Coleção pessoal de amandasanchees

101 - 120 do total de 216 pensamentos na coleção de amandasanchees

Sexta feira, prometo te amar, te respeitar, te honrar, na riqueza e na pobreza até que a Segunda feira nos separe.

Amanda Sanches
2 compartilhamentos

Agora já não faz mais diferença. Não faço mais questão. Eu queria antes, no passado. Mas agora? Não mais! Sabe, eu tenho pena de você. Te vejo por aí, com alguns amigos, cerveja na mão e olhar perdido. Foi pra isso que você escolheu a liberdade? Sei lá, eu pensei que você ia curtir um monte, ir pras baladas, beijar outras bocas. Pensei que você iria aparecer com uma mulher diferente por semana. Mas não. Sempre te vejo parado em algum barzinho, rodeado de amigos, sem nenhuma mulher. Lembro quando você me disse que não queria se envolver, não queria dar satisfações de onde ia, com quem ia e, que horas voltava. Bela escolha você fez. Mas eu te entendo, é completamente compreensível; mulher dá muito trabalho né? Os amigos não! Os amigos você paga uma cerveja pra eles e, eles ficam felizes. Mulher é diferente, você tem que dar carinho, tem que cuidar, tem que dar atenção mesmo que esteja passando futebol na televisão. Ah não! Ter uma mulher cansa demais, né? tudo bem, só não me venha agora com essa conversa mole, essas palavras fáceis; porque eu não acredito mais. Eu acreditei muito que você iria desapegar da liberdade, que iria dar valor em tudo o que éramos juntos. Esperei por muito tempo por isso. E você o que fez por nós? Nada! Só ganhou tempo em cima de mim. Não me deixava ir embora, mas também não me pedia pra ficar. Dava um passo na minha direção e recuava dois. Eu ficava esperando que você me desse um sinal de fumaça, enquanto eu soltava rojões pra quem sabe, você me notar. Te dei trocentos avisos. Se eu fosse embora, eu não voltava mais. Você não botou fé em nenhum deles, e pagou pra ver. As vezes vocês aparecia, me fazia feliz por um dia e, depois eu tinha que sobreviver à semanas de saudade. Parei. Pensei. Comparei. Definitivamente não compensava. Foi quando eu percebi, pra me dar valor, você teria que me perder. Você me perdeu e eu finalmente me encontrei. Não é maldade minha, foi você quem escolheu que fosse assim. Só não me venha agora com esse arrependimento barato, que não dura nenhuma semana. Eu te falei que eu não voltava, você não quis me ouvir. Por falta de aviso não foi.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Mas por favor, não me peça pra te entender. Nem eu mesma me entendo. Não sei decifrar entrelinhas. Então para o nosso bem, sejamos bem claros uns com os outros. Preto no branco. Sem palavras camufladas. Sem vontades disfarçadas, por favor.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Saudade a gente sente de um amor que foi embora, mas permanece no coração; de dias vividos intensamente e que agora são só lembranças. Saudade de um lugar, de um cheiro, de um dia, de um momento, de uma pessoa. Saudade do que já foi tudo e agora se resume a nada.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Já me deram milhares de conselhos e dicas para um bom relacionamento. Regra número 1: Deixe ele sempre em dúvida em relação aos seus sentimentos, não demonstre demais. Regra número 2: Você tem que ser ruim e, fazer ele comer na palma da sua mão. Regra número 3: Você tem que pisar nele, cuidar dele na rédia curta. Sempre escuto isso, de amigas, de mães de amigas, de mulheres de todas as idades. Não concordo com elas. Tô errada eu? Tá errada elas? Ninguém sabe. Mas sei lá, não acho que exista uma fórmula certa pra essas coisas. Sou adepta ao: não faça para os outros, o que você não quer pra você. Definitivamente eu não vou pisar em alguém, ser ruim ou ser fria, pra esse alguém me dar um pouco mais de carinho. Não vou mudar, fingir ser outra pessoa pra alguém gostar mais de mim. Sempre fui intensa demais, pular de cabeça em um relacionamento pra mim nunca foi problema. Não sei fingir indiferença, deixar a pessoa em cima do muro é muita covardia. Se eu gosto, mesmo que minha boca não fale, meus olhos me denunciam. Fazer joguinhos pra alguém virar meu capacho, pra mim não dá. Sou muito boa, comigo e com os outros, essa é minha essência. Pisar em alguém, é muita palhaçada. Não tenho saco pra isso. Cada um, é cada um; tem homem que até gosta de toda essa farsa, que gosta de ser feito de troxa, que se apaixona e vira cachorrinho nas mãos da namorada que se julga a esperta porque consegue segurar um homem. Não to aqui pra julgar ninguém, aliás, a vida dela deve ser bem mais fácil que a minha. Mas eu não acredito que pra alguém gostar de mim, eu tenho que armar esse circo todo. Não preciso usar mil máscaras, camuflar meus sentimentos, disfarçar minhas vontades. Não vou segurar homem nenhum; ele fica se ele quiser, a porta está sempre aberta. Mesmo que ver alguém indo embora me doa, prefiro ele bem longe, do que apaixonado por alguém que não sou eu. Não vou fazer todo esse teatrinho, e construir um relacionamento em cima de meias verdades. Dizem que relacionamentos são complicados.Pra mim, são as pessoas que complicam.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Eu quero que você saiba, que eu não sinto mais nada por você. Olha que irônico. Sentir nada por alguém que nunca me deu nada de verdadeiro; que escolheu que a gente virasse um nada; é nada mais justo, né? Te desejo tudo de bom na sua vida, que você seja feliz. E quando sentir a minha falta, abraça a liberdade, beija os teus amigos.

