Coleção pessoal de AlquimiaPsi

141 - 160 do total de 498 pensamentos na coleção de AlquimiaPsi

Muitas vezes, escolhemos permanecer em nossa zona de conforto, embora sombria, do que nos aventurarmos em busca de uma nova estrada. Sim, o desconhecido nos causa insegurança e medo, mas também nos presenteia a oportunidade primacial de experimentar, evoluir, crescer e renascer e não apenas sobreviver.

Soraya Rodrigues de Aragao

A vida, em sua sabedoria não nos concedeu autonomia total exatamente para que através desta condição de fragilidade, tenhamos a oportunidade de desenvolver a solidariedade e o amor ao próximo. Sim, somos todos frágeis. Acontecimentos podem mudar completamente a rota de nossas vidas exigindo-nos novas adaptações e aprendizados.

Soraya Rodrigues de Aragao

As regras da vida são muito simples, somos nós que as complicamos.

Soraya Rodrigues de Aragao
1 compartilhamento

O fechamento de um ciclo é sempre uma oportunidade de renascimento interior- Texto de Soraya Rodrigues de Aragão

A vida é a nossa grande mestra. Tudo o que nos acontece, está de algum modo nos favorecendo, seja para nos melhorarmos, seja pra nos despertar da nossa zona de conforto, ou mesmo para adquirirmos alguma habilidade ou mudarmos em algum aspecto. O propósito é sempre o aprimoramento.

Geralmente nos sentimos propensos ou motivados a realizar mudanças significativas em nossas vidas quando estamos insatisfeitos, quando as condições em que vivemos não correspondem mais as nossas expectativas. Precisamos desenvolver nossa "escuta interior" e através da nossa capacidade de compreensão, termos lucidez e sensibilidade para aceitar que algo já se deteriorou. A partir desta percepção, é possível nos reposicionarmos e nos readaptarmos para dar boas vindas ao "novo", com suas infinitas possibilidades.

Muitas vezes, a vida não convida, mas intima a atualizações necessárias para nosso próprio progresso, enviando-nos sinais que muitas vezes recusamos admitir e que tem um propósito maior: passar para uma etapa seguinte.

Quando a vida nos sinaliza que um ciclo está se fechando, aceite o fato e aproveite para renovar suas esperanças, oportunizando-se a gerar novos propósitos e projetos de vida. Uma readaptação nem sempre é um processo fácil, visto que despendemos muita energia emocional na reorganização do "caos" interno. Por outro lado, este é também um momento rico para iniciarmos o precioso movimento de auto avaliação e para revalidação do lugar em que ocupamos ou que desejamos ocupar no mundo. Quando um ciclo se fecha, é porque necessitamos realizar algum aprendizado naquele contexto, para passarmos para a etapa seguinte.

Com o advento de uma nova fase, iniciam-se novas oportunidades.

Precisamos eliminar aspectos, coisas e posturas que não nos proporcionam crescimento, que nada nos adiciona, nos faz sofrer e até podem se criar barreiras. Tão necessário é reciclar o nosso lixo emocional, transmutar sentimentos negativos e aprender a lidar melhor com nossas inquietações e limitações para entrarmos mais leves em um novo ciclo de vida.

Para que haja renovação verdadeira, de dentro para fora, é indispensável reavaliar a nossa perceção dos fatos e nos aceitarmos como somos, pois a partir da autoaceitação, poderemos promover as mudanças que forem necessárias.

Às vezes precisamos mudar rotas e trajetórias, provenientes das nossas reavaliações daquilo que já não nos serve mais, tornamo-nos mais mais capazes e aprimorados. Em cada etapa da vida apostamos naquela realidade e investimos o melhor que podemos nela.
A nossa maior conquista é transmutar a própria vida em constante processo de evolução e recriação de nós mesmos, colocando em prática os valores que precisamos alimentar, nos aprimorando em todas as perspetivas e principalmente aprendendo com os erros do passado. Só poderemos renascer para uma nova realidade se tivermos a capacidade simbólica de nos despojarmos do passado.

Recriar-se. Renascer. Reinventar-se.

O fechamento de um ciclo nos oportuniza revisar, ressignificar e dar um novo sentido à própria vida, colocando em prática um novo projeto de acordo com a nossa realidade e necessidades. Estar aberto, disponível e receptivo para novas oportunidades e experiências é o que a vida nos propõe ao fim de cada etapa. Queremos ter uma vida plena, de qualidade, com a coragem para continuar a acreditar nela, apesar de tudo.

