Agatha Christie (1890-1976), também conhecida como a Rainha do Crime, é até hoje reconhecida pelos seus livros de mistério e suspense. Com uma coleção que chega a cerca de 93 histórias, a escritora inglesa é um ícone das tramas policiais, tendo criado personagens consagrados para desvendar os casos nas suas obras, como Hercule Poirot e Miss Marple.

A melhor hora para planejar um livro é enquanto se lava a louça - Agatha Christie

A melhor hora para planejar um livro é enquanto se lava a louça.

Agatha Christie

Entre as principais curiosidades sobre a vida da escritora, é interessante destacar que o seu primeiro livro, O Misterioso Caso de Styles, veio de um desafio feito pela sua irmã, Madge, para que Agatha escrevesse um romance policial. Outro fato marcante na sua história é a época em que se casou com o arqueólogo Max Mallowan e começou a viajar pelo Oriente com ele, o que motivou a escrita de muitos dos seus livros.

Confira esses 15 livros da autora e desvende aqueles que são novos para você!

1. Assassinato no Expresso do Oriente (1934)

livro Assassinato no Expresso Oriente

  • Título original: Murder on the Orient Express

Um livro inspirado num caso real: o sequestro de um bebê filho do aviador Charles Lindbergh, ocorrido nos Estados Unidos, em 1932. Nesse intrigante romance policial, Agatha coloca o detetive Hercule Poirot para investigar o assassinato de um passageiro dentro do trem Expresso do Oriente. Pela forte tempestade de neve, o trem se encontra parado nos trilhos no meio do caminho.

Uma curiosidade é que, na sua vida, a escritora também costumava utilizar o trem Expresso do Oriente, tendo, em 1931, ficado presa dentro do veículo após um inundação!

De tão aclamado pelas críticas, o livro virou filme mais de uma vez, sendo a última versão lançada em 2017. Confira o trailer:

2. O Caso dos Dez Negrinhos ou E Não Sobrou Nenhum (1939)

O Caso dos Dez Negrinhos ou E Não Sobrou Nenhum

  • Título original: And Then There Were None

Oito pessoas são convidadas para irem a uma mansão numa ilha deserta e lá são recepcionados por um casal de empregados que avisa que os anfitriões da mansão estão atrasados. Durante a noite, todos são amedrontados por uma voz misteriosa. A partir daí, a história começa a desenrolar-se, tendo, como fundo, um poema emoldurado nas paredes da mansão, com uma cantiga infantil, que conta a morte de dez soldadinhos.

Com esses dois títulos, O Caso dos Dez Negrinhos refere-se à canção, enquanto o título E Não Sobrou Nenhum diz respeito à última frase desta mesma canção.

O romance policial mais vendido do mundo e, muito provavelmente, o mais famoso também.

3. Os Crimes ABC (1936)

os crimes abc

  • Título original: The A. B. C. Murders

Com a presença de Hercule Poirot no livro, cartas ameaçadoras são enviadas para o endereço do detetive. Elas são assinadas com as iniciais "A.B.C" e narram crimes que irão acontecer. Com o acontecimento dos assassinatos, que têm por características seguir a ordem alfabética nos nomes das vítimas e nos locais de crime, iniciam-se as investigações para entender quem está por trás disso e o porquê de enviar as cartas a Poirot.

4. O Assassinato de Roger Ackroyd (1926)

O Assassinato de Roger Ackroyd

  • Título original: The Murder of Roger Ackroyd

Poirot estava de folga numa vila britânica, conhecida pelas fofocas entre os moradores, quando acontece o assassinato de Roger Ackroyd e é necessário começar a investigar. Uma busca que parece ter vários suspeitos possíveis! Aviso para quem não leu: esse livro gerou muita polêmica no modo como o mistério é desvendado.

História narrada pelo médico da cidade: Dr. Sheppard.

A verdade, por mais feia que seja, é sempre curiosa e bonita para quem a procura.

Agatha Christie - O Assassinato de Roger Ackroyd

5. Punição para a Inocência (1958)

punição para a inocência

  • Título original: Ordeal by Innocence

Um cientista chamado Arthur Calgary afirma ter provas de que o já falecido Jacko Argyle era inocente, não tendo matado a sua mãe. Entretanto, essa notícia provoca temores no resto da família, pois, afinal, quem então era o culpado pela morte da mãe?

Uma narrativa que se distingue das outras obras de Agatha Christie, por não ter um dos famosos detetives da autora a decifrar o mistério.

Está entre os livres favoritos da escritora na sua coleção.

Em 1984, foi lançado um filme com a história. Confira o trailer:

6. Morte no Nilo (1937)

Morte no Nilo

  • Título original: Death on the Nile

Hercule Poirot está de férias no Egito. Enquanto isso, um casal vai em lua-de-mel para lá, sendo seguidos por uma jovem que se sente traída por ambos. Além disso, há outros personagens importantes passando seu tempo no país.

Em meio a isto tudo, um assassinato ocorre e Poirot entra em ação.

O livro é fortemente recomendado pela própria autora, que comenta no prólogo:

É um de meus melhores livros sobre "viagens internacionais".

Agatha Christie - Prólogo de Morte no Nilo

7. O Mistério dos Sete Relógios (1929)

O mistérios dos 7 Relógios

  • Título original: The Seven Dials Mystery

Oito despertadores para acordar um dorminhoco às 6 horas e 30 minutos. O que poderia dar errado? Num livro de Agatha Christie, como tudo acaba em assassinato, algo certamente deu errado e o sonolento nunca mais acordou para a vida. E o mais curioso: apenas sete relógios foram encontrados na cena do crime.