Amanda Sanches

Eu nunca quis te fazer mal. Você chegou querendo me dar um pouco de carinho, enquanto eu queria receber o carinho de outra pessoa. Sem pensar eu aceitei, não como prêmio consolação, mas quem sabe eu não te fazia feliz e, aos poucos encontrasse a felicidade também. Você sempre tão carinhoso, atencioso, e em troca não me pedia quase nada. Só queria que eu tentasse. Mas eu tentei, juro. Até consegui colocar na mente, mas o coração a gente sabe, não dá pra mandar. Você fazendo acontecer, fazendo questão, me dando 100%. Eu sempre atordoada, distraída, perdida no tempo, não te dei nem 10% de mim. Não era justo eu fechar meus olhos pra essas verdades e continuar ao seu lado. Pode acreditar, tá doendo em mim também. Eu tenho o melhor homem do mundo e, não sei dar valor. O problema não é você. Qualquer outra mulher no meu lugar estaria vendo estrelas. O problema sou eu. Eu e o meu passado. Eu e os meus amores falidos. E por mais que você não entenda, desistir de nós dois foi o meu maior gesto de carinho por você. Se cuida, fica bem. Me deseja bem também.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Ficar com várias meninas é fácil. Quero ver aguentar o tranco de conquistar uma mulher.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Você tá me acostumando mal, e nem percebe. Fica aí cuidando de mim, me protegendo, me mimando. Me fazendo sentir como se eu fosse única. Não me invade assim, não acaba com as minhas mil e uma paranoias. Assim você me estraga, da melhor maneira possível. Não vem assim, cheio de atenção, cheio de atitude, fazendo acontecer, fazendo questão. Não sorri assim pra mim, que eu me perco. É covardia. Não me olha desse jeito, que eu fico sem ação. Não chega assim, me puxando pelo braço, me puxando pela cintura; me fazendo querer ser só tua. Não me decifra desse jeito, não leia meus pensamentos, é sacanagem. Não me prova que você é o meu homem e, que todos os outros eram moleques; que eu me apaixono fácil. É que todos os outros, não tinham nem 10% das suas qualidades e mesmo assim pra receber um pouco de carinho, eu tive que repartir eles com o mundo. Te ter assim, só pra mim, parece egoísmo, entende? Eu tenho medo que tudo isso seja só um sonho e, que depois a realidade seja difícil demais. Não mexe em nada, não revira minha bagunça, não manda embora os meus medos, não expulsa as minhas inseguranças. Faz assim, não faça nada que eu peça. Quando eu falo não, é sim. Eu complico tudo, pra depois se algo der errado, eu não poder dizer que eu não me auto-avisei. Chega assim, sim; cheio de atitude, cheio de carinho, cheio de atenção. Me liga sim. Cuida de mim sim. Acaba com todos os meus medos sim. Olha pra mim, sorri daquele jeito que me faz esquecer do mundo. Me puxa. Me pega. Me provoca. Me prova que eu posso me jogar sem medo, porque se eu cair você me segura. Seja só meu. Vem, vem pra cá, de corpo, alma e coração.

