Poesias da Matemática

Cerca de 593 poesias da Matemática

Quem Sabe Somar Sabe Dividir.


Somar é a primeira operação matemática que se aprende, a que temos mais facilidade e que gostamos mais.

Primeiro agente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, e sempre somar alegria e felicidade. Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, é só somar várias vezes a mesma coisa.

A Segunda operação que aprendemos é a subtração.

Aí começa a ficar estranho.

Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, digo, casa decimal ao lado.

Ninguém gosta mais de diminuir do que somar.

Quando chega na divisão é quase um desespero, ainda mais quando sobra um resto.

É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto.

Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada.

A dificuldade no aprendizado não parece à toa, o homem rejeita essa prática. Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes.

O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral.

Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída.

Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si.

Quem sabe?

6 de outubro de 2011 às 00:03

Edmilton Pedroso
Inserida por Edmilton
1 compartilhamento

Música é matemática e física,
mas com cálculos diferentes das matérias tradicionais.
Onde na maioria das vezes, menos é mais.

Edu Madma
Inserida por edumadma

“Tem gente por uma parte, que não tem sorte e não sao bons na matemática e depois deles estou eu, que da pra notar que meu cerebro não codifica os números. 1+1=3[...] Eu, você e a Felicidade.”

—By Coelhinha

(Abnizia) By Coelhinha
Inserida por ByCoelhinha

Matemática...
Nada como estudar a matemática. A matemática do olhar, álgebras que resultam em palpitações cardíacas que justificam o porquê da teoria das funções lineares.
Um sorriso entre lábios que equaciona uma incógnita, ou frações de segundos que multiplicam uma risada.
Na nossa matemática, nada complicada, é tão bom poder fatorar. Dividimos as tristezas e alegrias, mas multiplicamos a vontade de vencer todos os dias.
É como estudar a velocidade dos seus gestos e calcular o peso do seu toque nas folhas brancas rabiscadas de azul. Números que se misturam e se envolvem em progressões aritméticas.
Como não ser viciado em estudar? Em estudar o seu sorriso, o seu olhar, o seu falar...
Ah, a matemática...

Teodoro
Inserida por Natal23

Não sei qual é o segredo
Da encantadora Matemática
Que tudo soma, tudo subtrai, tudo divide
Ás vezes sinto até medo

Então comecei observar
Que ela está presente em todo lugar
Desde o café até o jantar

Decidi então tudo fracionar
Comecei 1/3 do dia
Logo comendo 2/6 de queijo
E tomando 1/2 de café

Ganhei então um pirulito acompanhado de um beijo
Mas tive que dividi-lo com meus dois irmãos
Cada um então ficou com 1/3 para saborear

Mas logo chegou o almoço e decidimos uma pizza comprar
São ao todo, cinco pessoas no meu lar
Vamos então partilhar?

Hum!Pizza de chocolate já dividida em 8 partes
Papai pegou 2/8 da pizza, mamãe pegou um pedaço equivalente
1/4 ela comeu,agora quem será o valente?

Sendo eu a mais velha tenho direito a comer 1/8
Minha irmã decidiu mamãe imitar e 1/4 da pizza decidiu pegar
Então Joãzinho tivemos que aguentar
3/8 da pizza ele comeu sem parar

Depois de tanto fracionar fica mais fácil decifrar
O segredo está 3/4 descoberto, falta apenas
1/4 para completar
Vou deixar você inventar
Para ocupar 1/2 do dia á pensar.

Taty Rosa
Inserida por tatyrosa
1 compartilhamento

A matemática confunde a minha cabeça, mas eu sei que preciso dela!
Pois precisarei fazer o calculo dos amantes para ser feliz;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

'LOVE'

Amar é como prova dos nove,
Na matemática do puro sentimento!
Um com mais um são dois neste 'Love'
Conta exata, sem restos, um alento...
Que exalta, nada falta, nesta operação
que conciona, sempre soma, comove!
Amor por amor, sonhador, só 'Love'.

..............Shell

MarceloShell
Inserida por MarceloShell

Nossa eu gosto tanto de você que fiz uma equação de matemática que só nos entendemos:

1)Amizade+Alegria=Divertido
2)Divertido+Amor=Loucura
3)Loucura+Eterno=Eu+ você
4)Eu+ Você = Nossa amizade é verdadeira e para sempre!

NathalyMs
Inserida por NathalyMs

Geometria, matemática
Números, aritmética
Difícil de entender
E com palavras
Faça-se o que melhor
Obter

Iris Borges
Inserida por iristerrasborges

EDUCAÇÃO :
Mais do que ensinar a ler e escrever, explicar matemática e outras matérias, é preciso ouvir os apelos silenciosos que ecoam na alma do educando.

