Os chamados "filmes clássicos" não são apenas aqueles que marcam uma geração, mas que também conseguem ultrapassar as barreiras do tempo e se imortalizam como obras atemporais. 

Existem muitos títulos que são imperdíveis para quem é fã da sétima arte. Se você não sabe por onde começar, confira alguns pequenos exemplos que selecionamos para assistir com a família, com os amigos ou mesmo sozinho.

Filmes clássicos para ver na Netflix

Não sabe por onde começar a procurar um bom clássico para assistir? A Netflix, serviço de streaming por assinatura, disponibiliza vários títulos consagrados do cinema e que, com toda a certeza, podem receber o rótulo de obra-prima.

Era uma vez no Oeste (1968)

Era uma vez no oeste

Dirigido pelo italiano Sergio Leone, C'era una volta il West (título original) é uma das obras do gênero Velho-Oeste (Western) mais aclamadas de todos os tempos. 

Ao contrário dos outros filmes de "bangue-bangue" do diretor (vale a pena conferir a "Trilogia dos Dólares"), este não é focado unicamente no conflito do "bem" contra o "mal". Estamos diante de um longa profundo e contemplativo, com personagens que carregam segredos perturbadores e que chocam o espectador. 

Dario Argento e Bernado Bertolucci são outros dois grandes nomes do cinema que também fazem parte da produção do roteiro de Era Uma Vez no Oeste. Motivos não faltam para colocar este filme na sua lista de favoritos! 

Onde os Fracos Não Tem Vez (2008)

onde os fracos nao tem vez

Vencedor do Oscar de Melhor Filme, No Country for Old Men (título original) tem direção dos irmãos Coen (Ethan e Joel), e é baseado no livro homônimo do escritor norte-americano Cormac McCarthy.

Com atuações de Tommy Lee Jones e Josh Brolin, a trama se passa no ambiente desértico do Texas da década de 80. Ao melhor estilo de perseguição de gato e rato, um xerife precisa capturar um impiedoso assassino que está atrás do dinheiro que o defensor da lei encontrou. 

Destaque para a atuação de Javier Bardem como Anton Chigurh, o serial killer que rouba a cena como o vilão da história.

Qual a coisa mais importante que já perdeu num lance de moeda?

Anton Chigurh

The Rocky Horror Picture Show (1975)

The Rocky Horror Picture Show

Um clássico cult formado por uma mistura nada convencional: terror, comédia e musical! Com direção de Jim Sharman, The Rocky Horror Picture Show é baseado em uma peça teatral criada por Richard O'Brien.

É impossível não ficar cantarolando as músicas do "Doce Travesti" depois de assistir ao filme. A atuação de Tim Curry (Dr. Frank N. Furter) é impagável. 

Definitivamente, este é um título disponível na Netflix Brasil e que os fãs da cultura pop não podem deixar passar batido! 

Um Estranho no Ninho (1975)

Um Estranho no Ninho

Outro grande título que conquistou a estatueta do Oscar de Melhor Filme foi One Flew Over the Cuckoo's Nest (título original), dirigido por Miloš Forman e baseado na obra literária de Ken Kesey (1962).

Jack Nicholson ganhou o Oscar de Melhor Ator por interpretar Randall Patrick McMurphy, um malandro que finge ter problemas mentais para fugir da prisão tradicional. Assim, Randall vai para um hospital psiquiátrico, onde começa a liderar uma rebelião entre os doentes mentais para que não aceitem as normas rígidas do local.

Qual de vocês malucos tem alguma coragem?

Randall McMurphy

Filmes clássicos dos anos 80

Se para você um verdeiro clássico é aquele que marcou uma geração, então foi na década 80 que vimos nascer vários dos sucessos que nos acompanham até hoje!

