Poesia Lírica Amorosa

Cerca de 130 poesia Lírica Amorosa

eu disse eu te amo pra tantas pessoas
uma delas foi embora
outra morreu
outra está à beira da morte
dentre todas essas a que mais me amou
fui eu.

Fabricio Medeiros

E me mostrou a poesia dos seus olhos marcantes quando me encarou.
Depois me trouxe a melodia das suas mãos instigantes quando me tocou.
Me fez sentir o verso doce da sua alma quando sorriu pra mim.
E colocou o predador enjaulado em minha frente quando encaixou enfim.
Não tenho medo, não tenho dor;
Não vou fugir, não vou me arrepender;
Eu ja deixei, sua loucura me entorpecer.
Te viciei, e disso eu sei. Então traga aquela corda usada que eu mesma te dei.
Me amarre aqui, se amarre em mim, e deixe que o tempo se arraste sem nem mesmo sentir.
14.07.2017 - 18:59

Michelle Katarine P Lirio Pecly

A poesia é vida
expressando liricamente
amores, luxúrias, tristezas,
tal qual a letra de uma canção,
verbalmente traduzidas
nas linhas que versejam
os acordes de um coração

Neusa Marilda Mucci -poetisa
Inserida por neusamarilda

Faço poesia com a dor para que a cura chegue mais perto. E invento histórias de amor para que um belo romance de filme me pareça possível. O que se revela é exatamente aquilo que lemos com a alma...

Lirian Cunha
Inserida por Liriancunha

Quero-te como meu verso raro, minha poesia liricamente imaculada, concebida no mais puro e sacro ritual do amor e do desejo.

Edna Frigato
Inserida por ednafrigato

O fim ainda esta muito longe temos a poesia portanto temos o caniço que não deixará que morramos em meio a toda a imundice desse mundo.

Cristiano Silva (Cavaleiro Errante)
Inserida por cristianowsilva

finjo-me esfinge

meia lua meu amor
é tua

a outra metade
guardei-a para o compadre
que me beija a boca
quando chegas tarde
da casa da outra

Líria Porto
Inserida por pensador

Cês tão comendo pão com ovo, segurando o Iphone, Dez!
Me pergunto de que valem petalas de ouro, andando com Grilhões nos Pés?

Insanide Lírica
Inserida por Alexandredevil

É como se percebe-se a vida por completo em um olhar,
porém fosse preciso milhões de palavras para traduzir.

Insanidade Lírica
Inserida por Alexandredevil

Inconsciente querer

Amor é como uma tempestade inesperada
de líricos sonhos,
um raio súbito riscando teu céu poético,
um estrondoso trovão de versos,
que você só ouve quando já aconteceu
Quando você se dá conta, já estás no meio
da tempestade sem se quer ter tido tempo,
de perguntar-se: Será que eu quero?
Teu coração responde antes.
(Edna Frigato)

Edna Frigato
Inserida por ednafrigato

No Canto q’Flor
Quero-te sempre bem amor
Seja lá no canto que for
Clássico, lírico ou rock and roll
Meu coração é instrumento rico
Toca igual pistão pelo vento miragem
Meu espírito é fogo é corisco
Ah, é amigo mais selvagem
Meu sentir é eclético
E meu coração motim
100% à favor de mim
Cá fé poético sem fim..

Son Dos Poemas SôniaMGonçalves
Inserida por SoniaMGoncalves

Um sonho lirial

numa noite fria,

Nas veias do hibisco

cor de alegria,

O amor sincero

está circulante,

O teu olhar

cor de diamante

Fazendo-me tua

vera amante.



Das celestes

miragens,

Dos poemas

paisagens,

Eu deitada mirando

o teu colo,

- Eis o mais lindo sonho

Ainda não

realizado,

Sendo ao mesmo tempo amor

E toda a magnitude poética

Em pleno resplendor!



Um sonho sem igual

por ti plantado,

Um descanso de amor

por mim sonhado,

Talvez seja até exagerado,

Não nego:

Eu só tenho olhos para você!



Um sonho doce e celestial

De pura verdade

e resplandecência,

Dos poetas desse mundo,

Os homens não têm clemência,

Nos resta é ter paciência.



Quem crê no amor

já nasceu poesia,

Espera confia e desafia,

Em linhas celebra a vida,

Que une e também desalinha,

Enfrenta o deserto, e sempre acredita.

Anna Flávia Schmitt Wyse Baranski
Inserida por anna_flavia_schmitt

JAMAIS ...


"Jamais Lírio permitas que nada a escravize, nasceste livre para amar e não
para ser escrava.


Jamais permitas que teu coração sofra em nome do amor.

Jamais permitas que teus olhos derramem lágrimas por alguém que jamais
fará você sorrir!
Jamais permitas que o uso do teu próprio corpo seja cerceado.
por que mantê-lo aprisionado?


Jamais te permitas ficar horas esperando por alguém que jamais virá, mesmo
tendo prometido.
Jamais permitas que teu nome seja pronunciado em vão

Jamais permitas que teu tempo, corpo e coração seja desperdiçado
Jamais permitas ouvir gritos em teu ouvido.
O Amor é o único que pode falar mais alto!

