Nó na Garganta

Cerca de 74 frases e pensamentos: Nó na Garganta

Ao Pé da Letra
Enforcar-se é levar muito a sério o nó na garganta.

Mario Quintana
273 compartilhamentos

É um nó na garganta que não saí, tá, tudo bem, vou esquecer o nó da garganta e ser feliz.

LaylaPeres
3 compartilhamentos

Nó na garganta, lágrimas escorrendo sobre os olhos, olhar disperso há multidão e coração doendo. Assim que meu corpo está reagindo a todas essas mudanças que você me proporcionou. Tentando esconder de tudo e de todas essas sensações, toda essa agonia que veio acercar meu corpo de uns tempos para cá, pessoas perguntando o por quê deu estar agindo assim, mas não falo ,tenho que preservar seu segredo não vou contar a ninguém,por mais que todo esse sigilo esteja desgastando meu ser e abrindo rachaduras no meu coração. Eu não vou decepcioná-la não de novo, me preocupo mesmo que ache que esteja me preocupando e me desgastando em vão.Agora você terá mais pessoas a sua volta pra cuidarem de você e eu já não lhe serei mais útil como antes e nosso tempo junto se tornará cada vez mais escasso e mais raro. Acho que esse fatalmente pode ser o nosso fim .

Broken-Hearted
3 compartilhamentos

Perdoa-me por eu ainda carregar tua foto na carteira.Perdoa-me pelo nó na garganta. Perdoa-me pela gagueira. Perdoa-me pela corda amarrada no pescoço. Perdoa-me pela ausência nas conversas. Perdoa-me por não saber lidar com finais. Perdoa-me pelo sentimento de posse. Perdoa-me por tentar amolecer teu coração ressecado. Perdoa-me por eu ter comprado um escapulário igual ao teu - só pra manter um elo ilusório entre nós. Perdoa-me por não ter seguido teus conselhos de felicidade ilusória. Perdoa-me por ainda manter a antena-ligada e te caçar em todas as multidões – mesmo tendo a certeza de que você não está lá, mas-quem-sabe-talvez-um-milagre-acontece. Perdoa-me pelo meu hábito de relembrar. Perdoa-me por ser irônica contigo vez ou outra. Perdoa-me pela minha mania de sentir saudades da tua voz rouca.

Marcella Prado
2 compartilhamentos

SOBRECARGA EMOCIONAL PALPÁVEL
Sobrevivo com um nó na garganta, boiando nas lágrimas produzidas pelas sombras do meu passado. Um passado recente que projetou sombra suficiente para me alcançar onde eu esteja independente do tempo que passe.
Tenho trabalhado mais do que gosto, tenho bebido mais do que posso, dormido menos do que preciso e pensado como nunca pensei.
Sinto-me no limite das minhas forças emocionais e psicológicas. Tenho gostado da escuridão e por vezes a luz do meu smartphone torna-se a única iluminação nesta sala, acompanhada por uma infinidade de lembranças.
Sinto falta, muita falta, saudade inevitável!

thenewmam2801
2 compartilhamentos

Penso em você e sorrio. É automático. E gosto disso. Ao invés do nó na garganta, fica aquela festa de sensações no peito.

