Textos sobre Carnaval

Cerca de 168 textos sobre Carnaval

Domingo de Carnaval

acordo querendo mais um dia de alegria, descomplicado. Quem sabe as vezes colocar minha mascara de papangú e tentar ser algo que quero tanto ser... mas vou adiante, bem adiante, pego um pouco da ressaca do sábado de Carnaval e coloco no meu dia. evjo que ainda não aproveitei quase nada do meu período de carnal. carnaval? qual? quando?

Vou ser difernete... só por hoje.... serei um papangú

Sinézio Albuquerque
Inserida por SinezioAlbuquerque
1 compartilhamento

É Carnaval...



É carnaval!?

Caem as máscaras

Emergem os sonhos

Cessa a agonia...



Vejo pierrots e Colombinas...

Experimento a embriagues

Das utopias.



Encontro-me num mundo

De palhaços e Arlequins...



O céu tocou a terra

E os anjos fizeram-se arautos da

Sobriedade...



Caio por terra. Meus olhos turvam, meus

músculos retesam-se.

De repente, num lampejo de

Razão estou de volta

A realidade;

Esvaio-me em prantos e penso:

Ano que vem tem mais!

Fabio Guedes
Inserida por fabioguedes
1 compartilhamento

.

Um Luau ???

Um Baile de Carnaval ??

Festa Junina , ao lado do Curral ???

Na Índia , no Taj Mahal ??

No Buteco do JUvenal ???

Quiça num show de Heavy Metal ???

Não importa o Local

E nem se vai ser o ideal

Mundo pósmoderno , sobrenatural

Um encontro virtual ???

Hoje coisa normal

Quem sabe um encontro trascendental

No campo astral

Sureal

Pode ser um encontro casual

Na porta do prédio , no Hall ...

Pode ser no elevador

Seja do jeito que for

Que ali floresça o amor ...

.

Cláudio 2008

.

Cláudio Andrade
Inserida por Claudioajax
1 compartilhamento

" Carnaval "


Ela passou na minha vida
vazia
de boêmio e sentimental,
como passa num ano de tristeza
o relâmpago de alegria
do carnaval...

Seus braços me envolveram como serpentinas
frágeis, de papel,
e se romperam coo as serpentinas
que se arrebentam quando o vento sopra
e se soltam no céu....

Ela passou na minha vida, assim,
tal como passa na monotonia
de uma existência banal,
a furtiva beleza e a loucura de um dia
de carnaval !...

Nossa história, - o romance desse dia
sem ódio, sem despeito, sem rancor, sem ciúme,
nem podemos lembrar,

teve o destino irreal de toda fantasia
e a existência de um jato de lança-perfume
atravessando no ar...

O nome dela, não sei;
ela não sabe o meu, - que importa ? - não faz mal...
- Não fôssemos nós dois apenas fantasias
não fosse a nossa história apenas carnaval !...

j g araujo
Inserida por etinhazabele
1 compartilhamento

"Carnaval"

" Carnaval chegou,
desfilar no bloco das emoções,aí eu vou...
Fantasiada de amor estou...
desde que você chegou...
Segure as minhas mãos,tire a máscara
da tristeza,sonhe este sonho comigo,pois...
Carnaval chegou!!!
Fantasiada de amor para sempre
estarei...por você!"
Tatiane Oliveira-05.02.2013*

Tatiane Oliveira
Inserida por TatiBellaOliveira
1 compartilhamento

" Carnaval chegou,
desfilar no bloco das emoções,aí eu vou...
Fantasiada de amor estou...
desde que você chegou...
Segure as minhas mãos,tire a máscara
da tristeza,sonhe este sonho comigo,pois...
Carnaval chegou!!!
Fantasiada de amor para sempre
estarei...por você!"
Tatiane Oliveira-05.02.2013*

Tatiane Oliveira
Inserida por TatiBellaOliveira
1 compartilhamento

Carnaval do Amor

Cuíca, tamborim,
Cabrochas, pandeiro
Brilhante mestre-sala...
Sorriso de marfim
É mês de fevereiro,
Você na minha ala.

Batucando, o coração,
Entra no seu compasso
Está decretada a folia!
Meus sonhos pelo salão
Se unem com seu abraço,
Libertando a fantasia...

Meu amor como adereço
Ostentado em suas mãos...
Descrevi no samba-enredo
Seu beijo que eu não esqueço
Passista na multidão,
Revelam doces segredos.

Minha escola colorida
Ao toque da bateria,
Do samba mostra o valor...
É apoteose na avenida!
Esplendor de alegorias,
No carnaval do amor...

