Coleção pessoal de lulimap

101 - 120 do total de 171 pensamentos na coleção de lulimap

DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Mario Quintana
11 mil compartilhamentos

A poesia não se entrega a quem a define.

Mario Quintana
1.4 mil compartilhamentos

" só é verdadeiro aquilo que não se diz... só o silÊncio é verdadeiro... é preciso ouviro silêcio não como surdo, mas com um cego..."


Fernando Sabino

Fernando Sabino
20 compartilhamentos

Os Dois

Eu sou dois seres.
O primeiro fruto do amor de João e Alice.
O segundo é letral:
É fruto de uma natureza que pensa por imagens,
Como diria Paul Valèry.
O primeiro está aqui de unha, roupa, chapéu e vaidade.
O segundo está aqui em letras, sílabas, vaidades e frases.
E aceitamos que você empregue o seu amor em nós.

Manoel de Barros
14 compartilhamentos

Me procurei a vida inteira e não me achei - pelo que fui salvo.

Manoel de Barros
124 compartilhamentos

A arte precisa do vazio. O vazio de dentro, a respiração entre as linhas do texto, o vazio entre a ideia e a realização, os pequenos vazios, as pausas, e um último vazio bem gordo, depois da decisão de que, em determinado momento, alguma coisa está pronta.

Roger Mello

Nos demais,
todo mundo sabe,
o coração tem moradia certa,
fica bem aqui no meio do peito,
mas comigo a anatomia ficou louca,
sou todo coração.

Vladimir Maiakóvski
871 compartilhamentos

COMUMENTE É ASSIM

Cada um ao nascer
traz sua dose de amor,
mas os empregos,
o dinheiro,
tudo isso,
nos resseca o solo do coração.
Sobre o coração levamos o corpo,
sobre o corpo a camisa,
mas isto é pouco.
Alguém
imbecilmente
inventou os punhos
e sobre os peitos
fez correr o amido de engomar. Quando velhos se arrependem.
A mulher se pinta.
O homem faz ginástica
pelo sistema Muller.
Mas é tarde.
A pele enche-se de rugas.
O amor floresce,
floresce,
e depois desfolha.

Vladimir Maiakóvski
1001 compartilhamentos

Tentei descobrir na alma alguma coisa mais profunda do que não saber nada sobre as coisas profundas.
Consegui não descobrir.

Manoel de Barros
865 compartilhamentos

E, aquele
Que não morou nunca em seus próprios abismos
Nem andou em promiscuidade com os seus fantasmas
Não foi marcado. Não será exposto
Às fraquezas, ao desalento, ao amor, ao poema.

Manoel de Barros
990 compartilhamentos

Exigimos promessas como se cumpríssemos todas elas.
Esperamos tanto dos outros mas evitamos o compartilhar.
Fazemos planos para o futuro sem nem saber viver o que é recente.
Exigimos constante procura mas não nos mostramos presente.
Tantas limitações, tantos medos e precauções. Tanto achismo sem noção.
Se a vida é mesmo tão deliciosa como dizem, porque continuamos de dieta?

Larissa Preez

Não adianta reclamar das pessoas e esperar que elas mudem; não adianta esperar que elas se tornem mais abertas e sinceras a respeito de seus sentimentos para fazermos o mesmo. Em cada pessoa existe alguém que está esperando a mesma iniciativa de nossa parte. Todos esperam que os outros comecem a fazer primeiro; e, se todos esperam, ninguém faz nada. É preciso perder o medo de mostrar nossas fraquezas, nossas falhas, nossos medos, nossas dificuldades. Não adianta responsabilizar o mundo por não sabermos fazer isso. O mundo é feito de outras pessoas que também não sabem fazer o mesmo. Se ninguém sabe fazer, é preciso que todos aprendam. E isso é o tipo de coisa que a gente aprende só de ter a vontade sincera de aprender a fazer.

Daniel Grandinetti

'Pessoas mágicas, que se apaixonam por coisas tão bobas, que quando tentam voltar ao mundo real, já é tarde. Mágica vicia

desconhecido

"Abandone a mente que pensa em prosa;
reviva outro tipo de mente que pensa em poesia.
Ponha de lado toda a sua perícia em silogismos;
deixe as canções serem o seu estilo de vida.
Mude do intelecto para a intuição,
da cabeça para o coração,
porque o coração está mais próximo dos mistérios."

Osho
20 compartilhamentos

entre a dívida externa e a dúvida interna
meu coração
comercial
alterna

Paulo Leminski
27 compartilhamentos

"Já não temo fantasmas
invoco a todos
que venham em bando
povoar meus dias
atormentar minhas noites
entre tantos
loucos e livres
existe um
que é doce
e que me
falta."

Alice Ruiz
72 compartilhamentos

Temporal
Fazia tempo
Que eu não me sentia
Tão sentimental

Paulo Leminski
87 compartilhamentos

Foleando Leminski

Tento achar nas páginas
algo que expresse minha insatisfação
Um poema de um dilema
ou alguma torta inspiração
Toda vez que faço isso
nada de novo sinto
Vejo tudo, nada lido
Volto a primeira fase

O que me resta então
é escrever
minha própria desilusão
Algum verso que se encaixe
nessa fase que me invade
em linhas sem direção
mesmo que em vão
ou em pequenas partes.

Larissa Preez

você está muito sensata
acho bom
você consultar um psicopata

Paulo Leminski
89 compartilhamentos

PROFISSÃO DE FEBRE

quando chove,
eu chovo,
faz sol,
eu faço,
de noite,
anoiteço,
tem deus,
eu rezo,
não tem,
esqueço,
chove de novo,
de novo, chovo,
assobio no vento,
daqui me vejo,
lá vou eu,
gesto no movimento

Paulo Leminski
80 compartilhamentos