Curva de Rio

Cerca de 27 frases e pensamentos: Curva de Rio

O Amor é igual ao rio, prolonga seu percurso com curvas só para tornar mais belo o encontro com o mar.

Aurélio Vaz de Melo
13 compartilhamentos

A vida é como um rio ... em cada curva, deixa pra trás aquilo que não precisa ou não merece seguir adiante, e ao longo desse curso, tudo, de algum modo, muda. Os sentimentos são voláteis, as vontades são supérfluas, o passado não volta, e o futuro está coberto pela neblina do tempo, o que nos impede de vê-lo.
Aquilo que hoje nos faz sorrir, amanhã pode nos causar a mais amarga das tristezas, portanto vivamos cada momento como se o tempo não existisse; sigamos em frente buscando a felicidade nas coisas mais simples, e se for preciso mudarmos, mudemos, mas não percamos a nossa essência.

Jorge Velloso

a se esse coração soubesse falar . .
quantas curvas de rio poderia explicar.
tudo é tão simples e inusitado.
então vem a pergunta . .

Wilson Alberto

Não morda a maçã,
Suas curvas,
São o triângulo das bermudas,
Fruto proibido,
Tem tirado meu juízo,
Meu sono,
Meu chão,
Sei que posso me perder,
Teu sorriso kriptonita,
Onde o verde da esmeralda,
Se transforma em vermelho sangue,
Dessa boca feito doce,
Que não me cansaria de beijar.
Mas,
Não morda a maçã,
Ela é fruto proibido,
Que me faz perder o juízo,
Incansavelmente,
Não consigo descansar,
Perco os sentidos,
Só em te olhar.
Não morda a maçã.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Três de Dezembro.

A mais bonita das bonecas,
De beleza natural,
Seus cachinhos,
Suas curvas,
Sim,
Ela não tem igual,
De idéias,
Sem balelas,
Sopra o vento,
Passa o tempo,
Sem lamento,
Voltamos ao nossos momentos.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Vogar

Encontrei a nascente do mais puro e doce mel
Mel que percorre como um rio e suas curvas
Curvas que na verdade são cachos
Cachos dourados do mel cor de ouro
Ouro que quem olha fica fascinado
Fascinado com seu brilho e fulgência

Quisera eu ser um barquinho
E em teus cachos cor de ouro navegar
Me adentrar nas curvas deste rio, e sem medo algum
No desconhecido me aventurar

Quem consegue desvendar?
Os mistérios que envolvem este rio peculiar
Rio que já nem sei mais se é real
Ou se é apenas o seu encantar
Encantar de um anjo puro e doce
Devaneios de alguém a amar

Patty Assis
Inserida por Patty_Assis

Sejamos como os rios, não em uma trajetória retilínea que deságua, mas com curvas para podermos deixar coisas para trás, além de que também chegarão coisas para a nossa vida.

Moisés Maciel
Inserida por MoisesMaciel

“O rio é nosso aliado, suas águas nos leva as curvas sinuosas da correnteza da vida.”

Wilamy Carneiro - poeta e escritor
Inserida por WILAMYCARNEIRO

Nas margens de um rio

Em suas curvas
segue reta a água
líquida vida

Sergio Ramoz
Inserida por sergioramoz

" A vida é como os meandros de um atraente rio, não importa a inconstância que haja, quanto mais acentuadas forem as curvas mais belos e longos serão os desafios."

Brenner Souza dos Santos
Inserida por brenner_souza

" A vida é como os meandros de um atraente rio, não importa a inconstância que haja, quanto mais acentuadas forem as curvas mais belos e longos serão os desafios."

Brenner Souza dos Santos
Inserida por brenner_souza

O tempo é linear, sem curvas ou relevos, além de não voltar, ele corre como um rio, tem escolhas que só podem ser feitas uma vez...

Thamires Gomes

A vida eh como um rio, cheia de curvas e de perigos e a cara tem muitas faces, qual eh a sua?

Andorinha - M.A.S
Inserida por Andorinha

A tristeza às vezes se faz correnteza
Na curva do rio
Encontramos a vida voraz com a boca escancarada a espreita...
Preste a nos engolir
recolhemos então o que nos resta de coragem e travamos com ela a grande batalha
matar ou morrer de fome...

