Coleção pessoal de lulimap

21 - 40 do total de 171 pensamentos na coleção de lulimap

Não há saber mais ou saber menos: há saberes diferentes.

Paulo Freire
6.2 mil compartilhamentos

(...)
A batida da porta é a porta
fechada
alguém dentro
alguém fora
alguém-alguém
A batida da porta é uma máquina
de lembrar
mas lembrar cansa
uma máquina cansa
você cansa
alguém dentro cansa
eu-trancado
(...)

Franklin

Nunca uma falha, sempre uma lição.

Rihanna
141 compartilhamentos

Reencontro

Estou rodeado de mortes.
Defuntos caminham comigo na saída do cinema.
São muitos,
sinto a presença ativa das magnólias
queimando em seu próprio aroma.
Os mortos acomodam-se a meu lado
como numa fotografia.
Ajeitam o paletó, a gola da blusa
e parecem alegres.
São gente amiga
com saudade de mim
(suponho)
e que voltam de momentos intensamente vividos.
Tentam falar e falta-lhes a voz,
tentam abraçar-me
e os braços se diluem no abraço.
Fitam-me nos olhos cheios de afeto.
Ah quanto tempo perdemos,
quanta desnecessária discórdia,
penso pensar.
É isto que me parecem dizer seus esplendentes rostos neste entardecer de janeiro.

Ferreira Gullar

Extravio
Onde começo, onde acabo,
se o que está fora está dentro
como num círculo cuja
periferia é o centro?
Estou disperso nas coisas,
nas pessoas, nas gavetas:
de repente encontro ali
partes de mim: risos, vértebras.
Estou desfeito nas nuvens:
vejo do alto a cidade
e em cada esquina um menino,
que sou eu mesmo, a chamar-me.
Extraviei-me no tempo.
Onde estarão meus pedaços?
Muito se foi com os amigos
que já não ouvem nem falam.
Estou disperso nos vivos,
em seu corpo, em seu olfato,
onde durmo feito aroma
ou voz que também não fala.
Ah, ser somente o presente:
esta manhã, esta sala.

Ferreira Gullar

Viver é etecetera.

Guimarães Rosa
922 compartilhamentos

Eu tenho a ânsia de não fazer lugar comum.

Manoel de Barros

Repetir, repetir - até ficar diferente
repetir é um dom do estilo

Manoel de Barros

A arte serve pra gente reinterpretar o mundo

Pedro Salomão

"Com unhas e dentes"

Estar vivo
é abrir uma gaveta
na cozinha,
tirar uma faca de cabo preto,
descascar uma laranja.
Viver é outra coisa:
deixas a gaveta fechada
e arrancas tudo
com unhas e dentes,
o sabor amargo da casca
de tão doce,
não o esqueces.

Luís Filipe Parrad

Agora sei: sou só. Eu e minha liberdade que não sei usar. Grande responsabilidade da solidão. Quem não é perdido não conhece a liberdade e não a ama. Quanto a mim, assumo a minha solidão. Que às vezes se extasia como diante de fogos de artifício. Sou só e tenho que viver uma certa glória íntima que na solidão pode se tornar dor. E a dor, silêncio. Guardo o seu nome em segredo. Preciso de segredos para viver.

Clarice Lispector

A lua ali
Crescente e minguante
Latente
Pulsante
Na minha cara

Não carecia de luneta
A tocava
Cheia
A derreter-se em minha boca

E eu, boquiaberto
Estático
Senti o gosto
De lua crua

A escorrer
Por entre lábios e dedos

Fui criança lambuzada de lua
Até
os
cabelos

Eclipse

Y.M.

Panis Et Circenses

Eu quis cantar
Minha canção iluminada de sol
Soltei os panos sobre os mastros no ar
Soltei os tigres e os leões nos quintais
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Mandei fazer
De puro aço luminoso um punhal
Para matar o meu amor e matei
Às cinco horas na avenida central
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Mandei plantar
Folhas de sonho no jardim do solar
As folhas sabem procurar pelo sol
E as raízes procurar, procurar

Mas as pessoas na sala de jantar
Essas pessoas na sala de jantar
São as pessoas da sala de jantar
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Os Mutantes

Ressentimento do mundo

Para Carlos Drummond de Andrade

Enquanto no mundo tem gente pensando
que sabe muito,
eu apenas sinto.
Muito.