Sonia Ripoll
Inserida por SoniaRipoll
1 compartilhamento

ENQUANTO O CIRCO PEGA FOGO
Já fui palhaço em algum carnaval
E aprendi a sorrir quando o circo pegava fogo,
Descobri que os palhaços não são felizes,
Descobri que os palhaços não são engraçados,
Descobri que são solitários
E se escondem atrás de um sorriso,
Descobri que se arrependem
Do que dizem e do que deixam de dizer,
Descobri que se arrependem,
Do que fazem e do que deixam de fazer
Descobri que também já fui palhaço...

tadeumemoria
Inserida por tadeumemoria
1 compartilhamento

Carnaval:

Carnaval, dádiva de Satanás para seus filhos.

Envolta em magia e sedução.

Festa de alegria e libertação.

Alegria dos espíritos e libertação das almas.

Festa da exaltação ao hedonismo.

Carnaval, festa dos que se libertaram da culpa.

Festa d'aqueles que não acreditam no pecado.

(poema de Marcel Cout).

Marcel Cout
Inserida por MarcelCout
1 compartilhamento

CHEGA DE SONHOS E ILUSÃO
QUERO UM MUNDO REAL
SEM FANTASIA E SEM CARNAVAL
CAMINHAR LENTAMENTE
OUVIR BATER MEU CORAÇÃO
COM UMA ALMA PACIENTE
TER UMA NOVA DIREÇÃO
ESQUECER O QUE PASSOU
DEIXAR TUDO PARA TRAZ
FAZER RETO O MEU CAMINHO
ARRANCAR TODOS ESPINHOS
PRA NÃO MAIS CRESCER
BUSCAR A PAZ PRO MEU INTERIOR
MERGULHAR EM NOBRES SENTIMENTOS
VIVER O AMOR...

Dirce Dias
Inserida por dircemel
1 compartilhamento

Paixão de carnaval

No carnaval quando um casal se beija,
o que menos importa é o tempo.
E sim o momento,
a atração o louco desejo;
cada olhar um beijo;
um toque, um chamego.

O carnaval acaba,
e com ele as paixões também.
O que era uma paixão na madrugada,
hoje são apenas lembranças
que nos fazem muito bem.

RODRIGO FERREIRA
Inserida por dri82
1 compartilhamento

Já escolheu sua fantasia de carnaval? Vou dar uma dica: A carapuça.

Está super em alta, é fashion e tem vários tons para usar de acordo com seu estado de espírito. Não é um máximo? Nem precisa fazer dieta, cai com uma luva [de pelica]. E o melhor de tudo, tcham... tcham, tcham... Dar até para você participar de um concurso de fantasia.

Ah, não esqueça também: Use camisinha!

Lena Casas Novas
Inserida por lenacasasnovas
1 compartilhamento

É Carnaval! Que agito em Salvador...
Na paz e amor, axé, dança e calor!
Passa a "pipoca", e fica o sentimento:
Bahia não me sai do pensamento!

Escrevo até um soneto solto ao vento.
Nem dá pra demonstrar tudo que tento!
Nem liberando essa energia e dor
Do desconforto ao ver o Sol se pôr,

Da minha lágrima a molhar o chão
Do meu Brasil nesse nordeste lindo!
Na tentativa a descrever "paixão",

O som do Pelourinho já vem vindo -
E essa alegria invade o coração:
Só no gingado eu fico assim sorrindo!

Castro Lima Sichieri
Inserida por brunodecastrolima
1 compartilhamento

Há desejos que fazem carnaval em nossos pensamentos, querendo se tornar reais.
E na realidade há um pé que teima em não dar o primeiro passo.
E o pior, você vai dando razão a ele por achar que o tempo vai encorajá-lo a dar o segundo, quando na verdade o ponteiro do tempo pode dar voltas no mundo inteiro, e você continuará 'estático'.
Não importa se você vai dar o primeiro passo agora ou daqui a dez anos, a caminhada sempre será o caminho.

Então vamos lá... CALCE OS SAPATOS E MOVA-SE!!!

Aglaê Estrela
Inserida por aglaeestrela
1 compartilhamento

Melancolias de um samba,
Tristeza em pleno carnaval
Um dilema em minha cama,
Viver ou fase terminal.

Filosofias de bar,
Ideologias fúteis de jornal.
Água levanta poeira do asfalto
O cheio me leva ao passado.

Banho de chuva,
Descalço na rua
Olhando o céu
Pensamentos aleatórios ao léu.

Mais ou Menos - Simy - Banda Vandalismo Poético
Inserida por VandalismoPoetico
1 compartilhamento

Domitila e a Ira

Em uma tarde de carnaval. Domitila conheceu Pedro.

