquela que me trouxe aqui
Quando chegar a hora despedida
Vou testemunhar o que vivi!

Foram anos tentando acertar
Mas o mistério da vida fora mais forte
Há mais beleza em seguir e confiar
Do que tentar a sorte!

Apenas existe um lugar
Aonde eu possa tudo descobrir
O segredo está em realizar
A Suprema vontade poder cumprir

Abençoo aquele que conseguiu me iluminar
Abrindo seu coração para que pudesse compreender
A grandeza manifestar
Com carinho e atenção entender

Trouxe-me para bem perto
Comigo conversou enfim
Apresentou o correto
E disse que tudo tem começo e fim

Transbordando de felicidade
Revelou toda sua coragem e saber
Coração de ouro em bondade
Energia e poder!

Ao meu Pai agradeço
Não sei se mereço
Essa graça receber
Tanto amor e bem querer!

Ao meu Pai agradeço
O valor que não tem preço
Caminho para a vós eu chegar
Um cantinho no meu coração para vós eu amar!

Samuel Ranner
Inserida por SamuelRanner

LIVRE DE VOCÊ

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Resolvi me despedir
Da despedida;
Ficar próximo do perto;
Desertar-me do deserto;
Só viver do que tem vida.
Já me calo pro silêncio
Da fala morta,
Que não diz enquanto fala,
Pois deixei de fazer sala
Atrás da porta.
Consegui me desatar
De quem se ata
Ou não ata nem desata,
Só mata o tempo
De ser ou ser...
Entendi que a solidão
É solidária,
Que nem mesmo a solitária
Será prisão
Pra quem é livre.

Demétrio Sena - Magé-RJ.
Inserida por demetriosena

Despedida

Pq tudo tinha que ser tão difícil
Pq vc sempre na deixou na dúvida
Pq vc nunca demonstrou a mim
o que demonstrei a ti como sempre te amei
Pq tudo tinha que ser tão bom e ao mesmo
cheio de tristeza e dor
É agora acabou ,mas estará na minha alma
a marca desse amor e a cicatriz da dor que a envolveu
Adeus amor

Doce Rosa
Inserida por DoceRosa33

DESPEDIDA DE UM HERÓI ABALROADO

Na rua desvairada o carro vem em alta velocidade
Ameaça me abalroar, pois me encontro no meio dela.
Dela não saio, quero impor respeito ao valor que meu bairro merece.
Dente de tigre olho de sabre.
Revoltam entre si.
Se revoltam entre os dissociados.
Cambaleia de agonia.
A pancada foi forte, mas nada como deixar
De ir pro inferno sabendo que lá estarei calmo
ao lado do senhor satanás.
Quem de mim sorriu, não sorrirá mais.
O inferno festeja minha chegada!
A vossa desgrassensa que à mim pertencia,
hoje chora.
Foi quase em uma velocidade de 250 quilômetros
que me atingiu.
Meu corpo alem do inferno foi parar 100 metros depois.
Morria ali, na presença de casas, valas, pedestres, veículos, crianças.
sobre o sol que de tão quente fritou minha mente naquele pincho ardente.
Morria no não morrer!
A minha morte não foi o suficiente para mudar nada no bairro
foi apenas o começo de uma grande guerra sem fim próximo.
No cair da chuva e no deslizar das águas nas corredeiras de valas a céu aberto
meu bairro se despedia.
Vivia a reivindicar.
Morri ao protestar.

[Sim, sei!!i O inferno agora tem paz]

Arielson Pinto
Inserida por arielsonsousa
1 compartilhamento

Ensaio minha despedida em palavras um tanto indecisas que me fazem duvidar que pudesse me ir embora;
Jurava que o problema que nós passávamos era meu para que você tivesse tempo de me amar com todo o seu querer;
Sempre te exaltei com minhas doces palavras para que você pudesse entender o quanto você tinha valor para mim;
Chorava as taças de vinho deixada sozinha com amores que nunca ouvia o tom da felicidade, mas que nunca havia esperado que se magoasse;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

Despedida

No descompasso do meu passo apressado,
do jeito,
sem jeito que sou.

Procurando teu abraço,
mais uma vez me perdi,
ao te pedir o teu amor.

Nem choro ,
nem vela,
nem fita amarela....
De nós nada restou.

Na poesia emocionada,
na saudade declarada...
Tudo o que eu tinha pra te dizer,
mas você não escutou.

Shalimar

Shalimar Catramby
Inserida por Shalimar

Estamos conjugando verbos em tempos e modos diferentes, rastejando uma despedida que até pode nem ser o que queremos. Olha bem pra mim e decide que música pretendes dançar. Pode ser que eu tope. Pode ser que não, mas pelo menos saberei o o ritmo antes de decidir apertar o 'play' ou o 'eject'.

AílaSampaio

AilaSampaio
Inserida por AilaSampaio

Meus versos nunca foram tão decorados em uma pré-despedida na qual não te faça arrepender-se ou desistir de ir para nunca mais voltar;
Não parta sem antes perceber os pedaços que me deixa ou não espere os meus lamentos para com os seus deboches poucos significantes;
Porém saiba bem que não te procurarei em qual quer esquina que me dê motivos incabíveis para tentar te trazer de volta;
Espero que algum dia você me veja com a imensa felicidade que outro coração tenha me dado, um belo sorriso no rosto e sensações inexplicáveis;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

A Despedida

É necessário que eu me prepare para a despedida...
Você me conquistou e me ensinou a te amar.
Porém eu não posso ser egoísta, prefiro te ter longe, mas feliz conquistando teus sonhos.
Quando o seu coração quiser saber do meu não existe em me procurar.
A separação já vem acontecendo há algum tempo, nossas atitudes foram todas para nos prevenir da dor da separação, mas mesmo assim ela foi em vão, pois ainda consigo sentir a dor da ausência embalada na saudade.

