Textos sobre Carnaval

Cerca de 171 textos sobre Carnaval

Agora é Carnaval

Agora tudo que se vê
são corações pulsando como bateria.
Vem para misturar o juízo,
para disfarçar a solidão
no bloco da eterna esperança.
Fantasias e ilusões,
onde estrelas são confetes
e o carnaval também se faz poesia.
Vem o carnaval escondendo a tristeza
atrás de máscaras coloridas,
fascinio alucinante de liberdade,
que rompe os laços e
num passe de magia transforma
gente comum em reis e rainhas.
Olhando de longe as alegorias
o mundo agora é uma fantasia, e
Em meio à explosão do ritmo,
do perfume, suor e alegria,
desfila agora o bloco das letras,
tamborilando esta patética poesia.

sonia schmorantz
Inserida por schmorantz

A poesia virou confete

É na areia que está o meu carnaval,
é no mar que estão as serpentinas,
brancas ondas a quebrar na praia.
Aqui encontro a magia da poesia,
vestindo fantasia que a luz do sol irradia.

No meu carnaval não tem máscaras!
Tem rostos, tem corpos bronzeados
desfilando naturais alegorias na praia,
que vem do mar, que vem da areia
desfilando como netunos e sereias.

É a palavra que brinca na praia,
no balanço das ondas faz o samba enredo,
o carro abre alas é um navio pirata
assaltando um coração enfeitado
por poesia que na areia virou confete.

sonia schmorantz
Inserida por schmorantz

.

Um Luau ???

Um Baile de Carnaval ??

Festa Junina , ao lado do Curral ???

Na Índia , no Taj Mahal ??

No Buteco do JUvenal ???

Quiça num show de Heavy Metal ???

Não importa o Local

E nem se vai ser o ideal

Mundo pósmoderno , sobrenatural

Um encontro virtual ???

Hoje coisa normal

Quem sabe um encontro trascendental

No campo astral

Sureal

Pode ser um encontro casual

Na porta do prédio , no Hall ...

Pode ser no elevador

Seja do jeito que for

Que ali floresça o amor ...

.

Cláudio 2008

.

Cláudio Andrade
Inserida por Claudioajax

O batuque que sai do tamborim agita aquela menina.
A roda de samba pára para ver o seu carnaval inteiro passar.
Fora de época ou será o ano inteiro?
Desfile enlouquecedor de pernas, braços e sorrisos.
Sorrisos estampados no rosto, na barra da saia e nos pés.
Dança interior originada de uma bateria desconhecida para aqueles que não se deixar levar pelo sons que saem de si mesmo.

Paloma Garcez
Inserida por palomagarcez

É Carnaval...



É carnaval!?

Caem as máscaras

Emergem os sonhos

Cessa a agonia...



Vejo pierrots e Colombinas...

Experimento a embriagues

Das utopias.



Encontro-me num mundo

De palhaços e Arlequins...



O céu tocou a terra

E os anjos fizeram-se arautos da

Sobriedade...



Caio por terra. Meus olhos turvam, meus

músculos retesam-se.

De repente, num lampejo de

Razão estou de volta

A realidade;

Esvaio-me em prantos e penso:

Ano que vem tem mais!

Fabio Guedes
Inserida por fabioguedes

O amor é carnaval.
É pulo de alegria, gritos de euforia.
É animação, excitação e empolgação.
O amor nos deixa elétricos.

O amor é carnaval.
São dias tranquilos e calmos.
A cidade deserta, a reclusão em um mundo só seu.
O amor nos relaxa.

O amor é carnaval.
É acidente autosentimentalístico.
É exagero, mistura entre extremos.
O amor nos liberta.

Sarah Bezerra
Inserida por juazeironline

Domingo de Carnaval

acordo querendo mais um dia de alegria, descomplicado. Quem sabe as vezes colocar minha mascara de papangú e tentar ser algo que quero tanto ser... mas vou adiante, bem adiante, pego um pouco da ressaca do sábado de Carnaval e coloco no meu dia. evjo que ainda não aproveitei quase nada do meu período de carnal. carnaval? qual? quando?

