Coleção pessoal de neusamarilda

1 - 20 do total de 673 pensamentos na coleção de neusamarilda

⁠Um dia a pequena criança viu a nuvem e nela quis voar. Como doida pulava e obvio- jamais alcançaria . Resolveu formar com elas mil imagens que surgiam de sua fértil imaginação. Lá na amplidão azul mesclada de branco apareciam então mil carneirinhos, flores, dragões, barcos e monstros sem braços ...Depois esquecia de tudo e voltava a atenção aos pássaros que em revoadas passavam sobre sua cabeça no imenso jardim ou trilhas por onde andava. Com eles queria voar também e lógico não era possível, resolveu então vestir asas imaginárias e aos solavancos, descia rampas de gramados, achando-se uma sabiá. Até que rolou por uma ribanceira e feriu-se muito. Não desanimou, seus pés não se contentavam em andar apenas sobre o chão e vestiu asas de borboleta. Pelos prados sem fim, voava e ruflava, indo de flor em flor. Sabia todos os perfumes e texturas delas, mas um dia uma vespa predadora a quis pegar, ela perdeu uma das asas e caiu. Nunca mais voou e aos poucos morreu no jardim que amava. Não se deu por vencida, largou a fantasia de borboleta e virou vespa. Como essa, voava sem receio, apavorando borboletas, até que veio um pássaro e a comeu. A garotinha resolveu ser um pássaro e foi voando pertinho das nuvens e ali conseguiu por um instante tocá-las. Imaginou junto à nuvenzinha uma varinha de condão e como fada do faz de conta virou poeta para sempre.

Neusa Marilda Mucci -- Poeta
Tags: pássaro borboleta

⁠Acho que fiquei louca
com tua falta, menino!
minha voz está bem rouca,
te chamei tanto, mais de quilos!

Não ouviste, que maldade
fizeste ao meu coração !
que ao teu vive em lealdade
entre poema e canção

Neusa Marilda Mucci - Poeta
Tags: menino coração

⁠Quero fazer uma trova
que a minh'alma ditou
mas que seja linda e nova
porque a inspiração cansou
Vejo que não vem o mote
tudo parece mal feito
o coração dá um galope
quase estourando no peito
E isso seria de amor
num versinho revelado
sem ter na face rubor
dando todo o meu recado
Tentei, tentei e não consegui
as linhas se tornaram estranhas
esse amor que nem pedi
não se retrata e se acanha
Por isso tenho que parar
de rabiscar essas besteiras
o sentimento irei guardar
para o resto de vida inteira!

Neusa Marilda Mucci - poeta

⁠Antes era o mistério, agora é a irrealidade de uma realidade tão tecnológica que nem sabemos onde iremos chegar

Neusa Marilda Mucci- poeta
Tags: realidade tecnologia.


A essência da poesia vem da alma do poeta em uníssono com a eternidade

Neusa Marilda Mucci - poeta
Tags: eternidade essência

⁠Nada mais será como antes - essa é a única certeza que podemos ter na incerteza que é viver cada dia...

Neusa Marilda Mucci - poeta

⁠Que saudade dos tempos bons
de alguém ou de momentos
foi pintada em vários tons
no meu arco-íris de sentimentos

Essa saudade que me invade
com ela posso dialogar
- não vá embora, saudade!
meu coração é seu lugar

Neusa Marilda Mucci - poeta
Tags: arco-íris saudade

⁠A saudade dói no peito
quando vem nos visitar,
ah...que saudade sem jeito,
mesmo assim a deixamos ficar!

Neusa Marilda Mucci - poeta

⁠Quisera roubar um pedaço do crepúsculo e assim tocar o infinito, pois ele sempre existiu e existirá. Sigo então à procura desse âmbar intocável em mais uma tarde que esmorece em direção à noite. Nesses momentos sou uma sombra, perco-me e preciso cantar para saber por onde anda meu coração, pois ao crepúsculo de cada dia - mais um pedaço se vai. Sou finita, jamais saberei as verdades todas. Quem toca-me é a mão de veludo desse entardecer. Junto a ele faço uma prece, agradecendo mais um dia, mesmo que não tenha sido tão bom, mesmo que a esperança tenha vacilado ou que a saudade tenha dado o ar da graça dentro do coração, mas este é forte e tem lugar para muito mais ainda.

Neusa Marilda Mucci - poeta

⁠Vejo a lua,
pequena e branca
pálida em sonhos
divagando em luzes
que esmaecem na madrugada fria
percebo essa lua,
assim em fascínio,
como mulher
frente ao sentimento puro
do amor e ao da ternura,
és mulher, ó lua!
entendes do coração
e pela noite leva sonhos
aos que prestam em ti
toda atenção.

Neusa Marilda Mucci- poeta

⁠No caule macio de uma pequena árvore
palavras escritas ao léu, ao céu,
da pequena que sob sua sombra nascera
coberta pela poética e seu inspirativo véu
sentimentos, ideias e ideais, os quais
realmente nem sabia o que eram,
versos ainda poucos, alguns roucos,
vindos de dentro do coração,
murmurando a poética pela tapera,
quimeras em metáforas de ilusão

Neusa Marilda Mucci _ Poeta

Em todo lugar há flores,⁠
beija - flor,
vai , voa e leva contigo
o meu pensamento
para onde fores

Invejo teu voo
e tudo que vês e não posso,
ah...beija - flor
és um poema de asas
que não escrevi ...

