Coleção pessoal de Edmilton

1 - 20 do total de 191 pensamentos na coleção de Edmilton

REFLEXOS DO AMAR

Tem certas horas que pego pensando.
Pensamentos não meus, nossos.
Dos momentos que vivemos,
não a tempos atrás,
Mas ontem... Ou hoje. Agora.

Amor que não tem hora.

De manhã, tarde, noite ou madrugada.
Te sentir quente, de mãos geladas.
Do corpo fervente da pele molhada.

Das mãos minhas em ti... A sós...
E das suas arranhando a mim
e agarrando os lençóis.

Pequenos detalhes.
Por mim percebidos.
Um murmurar e os seus gemidos.

Do amor feito sonho..
Esse amor, lindo...
risonho.

Esse que amo amar
Pois é onde quero estar.

Com minha voz rouca
E meu bem querer
Deixando-te louca de tanto prazer.

Minhas mãos nervosas passeiam em ti
Te exploram o corpo... A alma
Você em transe explode pra mim

Te dou meu sorriso
Te beijo
Te puxo assim
Querendo-te mais
Nesse amor sem fim

Edmilton Pedroso
01:35h - 28/05/2018

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

Doce amor

Te quero como jamais quis
Um amor diferente
Um amor só da gente.

Aquele amor de criança
Que trás a doce lembrança
Do nosso tempo de infância.

Um amor tipo suspiro
Tipo o ar que respiro
Quando seu beijo me dá.

Um amor de sorvete
Que me derrete e adoça
O amor que quero te dar.

Tipo amor chocolate.
Da doçura que gruda e nos mata.
A vontade que temos de amar.

Um poeminha sem dor
Um poeminha de puro sabor
Mas com saudades "docê" meu amor.

Edmilton Pedroso
07/05/2018 - 00:09

Edmilton Pedroso
2 compartilhamentos

Sei ser calmo como água de poço.
Mas me tire do serio e verás o mar revolto que posso ser.

Edmilton Pedroso

Amor é um poema

O amor é um poema
Um poema a quatro mãos
Feito pra pulsar, não um..
Mas sim.. dois corações
(o seu e o meu)

Gosto de tocar em você
E que toques em mim.
Sentir você...
E que me sintas também.

O cheiro da pele sua...
O sabor dos seus beijos.
O arrepiar do seu corpo...
de calor e de calafrios...
Seu respirar..

Adoro te provocar.

O sabor de seu corpo provar
O sabor do amor que me da
E que tento recompensar.

Neste pequeno poema
Que pra você ofereço
Nasceu escrito aos pouquinhos
Porém com muito carinho
Nem sei se tanto amor eu mereço.

Este poema pequeno
E pra você... É Só seu
Mas grande e este amor
Nascido entre você e eu

Poema com sentimento
Com seu consentimento

Ele nasceu de mansinho
Tem corpo, alma e além
Fazendo-me até pensar
A força que você tem.

Nem pensava em amar
Que dirá me apaixonar
Ai me aparece você.
E tudo faz renovar

Agradeço ao Senhor por tudo
Por tudo que fazes por mim
E pra você eu farei
Assim como fazes pra mim.

Te amo.
27/03/2018
13:45h

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

VINTE E TRES

Viestes a mim de longe passado
Inesperado encontro e chegada, aguardado.
Noutros tempos, outros mundos... percorremos.
Te encontrei ou me encontrastes, aqui, bem aqui.
Em meio as letras, dos poemas que escrevi.

Em inebriante sublime reencontro, um amor chamado conforto...

Temos de tudo um pouco, temos muito.
Rumos cruzados, vidas vividas.
Em resumo... dois seres, em apenas um coração.
Setembro que chega, mas que marca, desde 2015 anos atrás.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Obs: Pegue todos os números acima escritos/dígitos individualmente e some.

Edmilton Pedroso
22/09/2015 - 22:50h

Edmilton Pedroso

BORBOLETA PEQUENA

A borboleta me ensinou
Que é possível passarmos por certos apertos.
Como quando encasulados.

Mas que podemos também romper obstáculos.
Que é com o tempo, experiência e perseverança,
que vem o crescimento.