Vou ser difernete... só por hoje.... serei um papangú

Sinézio Albuquerque
Inserida por SinezioAlbuquerque

A Euforia acabou
O Carnaval já se foi
Por que continuas com esse sorriso no rosto?
Não percebes que esse tempo já passou?
Aceite, o Carnaval acabou.

Não te digas que não te avisei
Todos me criticaram porque não participei
Enquanto os blocos iam passando
Eu estava avisando
Que toda aquela Euforia um dia ia passar

Agora todos estão à reclamar
Pois, não encontram nada pra brindar
Se tivessem me escutado
Não estariam à chorar
Pois saberiam que o Carnaval ia acabar.

Olívia Tavares
Inserida por oliviatavares

Vista a fantasia

Passou o ano e é hora de brincar
Carnaval na porta, na janela e no ar.
Palhaços se vestem como se nunca tivessem sido,
Mulheres que dançaram o ano todo,
Sem perceber, se fantasiam em bailarinas.

É hora de brincar apenas com ritmos e cantos repetidos,
Serpentinas rasgam os céus e enforcam tristezas, mágoas e saudades.
Confetes colorem os copos já cheios, logo tragados sem recatos.
Olhares se confundem, beijos são trocados, outros só tocados.
Agora bem juntos já não sabem nem brincar.

Corpos vestidos de pele humana é fantasia barata.
E na sua simplicidade faz mais sucesso que penas de pavão,
Em desfiles, nos concursos, clubes e nas camas.
Entre na brincadeira porque depois tudo vira cinza mesmo.
Retira essa tua máscara de ano inteiro e desfile a fantasia que você é.

Jaak Bosmans 21 -02-09

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

O amor

O amor é um carnaval
É festa, é alegria
É algo que não tem igual
É um sentimento que contagia.

O amor é fogo
Que aquece meu coração
Alimentando minha alma
Deixando-me sem paixão.

O amor é realidade
Mostra-me a razão
De como é difícil viver
Sem amor no coração.

O amor é um grande mistério
Não tem explicação
É um sentimento maravilhoso
Porem são poucas as pessoas que
Realmente sabem o significado de AMAR.

Jhennifer Karoline May
Inserida por Jhennifer123

conselho:Nunca troque as mascaras com um amigo no carnaval!!!KKK
Afirme somente se tiver certeza;
acredite somente se lhe derem fatos;
gaste somente se souber de onde tirar os fundos ;
coma somente se tiver fome;
durma somente se tiver sono
e, em caso de dúvida,
fique na sua e siga seu próprio nariz.
hehehe

eu
Inserida por Renatapaes

CORDÃO DO BOLA PRETA - O VERDADEIRO CARNAVAL CARIOCA


Às nove horas de terça-feira no Rio de Janeiro,
Na Capital da Cidade Maravilhosa, toda airosa,
O calendário marcava o dia vinte e dois de janeiro,
Lágrimas transformadas em chuvas são dolorosas.

Espinhos traiçoeiros que exterminam a alegria,
O Cordão do Bola Preta é ceifado com despejo,
Oficiais de Justiça cumprem ordem judicial,
Emanado da trigésima oitava vara cívil.

Entregam a posse mansa e pacífica ao Condomínio,
O guardião mais antigo bloco carnavalesco do Rio,
Derramam nos semblantes noventa anos de glórias,
Recolhem seus pertences olhando as belezas do Rio.

Dívida se paga com o dinheiro e a cultura com a educação,
Nem mesmo o Estado e tão pouco a Prefeitura de César Maia,
Detentores de todos e quaisquer galardões, silenciaram,
A morte súbita do Patrimônio da Cidade do Rio de Janeiro.

Não importa o mérito da questão e tão pouco a malsinada decisão,
Que aflorou em pleno mês de carnaval todos os foliões,
Desencadearam no Terceiro andar da Rua 13 de maio, frustrações,
No Quartel General do Carnaval Carioca, é puríssima traição.