Amanda Sanches
10 compartilhamentos

Aprendi que primeiro eu preciso ser feliz sozinha, pra depois começar a pensar em ser feliz com alguém.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

É fácil abrir a boca pra falar que nenhuma mulher presta, quando você deixou a única que te amava de verdade ir embora.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

A culpa é dos contos de fadas, que quando criança me fez acreditar que um dia eu iria encontrar o meu Príncipe Encantado e, ser feliz para sempre. Cresci com isso na cabeça. Procurei por todos os cantos o meu príncipe e, só encontrei os cavalos. Levei alguns coices até desistir. Chega! Essa história de 'Príncipe Encantado' cansou minha beleza. Cansei de brincar de esconde-esconde. Tenho certeza que ele deve estar por aí, dentro de algum armário com um bofe bem fortão. Tudo bem, eu não queria o príncipe mesmo. O príncipe dá muito trabalho, tem muita bruxa querendo pegar ele. Eu quero o sapo, pelo menos ele não dá tanto trabalho e, é bem mais fácil de cuidar.

Amanda Sanches

Anda menina! Sai dessa cama. Arruma esse cabelo. Troca essa roupa. Enxuga essas lágrimas. Chorar não resolve, não muda nada, não traz ninguém de volta. Anda menina! Levanta essa cabeça. Endurece o coração. Engole esse choro. Manda essa tristeza embora. Amor não se pede, não se implora. Você não pode obrigar ninguém à te amar. Amor se tem, ou não. Anda menina! Acaba logo com essa esperança. Sai de perto desse telefone, ele não vai te ligar. Anda menina! Levanta esse astral. Joga fora essas lembranças. Para com esse drama. Eu sei que tá doendo, mas passa; acredita em mim. Anda menina! Tá na hora de virar mulher. Põe um sorriso no rosto. A vida continua, com ou sem ele. Você não pode ficar chorando a morte de um amor para sempre. Anda menina! Vai ficar trancada dentro desse quarto até quando? Vai, levanta! Da última vez foi a mesma coisa, você pensou que não ia superar e superou. Pensou que não ia mais amar e, amou novamente. Anda menina! Essa não é a primeira vez e, nem vai ser a última vez que você vai passar por isso. Anda logo menina! Sai desse quarto agora e se arruma, tem centenas de pessoas maravilhosas lá fora pra você conhecer.

Amanda Sanches
25 compartilhamentos

Eu devia ter percebido desde o início que você era só mais uma armadilha, como tantas outras que eu já caí. Sua atenção sempre tão desintencionada, era o alerta vermelho que eu não vi. Sua paciência e sua compreensão comigo e com todos os empecilhos que haviam entre a gente, eram tão falsos quanto a sua vontade de realmente ficar ao meu lado. Conversas, promessas, palavras e mais palavras em vão. Beijos, abraços e, meu tempo jogado no lixo. Pouco interesse seu, pra muito arrependimento meu. Eu apostei todas as minhas fichas em 'nós'. Acreditei que com você seria diferente, que dessa vez eu não estava sozinha, tinha tudo pra dar certo. E não deu. Como num passe de mágica você sumiu, não deu mais notícias, não ligou, não mandou mensagem. Evaporou. Tudo bem, se você não queria ficar, não seria eu quem iria te obrigar. O tempo passou, você teve outros casos, se divertiu com outras meninas por aí. E voltou. Voltou porque sabe que carinho a gente encontra em qualquer esquina, mas amor e confiança é raridade por aqui. E te ver assim, tentando uma reaproximação, lava a minha alma. Constatar o seu arrependimento, é uma delícia. Mas quer saber? Eu não faço questão. Pra te falar a verdade, nunca fiz. Depois que você foi embora confesso que fiquei triste. Um dia ou dois, talvez. Mas logo passou, quem perdeu não foi eu, foi você. Tratei de fechar minha porta, pra você não entrar mais, e sabe por quê? Por que homens iguais à você, tem de monte por aí, mas mulher igual à mim, você dificilmente vai encontrar. A prova disso, é que eu nem precisei dar um passo na tua direção, pra você dar 10 pro meu lado. Quer um concelho? Não gasta seu tempo não, pode ficar aí mesmo, não precisar vir aqui, pode ficar aí fora mesmo, minha mãe me ensinou que lugar de cachorro é do lado de fora. Então sai da minha porta. Pelo menos uma coisa com você eu aprendi: Newton estava certo; tudo o que vai, volta.