Mais do que avaliar provas e dar notas, é importante ensinar com amor mostrando que sempre é possível fazer a diferença...

Paulo Ursaia
Inserida por ursaia

Matemática do Sucesso

Desejo (-) menos medo = Objetivo
Objetivo (+) mais prazo = Meta
Meta (X) multiplicada com planejamento = Resultado
Resultado (÷) dividido com humildade = SUCESSO

Plínio de Sá
Inserida por Pliniodesa

⁠Romanticamente
Romanticamente a matemática
quando colide com a gramática
a resolução é : xxxxxhífente.
                        (adoro-te)

Joni Baltar
Inserida por JoniBaltar

⁠na vida matemática
as coisas boas 
eu só multiplico 
o que consigo dividir
e as coisas más,
ao contrário 
do que parece, 
dividindo eu diminuo

@machado_ac

Antonio Carlos Machado
Inserida por MACHADO_AC

⁠Estórias-XV… O/um BILIÃO, a Matemática, a Poesia e a Verdade!...

Tratar: um (2*) mil milhões, por bilião (5*); 
É estar a insultar, a matemática…
Tal como, a dar pontapé, na gramática;
Por ser citar, não UNIVERSAL; então!

Vejamos nesse: por mil milhões, (2*) vil;
Quão rápido, o tal é, a ser contado;
Dado a: em esse haver tal, terem faltado;
Novecentos ‘ noventa e nove mil!

Já o dez (3*), ou o cem (4*) mil milhões, contar: 
Começa a pôr-nos a orelha de lado;
Por tais, não parecerem, ele; então!...

Unifiquemos, por tal, seu tal ar;
Em Portugal: (5*) na Terra, em todo o Estado;
Porque: um bilião, é; um bilião.

1*- 1.000.000- (um milhão) - errado 
2*- 1000. 000.000- (mil milhões) - errado
3*- 10. 000. 000.000- (dez mil milhões) - errado.
4*- 100.000. 000.000- (cem mil milhões) - errado.
5*- 1.000.000. 000.000- (um milhão de milhões) - certo!!! 

Manuel Santos
Inserida por manuel_santos_1

⁠A vida é uma verdadeira equação matemática sem resolução, em um dia estamos felizes, alegres e otimistas mas num piscar de olhos tudo muda o sentido, como uma volta de 180 graus, onde o otimismo vira agonia, a alegria se transforma em medo e a felicidade em tristeza. 
Por isso aproveite cada segundo de felicidade, pois na matemática da vida nada pode ser calculado. 

David Ribeiro Guilherme
Inserida por DavidRG

Não confundir vibração com rotação,
porque é matemática,
alta rotação resulta em baixa vibração e baixa rotação resulta em alta vibração.


A pressa e a empolgação são doenças que atraem ainda mais doenças, onde impedem a vibração que só eleva-se com baixas rotações, ademais é invenção da ilusão para repor algo que parece que falta e este algo poderia ser a baixa rotação.

Estamos melhorando!

Paulo Celente
Inserida por paulocelente

A matemática da vida é bem simples.
⁠Já errei pensando que estava certo.
Já estive certo, e fui visto como o errado.

Acacio Alencar
Inserida por AcacioAlencar

Dizem que na vida a matemática está em tudo, soa engraçado, mas talvez seja verdade.
Conhecemos pessoas, vivemos histórias que parecem perfeitas, mas que se desdobram no que poderíamos chamar contas dízimas periódicas, contas sem fim.
Melhor dizendo, histórias sem fim, onde nunca encontramos respostas, apenas uma sucessão de resultados iguais.

Paula Manfredo
Inserida por PaulaManfredo

Matemática do amor

O amor gera a paz pretendida,
Pela segurança desmedida.
Faz de nós reféns da paixão,
Que arde bem no fundo da alma.

Esse que o leva a tremedeira,
Ao ouvir o som da sua voz.
É o seu amado de momento,
Terna alma que lhe apraz!

Sentir-se amado é prazeroso.
É como sorrir com delicadeza,
Diante do outro ser amoroso.
Sem tempestade ou asneira!

A ardência provocada pelo amor,
Faz morrer enquanto dá vida.
Matemática difícil de compreender,
Feliz solução para quem arrisca!

Djalma CMF
Inserida por 81024673

O Etno matemática,
“Ora aprender arte da matemática
É contar ação dos números
Vez conhecer técnica de ordenamento
É calcular lição do universo.”

Prof. Gilberto Moura)
Inserida por Gilberto_Moura