12 de janeiro de 2.009

Neusa Marilda Mucci _Poeta

⁠Haverá certamente um dia
em que algo mude ou entrave
e um amor pode virar poesia
ou um canto de saudade...



Autora- Neusa Marilda Mucci

Em 22/10/2.021
Registrado na CBL

Neusa Marilda Mucci poeta

⁠Quando a tarde começa a preparar a mochila para ir de encontro à noite é que noto passarinhos mais atentos. Sincronizam forte canto, alguns voam em círculos como a despedirem-se da luz e ficam por aqui, prontinhos para a hora de se recolherem. Essa hora sagrada e bela, passa-nos um certo alívio. Poderemos descansar logo mais, olhar novamente as estrelas-sempre as mesmas- uma é minha desde que nasci, procuro-a na imensidão há anos, mas ainda não é tempo de descobrir. Posso estar sonhando ou acordada, sei que o universo é meu manto e sob ele descanso o corpo e alma. Gosto do silêncio crepuscular, induz a refletir a que viemos e para onde iremos. Acho importante pensar nisso, somos um grão de poeira no vai da valsa do tempo, somos todos iguais sob a égide dos ponteiros. Mais uma tarde vai deixando no ar o perfume de jasmins para agradar a noite, aspiro o perfume, aceno para uma estrela, ela sorri - percebi isso - quando uma pequena luz escorreu do céu em minha direção e a paz tomou conta de meu coração. Seria a minha?

Neusa Marilda Mucci - poeta e escritora

⁠Outono

As horas do dia se foram
em seu ritmo bem ensaiado
folhas e flores outonaram
em seu destino traçado

Pela janela tudo percebi
na magia do por do sol
e fiquei à espera de ti
que sempre vem junto ao arrebol

Hoje não vieste e chorei,
algo, sei, aconteceu e triste
- que outono cinza, pensei,
pois sei que me esqueceste...

Neusa Marilda Mucci - poetisa

⁠A despeito de tudo,
respeito sempre é bom,
aqui, ali, acolá,
então - sigamos o caminho do bem-
sem parar no meio da trilha,
muito menos na linha do trem,
pois o tempo nos é escasso,
e a cada segundo do ponteiro
- somos menos -
afinal somos humanos,
não somos de aço

___Neusa Marilda Mucci - Poetisa

⁠Raízes da existência

Já não podemos mais admitir
preconceitos e diferenças tais
que desde sempre existiram
separando as pessoas e sem razão
Todos nós somos capazes
de entender que é uma missão
sermos unos nesta breve passagem
em busca do melhor a todos e da paz

__Neusa Marilda Mucci - Poetisa
Tags: raízes pessoas

⁠Pode haver algo estranho no reino
isso foi há muito percebido
nem se precisou de algum treino
bastou ouvir o zum - zum do zumbido
Zumbido de vozes desafinadas
ásperas e em palavras mentirosas
sobre a vida de quem não sabe nada
e espalhou fatos com língua saburrosa
Prejudicou de alguém a imagem
e nem se sabe qual foi a razão
talvez confundiu a camaradagem
pensando ter conquistado um coração
Que gente feia e mal amada
vive à cata de fofocas, de enganos
e por detrás de história mal contada
inventa outras por debaixo dos panos

Neusa Marilda Mucci _ Poetisa

⁠Noite que se aprofunda em escuridão,
ferida pela lua que a abandonou,
traz nas vísceras, escondidos gritos de aflição
que ecoam sombras na paisagem que pintou

Aquieta a alma, cumpre seu destino,
acarinha o coração do que ama ou amou,
vozes serenas em noturno canto,
espantam saudades de algo que ficou

Noite que se perfuma com a brisa
e que eternamente por ela é amada,
é um cofre que no âmago traz segredos
de almas insones - perdidas na madrugada

Neusa Marilda Mucci - Poetisa

⁠Quando o dia estiver cinza outono, peguemos essa cor e transformemos em adubo para a alma, deixando germinar nela uma semente de esperança.
Se houver apenas um pequeno raio de sol que tenha escapado por entre nuvens, façamos dele uma fogueira para aquecer o coração.
Se houver chuva, ah...que maravilha então! Que em cada gotinha venha um banho para a alma e o coração, deixando tudo mais leve para seguirmos a missão. Logo veremos um arco-íris no horizonte a nos encantar, é linda obra da natureza que Deus mandou pintar.
Vamos agradecer essas coisas simples e poderosas que são de graça? Cada um perceba sua parte e receba como bênção dentre outras que poderá observar e não citei. Tudo que nos rodeia é um quadro e fazemos parte dele, isso chama-se : poesia.



_____Neusa Marilda Mucci

Neusa Marilda Mucci_Poetisa