Clube dos Cinco (1985)

Clube dos Cinco

Considerado um dos melhores filmes do gênero "vida no ensino médio", The Breakfast Club marcou a adolescência de muita gente e carrega hoje em dia o rótulo de cult

Com direção de John Hughes, o longa narra a história de cinco jovens que ficam um dia inteiro detidos na escola por terem sido mal comportados. Mesmo com personalidades totalmente diferentes e pertencendo a grupos sociais distintos, os adolescentes começam a partilhar os seus dramas pessoais e a criar um laço muito interessante uns com os outros.

Somos todos muito bizarros. Alguns de nós apenas são melhores em esconder isso, é tudo.

Andrew

Scarface (1983)

Scarface

Não apenas dos anos 80, mas de todos os tempos! Scarface é uma obra-prima do cineasta Brian De Palma, que criou este remake do longa original de 1932 (dirigido por Howard Hawks).

A trama gira em torno de um refugiado cubano que chega à Miami (EUA) sem nada, mas consegue rapidamente se transformar no maior líder da máfia da droga na região. 

Tony Montana, o temível chefão, é interpretado por Al Pacino, papel este que consagrou a carreira do ator.

Eu sempre falo a verdade. Mesmo quando eu minto.

Tony Montana

Os Caça-Fantasmas (1984)

os caça fantasmas

Para quebrar o clima pesado de Scarface, vale a pena conferir este outro grande clássico oitentista: Ghostbusters.

A história é sobre um grupo de professores que resolve criar uma empresa para combater criaturas sobrenaturais pela cidade. 

Dirigido por Ivan Reitman, Os Caça-Fantasmas marcaram a cultura pop, se imortalizando como um dos filmes de maior sucesso de todos os tempos.

Dirty Dancing – Ritmo Quente (1987)

dirty dancing

Com direção de Emile Ardolino, Dirty Dancing foi uma febre na década de 80 e ainda hoje nos contagia sempre que assistimos.

A dança é o principal ingrediente do filme, que imortalizou Jennifer Grey como Baby, e Patrick Swayze como o sensual Johnny Castle. 

Eu? Estou com medo de tudo. Estou com medo do que vi, estou com medo do que fiz, de quem eu sou e, acima de tudo, tenho medo de sair dessa sala e nunca sentir o resto da minha vida inteira do jeito que me sinto quando estou com você.

Baby (para Johnny)

De Volta para o Futuro (1985)

de volta para o futuro

Dirigido por Robert Zemeckis e produzido por Steven Spielberg, Back to the Future é um dos títulos mais icônicos da década de 80.

Marty McFly (Michael J. Fox) é levado para o passado (1955) e conhece os seus pais no colégio. Acidentalmente a sua mãe se apaixona por ele. O rapaz precisa corrigir esse grave erro e fazer os seus pais se apaixonarem. Ao mesmo tempo, precisa voltar para o seu tempo (1985), com a ajuda do Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd).

Filmes clássicos dos anos 90

Competir com os anos 80 no quesito "clássicos que marcaram uma década" pode parecer difícil... Mas entre 1990 e 1999 a sétima arte nos surpreendeu com títulos deliciosos e que também entraram para a história (e, obviamente, para nossa lista).

Pulp Fiction (1994)

pulp fiction

Quentin Tarantino é conhecido por muitos filmes de sucesso, mas Pulp Fiction é um dos mais icônicos, definitivamente.

Com diálogos marcantes e cenas inesquecíveis, o longa conta histórias distintas e ao mesmo tempo entrelaçadas, uma característica marcante das obras do diretor.

É aí que você sabe que encontrou alguém especial. Quando cala a boca por um minuto e confortavelmente aproveita o silêncio.

Mia

Edward Mãos de Tesoura (1990)

Edward maos de tesoura

Logo no começo dessa década fomos apresentados a Edward e suas magníficas tesouras. O clássico filme de Tim Burton, estrelado por Johnny Depp e Winona Ryder, é considerado por muitos críticos como o melhor dos anos 90!