Oh Cordão do Bola Preta nem mesmo a dinheirama valeu,
Lastreado pelo entusiasta Francisco Brício, não tivera valor,
Com dignidade e bravura no ano cinqüenta, ele comprou,
E o Condomínio do Edifício Municipal com invídia arrematou.

Detentores de todos e quaisquer galardões, silenciaram,
É por isso que vamos cantar neste carnaval a marchinha,
Em homenagens aos Imperadores Tibério e Calígula,
“Se você fosse sincera, ôôô – Aurora”


Mais o sonho não acabou o Bola Preta vai às Ruas,
Os deuses do Olimpo abre-alas no Rio de Janeiro,
Nos clubes, botecos, bairros, avenidas e shoppings,
Porque Nelson Barbosa e Vicente Paiva ordena a marcha.

Então vamos cantar, pular e agitar,
O Hino glorioso do Cordão do Bola Preta

Quem não chora não mama

Segura, meu bem, a chupeta
Lugar quente é na cama
Ou, então, no Bola Preta
(bis)

Vem pro Bola, meu bem, com alegria infernal
Todos são de coração, todos são de coração
Foliões do carnaval, foliões do carnaval sensacional!



Se o leitor quiser cantar e pular,
Aqui está a minha marchinha: uma tentação.



VEM, MOÇA BONITA (marcha de carnaval)

http://www.shallkytton.com/visualizar.php?idt=163742

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Na hora que você chegar
Eu vou logo lhe chamar
Vem, pro Bola Preta
Vem, pro meu carnaval
Do Rio de Janeiro
O ano inteiro é tradicional.

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Vem, moça bonita
Vem, pular o carnaval
Tô te esperando no Bola Preta
E não demora que vai ser muito legal.

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Vem, moça bonita
Vem, pular o carnaval
Tô te esperando no Bola Preta
E não demora que vai ser muito legal

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Blaf, blef, blif, blof, bluf
É você que vou amar

Erasmo Shallkytton
Inserida por Shallkytton
1 compartilhamento

Carnaval

Entre penachos, confetes
Sobram do repicado de papel
Partes de um coração partido
Uma multidão e sozinha
O espírito tocando uma música de jazz
Enquanto que lá fora o tempo não passa,
ritmado por um Tum Tum universal
Todos sabem que tudo pode ser apenas fantasia
Máscaras podem ou não cair
Podemos encontrar um Pierro
Ou um bêbado perdido tanto quanto nós
Mas, nos embalemos na folia
Nos cercamos da serpentina que nos arremessaram
E vamos pular, pois embora nossa música seja um solo
É com cada instrumento que compomos a orquestra.

Amanda
Inserida por amandapelle

QUERO

Interessante e especial,
Conhecer você no carnaval,
É educado e atraente,
E esse olhar agita corpo e mente;

Moço pra lá de especial,
Que espalha carisma como temporal,
Sabe agir e animar e
Por você fui me encantar.

Quero te ver de novo,
Tocando para o povo,
Quero te olhar outra vez,
E te abraçar sem timidez.

E também quero aproveitar
Para mais próxima de ti ficar.
Pois você merece um troféu
E terei prazer de te levar pro céu.