“Então, que possamos olhar os problemas como desafios, a dor como meio de aprendizado, as mudanças como oportunidade de transformação, a insatisfação como eterna busca. Todo processo pode ser fácil ou difícil, penoso ou desafiador, de possibilidades e aprimoramentos. Depende de como você percebe cada acontecimento.”

E com o fechamento de ciclos não é diferente, pois ele nos oportuniza mudar, renascer e iniciar novos ciclos...

Bem-vindos à renovação!!!

Parte integrante do livro Fechamento de ciclo e renascimento.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: livro fechamento

Quando a vida nos sinaliza que um ciclo está se fechando, aceite o fato e aproveite para renovar suas esperanças, oportunizando-se a gestar novos propósitos e projetos de vida. Livro Fechamento de ciclo e renascimento.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: livro fechamento

Mesmo com o coração atribulado, por qualquer motivo que seja, permita-se viver em paz, nem que seja um dia de cada vez. Não perca seu tempo e energia com o que te desgasta, com o que procura te desestruturar, minar tuas forças, tirar tua alegria de viver, pois nada nesta vida valem a tua paz, saúde e felicidade.

Soraya Rodrigues de Aragao
1 compartilhamento
Tags: coração atribulado

A experiencia de um trauma se expressa através de sintomas que desembocam no psicossoma para manifestar suas memórias dolorosas e mal elaboradas mediante a exteriorização de uma doença psicossomática que foi eliciada por uma vivência traumática.

Soraya Rodrigues de Aragao

Indivíduos que desenvolveram algum trauma, apresentam bloqueios emocionais, onde a marca principal é o aprisionamento de memórias dolorosas, impedindo a presentificação da vida e conseqüentemente repercutindo na saúde psicofísica.

Soraya Rodrigues de Aragao
1 compartilhamento

Tudo perde o sentido quando tu deixas de ser teu cúmplice para te tornares o algoz de tua própria alma, aprisionando o teu ser em quimeras descabidas, sendo necessário desconectar o teu coração de quem não reconhece teus sentimentos, do que não pode ser contigo ou do que não pode vir a ser.

Soraya Rodrigues de Aragao
2 compartilhamentos

Deparamo-nos com um momento de transmutação, de purificação, de transição, onde somos tomados pela sensação de angústia, de desamparo, de reflexões sobre a morte, da falta de fé na vida, e mesmo crises de identidade. Há uma sensação de despertencimento. Livro Fechamento de ciclo e renascimento.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: livro fechamento

Nesta espiralidade da vida, tudo está em constante movimento e transformação, portanto permitamos desapegar-nos ao que se foi, ao que feneceu, ao que já não oferece abrigo, aos sentimentos endereçados a pessoa amada e que não ressoam, que já não encontram eco ou reciprocidade.

Soraya Rodrigues de Aragao

Desapegue-se: Nascemos de mãos fechadas, mas morremos de mãos abertas.

Soraya Rodrigues de Aragao

A partir do momento em que você expõe sua vida e seus sentimentos nas redes sociais, você dá o direito de que outros opinem na vida que é sua.

Soraya Rodrigues de Aragao

Queremos que as coisas perdurem, e essa volição é fonte de intenso sofrimento, pois muitas vezes nadamos contra a maré daquilo que não tem retorno.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: recomeço renascimento

Tiras o foco de quem não te tem como foco. Dê adeus definitivo às ilusões que alimentastes sem algum retorno, porque na economia da vida, a paciência não deve ser confundida com o que não merece ser investido, tampouco esperado.

Soraya Rodrigues de Aragao
1 compartilhamento
Tags: felicidade escolhas

Dar as costas para o trabalho do luto é fazer uma dívida com um agiota, em que virão cobranças e juros com um alto preço a ser pago.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: resiliência fortaleza

O que nos torna resilientes não é a possibilidade de desorganização, mas sim a capacidade de se reorganizar quantas vezes for necessário.

Soraya Rodrigues de Aragao
1 compartilhamento
Tags: resiliência fortaleza

Não “jogue sua dor emocional para debaixo do tapete”, pois o que você nega ou esconde cria vida e força; o que você traz à luz através do trabalho de autoconhecimento, de conscientização de suas próprias fragilidades, é o caminho seguro para uma melhor qualidade de vida, saúde, equilíbrio, harmonia paz interior e bem-estar.

Soraya Rodrigues de Aragao

Você merece prosperar em todos os sentidos, mas sem autorrespeito, isto não será possível.

Soraya Rodrigues de Aragao
Tags: autorrespeito prosperidade

Conectar-se com a natureza é sentir a presença de Deus.

Soraya Rodrigues de Aragao