Coleção pessoal de RicardoBarradas

1 - 20 do total de 965 pensamentos na coleção de RicardoBarradas

A grande máxima capitalista do seculo XX era que o tempo é dinheiro. No seculo XXI a grande máxima individualista é que o dinheiro faz a vida.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: mundo capitalista

Não ter sorte é muitas vezes uma forma diferente de viver com muita sorte.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: sorte mudanças

Sou muito pouco enquanto sou eu e bem fraco enquanto é só meu mas somos infinitamente gigantescos, indeterminado e muito, quando somos todos juntos e parte indivisível de nós.

RICARDO VIANNA BARRADAS

A esperança com fé é a adrenalina da alma de todo aquele que crê.

RICARDO V. BARRADAS
1 compartilhamento

E na sexta hora veio a ressurreição e a escuridão....o dia virou noite...quem tinha duvida permaneceu nas trevas mas quem acreditou permaneceu fiel a promessa de vida eterna até a nona hora...e a tríade divina do três estabeleceu a liberdade do espirito e da carne...os Pobres Cavaleiros por bons costumes e fé seguem a caminhar em fraternidade para unidade da rosa vermelha em todos orientes celestes e terrestres. Melquisedeque garantiu a Abraão que se houvesse apenas dez cavaleiros de honra a luz nenhum fogo ou enxofre seria derramado sobre a cidade do pecado assim como sabemos que se houver pelo menos sete mestres de bom coração, justos e perfeitos uma oficina laboriosa em verdade, munidos de trolha, malhete, espada e cinzel, iniciará a Grande Obra Universal do Supremo Arquiteto. FIAT LUX.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: maçonaria fiat

Na arte do seculo XX, aprecio mais o mundo metafisico do que surrealista. As composições frente ao desconhecido enigmático e doutrinariamente diante de uma supra realidade secreta da divindade em austeras construções. A exemplo disto, nunca tão distante da metafisica obra do hermético mestre Giorgio de Chirico, nascido na Grécia e notabilizado na Itália, por um alicerce de pensamento renovado da matriz antiga greco-romano. O contraste da organização e pavimentação geométrica das polis e as buscas proféticas do futuro pelas inspirações aromatizantes do templo de Delfos. A Matemática Sagrada o zero como vazio, infinito e absoluto.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: arte metafisica

Todo crime sem solução adoece gravemente a democracia pois aprisiona os verdadeiros sonhos de igualdade, justiça e liberdade.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: politica liberdade

O amor na arte é estar aberto para o novo, as diferentes possibilidades de leitura, tangencia e vivencia do que existe ou nunca existirá por uma nova visão, criação e concepção.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Assim como Ismael Nery que não se via um pintor eu também não me vejo artista marchand, colecionador nos vemos pensadores essencialistas sem algemas do tempo e do espaço. Não blasfemar de ser Deus, por necessidade de criar e inventar mas sim ser divindade por vocação, em busca constante da unidade infinita em ser tudo e não ser nada enquanto existe angustiado,cego, surdo e mudo. Um só choro para prantos, cantos, enganos e encantos tão diversos. Céu e Inferno, o lirismo de passear na lua entre os ápices do êxtase carnal de ter posse de corpos para nossas almas e a serena comunhão do espirito em redenção liberdade. O absoluto revigora.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Em economia sustentável sabe se que hum trabalhador vale e sempre valerá bem mais que dez moedas de ouro em uma gaveta.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Todo sonho por mais bonito que seja, se apenas nos alcança é por que ainda não está completo.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: sonhar realizar

Sou amigo de meus amigos e dos inimigos o melhor amigo secreto deles, em mim mesmo.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

A arte e a cultura de um povo livre se revigora em seu tempo, quando diminui os abismos sociais.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Acredito em politicas publicas não só assistencialistas para remendar de forma precária as parcelas jurisdicionais não alcançadas a população por parte da maquina publica e muitas vezes mau dinamizadas a fundo financeiro perdido. Creio em politicas publicas sustentáveis pelo pensamento neo-liberalista, como ferramentas de contemplação, ajustes, promotora de trabalho e renda para os setores esquecidos e mais sofridos da sociedade. Divergente disto a politica econômica implementada no Brasil nos últimos anos visou equivocadamente o foco em tributos, arrecadação e índices financeiros, que não retornam de nenhuma forma em beneficio as camadas mais pobres da população. A população de uma forma geral precisa de credito pois é naturalmente empreendedora. Cada vez mais inova se em busca de ocupações e trabalhos pois já percebeu que o emprego é um modelo extinto e ultrapassado. Mas para isto acontecer precisa de um minimo de capital a custo barato para desenvolvimento das novas ideias. Um lugar onde o empréstimo financeiro via agiotagem criminosa tem juros mensais bem menores que os praticados de forma livre pelas seis únicas e principais instituições financeiras do mercado nacional, reafirma a polarização de grandes oportunidades, ganhos e crescimento, só para os grandes empresários e para os banqueiros.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: politicas publicas

Cabe sempre ao estado democrático antever as possibilidades de um crime mas uma hora feito, cabe a justiça promover as responsabilidades dos infratores na lei e ao direito amenizar todas as consequências do ilícito civil e penal, ético e moral, das vitimas.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Nas escolas que aprendemos fazer as escolhas. Por que todos somos sempre diferentes.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: escolas politicas

Jovens, nossos jovens. São sempre nossas esperanças para o futuro. São os olhos que hão de ver brilhar atras do muro e com sorte, caminharão mais fortes em uma boa direção.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: jovens juventude

A maioria dos museus brasileiros não encontram se fechados por hermetismos. Os museus, estão fechados por falta de verbas, por situações precárias de manutenção e conservação tanto dos acervos como das instalações. O que existe de fato são gestões abnegadas de bons profissionais geralmente mau remunerados, que vivem no improviso temendo diuturnamente o risco da perda de todo patrimônio artístico, cientifico, histórico e cultural brasileiro. Isto acontece pela falta de politicas publicas especificas via maquina publica, para o setor. Ocorre também pela falta criminosa de um justo, detalhado, correto, especifico e abrangente inventario documental e virtual dos acervos nacionais que inibiria a frequente subtração, extravio e perda do rico patrimônio material e imaterial que pertence a toda nação brasileira. A exemplo disto, como medida preventiva de curto prazo o governo federal deveria fazer a contratação e a colocação obrigatória de museólogos em todos portos, aeroportos, fronteiras espalhadas pelo território nacional pois ao que se refere desta matéria qualquer achismo e equivoco de um item erroneamente exportado pode causar um prejuízo cabal a cultura nacional, imensurável e irreparável. Tem patrimônio para as próximas gerações, só quem cuida.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento
Tags: patrimônio artes

A inovação e o ajustamento das artes na verdadeira cultura brasileira devem sempre estar ligadas as politicas publicas de educação, de cultura e o fomento a maiores oportunidades profissionais, embasando se na coerente e ativa cidadania cultural, responsabilidade social e fortalecimento da identidade nacional.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento

Dia 20 de Novembro no Brasil. Dia nacional da Consciência Negra, não. A diversidade cultural brasileira tem todas as cores e sempre terá. Não existe a menor possibilidade de separar qualquer uma delas. Data para homenagear o Zumbi dos Palmares, nosso herói brasileiro, da resistência e da liberdade, sim. Salve ZUMBI.

RICARDO VIANNA BARRADAS
1 compartilhamento