Vcruz
Inserida por vcruz

O LEITO DA ESTRADA

A curva da encosta de barro e grama
É quem contorna o rio.
E o rio fica e as suas margens
Abraçam, num movimento alto e leve
A distância de todos os dias
Suas beiradas quem invadem os caminhos.
Os peixes andam pelas encostas e no areial distante
Nos vales lisos que superam o rio.
Eu entro no rio e atesto o seu estado de inércia
E fico horas, dias, nas mesmas águas
Vendo mudarem as estações
A razão do florescimento e de lugares ermos
O rio se solidifica na demência dele
E os arvoredos vão lentamente passando.
O rio fica onde está e as margens
Mergulham no oceano de sede eterna
E o mar transborda
E as estradas secam
Os peixes que não se misturam
Agarram-se à água
Enquanto garranchos e areia e
E raízes, esteios, pedras se mostram,
No derramamento das paisagens..
Além de quem
Na perturbação do que cumpre a natureza
Que avança para se renovar
Assim tão modificadora e veloz.

Naeno Rocha
Inserida por naenorocha

A vida é como um rio, que mesmo cheio de curvas e desvios ainda segue seu curso normalmente.

Aline GP
Inserida por Alinegp06061989

Leve-me até a curva do rio
Leve-me até o fim de luta
Lave o veneno da minha pele
Mostre-me como ser inteiro novamente
Voe me em uma asa de prata
Passado o negro, onde as sirenes cantar
Me aquecer no brilho de uma nova
E soltar-me ao sonho abaixo
Porque eu sou apenas uma rachadura no castelo de vidro
Quase nada há para você ver
Para você ver .. ♥: D

UmaPandaBaixinha
Inserida por UmaPandaBaixinha

CHALANA, MULHER E CANÇÃO.

Quero ser o rio vagaroso
Curvado, reto, nervoso.
Só para em mim navegar

Quero vê-la flutuando, em mim seu corpo banhando,
Tranquilo eu quero estar.
Por essas minhas águas mansas.
Te levar em segurança, apenas pra não se cansar.

Como mãos de rebojo d´água.
Embalo seu corpo por nada.
Só pra contigo ficar.

Menina chalana dourada.
Sou rio, sou sua estrada.
Segue seu rumo por mim.

Nos redemoinhos que faço.
No prazer, no abraço.
Fazer você revirar.

Envolvo seu corpo em meu líquido.
Da mais alta pureza, limpo.
Para nunca a tristeza chegar.

Depois de um dia frenético,
Dispor meu tempo acho ético.
A sua disposição.

Fazer-te carinhos em ondas.
No meio daquelas sombras.
Seu corpo transformo em mulher.

E da mulher que viraste,
Tem outra composição
Uma nota de anjo
Pra transformar em canção.

Dos fios de cabelos dourados,
Acordes ecoarão.
Por conta de um outro toque.
O toque do coração.

De um grito, gritado pra dentro
Sufoca a mata e o vento,
Como se fosse um meu.

Mas não usarei minha boca,
Nem mesmo qualquer instrumento.
Eu uso o que vem de dentro.
E uso os lábios seus.

Farei um arranjo de tudo.
Um canto calado, mudo.
Usando uma nota só.

Farei um arranjo de flores.
Com a melodia das cores.
Pro meu amor declarar.

Você já foi música outrora.
Estas de novo, aqui, agora.
Dentro de nova inscrição.

Chalana, mulher e canção.
Do fundo do coração.
Não é desejo ou paixão.
É um simples amor assim.

Venha, se jogue, acredite.

Sou rio de águas turvas.
De tantas retas e curvas.
Que só quer que navegues em mim.

29/08/2013 - 00:53
Edmilton Pedroso

Edmilton Pedroso
Inserida por Edmilton
1 compartilhamento

Lá onde a vida tem sentido é que o rio faz curva.

Nátaly Seckler
Inserida por NateSeckler

" Vou, como sou sozinho. Um rio que não se encontra, que faz a curva no estio e se deságua na sombra"

naenorocha
Inserida por naenorocha