Soneto da Separação

Cerca de 1201 frases e pensamentos: Soneto da Separação

Soneto de Separação
(Paródia)

Num crescente do meu riso fiz pranto
Ruidoso e franco como a amargura
E das vidas unidas fiz loucura
E com mãos desamparadas fui santo

Num crescente sem calma fiz tormento
Que dos olhos desfiz a última dama
E da ilusão fiz o meu arrependimento
E do sofrimento imóvel fiz trama

Num crescente, não mais que num crescente
Fiz de triste aquela que fiz amante
E de sozinho em que se fiz presente

Fiz de um amigo pródigo o distante
Fiz da vida uma fulgura constante
Num crescente, não mais que num crescente

Inserida por renatogaia

Soneto de separação

Determinada, ela decidiu ir embora.
Friamente, se justificou e sai.
Nesse momento, meu mundo caiu...
Não sei o que fazer agora.

Apenas assisti ela ir embora...
Subitamente nosso castelo ruiu...
Ela... Simplesmente partiu...
Nunca imaginei chegar essa hora.

Decretou com pensamento obtuso,
o passado como nossa situação.
Me atingindo em um átimo difuso...

Sem defesas... Abrupta inflexão...
Pondo o mundo inteiro em parafusos,
e o fracasso como minha condição.

Inserida por ClayWerley

4-AMIGO ALGOZ

Amigo copo que me consola na solidão
Algoz por ser motivo de separação
Amigo na ausência dos amigos que são de passagem
Algoz por ser responsável da minha bobagem

Copo amigo, que outrora fora apresentado como diversão.
Copo algoz, hoje é mensageiro da minha destruição.
Copo amigo, a cada gole um alento.
Copo algoz, a cada garrafa um tormento.

A felicidade até bateu à minha porta
Mas eu estava num bar. E quem se importa
Copo amigo cale meus lamentos.
Copo algoz pare de me trazer tantos sofrimentos.

Copo que não me traz sorte
Saia da minha vida antes que me apresente a morte...

A dor da separação é minha velha conhecida,
estamos condenados à união!

Separação.

Se viver juntos não dá
um acordo supera as crises
sem ninguém se machucar
e nem cometer deslizes
bastam se conciliar
a amizade vai ficar
e os dois seguirão felizes.

‪#‎SeparaçãoCrisePerda‬
Pra alguns esse é o pior momento, pra mim é o melhor, é na dificuldade e na dor que reside meu ‪#‎Poder‬

Separação

Quem nunca passou pela dura dor da separação.
Nada mais é que o encontro, consigo mesmo. Se deparar com a nova realidade não é fácil. Afinal, durante breve ou longo período, mudamos muito para estar com alguém.

Deixamos de ser nós mesmos , perdemos parte da nossa essência , e dói demais ficar sozinho com o que restou.

Mas o reencontro com o nosso verdadeiro eu, acontece, e quando acontece, é mágico. Descobrimos como somos especiais, preciosos e raros.

Você vai se apaixonar por si mesmo, vai resgatar a criança que mora dentro de você. Logo estará completo e preparado para amar quem bem entender e ser muito amado também.

Comece de novo, veja quanto de você ainda está por vir .
Não existe o fim e sim um novo começo.

NAMORO X CASAMENTO

No namoro pode existir separação, no casamento não!
Namoro é o tempo que você tem para ORAR e CONHECER o outro.!!
Casamento eh o tempo que você tem para ORAR e PERMANECER JUNTO ATÉ O FIM.!!
Se não quer casar, não namore.!
Se o namoro NÃO for de Deus, TERMINE.
Se o casamento NÃO for de Deus, ORE e PAGUE O PREÇO... Como o Pr Raimundo Nonato sempre fala: "saiba que todo relacionamento q NÃO era de Deus, depois q casar, PASSOU A SER.!!" Deus NÃO eh a favor do divórcio.
E usando também as palavras da Pra Sarah:
“NÃO é o solteiro que está encalhado, ENCALHADO é o CASADO que CASOU ERRADO e tem que esperar o outro MORRER pra casar CERTO”.
Então.. vamos viver sob o direcionamento de Deus, Ele sempre tem/terá o melhor pra nós! !!
‪Namoro/Casamento é coisa séria.!

⁠A dor da separação não foi nada comparado a ter que admitir que todos estavam certos a teu respeito, todos menos eu, que de fato achei que se alguém te amasse de verdade você abandonaria esse teu antigo hábito de traição, mas a única coisa abandonada aqui sou eu.