Jamais acredites que alguém possa voltar quando nunca esteve presente.

Jamais permitas que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o
ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar os brilho de teus olhos a
dominem, fazendo arrefecer a força que existe dentro de ti.
Jamais permita-se perder a dignidade de ser mulher!"

S.I.S

Gustavo De Paula
1 compartilhamento

Eu te procurei entre a multidão
Entre os lírios enegrecidos pela fumaça
Na risada sem graça do cobrador.
No ônibus lotado
Nas pernas de Greta
No meu gato doido
E levado,
Nas palavras de Cícero e seu legado.

Angélica Rizzi
Inserida por Angelicarizzi1

Ás vezes, anseio partir...
Eu queria poder viajar
para longe deste lugar (aqui),
onde os amores nos deixam
e os amigos se afastam...
ir para além das realidades
que am mim se encrostam,
como se fossem
criaturas minhas.

M.M.Soriano
Inserida por EuHoje

CAMINHOS ENTRECUSADOS...

Em certa altura da vida,
Em meio à alegria e a dor,
encontrei lírios e rosas.
entre eles o seu amor

Minha amiga e amada
és alma em poesia,
a dor e a alegria,
Euforia e melancolia...

Em expressão de amor.
Juro-te toda a ternura
meu acalanto, meu canto
nos dias, nas noites
e madrugadas escuras!

Refletido em poemas,
louvores e dilemas.
Caminhamos pela
mesma estrada.
Unde nada pode ser tudo
e o tudo, simples nada!

Em certa altura
da estrada sombria,
meio a alegria e a dor,
encontrei lírios e rosas
entre eles o meu amor...!

Elisa Salles
Inserida por elisasallesflor

nota do autor

cobiça e nada mais, cobiça apenas
eu sinto no que sinto, nunca amor,
ainda que este bem, chego a supor,
comigo flerte a custo, a duras penas.

talvez, se eu fosse mãe, virtudes plenas
afeitas ao afeto algum pendor
movessem para andar superior
na térrea condição da alma pequena.

poeta, sou a treva rutilante!;
nos ínferos parido, sirvo orfeu,
plangendo estranha lira dissonante.

o amor, na estranha lira, faleceu;
mas tenho por missão desde os meus antes
cantar alheios egos, não o meu.

marcos satoru kawanami

.

Marcos Satoru Kawanami
Inserida por mskawanami

A cada respiração que dou,
É como se fosse o último momento,
Não penso duas vezes logo canto, e me divirto
Vai que seja meu ultimo suspiro?
A cada passo que dou, sinto o fogo da vela
de minha vida dançando a dança dos ventos.
E a qualquer momento posso me perder nos
teus braços, ó Mãe natureza que manifestaste
Nesta mulher!

A cada lamber destes lábios carnudos é como
tocar nos mais doces pães celestiais.
Afável como o mel, canibal como a Dioneia.
A cada gemido que dás é como ouvir o choro
de uma mandrágora. Mortifico-me mais em teu corpo.

Olhar esses cabelos é como se petrificar enfeitiçado
por ti, ó minha Medusa! No espelho dos seus olhos,
Vejo toda minha lascividade por ti. É como um reflexo,
Você diz ''vem'', e eu vou a medida que suas palavras
penetram na minha mente, como aqueles mantras fortes.

Canções universais é tua doce voz para meus ouvidos
Até que tenhamos nos entendido, não sei para quem vai
estas palavras. Mas saiba de uma coisa,
Jamais te esquecerei, somente quando o sono da morte
vier resgatar-me desta tortura que é não ter você.

J. R. P. T
Inserida por Fabi16
1 compartilhamento

Paciência

A paciência que muitos procuram
Complicada de se achar
Poucos tem e muitos aturam

Diz a lenda que está em ouvir
Mas antes temos de mudar
Nos destruir e reconstruir
Nossas vontades e nossas verdades

Mas onde realmente ela está?
Falam que está dentro de nós
Mas em nós só existe floresta
Em que muito estamos sós

Mas as árvores devem ser cortadas
Para que as luzes sejam exaltadas
Mas não tema com suas árvores
Pois está por vir muitos fulgores

Harrison Hakanen dos Santos de Souza
Inserida por HarrisonHakanen

- O Amor é Filme - Cordel do fogo encantado

O amor é filme..
eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a
gente ama
eu sei por que sei muito bem como a cor da manhã fica

dá felicidade, dá dúvida, dor de barriga
é drama, aventura, mentira, comedia romântica

um belo dia a gente acorda e hummmm...
o filme passou por a gente
e parece que já se anunciou o episódio dois

é quando a gente sente o amor se aboletar na gente
tudo acabou bem, agora é o que vem depois

o amor é filme
eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a
gente ama
eu sei por que sei muito bem como a cor da manhã fica

dá felicidade, dá dúvida, dor de barriga
é drama, aventura, mentira,
comedia romântica

é quando as emoções viram luz
e sombras e sons, movimentos
e o mundo todo vira nós dois, dois corações bandidos

enquanto uma canção de amor persegue o sentimento
o zoom-in dá ré e sobem os créditos..

O amor é filme e Deus espectador!

Lirinha
64 compartilhamentos