A história fala de Edward, um jovem muito bizarro que mora em uma grande mansão macabra e que tem tesouras no lugar das mãos. Um dia, Edward conhece Peg (Dianne Wiest), que o leva à sua casa. Devido a sua grande excentricidade, o jovem se transforma em uma celebridade local, atraindo a admiração e o ódio de muita gente.

Clube da Luta (1999)

clube da luta

Se Edward Mãos de Tesoura marcou o começo dos anos 90, então Fight Club fechou a década com chave de ouro! Clube da Luta é dirigido pelo aclamado David Fincher e protagonizado por Brad Pitt e Edward Norton. 

Baseado no romance de Chuck Palahniuk, a trama aparentemente se foca na vida fracassada e infeliz de um homem (Norton) que conhece o vendedor de sabonetes Tyler Durden (Pitt) e passa a competir em um "clube da luta". Porém, o filme é imensamente mais complexo do que você a princípio pode achar. Vale muito a pena assistir. 

Eu encontrei liberdade. Perder toda a esperança era liberdade.

Narrador

10 Coisas Que eu Odeio em Você (1999)

10 coisas que eu odeio em você

Baseado na peça A Megera Domada, do escritor britânico William Shakespeare, 10 Coisas Que Eu Odeio em Você é dirigido por Gil Junger, com atuações marcantes de Heath Ledger e Julia Stiles.

Assim como os versos de Shakespeare, as citações deste filme continuam a ser lembradas ainda hoje!

...

Odeio quando você mente. Odeio quando me faz rir muito. Ainda mais quando me faz chorar... Odeio quando não está por perto. E o fato de não me ligar. Mas eu odeio principalmente não conseguir te odiar. Nem um pouco. Nem mesmo por um segundo. Nem mesmo só por te odiar.

Kat Stratford

Meu Primeiro Amor (1991)

meu primeiro amor

Dirigido por Howard Zieff, este filme mostra a inocência e a beleza do primeiro amor. E é incrível como podemos passar do riso aos prantos em poucos minutos ao acompanhar a história da pequena Vada (Ana Chlumsky). 

Destaque para a presença do jovem Macaulay Culkin no papel de Thomas, o primeiro amor da jovem. É um filme lindo e que vale sempre a pena rever. 

Ghost – Do Outro Lado da Vida (1990)

ghost do outro lado da vida

Indicado a 5 categorias nos Oscars, Ghost ainda hoje comove com suas cenas icônicas e história emocionante.

Acompanhamos Molly (Demi Moore) e Sam (Patrick Swayze), um casal que está no auge da vida e do amor. De repente tudo começa a desmoronar, quando Sam é assassinado.

Mas, como mostra a médium Oda Mae Brown (Whoopi Goldberg), a morte não será o ponto final da bela história de Molly e Sam. 

Filmes clássicos de terror

Os clássicos de terror são aqueles que inspiraram novas gerações de filmes do gênero, seja no aspecto estético como na forma como o roteiro é construído. Se você é fã desse estilo cinematográfico, então precisa assistir os títulos abaixo.

Psicose (1960)

Psicose

Do aclamado mestre dos filmes de horror Alfred Hitchcock, Psycho é uma das obras mais simbólicas do gênero "terror psicológico".

A trama gira em torno de Norman Bates (Anthony Perkins), o jovem gerente do Hotel Bates, e o misterioso desaparecimento de Marion Crane (Janet Leigh).  

Psicose foi baseado no romance homônimo de autoria do norte-americano Robert Bloch.

Não é como se minha mãe fosse maníaca ou delirante. Ela só fica um pouco brava às vezes. Todos nós ficamos um pouco loucos às vezes. Você não?

Norman Bates (para Marion Crane)

O Silêncio dos Inocentes (1991)

o silêncio dos inocentes

Estrelando Anthony Hopkins e Judie Foster, The Silence of the Lambs (título original) é um dos filmes mais marcantes do gênero de suspense e terror. 

Acompanhamos a história do serial killer canibal Dr. Hannibal Lecter (Hopkins) e da investigadora do FBI Clarice Starling (Foster), que tenta encontrar o paradeiro de outro perigoso assassino, conhecido como "Buffalo Bill".