Janaína Cassiele Nolio
Inserida por JanainaNolio

ELE ERA GRINGO
TINHA VINDO PRO CARNAVAL
AO COMENTAR
SOBRE AS MULHERES BRASIELIRAS
FOI CRUEL AO DIZER

OITENTA POR CENTRO
NÃO QUEREM SE CASAR

NOVENTA POR CENTO
NÃO SÃO DE CASAMENTO

O POVO CRITICOU AS FALAS DO GRINGO
MAS NÃO ADIANTA CRITICAR

TEM QUE SE MUDAR O COMPORTAMENTO
TEM QUE SE MUDAR A IMAGEM DO PAÍS

MAS TA DIFICIL FAZER ISSO
COM O PRESIDENTE QUE SE TEM




TÍTULO : ELE ERA GRINGO
AUTOR : WHYTTIFIELD / JEMAVENI
REGISTRO : 18022010065231006010
LIVRO (S) : DEITAR E SONHAR

WHYTTIFIELD SAUNDERS
Inserida por WHYTTIFIELD

Morre no carnaval

Não quero mais do que escapar.
Saco, é domingo já ?
A que ponto se pode chegar?
Ah, olha na Tv, o carnaval ta lindo!
Todo mundo sorrindo, alguém morre, mas não ligue, é cedo pra ligar os pontos.
É cedo demais até pra pensar.
É carnaval, não se importe!
O verão ta forte, esquece um segundo tudo o que perdeu e vem com a gente ser feliz.
Para de cantar sozinho, vem rimar comigo.
Não quero!
Fico fechado, sei lá, talvez eu goste.
E daí que é carnaval?
Eu tenho que ir, mesmo quando alguém morre?
E daí que alguma coisa rima?
E daí que eu... só gosto.
Talvez eu só queira mesmo é escapar.
Do mundo de fora e de dentro, escapar.
Olha só a Tv. O carnaval ta lindo.

Flávio Cardoso
Inserida por demolit

"Eu é que fiz bem
Em não ser amor de carnaval
Na vida de ninguém
E depois ser lançada como cinzas
Na quarta feira
Amor de carnaval não existe
No carnaval se usa
Nunca se ama
Que bom estar em casa
Paz, calma
Longe da ilusão, da decepção
Que bom é dizer não
A um amor de carnaval."

Claudia Lundgren
Inserida por claudialundgren

A maioria das pessoas trocam de amores a cada mês, a cada temporada de férias, no carnaval, na primeira dificuldade a dois,...
Essas pessoas entenderam errado o ensinamento cristão, e vão amando o próximo, o próximo, o próximo, e assim por diante. É preciso saber lidar com as vírgulas nos relacionamentos para conhecer o que é o amor. O amor pode estar no final do parágrafo e ser assunto de um texto inteiro. Assim, não é preciso desistir dele na primeira pausa(virgula). Bom, talvez, agora, eu poetizei muita coisa. Porém, "as pessoas falam demais e não tem nada a dizer". Falam muito e ouvem cada vez menos. E é por não agirem como dizem, que suas palavras perdem o valor.
É fácil dizer que se preocupa, é fácil dizer que vai mudar, é fácil dizer que ama,... Difícil é, no convívio, transformar tudo isso em realidade.

Alan Felipe Trindade de Moraes
Inserida por alantrindade

Se é Carnaval


#11;#11;Os blocos estão nas ruas, meu amor...#11;
Feito os sorrisos que acompanham as lágrimas#11;
ou as lágrimas que acompanham os sorrisos.#11;#11;
Se as pessoas, felizes, sambam suas amarguras#11;
é porque há muita felicidade em trânsito.#11;
E se faço silêncio, é porque hoje é carnaval.#11;#11;
Por que, meu amor, é assim que tem de ser...
#11;Amar com fantasia, fantasiando a perfeição.#11;
Como se o carnaval jamais tivesse fim.#11;#11;
E se é carnaval,
#11;vamos brincar até o dia amanhecer e a noite se cansar de nós.
#11;Depois a gente vai pra casa e se ama como se não houvesse o fim.

JWPapa
Inserida por JotaW

Carnaval
Tem muito mais gente falando mal do Carnaval do que falando bem.
Sou dos que falam mal, nunca foi minha festa preferida, mas tirei, numa época, as minhas casquinhas.
Os que gostam não tem tempo a perder para falar bem, estão por aí, dançando e cantando, mas serão os mesmos que daqui a alguns anos falarão mal.
Não é o Carnaval que foi bom ou é mau, nós e que temos uma idade momesca que passa.

Marinho Guzman
Inserida por marinhoguzman