Que podemos nos transformar de pupa em borboleta.
Que apesar da aparência delicada e frágil,
Enfrenta ventos e tempestades, bailando pelo ar.
Sem reclamar.

Que é possível com suas próprias cores,
deixar o mundo mais belo.
Que podemos transpor até os muros do castelo.
Num bater de asas singelo.
Pra felicidade encontrar.

Aprendi... que amor é amor.
Independente da cor..
Das asas de cada um.

Aprendi que voar é difícil,
Que andar não é fácil.
Mas que parar é pior.

São tantos ensinamentos.
Da borboleta pequena.
Se for listar da mais que centena.
Por isso nem vou fazer.

Mas meus caros amigos..
Uma coisa vou lhes contar.
Das coisas que aprendi..
São três as que vou guardar.

São três pequenas palavras...
LUTAR, VOAR E AMAR.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Para aprender temos que prestar atenção aos ensinamentos.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Edmilton Pedroso - 14/10/2014 - 22:15h

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

O amor é uma história que só pode ser totalmente compreendida por seus dois personagens principais.
E ninguém mais.

Edmilton Pedroso

Cheio de você.

Estou cheio de você.
Estou cheio de suas palavras.
Estou cheio dos seus beijos e gestos.
Estou cheio de ti.
Estou cheio dos seus olhares e seus cheiros.
Estou cheio dos seus carinhos
Estou cheio do seu ar, da sua voz
Estou cheio de seu perfume.
Ainda bem.
Porque só você é capaz de me completar.
E me encher de você.

Edmilton Pedroso

Você não acredita em milagres?

Eu tenho um a cada segundo.
Preste atenção em você e em sua volta.
No seu respirar e no vemto que sopra.
Dentre tantos outros, esses são apenas um pequeno exemplo.
Basta querer ver e crer.

Agora você acredita?

Edmilton Pedroso

Sabe que dia é hoje?
O dia mais importante da sua vida.
Viva-o.

Edmilton Pedroso

Quem Sabe Somar Sabe Dividir.


Somar é a primeira operação matemática que se aprende, a que temos mais facilidade e que gostamos mais.

Primeiro agente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, e sempre somar alegria e felicidade. Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, é só somar várias vezes a mesma coisa.

A Segunda operação que aprendemos é a subtração.

Aí começa a ficar estranho.

Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, digo, casa decimal ao lado.

Ninguém gosta mais de diminuir do que somar.

Quando chega na divisão é quase um desespero, ainda mais quando sobra um resto.

É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto.

Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada.

A dificuldade no aprendizado não parece à toa, o homem rejeita essa prática. Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes.

O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral.

Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída.

Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si.

Quem sabe?

6 de outubro de 2011 às 00:03

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

Remedio não tem que ser bom... tem que fazer efeito.

Edmilton Pedroso

Nao se mede a presença pela distancia.
Temos pessoas tao longe que estao do lado.
E outras do lado que estao tao longe.

Edmilton Pedroso

Se não posso ser seu sol; sua sombra não quero ser.
27/05/2014 - 14:40h

Edmilton Pedroso

PORTAS ABERTAS

Essa casa estranha
De espaço amplo
De uma cor vibrante, pulsante.

Que ri e que chora também.
Mas que recebe a todos da mesma forma.
Sem distinção.

Uma casa de um comodo só.
Que abriga a todos.
Os que ficam e os que se vão.

Uma casa simples.
De portas abertas
Chamada coração.

Podem entrar... há espaço para todos.

17/02/2014 - 18:38h

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

Tudo vai mudar.

Antes de dormir pedi, orei.
Pedi um sinal.
E em sonho me veio.
Lembro que tinha uma grande responsabilidade.
Como tocar para alguém muito importante, um instrumento esquisito de madeira, era como se fosse uma flauta, só que nada tinha da mesma.
Nem a aparência e nem som saia.
Em meio a uma floresta com árvores e flechas.
Porém quando tudo estava praticamente pronto...
quebrei o tal artefato.
Desespero... E agora? Oque fazer?
Engasguei.
Sufoquei.
Meti os dedos na garganta e dois objetos parecendo vidro tirei.
Alivio.
Respirei.
Sorri.
Agradeci.
Cantei.
Talvéz este seja o sinal.
O sinal de que tudo vai mudar.
Pois não só falei, mas voltei a cantar.
O sinal enviado por Ele.