Marcely Pieroni Gastaldi
2 compartilhamentos

Hoje meu dia amanheceu cinza, como um daqueles dias nublados. Amanheci com um nó na garganta, uma angústia desmedida. Sentindo falta, uma saudade indescritível. Mais aos poucos, eu fui aprendendo a conviver com sua ausência. Porém, não consigo conviver com a saudade, com os pensamentos que me conectam a você!
Que louco isso não é??? Sentir saudades de uma pessoa que nunca esteve ao meu lado de verdade!
Saudade de momentos que eu ainda não vivi, saudade do que nunca tive, do que nunca foi meu, do que nunca aconteceu!!
Eu só queria não me importar com nada, mas infelizmente eu não consigo... Eu não fazia ideia que era capaz de sentir tantas coisas por apenas uma pessoa. (sentimentos bons & ruins).São tantas coisas para desabafar, mais poucas pessoas para me entender[...]
Ao olhar para mim mesmo(a), vejo pensamentos soltos que quero esquecer.
Às vezes, eu só queria ter coragem pra te ligar, e falar tudo que ta entalado aqui há muito tempo.
Tantas coisa eu queria te dito há você, não cresci ao teu lado, e o tempo passou, e não tive tempo e nem coragem para dizer o quanto você fez falta na minha vida, no meu dia a dia… Pai, os momentos mais difíceis de minha vida, você não estava lá do meu lado. Nos momentos de alegria, estava você lá no seu mundo!
Eu queria sumir por um momento, desaparecer, esquecer de tudo e de todos, mudar de cidade, de estado ou até mesmo de país, queria deixar TUDO pra trás, recomeçar ao lado de pessoas novas, de ambientes novos, enfim tudo novo. Queria levar comigo só a lembrança as boas amizades que passaram por mim, pessoas que realmente me amaram, pessoas que realmente me fizeram bem ou até mesmo quiseram meu bem. Queria me desligar dessa minha vida melancólica, sumir e quem sabe um dia mandar um recado pra alguém que me fez bem com a simples frase: 'agora eu realmente sou feliz!'
Mais enquanto esse dia não chega eu tenho que ter paciência e esperar. Quem sabe numa dessas voltas que o mundo dá, ele não traga a felicidade pra cá...'

Rafael Di Souza
2 compartilhamentos

"Aquele nó na garganta
que doí pra engolir
mais desce seco"

Mario Quintana
2 compartilhamentos

Bravata?

A voz, presa.
Nó na garganta.
Malditas gravatas!

Francismar Prestes Leal
Inserida por FrancismarPLeal
1 compartilhamento

O nó na garganta apertava, a medida que ela se contorcia tentando evitar as lágrimas que se preparavam para jorrar na sua face sua única saída foi juntar-se a um lápis e um papel para despejar tudo aquilo que ela queria gritar, tudo o que implodia naquele vulcão interno de emoções retrogradas.
Seus olhos tinham um brilho intenso, tinham água que transbordavam de raiva – era ridículo chorar daquela forma -, seus punhos se fechavam de maneira precipitada e ela tentava esmurrar com toda sua força a parede, que por sinal não tinha um pingo de culpa por ninguém se dispor a escuta-la naquele momento. A melancolia doentia que invadia todo o seu corpo parecia absurda, nenhuma palavra sairia de sua boca sem que fosse aos berros, de fato ela agora parecia uma louca. Toda aquela raiva à transformava em uma pessoa extremamente masoquista; á aquela altura do campeonato ela não hesitaria em cortar os pulsos como o fez na última semana. Seu corpo enrijecido pela dor excessiva, parecia se romper a cada impulso agressivo e rejeitava toda a agressão; seus punhos apertados em um fio de náilon agora escreviam com tanta força, que chegavam a rasgar as folhas...ela não podia ver o quanto estava desesperada.
Era mais um estado depressivo, e contraditório aos dias de felicidade que ela vivera até ontem.
Era como se seus sonhos fossem apagados e seus amores queimados...

ERA UM CÉU NUBLADO SEM ESTRELAS.

Gessika Felix
Inserida por Gessikaflx
1 compartilhamento

" ... Gosto, também, do nó na garganta. Do choro "preso". Da sensação de dor. Do arrepio de um beijo inesperado, roubado. Do imprevisível, daquilo que jamais se espera. Da fantasia, dos sonhos. De poder "viajar" em meu mundo, em meus pensamentos, "voando alto" para bem longe.
- MAS... gosto, SOBRETUDO, de ser esquisita. Meio esquizofrênica. Meio autista. Metade mulher. Metade menina. E outra metade ainda criança. Alguém sem nexo. De personalidade forte. Irritável. Alguém assim tão eu, tão minha. "

Gabriele Fernandes
Inserida por Subentendida

Meu medo..
Durma, medo meu,
que já é tarde para você!
Em noite de nó na garganta
sua presença não é bem-vinda.
Te escondo em minha alma,
soluço suas dores.
Por enquanto apenas durma
-sozinho em sua agonia-
deixe-me em travesseiro descansar.

Sozinho no escuro
Inserida por Daienne

Hoje eu acordei com um nó na garganta e com o coração tão atrapalhado quanto o equilíbrio de uma criança com o cadarço do tênis desamarrado.

Iasmin Flor
Inserida por iasminflor
1 compartilhamento

O nó na garganta aumenta, o coração aperta, e as lágrimas num ato simples caem. Sim, eu ainda lembro de você. Todos os dias.