@fer_machado_escritor

⁠Há duas tristezas comuns na sociedade contemporânea.
Uma é a separação dos amantes. A outra, a união dos que não se amam. Penso que a última seja pior que a primeira.
Porque nesse último caso, temos a vitória da conveniência sobre o amor, da carência sobre a esperança, e do medo sobre a fé.

tudo começou com a dor;
A dor de um parto;
A dor da morte;
A mais simples e comum separação;
A perda...(sempre perdemos algo, alguém)

tudo começa com um sim,
Um átomo diz sim a outro átomo,então nasce a vida;
Uma mulher diz sim a um homem;
Uma mãe da a luz a seu filho;

tudo começa e termina;
O amor nasce e morre;
Uma flor assim que arrancada, perde seu encanto;
Uma vida e finita;
Um sonho simplesmente morre;
A vida sempre chega ao seu mísero fim.

SEPARAÇÃO
A culpa não foi sua
A culpa não foi minha
Simplesmente algo nos venceu!

É simples a separação.
Adeus.
Desenlaçado o último abraço, uma pressa de dar contas um ao outro.
Já não há gestos. O derradeiro (impossível) seria não desfazer o abraço.
Pressa de cada um retomar o outro na teia lenta da remembrança.
Não desfazer o abraço. Ficar face encostada ao niagara dos cabelos.
Sobram fotografias, voz no gravador, um bilhete na caixa do correio. Sobra o telefone.
Tensão - telefone. Experimentada. Sofrida.
Tensão - telefone. Possibilidade de voz não póstuma.
No gravador, voz de ontem, de anteontem. De há anos.
Sobra o telefone. Mudo.
Retininte?
Sobrarão as cartas. Sobra a espera.
Na teia lenta da remembrança, retomo-te em memória recente:
na praia de ternura onde nos enrolámos e desenrolámos desesperados de separação.
Sobra a separação.

Triste vida é a separação
enterrei pai, mãe ,amigos e irmão
enterrei sonhos e desejos
na cova da ilusão
como caveiras primitivas
querendo ganhar formas, relevo
sombras, contrastes na tela da vida
procurando uma resposta nesta obra
onde somos personagens de uma historia que não tem fim...

Ao amor expressa se para sempre,
a dor se repete todos dias da separação,
magoas e ressentimentos se sobrem saem,
no sonho o horizonte de alegria e tristeza,
repetindo cada dia que se passa,
tudo que quer ver fim do dia e chegar em casa.

Não existe uma previsão de quanto tempo a dor de uma separação poderá durar.
Para alguns, dias; para outros, anos. Cada um sente de um jeito, mas ainda assim penso que a ferida precisa cicatrizar.
E, nesse período, talvez seja melhor que nosso coração esteja livre para se entender com nossa razão.
Precisamos voltar a acreditar no que há dentro de nós, porque, independente de como seja o fim, todo fim deixa o vazio e muitas perguntas.
Espaço e perguntas que levem o tempo que levar precisamos preencher e responder sozinhos.
Talvez esse seja o tempo da superação, da cura...

Os encontros tornam-se intensos,
A separação, por vezes dolorosas,
Não pela dor física,
Mas pela vontade de te manter
e entre meus braços proteger.
Meu coração acelera,
Na mensagem recebida,
Então se descompasa,
Na hora de chegada,
Pois tudo em mim,
Apenas uma coisa quer:
Você para mim,
Para feliz seguir.
Adoro cada instante.
Por teu sorriso me apaixono,
Em teus olhos me perco
E em teu corpo enlouqueço.
Ó, céus, onde irei parar,
Se nesse ciclo continuar?
Não sei, nem quero saber,
Mas apenas quero, que você comigo esteja

"Amor é isto: a dialética entre a alegria do encontro e a dor da separação. E neste espaço o amor só sobrevive graças a algo que se chama fidelidade: a espera do regresso. De alguma forma a gota da chuva aparecerá de novo, o vento permitirá que velejemos de novo, mar afora”.

(Trecho de "Onde mora o Amor", do livro 'Tempus Fugit'. São Paulo: Edições Paulus, 1990. )

"Quando há a separação,
parece que o amor nos faz chorar,
parece que o amor faz tudo doer,
mas não é...
o que dói,
é a falta da paixão que dilacera o coração. "

A SEPARAÇÃO

De repente e não mais do que de repente,
tudo converteu-se em pranto,
e aquela profunda admiração
Esfarelou-se em desencanto.

Onde havia risos e descontração,
hoje nem tanto
E do casal que estava sempre junto
Não há nada que lembre aquela paixão.

As juras eternas de amor
Que desbravaram pelo amanhecer
Deram lugar a palavras de mágoa e rancor
E os amantes já nem parecem se conhecer.

Quem um dia os viu se declarar e dizer
Palavras doces e promessas de felicidade
Jamais poderia conceber
Que dessa relação não reste um fragmento de saudade.

Se o futuro que se desenhava prometia
Um laço eterno de profunda harmonia
Esse elo um dia se quebrou, desafinou
E daquele casal em que predominava a alegria,
sequer o respeito sobrou.