Amém!

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

Meu e Teu.

Quero escrever como escreve a mão do vento.
Tocar seu corpo em toque forte, lento

Subir aos céus das aves soltas.
Sentir você... te deixar louca.

Vou rabiscá-la em letras tortas.
De frases vivas, luzes a volta.
Envolta em brilhos, atras da porta.

Ler em seus olhos cada palavra.
Quentes, pulsantes, na madrugada.
Escrita em folhas, do seu querer.

Na pele alva escrever versos.
Que interpretas,
Sem mesmo ler.

Que chegue a hora de publicar.
Tudo o que fazes pra me agradar.

Faço por ti e fazes por mim.
Como é bonito um amor assim.

Bem assim.... meu e teu.

Edmilton Pedroso

UMA SÍLABA

Por obra de um tal destino.
Eu homem, sou seu menino.
Que Ele trouxe pra mim.

Voce menina, mulher.
Que ama, deseja e me quer.
Que sempre comigo está.

Recebo todo o calor.
Recebo todo esse amor.
Que emite todo pra mim

Essa mulher dos meus sonhos.
Que vive em versos, componho.
Que inspira o meu viver.

Essa mulher tão carente.
Que é forte, que segue em frente.
Me mostra o rumo a tomar.

Você mulher toda minha.
Deste homem só seu.
Que a ama do jeito que é,
moldada nas mãos de Deus.

Me dá o que necessito.
Te dou tudo que tenho.
E assim o completo se faz.

Você mulher tão amada.
Amiga, mulher, namorada.
Amado me sinto também.

Feliz com você a meu lado
Te quero por toda a vida
Pra sempre hei de te amar.

Mulher minha, querida.
TÓ; te dou a você minha vida.
Não quero me pertencer.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

30/09/2013
00:00

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

O BRILHO DA ESTRELA

Quem nunca olhou para o céu.
Quem nunca se surpreendeu.
Com tanta beleza que há?

Esse infinito universo.
Inexplicável, complexo.
Que tanto nos faz refletir.

Pensar sobre tudo e o nada.
Navegas na minha estrada.
E eu corro sobre seu mar.

Esse espaço sem tempo,
Esse tempo sem fim.
Sem lógica, sem explicação.
Que toma conta de mim.

Algo tão lindo, intenso, tão grande.
É amor, é imenso.
Que sinto e sentes por mim também.

Qual ser apaixonado.
Nunca quis ter a seu lado,
Um brilho tamanho assim?

Roubar a lua, uma estrela.
Ou simplesmente banhar-se em luz dela.
So pra sentir seu brilhar?

Me sinto tão grande, completo.
Pois nosso amor é repleto.
Desses momentos assim

Nosso amor infinito.
Gigante, profundo... bonito.
Um sonho, sonhado a dois.

E esse seu brilho de estrela.
Que tanta energia nos dá.
Só faz nosso amor crescer.
Se expande por todo o ar.

A minha estrela menina.
Mulher tão bela, felina.
Que brilha, sorri, me fascina.
E meu amor qurero dar.

Te dar, não por momentos.
Mas sim... PRA SEMPRE.
Com tempo, pra todo tempo te amar.

Enquanto muitos querem apossar-se do brilho que la se faz.
Eu simplesmente ganhei de Deus uma estrela só pra mim.

Que brilha e me faz feliz.
Que irradia felicidade e se ilumina toda.
Que raios solta pra mim.

Brilhe hoje...
Brilhe sempre...
Como nunca antes brilhou.
Viva esse brilho.
Ilumine nosso destino com sua luz.
Te seguirei sendo o farol do nosso amor.

Amo você.

02/12/2013

Edmilton Pedroso
1 compartilhamento

Um toque

Misturas senti.
Chorei, sorri e tremi.
Suei, gelei.
Abracei, explodi.
Sem nem mesmo encostar.
Apenas um toque
Um toque de nosso olhar.

O olhar diz tudo.
Como o seu no meu.
Esse toca fundo.
No fundo do coração.

02/02/2013 - 23:00h

Edmilton Pedroso