Camylla Gonçalves Cantanheide
Inserida por camyllag
1 compartilhamento

Enorme Mundo


Este mundo acaba ficando apertado em meu peito.
Sinto o nó na garganta e a mesma vontade de chorar antes.
Nessa altura, minhas lágrimas secaram, percebo que saem sangue das minhas pálpebras que ainda doem.
Este sangue sai tão quente dos meus olhos que minha pele se deforma.
Depois de tanto tempo em um túmulo, a saudade começa a tomar conta de mim.
Continuo a te esperar!
Por que você não vem?
Sinto sua falta!
Um mundo tão grande que é o mundo dos mortos, não há o que fazer a não ser sentir a saudade nos maltratar.
Sithoeph me prometeu um amor.
Confio nele, ele não falhará comigo!

Kinha Griman
Inserida por KinhaGriman
1 compartilhamento

Um nó na garganta asfixia mais que corda no pescoço.

Joni Baltar
Inserida por JoniBaltar
1 compartilhamento

Saudade é coisa que machuca
É coisa que dá um nó,
Nó na garganta
Saudade é dor doída
Que faz tremer boca e coração
Dos olhos escorrem águas
Se escuta uma canção
Saudade é nó que não desata
Chora a alma
Alma chora
É desatino
Solidão.

Leônia Teixeira
Inserida por LeoniaTeixeira
1 compartilhamento

Eu tenho dó de quem está só, com um nó na garganta, limitado à sua existência, pensando que a vida humana termina apenas no pó da terra, quando existe ainda a esperança da Vida Eterna.

Helgir Girodo
Inserida por HelgirGirodo
1 compartilhamento

Quando o nó na garganta impede a passagem das palavras e o céu da emoção desaba em nós, nos calamos resignados, diante da certeza de que palavra alguma seria suficiente para nomear nosso sentimento.

Edna Frigato
Inserida por ednafrigato

...e a gente amadurece!
E dá aquele frio na barriga, aquele nó na garganta, porque amadurecer já não é mais algo que você ouviu falar: agora é fato!
Você vai envelhecer, sim!
Vai criar rugas, vai pratear seus cabelos com fios brancos, vai perder a firmeza da pele, vai entrar numa luta eterna contra os quilos marcados na sua balança, vai se olhar no espelho e nem sempre irá gostar do que irá ver. Você vai passar por uma mudança em tanto e goste ou não, vai ter que aceitar.
Não há botox que te salve, ou milagre que te poupe: a vida vai brincar de duro ou mole com vc, querida! Só que desta vez não vai ter graça!
Vai ser uma dureza se olhar no espelho e não ignorar tantas mudanças. Mole mesmo, vai ser a sua disposição: você vai querer se divertir, mas desde que antes da meia noite esteja em casa... e olhe lá!
Mas depois de algum tempo - acredite - você vai se acostumando a sua nova imagem, e vai encarando o "envelhecer" com mais tranquilidade. Vai aprendendo a se olhar com ternura e abraçar seu novo eu, seu novo corpo, seu novo retrato que antes você nem sabia que era tão bonito.
Porque de repente, você saca que envelhecer não é se enfiar numa cadeira de balanço e passar lá o resto da vida. É mais! Muito mais!
É ter gratidão por ter chego a esta nova etapa da vida e aceitá-la. É se remodelar, se redescobrir e se permitir a ser o que você sempre sonhou na vida, afinal, na velhice, a gente pode tudo. E tudo é tudo mesmo! A gente passa a ter direito sobre a vida.
E falando nela - a vida - a gente passa também a ter cuidados redobrados com ela, pois é a partir de agora que a gente percebe a grande preciosidade que temos em mãos.
Não há mais tempo à perder. É agora ou nunca!
Há quem vá fazer destes anos os melhores de todos os que já foram vividos, mas sempre haverão aqueles que ficarão a lamentar que já não há mais nada a ser feito.
Eu prefiro acreditar que é a partir de agora que eu tenho tudo o que preciso para fazer da minha vida uma história com final feliz... Apesar das dores que já me incomodam as costas, eu to viva, e deixar qualquer brincadeirinha boba da vida me impedir de ser feliz, jamais!

Mell Glitter
Inserida por MellGlitter
1 compartilhamento