Jerônimo Bento de Santana Neto

201 - 225 do total de 493 pensamentos de Jerônimo Bento de Santana Neto

⁠Aprendendo com a vida

“Vivemos em plena cultura da aparência: o contrato de casamento importa mais que o amor, o funeral mais que o morto, as roupas mais do que o corpo e a missa mais do que Deus.”
(Eduardo Galeno)

Um chefe meu na época do Unibanco ao presenciar meu comportamento inibido comprar um terno numa loja de grife. Me deu um conselho interessante:

- Jerônimo, use a inteligência e sabedoria para ter um bom atendimento. Mencione sempre algo que chame atenção do vendedor, por exemplo: trabalho na Diretoria de Coporate do Unibanco e verás como o atendimento vai melhorar num passe de mágica.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Aprendendo com a vida

"Quando o homem fecha uma porta, Deus abre outras".

Sempre que as panelinhas do banco que praticavam o puxa-saquismo tentavam me prejudicar, Deus intercedia por mim.

Certa vez, a situação estava no limite, era mal visto pelo meu chefe e certamente perderia o emprego.

Ele "emprenhava pelos ouvidos" facilamente e não dava oportunidade de me defender.

Foi quando um Chefe do Corporate Norte/Nordeste me chamou para fazer um entrevista, precisava de um secretário.

Após uma série de entrevista com colegas do setor fui escolhido para desgosto do meu chefe que fez de tudo para não me liberar.

Já trabalhando no Corporate fiquei sabendo que meu chefe anterior fizera vários comentários depreciativos sobre minha conduta profissional e pessoal.

A forma de falar foi tão excessiva o diretor do Coporate achou tão estranho, contraditório e antiético que me passou todos detalhes da conversa.

Sete meses depois o Banco Nacional foi comprado pelo Unibanco e meu chefe, toda panelinha num total de 40 funcionários mais ou menos foram demitidos, pois o departamento foi fechado.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Aprendendo com a vida

"Nada como um dia após o outro."

"O mundo dá voltas"

Com a compra do Banco Nacional fui trabalhar no setor de cobrança do Unibanco, considerado por muitos o porão do banco. Tanto era assim, que quando visitava as agências os gerentes tratavam com total desprezo e indiferença.

Como o mundo dar voltas, após uma reunião com a presença do Diretor aonde me destaquei no domínio e apresentação da Provisão de Devedores Duvidosos - PDD fui convidado para trabalhar na Diretoria do Unibanco.

Tudo mudou da água para o vinho, os mesmos gerentes que me desprezavam agora colocavam tapete vermelho para me receber na agência, agora estava no céu na visão deles. Afinal, estava na Diretoria Norte/Nordeste do Unibanco.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Orientar a fala dentro daquilo que é considerado politicamente correto, sem no entando prejulgar e condenar pessoas

Às vezes estão repetindo de forma automática expressões de cunho racista com as quais conviveram anos e anos de suas vidas, sem que haja de fato um intenção por trás, aquilo que denomimamos racismo inconsciente.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Ao invés de perder tempo querendo descobrir o sentido da vida, busque construir um sentido para sua vida.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Entre gastar neurônios tentando descobrir qual sentido da vida, melhor construir um.

Jerônimo Bento de Santana Neto

⁠Existem algumas coisas no comportamento humano que parecem biologicamente, socialmente e psicologicamente construídos.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Só sei que errei mais do que acertei.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Enquanto estivermos polarizados, construindo e desconstruindo politicamente, sem debates ideias e sem educação liberdadora.

Problemas como machismo, racismo, nomofobia, misogínia, femicídio...Continuarão crescendo em nossa sociedade.

E nunca chegaremos a um denominador comum.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Equanto as ciências estão cercadas de dúvidas.

As pseudociências dormem e acordam agarradas em certezas absolutas.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Mais empatia compassiva, menos empatia política.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Vivemos uma era de empatia política em detrimento da empatia compassiva.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠O que menos importa na sociedade atual é a vítima do fato.

O que mais importa é o recorte político do fato.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Acredito que a luta interclasses seja pior que a luta de classes.

Não há sentido, pobre contra pobre, nordestino contra nordestino, empregado contra empregado, aposentado contra aposentado, escravo contra escravo e oprimido contra oprimido.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠A estabilidade de uma vida eterna seria o fim da sociedade produtiva.

O que nos move é a certeza da morte.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Sonhando, vivendo e agindo como fossem ricos.

A classe média tornou-se com o passar do tempo uma fonte inesgotável para os donos do mundo aumentarem suas fortunas.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Enxergar no meio de cegos é angustiante.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Governantes são semelhantes aos executivos das multinacionais trabalham para o grande capital.

Só nos resta escolher, dentre eles, o mais complacente com o povo.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Facebook,
Instagram e WhatsApp existe no mundo alguém mais bonito e feliz do que eu?

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Rico com mania de furtar é cleptomaníaco, vai para terapia.

Pobre com mania de furtar é ladrão, vai para delegacia.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠A "classe média" incomodada com a chegada dos emergentes nos condomínios fechados, culpam o estado.

Agora, "tem pobre" morando ao seu lado.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Apesar dos efeitos colaterais, a democracia ainda é o melhor remédio para conter a natureza ditadora do ser humano.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠De modo geral, tratamos melhor as visitas e os amigos do que membros da família.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠Para alegria dos donos do mundo:

Na burguesia aprende-se a odiar a periferia.

Na periferia aprende-se odiar a burguesia.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959

⁠O "Bom dia" nas redes sociais transformou-se num protocolo sem solidez.

Jerônimo Bento de Santana Neto
Inserida por I004145959