Pedro homem serio, digno do amor de Domitila.

Foi amor a primeira vista.

Domitila amou Pedro por infinitas luas.

Até que chegou a tempestade e separou ambos.

Decidiram ser bons amigos. Mas veio a tempestade e levou a amizade.

Domitila foi picada pela mosca da ira.

Brigou com o Pedro.

Zangou-se seriamente com ele.

Passou a tratá-lo como os outros. Ignorava-o

Pedro insistia em reconquistá-la.

Enviava-lhe poemas infantis e bobos.

Pedro oferecia rosas românticas.

Mas, nada adiantava.

Domitila permanecia implacável em seu estado de ira.

A ira com o tempo amadureceu. Se transformou em ódio.

Do ódio veio o asco por Pedro.

Nem suportava mais ouvir falar de seu nome.

E assim o tempo passou.

Pedro morreu de amor, extasiado em meio a um último poema.

E Domitila nem uma lagrima derramou.

Passou os anos. E a mágoa besta permaneceu no seu coração.

Até o seu último dia de vida.

Onde em seu último suspiro envolto ao delírio. Disse:

Pedro meu amor. Ai vou eu...

Poeta Urbano - 150712
Inserida por PoetaUrbano
1 compartilhamento

Se Eu Não Enxergasse As Flores

Estou aqui na praia no carnaval
Tomando banho de mar,
A manhã apenas começou
Sem quem eu quero amar.

Todo mundo está cansado
De sambar a noite inteira
Agora a praia está vazia,
E eu dentro da água,
Engolida pelo mar
Mas sem quem eu quero amar.

Não vou ficar de baixo-astral
Porque afinal é carnaval,
Vou dançar na areia e coisa e tal.

E seria tão legal
Se além de ter o mar
Eu pudesse só beijar
O Leão que eu quero amar.

Nado mais pro fundo do oceano
Na ilusão de me tornar uma sereia
E nadando chegar nas praias portuguesas.

Porque afinal é carnaval,
Agora a praia está vazia,
A manhã apenas começou,
E eu dentro da água,
Engolida pelo mar
Mas sem quem eu quero amar.

E seria tão legal
Se além de ter o mar
Eu pudesse só beijar
O Leão que eu quero amar.

Nado mais pro fundo do oceano
Na ilusão de me tornar uma sereia
E nadando chegar nas praias portuguesas.

Banho de mar no carnaval,
Todo mundo está cansado
De sambar a noite inteira,
Agora a praia está vazia
E eu dentro do mar
Sem alguém pra me amar.

Jamila Mafra
Inserida por jamilamafra
1 compartilhamento

Agora é Carnaval

Agora tudo que se vê
são corações pulsando como bateria.
Vem para misturar o juízo,
para disfarçar a solidão
no bloco da eterna esperança.
Fantasias e ilusões,
onde estrelas são confetes
e o carnaval também se faz poesia.
Vem o carnaval escondendo a tristeza
atrás de máscaras coloridas,
fascinio alucinante de liberdade,
que rompe os laços e
num passe de magia transforma
gente comum em reis e rainhas.
Olhando de longe as alegorias
o mundo agora é uma fantasia, e
Em meio à explosão do ritmo,
do perfume, suor e alegria,
desfila agora o bloco das letras,
tamborilando esta patética poesia.

sonia schmorantz
Inserida por schmorantz
1 compartilhamento

A poesia virou confete

É na areia que está o meu carnaval,
é no mar que estão as serpentinas,
brancas ondas a quebrar na praia.
Aqui encontro a magia da poesia,
vestindo fantasia que a luz do sol irradia.

No meu carnaval não tem máscaras!
Tem rostos, tem corpos bronzeados
desfilando naturais alegorias na praia,
que vem do mar, que vem da areia
desfilando como netunos e sereias.

É a palavra que brinca na praia,
no balanço das ondas faz o samba enredo,
o carro abre alas é um navio pirata
assaltando um coração enfeitado
por poesia que na areia virou confete.

sonia schmorantz
Inserida por schmorantz
1 compartilhamento

Carnaval é realmente alegria...
Mas infelizmente os tempos mudaram, o trânsito nos agride, o stress é o mal do século, as doenças são invisíveis pra quem não as tem, a violência arromba nossas portas e todo cuidado é pouco.
Mas é carnaval...e por que não carnaval com responsabilidade?
Podemos sim, deixar a festa acabar, o barco correr e o dia raiar, mas não esquecer que amanhã tudo pode ou não voltar ao normal e seja você quem for, seja o Deus quiser. Mas a responsabilidade é sua.

Daiane Ataides
Inserida por daianeataides
1 compartilhamento