O longa é baseado no livro de mesmo título escrito por Thomas Harris em 1988. Vale lembrar também que este foi o primeiro filme de terror a conseguir conquistar um Oscar na categoria de Melhor Filme.

Um recenseador uma vez tentou me testar. Eu comi seu fígado com algumas favas e um bom chianti.

Hannibal Lecter

O Exorcista (1973)

o exorcista

Inspirado no relato real de um caso de exorcismo documentado em 1949, O Exorcista é considerado por muitos como o maior filme de terror de todos os tempos.

Dirigido por William Friedkin, a trama fala sobre os vários processos de possessão demoníaca no corpo de uma jovem adolescente. 

Existem muitas lendas e rumores sobre a produção deste longa, que ganhou o rótulo de "amaldiçoado", protagonizando várias lendas urbanas conhecidas atualmente. 

Para os fãs do gênero, O Exorcista é um título mais do que obrigatório!

Tubarão (1975)

tubarão

Um dos filmes mais emblemáticos de Steven Spielberg, Jaws (título original) mostra o terror que um gigantesco tubarão-branco provoca nas praias da ilha fictícia de Amity Island. 

O Tubarão entra para várias listas de melhores filmes já feitos na história do cinema. Definitivamente é um importante marco para os cinéfilos e amantes do gênero de suspense. 

O Iluminado (1980)

o iluminado

Stanley Kubrick é o diretor desta obra-prima do terror psicológico. Baseado no livro de Stephen King, The Shining mostra o nascimento e desenvolvimento da loucura. 

Na trama acompanhamos Jack Torrance (Jack Nicholson), um alcoólatra em recuperação, que vai com sua família para um luxuoso hotel durante o inverno para tomar conta do local. 

O lugar, no entanto, não está totalmente vazio... Essas "presenças" são as responsáveis por levar Jack a total insanidade, levando-o a tentar matar a sua própria família. 

O longa tem cenas icônicas e que foram incorporadas pela cultura pop, transformando-se em um dos clássicos mais memoráveis do cinema.

Wendy? Querida? Luz da minha vida. Eu não vou te machucar. Você não me deixou terminar a minha frase. Eu disse, eu não vou te machucar. Eu só vou esmagar os seus miolos!

Jack Torrance

Filmes clássicos para ver com a família

Existem clássicos que não conseguimos imaginar outra forma de assistir a não ser ao lado da família. Com os irmãos, irmãs, mãe, pai, tios, primos... Enfim, são filmes que representam valores que vocês compartilham e histórias que divertem (ou emocionam) a todos! 

Os Goonies (1985)

os goonies

Produzido por Steven Spielberg e dirigido por Richard Donner, Os Goonies é um mega clássico dos anos 80 e que fez um enorme sucesso entre o público de todas as idades.

A história é sobre um grupo de crianças que descobre o mapa do tesouro de Willy Caolho, e iniciam uma aventura muito divertida de acompanhar! 

Uma ótima sugestão para assistir com a família após o almoço de domingo. É diversão garantida para todas as gerações.

Laços de ternura (1983)

laços de ternura

Inspirado no romance de Larry McMurtry, Terms of Endearment (título original) é dirigido por James L. Brooks e emociona ao falar sobre os altos e baixos do relacionamento de mãe e filha ao longo de três décadas.

Pensando em reunir as filhas para uma "noite de filmes"? Este é um título que não pode faltar!

Esqueceram de Mim (1990)

esqueceram de mim

Um clássico com lugar garantido todos os anos na época natalina. Esqueceram de Mim é dirigido por Chris Columbus e consagrou o jovem Macaulay Culkin ao estrelato. 

A história fala sobre uma criança que é esquecida em casa pela sua família, enquanto esta se preparava para passar o Natal em Paris. No meio da viagem a mãe percebe que esqueceu o filho e tenta voltar desesperada para casa. 