Amanda Sanches
1 compartilhamento

Eu sempre fui mais centrada, bancava a durona, fingia não estar nem aí pra nada. Te dizer 'não', era meu vício. Você cheio de carinho; eu com mil pedras na mão. Não que com isso eu queria te fazer sofrer, ou te fazer desistir de mim, pelo contrário, eu só queria uma prova que dessa vez, com você, eu poderia ser feliz sem medo do amanhã. Tenta me entender, meus bloqueios era a minha insegurança enrustida; minha casca de durona, era só pra proteger meu coração que sempre foi mole. Mas você não suportou toda essa loucura. Completamente compreensível. Minha frieza te contagiou. Você mudou, ficou distante, suas palavras são secas. O pior, é que eu nem sei em que parte do caminho você se soltou de mim, como eu fui me perder de você. Do dia pra noite você mudou, e com razão. Minha infantilidade te levou pra longe. Meu medo de sofrer, só me fez sofrer ainda mais. A culpa é minha, assumo. Me arrependo. Me condeno. Me perdoa? Eu já provei do meu próprio veneno, você já pode parar. Não precisa pagar na mesma moeda, eu já aprendi. Seus carinhos me fazem falta. Ainda sinto o seu cheiro, escuto sua voz me chamando pelo nome, me chamando mais pra perto. Eu sei que você também não esqueceu nada disso. Então vamos fazer assim, me dá um pouco de carinho, em troca, eu prometo que você não vai se arrepender.

Amanda Sanches
2 compartilhamentos

Eu só queria que você entendesse que da mesma forma que o amor chega sem pedir licença e toma conta de todo o espaço; ele também vai embora sem dar aviso prévio. Acorda, abre o olho! Você está me perdendo sem perceber, suas migalhas não me alimentam mais. O que você me dá é pouco. Ter que dividir sua atenção com a menina que você conheceu semana passada, pra mim é de mais. Sou tua incondicionalmente, mas não vou ser pra sempre, entende? Só te ver quando dá, quando sobra um tempo na sua agenda sempre lotada, pra mim não dá mais. Quero ser prioridade, ser lembrada todos os dias; cansei de ser uma alternativa qualquer, procurada só quando não tem mais nada de interessante à fazer. Eu sou boba, você me chama e eu vou, sem pensar, sem negar, sem medir as consequências. Será que compensa algumas horas felizes ao seu lado, e depois dias de saudade, lágrimas e soluços abafados pelo travesseiro? Não, não compensa. Não quero forçar uma situação que não existe, eu só quero deixar as coisas bem claras entre nós. Tenta enxergar as coisas de outro ângulo, se põe no meu lugar. Você me deixa livre, mas corta as minhas asas pra eu não voar; diz coisas lindas, faz o momento valer a pena, e só. No outro dia eu tenho que sobreviver a sua frieza, ao seu sumiço. Isso me desgasta, me cansa, e por mais que meu sentimento seja verdadeiro, ele não vai resistir por muito tempo. Tenta me entender, por favor. Se existir mesmo um 'nós' entre a gente, se eu não estiver sozinha nisso tudo, se isso não é coisa da minha cabeça; me dá uma luz, um sinal, sei lá. Vem pra ficar, e deixa eu repousar em você também. Caso contrário, a porta está aberta, não tem ninguém te segurando. Pode ir embora. Prefiro te ver bem longe, do que empacado na minha vida. Eu mereço ser feliz, com ou sem você. Se for com, bem. Se for sem, amém. Se decida logo, ou entra, ou sai, parado na minha porta você não fica mais.