David Cohen (poeta)
309 compartilhamentos

Quem Sabe

Diz a mecânica quântica
que as partículas atômicas
se comportam de um jeito
quando são observadas
e de outro quando estão sós
(como, aliás, todos nós).

E quem nos assegura
que o Universo que está aí
não é como aí está
quando ninguém está olhando?
E que quando os astrônomos
se viram do telescópio
para a prancheta
o Universo não faz uma careta?

O corpo e a mente têm biografias separadas,
cada um sua memória própria,
seu próprio jogo de charadas,
Meu corpo tem lembranças- cheiros, tiques, andanças -
que a mente não registrou
e o corpo não tem as marcasde metade do que a mente passou

(Pior que uma mente insana
num corpo sem muito assunto
é um corpo que já foi ao Nirvana
sem que a mente tenha ido junto.)

Cada um tem um passado
do qual o outro não tem pista
(como um bilhete amassado)
e nem o Mahabharataexplica
uma mente anarquista
num corpo socialdemocrata.

Compartilham bioplasmase o gosto por certas atrizes,
mas não tem os mesmos fantasmas
nem as mesmas cicatrizes.
Das duas, uma, gente:
ou toda mente é de outro corpo-
ou todo corpo mente.

Luís Fernando Veríssimo
12 compartilhamentos

Extinto por lei todo o remorso,
maldito seja quem olhar pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

Leminsky

O circo

Contorço-me para procurar
no fundo obscuro dos pensamentos
uma forma de libertação de minhas incertezas.

Sinto-me tão leve
Que posso ver meus pés no topo da cabeça.
Agora sim estou solta,
Desenibida e nada pode me conter.

Meus movimentos tão sincronizados
me mostram com clareza a simetria da vida.

Ao ver as bolas caindo
palmo a palmo em minhas mãos entendo que
não podemos realizar duas tarefas ao mesmo tempo,
pois não serão executadas com dedicação total.

A corda bamba de inicio é desafiadora,
Persistência e dedicação são elementos fundamentais
para alcançar o equilíbrio e chegar ao inesperado:
A perfeição.

O sorriso da criança sempre estará estampado
Porque o nariz vermelho e as botas arredondadas
ensinam-me a juventude eterna.

A terapia da movimentação que esse mundo mágico me proporciona
Me faz capaz de me transormar em Panacéia
e alquimista formulando o meu próprio Elixir.

De dançarina, contorcionista, malabarista, equilibrista e palhaça..
Passo por um processo metamórfico
Viro apenas uma menina, que tirou bom proveito dessa fantasia
Atingindo ao processo de plenitude total
E me beneficiando do mais puro êxtase do aprendizado.

Isabela Avelar
10 compartilhamentos

..."ó senhora dos sem remédios
domai as minhas brutas ânsias acrobáticas
que suspensas piruetam pânicas nas janelas do caos
se desprendem dos trapézios
e, tontas, buscam o abraço fraterno e solidário dos espaços vácuos
ó garrafada das maceradas ervas do breu das brenhas
adonai-vos do peito lacerado e do lenho oco que ocupo".

Waly Salomão

VERDADE

A porta da verdade estava aberta,
mas só deixava passar
meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava
só trazia o perfil de meia verdade.

E sua segunda metade
voltava igualmente com meio perfil.
E os dois meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.
Chegaram a um lugar luminoso
onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em duas metades,
diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
As duas eram totalmente belas.
Mas carecia optar. Cada um optou conforme
seu capricho, sua ilusão, sua miopia.

Carlos Drummond de Andrade
1.7 mil compartilhamentos

Partir!
Nunca voltarei,
Nunca voltarei porque nunca se volta.
O lugar a que se volta é sempre outro,
A gare a que se volta é outra.
Já não está a mesma gente, nem a mesma luz, nem a mesma filosofia.

Álvaro de Campos
553 compartilhamentos