Rosicler Ceschin
Inserida por rosiclerceschin

Despedida

Havia sorriso em toda casa
Na sala jogavam com muitos risos
e cartas nas mãos
Anoiteceu novamente o clarão do dia
que se despontava no horizonte
Ainda a continuar com risos constantes
e cartas nas mãos
Mais tarde um adeus ,quando apenas
dizia até mais
Pouco tempo se passou e escuridão
envadiu-se o dia ...
Passaros voavam sobre a casa
do riso de antes
Que tinha cartas nas mãos
Sozinho disse adeus
Pássaros pretos voavam
anuciando sua partida.

Maria Lucia Silva Oliveira
Inserida por tudoazul

Acordei com uma ligação de despedida...com o coração apertaado,espero que ela saiba que eu só não chorei agora por não ter mais o que chorar,acho que o dia hoje vai ser no mínimo tenso,como posso evitar pensar em você?não tem como,tudo, absolutamente
TUDO de mim tem um pouco de você.
Mas vamos em frente! Nossos caminhos já se separaram tantas vezes...mas como já dizia Vinicius de Moraes:

"Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos me encaminham pra você"

todos os caminhos me encaminham para você...nós duas sabemos muito bem disso.Escreve o que eu estou falando,um dia não sei daqui a quanto tempo,mas um dia nós vamos nos casar!Meu ideal de felicidade é você,tudo de mais lindo na minha vida está ligado a você,resumindo...EU TE AMO,e vou te amar por todos os dias da minha vida,não importa quanto tempo você demore,e se você não voltar...ai minha filha eu vou atrás de você!!Tudo vai dar certo para nós duas,eu só espero que o tempo passe rápido,não esqueça de mim...me promete que vai voltar,pq eu já prometi que vou te esperar.

Lorena Costa
Inserida por LFCB
1 compartilhamento

No Momento de Ir


...E quando o momento da despedida chegar, não me traga flores, que apesar do perfume não será o momento oportuno.
...Melhor que a beleza das rosas, traga-me folhas em branco, tinta e pincel, estes
Serão para relembrar os respingos da minha existência.


dedicatória em primeira Antologia ALB
para um ser humano "incrível" R.V.L.

Érwelley C. de Andrade ALB
Inserida por erwelley

Sufocado por essa falta de entendimento, tendo o maior desconforto no fim do caminho;
A despedida pode não ser tão dolorosa, sem ensaios na frente do espelho que possam criar um teatro tão dramático;
Impenetrável são os sentimentos que ao início se fez com tão frágil promessas, pensamentos confusos que resultou em frustração;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

A despedida

Afinal tudo aconteceu como eu previa, só não podia acreditar. Aquela mesma história triste se repetiu. Bastou que eu fexasse os olhos por um único instante pra ver você partir assim tão fácil, da mesma forma como apareceu. Foi só eu soltar tuas mãos por um segundo pra ter que te ver caminhando em outra direção. Naquele dia eu ia te dizer como você era perfeito, mas não havia mais tempo. Não, eu não estou triste, eu sei que você também me quis, talvez não com tanta intensidade, mas quis. Eu queria te falar como as coisas passaram a ser tão claras depois que você surgiu, mas você não pôde me ouvir. Não se preocupe, todas as palavras que eu falei naquele dia com certeza serão esquecidas. E eu não estou falando de amnésia. Só vão restar as cicatrizes, estas nunca somem. Você não terá mais que ouvir minhas palavras, no final não vai restar mais nada. Eu só queria uma história diferente pra construir.

Jullie Alves
Inserida por Julliesalves

UMA BREVE DESPEDIDA



Sorriu um sorriso maroto
Disse um até breve
E se foi...
Sabia que no dia seguinte
Era inevitável o reencontro

Seus olhos também sorriram
Num apertar acompanhado
Do alargar dos lábios
Como fazia todos os dias
Quando se despedia

Me acostumei tanto à cena
Que já nem mais aplaudia
Simplesmente devolvia o sorriso
No balançar da cabeça
Firmando um compromisso

Quando o sol surgiu na alvorada
Acordei com os trinados da passarada
E aguardei como todo dia
A sua chegada no quintal
Para o rotineiro bom dia

As nuvens esconderam o sol
E a chuva não tardou a cair
Pensei com meus "botões"
Que o frio outonal era o culpado
Pelo atraso no seu chegar

O dia se arrastou fechado
Tristonho e melancólico
E sem me dizer o motivo
Ao nosso encontro faltou
Pela primeira vez

Eu, sem saber o que fazer
Pude perceber a importância
Na falta do seu bom dia
E da monótona rotina
Me vi conservadora

Já ao anoitecer veio a notícia
De que o seu sorriso se fechou
E o seu bom dia se calou
Seu até breve se fez longo
E o dia seguinte...aguarda

(Nane-02/04/2015)

Nanevs
Inserida por Nanevs
1 compartilhamento