Amanda Sanches
50 compartilhamentos

Tenho irmãs que não são de sangue. Irmãs que a vida deixou que eu escolhesse. Não nascemos da mesma mãe, não temos o mesmo sangue, nem o mesmo sobrenome. Encontrei elas por um acaso. Como um presente de Deus elas apareceram na minha vida. Cada uma tem seu jeito, não somos iguais nem de longe. Mas o sentimento é verdadeiro e igual para todas. As minhas irmãs eu escolhi a dedo, tive essa oportunidade. A quem diga que irmã é só de sangue, mas pra mim, irmã a gente pode escolher. Eu escolhi. Minhas irmãs são minhas amigas.

Amanda Sanches

Tudo o que fiz no passado, ficou pra trás. Não aceito que me julguem por coisas que fiz anos atrás, pela minha falta de experiência, falta de maturidade. Todo mundo erra, eu errei. Acreditei e confiei em quem não devia. Dei valor a quem não merecia. Errei muito. Aprendi em dobro. Mudei bastante de uns anos pra cá e, não aceito que mexam na minha bagunça. Se quiser entrar na minha vida, fique à vontade, mas por favor, não mexa em nada.

Amanda Sanches

Dizem que todo mundo tem um anjo da guarda; pra mim, essa é uma verdade incontestável. Meu anjo me carregou dentro do seu ventre por 9 meses. Já me amava antes mesmo de me conhecer. A cada chute que eu dava, seu coração se enchia de alegria por saber que eu estava bem. Quando nasci, cuidou de mim, me protegeu. Pra mim deu o seu mais nobre e verdadeiro sentimento: o amor. Meu anjo me ensinou a falar, me ensinou à andar, cuidou dos meus joelhos ralados, se preocupou quando fiquei doente, me abraçou forte quando tive medo, esperou eu dormir pra depois sair do quarto e apagar a luz, acordou de madrugada quando tive pesadelos. Cresci sob os seus cuidados. Com o meu anjo eu aprendi muito, eu aprendi tudo o que sei. Meu anjo me ensinou valores, coisas que vou levar para toda a vida. Meu anjo me deu o cartão amarelo e, brigou comigo quando foi necessário, disse que da próxima vez eu ia apanhar, cartão vermelho pra mim; fiquei com medo e aprendi. Na adolescência tivemos bastantes brigas, me arrependo por isso. Na verdade, ás vezes, ainda brigamos, normal né? Quem ama briga, dá bronca, discute; tudo para o bem do outro. Mas depois de algumas horas já estamos de bem, não dá pra ficar sem conversar com quem a gente ama. O meu anjo eu chamo de mãe. Devo tudo à ela. Minha mãe é guerreira, é forte, é trabalhadora, é um exemplo pra mim. Se eu pudesse escolher ser alguém no futuro, eu escolheria ser ela. Ela é linda por dentro e por fora, tem garra, tem força de vontade, tem a minha admiração. À ela o meu respeito, o meu carinho, a minha gratidão, a minha vida. Nada que eu faça ou diga, será o suficiente pra agradecer tudo o que ela já fez por mim. Pedir desculpas é pouco por toda a dor que eu lhe causei. Dizer eu te amo também não é o suficiente pra demonstrar todos os meus sentimentos por ela. Se alguém nesse mundo me ama, esse alguém é minha mãe. Meu anjo, minha amiga, meu presente de Deus. No meu coração ela tem o lugar mais bonito. A cada dia que passa tenho mais certeza, sou feliz e amo alguém de verdade, amo a minha mãe.

Amanda Sanches
1 compartilhamento
Tags: textos para

Sou contra o aborto e ponto. Não importa se a menina tem 12 ou 30 anos. Na hora de fazer todo mundo gosta. No calor do momento ninguém pensa nas consequências e, não se protegem. Assumir os seus atos é digno; matar o seu próprio filho, ainda que seja apenas um embrião é covardia, é vergonhoso. Ser mãe é um dom de Deus, e praticar o aborto porque é muito nova, ou não está pronta pra ser mãe é falta de caráter, de amor e, de maturidade. Cada ação gera uma reação e, não usar camisinha porque não gosta, sem tomar remédio, é pedir pra ser mãe; além de contrair doenças. Camisinha tem de graça em qualquer posto de saúde. Não quer ser mãe? Se previna!

Amanda Sanches
2 compartilhamentos