Enquanto isso, Kevin (Macaulay Culkin) tenta sobreviver sozinho e proteger a sua casa do ataque de uma dupla de assaltantes. 
Não importa quantas vezes você já assistiu, Esqueceram de Mim é sempre uma ótima opção para ver com a família!

Eu fiz minha família desaparecer.

Kevin McCallister

E.T. – O Extraterrestre (1982)

et

Outro clássico de Spielberg que conquistou pessoas de todas as idades. O longa fala sobre a amizade de um alienígena e uma criança que tenta protegê-lo. O objetivo do jovem e ajudar o extraterrestre a voltar ao seu planeta-natal.

O filme recebeu muitas premiações, incluindo Grammy, Oscar, Globo de Ouro, entre vários outros.

Lassie Come-Home (1943)

Lassie

Inspirado no romance A Força do Coração (Lassie Come-Home, no título original), do autor britânico Eric Knight em 1938, este é tido como um dos filmes mais icônicos de todos os tempos com um protagonista canino.

Além disso, Lassie ficou consagrada como um dos 100 ícones do Século XX, sendo o único animal a integrar o ranking. Não é pouca coisa! 

Destaque também para Elizabeth Taylor, que tinha apenas 11 anos de idade quando estrelou o filme como Priscilla.

Matilda (1996)

matilda

Dirigido por Danny DeVito (que também atua no filme), Matilda é um delicioso clássico dos anos 90 e que encantou a infância de muita gente. O longa é baseado no livro homônimo do autor britânico Roald Dahl.

A história fala sobre uma garotinha negligenciada por seus pais e que descobre ter poderes psíquicos. Matilda (Mara Wilson) luta contra a opressão sofrida constantemente na escola pela diretora Agatha Trunchbull (Pam Ferris).

Para quem viveu os anos 90, assistir Matilda é sempre uma ótima sessão nostálgica. 

Filmes clássicos para ver com as amigas / amigos

Assim como existem filmes que "encaixam" bem com a família, têm também os clássicos que precisam ser vistos com os amigos.

As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

as patricinhas de beverly hills

Pouca gente sabe, mas Clueless (título original) é inspirado no livro Emma da escritora britânica Jane Austen de 1815. Mas, o sucesso e influência que o filme teve na cultura pop e em toda uma geração é de conhecimento geral!

Aliás, o sucesso de As Patricinhas de Beverly Hills foi tão grande que o longa se transformou em uma série para a TV. Afinal de contas, não conseguimos dizer adeus a Cher (Alicia Silverstone), Dionne (Stacey Dash) e Tai (Brittany Murphy) tão facilmente.

Andando com os amigos...

Tai

Curtindo a Vida Adoidado (1986)

curtindo a vida adoidado

Outro grande marco da década de 80, Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off, título original) é um dos melhores "filmes de adolescente" de todos os tempos!

Com direção de John Hughes, o longa fala sobre Ferris Bueller (Matthew Broderick) e como ele decide mentir que estava doente para poder matar aula e curtir o dia com seu melhor amigo e namorada.

Os diálogos do filme se tornaram célebres, e por mais que alguém fale sobre este filme, não basta para transmitir toda a maravilhosa essência que ele tem. Simplesmente reúna os amigos e assista!

A vida se move muito rápido. Se você não parar e olhar em volta de vez em quando, pode perdê-la.

Ferris Bueller

Trainspotting (1996)

trainspotting

Dirigido por Danny Boyle, Trainspotting conta a história sobre as "aventuras" de um grupo de amigos viciados em drogas e que vivem em total declínio. 

Donos de personalidades fortes, cada um tenta superar os seus problemas pessoais, ao mesmo tempo que anseiam por uma oportunidade de serem bem-sucedidos no futuro.

O drama é baseado na obra homônima de Irvine Welsh. Em 2017, mais de 20 anos após o primeiro filme, foi lançada a continuação de Trainspotting. No entanto, nessa lista, recomendamos fortemente o longa de 1996.