Nessa trama, quem investiga o ocorrido é o superintendente Battle junto dos outros jovens envolvidos na história.

Para todos os problemas, existe uma solução mais simples.

Agatha Christie - O Mistério dos Sete Relógios

8. Mistério no Caribe (1964)

Mistério no Caribe

  • Título original: A Caribbean Mystery

Essa história é protagonizada pela velhinha Miss Marple, a detetive amadora de Agatha. Apesar de gostar de passar seu tempo no vilarejo, ela ganhou uma viagem paga pelo sobrinho, o que a fez passar uns dias de inverno no Caribe. Entretanto, não será um momento de muito descanso, pois o major Palgrave faleceu. Agora é necessário desvendar o mistério por trás dessa morte.

Para quem já está acostumado com Poirot, essa é uma bela forma de conhecer melhor Miss Marple, a outra estrela dos livros de Agatha.

9. Testemunha ocular do crime (1957)

Testemunha ocular do crime

  • Título original: 4.50 from Paddington

Novamente com Miss Marple, esta é a única a acreditar na história de Elspeth McGillicuddy, que conta ter visto uma mulher ser estrangulada no trem que estava em sentido contrário ao seu. Sem corpo na cena do crime, a trama é capaz de dar um nó na cabeça de qualquer pessoa.

O sobrinho-neto de Miss Marple, David, e a personagem Lucy Eyelesbarrow irão auxiliar na investigação do homicídio.

10. O Misterioso Caso de Styles (1920)

Misterioso caso Styles

  • Título original: The Mysterious Affair at Styles

Essa história tem uma razão especial para estar na nossa lista: é o primeiro livro de Agatha Christie na ordem de sua coleção. Pode não ser o mais célebre nem o mais vendido, mas já tem, no enredo, a participação do detetive Hercule Poirot. Ou seja, este é um ótimo jeito de conhecer os primeiros trabalhos da Rainha do Crime e de pensar em como as obras dela avançaram ao longo dos anos.

A trama é contada na Mansão Styles, uma casa de campo. Após a morte da proprietária da casa, todos parecem ser suspeitos e ter motivos para assassiná-la. Poirot tem a missão de analisar as pistas e de encontrar o verdadeiro culpado.

Instinto é uma coisa maravilhosa. Ele não pode ser explicado nem ignorado.

Agatha Christie - O Misterioso Caso de Styles

11. Morte na praia (1941)

Morte na praia

  • Título original: Evil Under the Sun

Poirot estava de férias e pretendia continuar assim, mas novamente acontece um assassinato à sua volta e agora ele precisa desvendá-lo. Nessa história, os acontecimentos giram em torno de um hotel em que Poirot está hospedado. Um triângulo amoroso levanta suspeitas.

É, com um final surpreendente, que Poirot explica o culpado do homicídio da bela Arlena Stuart.

12. Noite das Bruxas (1959)

Noite das Bruxas

  • Título original: Hallowe'en Party

Ariadne Oliver, autora de romances policiais, está presente numa festa de Halloween, onde conta histórias de mistério para crianças. Lá ocorre uma assassinato e, então, Ariadne chama Poirot para ajudar a desvendar o crime.

Uma curiosidade desse livro é que Ariadne Oliver é entendida como seu alter-ego: uma versão de Agatha. Isto é algo que deixa ainda mais atrativa a história.

(...) Soa maravilhosamente. Um admirável novo mundo. Não há nada disso realmente, há?
- Você não acredita nele?
- O senhor acredita?
- Há sempre um admirável novo mundo - disse Poirot - mas, sabe, só para algumas categorias especiais de pessoas. As felizes. Aquelas que trazem dentro de si mesmas a criação desse mundo.

Agatha Christie - Noite das Bruxas

13. Os cinco porquinhos (1942)

Os cinco porquinhos

  • Título original: Five Little Pigs

Nesse romance policial, Hercule Poirot é buscado por Carla Lemarchant, que pretende saber se sua mãe, condenada pela morte do esposo, era mesmo culpada do assassinato. Para tal, Pairot busca averiguar qual dos cinco suspeitos pode ter sido o real responsável pelo crime.

O uso de diferentes narradores em primeira pessoa tornam a trama mais interessante e envolvente.

14. Cai o pano – O último caso de Poirot (1975)

Cai o pano – O último caso de Poirot

  • Título original: Curtain

Aquele que foi o último livro da autora na ordem da coleção e também a última vez com vida de Poirot. Nessa história, o detetive retorna ao primeiro caso e livro da autora: O Misterioso Caso de Styles. Lá na mansão Styles, pretende, com o auxílio de Arthur Hastings, procurar um assassino.

Tamanha era a fama de Poirot que este ganhou espaço no famoso jornal New York Times com o registro de seu óbito.

15. Convite para um homicídio (1950)

Convite para um homicídio

  • Título original: A Murder is Announced

Miss Marple ajuda a desvendar esse caso em que um vilarejo inteiro foi convidado para assistir a um homicídio. Todos pensavam tratar-se de uma brincadeira ou um jogo, mas alguém saiu com a orelha ferida e outra pessoa acabou morta. O que aconteceu? Quem seria, afinal, o culpado? Suspeitos não faltam.

Miss Marple, com o seu conhecimento sobre a mente humana, é vista como uma pessoa que pode colaborar na resolução do crime.

É o que há em você que o faz feliz ou infeliz.

Agatha Christie - Convite para um homicídio

E aí, gostou da lista? Quantos você já leu?