PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz

151 - 175 do total de 185 pensamentos de PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz

A covardia é a liberdade dos fracos.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Se a gente não puder ser junto para a vida toda, nenhum minuto mais terá o valor de eternidade como sempre foi.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

A sensação de que não estamos acompanhando a velocidade das coisas é correspondente a de que não estamos saindo do mesmo lugar. Viver passou a se tornar uma armadilha à culpa, de que quanto mais se faz mais se tem a sensação de que não se cumprira tudo. Essa respiração ofegante de acordar com a sensação de débito é a ilustração perversa da correria ou o ante passo da ansiedade, é aí que mora a ilusão ou se encontra a porta de entrada de qualquer substância de fuga, super estimulação ou controle.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

O leitor quando aplaude o livro (ou o autor) ovaciona sempre um teatro vazio.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

A internet é igual ao Funk. Todo mundo tem medo, mas ninguém para de usar. Parece uma parada tipo "pulsão da morte" em Lacan - dor e prazer. Pronto é isso: Mr. Catra é a reencarnação de Freud.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Viver sem religião pode às vezes ser uma benção. Viver sem fé pode se tornar uma desgraça.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Deus inventou o whatss app, o diabo seus grupos.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Arquibancada de estádio de futebol é igual missa de domingo - um senta e levanta danado esperando Deus marcar um gol pra libertar o delírio

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz

Amigo a gente faz assim - pega na mão. Se não der para o alcançarmos com a mão, a gente pensa nele de coração e põe a mão no peito para ouvi-lo soluçando.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Adoro voz. Acho que voz tem corpo na boca.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Arte é
Artesão

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

O principal meio de transporte do ser humano é o desejo.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

O escritor é um narrador arrogante. Quem faz a ficção é o leitor.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Poeta adora falar sobre sol e lua... Que vontade de ser uma estrela tem esse sujeito!

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

O que os olhos não veem, o coração paga mico.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Só tem duas situações que não aceito no mundo: covardia e quem usa pochete.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Implicar é uma forma de saudade sem querer ser discórdia. Implicar é uma forma única de se comprometer com a saudade.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Um país desenvolvido se mede, por exemplo, pela quantidade de redes ferroviárias atuantes que dispõe.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Pessoas que vivem em relações pela metade, receberão a parte inteira de indiferença da metade que se sente incompleta.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

A melancolia - quando é menos tristeza que melancolia; menos melancolia que angústia e menos angústia que vontade -, pode servir à arte.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Quem tem que escrever sem erros é o revisor. O papel do escritor é o de inventar, inclusive palavras.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Quando eu crescer quero ser igual ao meu filho.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Pessoas sem segredos são cofres vazios. Que graça tem abrir cofres vazios?

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

O primeiro verso eu nunca publico, prefiro que fique somente para mim.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO

Escrita é estrada longa, não atalho.

PAULO EMÍLIO AZEVEDO, poeta PAz
Inserida por PAULOEMILIOAZEVEDO