Uma Linda Mulher (1990)

uma linda mulher

Pretty Woman (título original) é dirigido por Garry Marshall e estrelado por Richard Gere e Julia Roberts. 

A história é sobre a relação de Vivian (Roberts), uma bela prostituta, que é contratada por Edward (Gere), um solitário milionário, para que o acompanhe por uma semana em eventos sociais como sua namorada. O que começa como uma mentira, se transforma aos poucos em verdadeira paixão entre ambos. 

Pode ser visto como um "conto de fadas da vida moderna", e que diverte e emociona sempre que assistimos.

Melhores filmes clássicos de todos os tempos

Todos os filmes que mostramos até agora são clássicos, sem dúvida. Mas, os títulos a seguir são Clássicos com "C" maiúsculo. Não importante se com a família, com amigos ou sozinho, são obras-primas do cinema que você precisa conferir mais do que uma vez na vida!

... E o Vento Levou (1939)

e o vento levou

Com direção de Victor Fleming, Gone with the Wind é inspirado no livro homônimo de autoria de Margaret Mitchell, publicado originalmente em 1936. 

A história retrata o sul dos Estados Unidos durante o século XIX, se focando na vida de Scarlett O'Hara (Vivien Leigh) e o seu relacionamento com Ashley Wilkes (Clark Gable).

E o Vento Levou é considerado um dos melhores filmes americanos já feitos em toda a história do cinema. Mesmo para quem não gosta de romances históricos, este é um filme que não pode passar batido.

O Poderoso Chefão (1972)

o poderoso chefão

É preciso justificar o motivo de The Godfather ser um dos maiores clássicos de todos os tempos?

A influência que esse filme teve na indústria cinematográfica é impressionante, sendo reconhecido como um dos títulos mais importantes da sétima arte.

Baseado no livro de Mario Puzo e com direção de Francis Ford Coppola, O Poderoso Chefão conta a história de Don Vito Corleone, o poderoso chefão da máfia, e a sua luta para garantir a proteção dos "negócios da família".

O filme ainda conta com nomes de peso, como Al Pacino, Marlon Brando, Diane Keaton, entre outros.

Meu pai não é diferente de qualquer homem poderoso, qualquer homem com poder, como um presidente ou senador.

Michael

Cantando na Chuva (1952)

cantando na chuva

Com direção de Gene Kelly (que também se destaca por sua atuação) e Stanley Donen, Cantando na Chuva se imortalizou como um dos musicais mais memoráveis do cinema. 

A história do longa se passa durante a transição do cinema muda e falado em Hollywood, na década de 20 do século XX. 

Quem nunca rodopiou em um poste com um guarda-chuva enquanto cantarolava "I am singing in the rain..."?

A Cor Púrpura (1985)

a cor purpura

Mais um do Steven Spielberg a entrar na lista, mas fazer o quê? O filme é mesmo muito bom!

A Cor Púrpura é baseado no romance de Alice Walker e aborda temas bastante polêmicos, como o preconceito racial e a exploração sexual. 

O elenco do filme é formado por grandes nomes, como Whoopi Goldberg, no papel de Celie, Danny Glover, Margaret Avery e Oprah Winfrey.

A Central do Brasil (1998)

a central do brasil

Não podíamos fechar a nossa lista sem mencionar um dos principais clássicos do cinema nacional: A Central do Brasil

Com direção de Walter Salles, o emocionante longa acompanha a relação de Josué (Vinícius de Oliveira) e Dora (Fernanda Montenegro), enquanto ela tenta encontrar a família do rapaz que perdeu a mãe em um grave acidente na Central do Brasil.

O longa é inspirado no filme Alice nas Cidades, do cineasta alemão Wim Wenders.

...

No dia que você quiser lembrar de mim, dá uma olhada no retratinho que a gente tirou junto. Eu digo isso porque tenho medo que um dia você também me esqueça. Tenho saudade do meu pai, tenho saudade de tudo.

Dora (em carta para o Josué)