Caco

Cerca de 89 frases e pensamentos: Caco

Tem horas que é caco de vidro
Meses que é feito um grito
Tem horas que eu nem duvido
Tem dias que eu acredito.

Paulo Leminski
325 compartilhamentos

Sou mais a palavra ao ponto de entulho.
Amo arrastar algumas no caco de vidro,
envergá-las pro chão, corrompê-las, -
até que padeçam de mim e me sujem de branco.

Manoel de Barros
116 compartilhamentos

Não me diga que a Lua está brilhando; mostre-me o seu reflexo num caco de vidro.

Anton Tchekhov
26 compartilhamentos

Se eu choro agora não é que eu sou fraco
É que eu tô me desmontando para depois juntar cada caco

Projota
168 compartilhamentos

Preocupe-se e de valor as coisas certas.

caco
Inserida por onaissac

Não me julgue pelas minhas companhias e não me condene por achar que faço algo, o teu achar é uma opinião errado sobre mim.

caco
Inserida por onaissac

Sou vidro quebrado
Já fui inteiro
Carregava um fardo
Quebrei-me; fui livrado.

Sou caco, e corto
Porque já fui cortado
Acontece que pela metade
Sinto-me inteirado.

Poente

O mundo está cheio de abestalhados, distribuídos estrategicamente, de forma que encontramos - no mínimo - um por dia!

Caco Dentão

"MÃO DO AMOR
Mais que um beijo, mais que a brisa
Energia que começa por aqui
E quando a gente acha que muito se conhece
Vem uma nova sensação abrandando junto à ti.

Uma força que não se explica,
Entre dois suspiros de paixão
Um gosto forte de lembranças,
Entre músicas que ficarão...

Não sei dizer se percebes o que sinto,
Mas nada disso importa em nosso agora
Um futuro indeciso se aproxima
Com a certeza de que o amor se vai afora

És uma menina de sorriso estampado
Meio indecisa que foges junto à mim
Não admite nunca este acaso,
Muito menos eu à ti

Amor puro, surreal
Que jamais veio igual
Em três noites se viveu
Viveu o sobrenatural

Amor puro, nada banal
Que vem do fundo de você,
Na tua mão um novo prazer,
Algo sobrenatural

São mensagens e notícias,
Dias de assuntos e retóricas
A desculpa de um amor
Num recheio de histórias

É gostoso te sentir
Te morder e te sorrir
Não sei nem o que dizer
O importante é me despir

Não me economizo na paixão
Muito menos no sonhar
Não me envergonho de medir
O quanto posso acreditar

Acredito neste amor,
No ser cúmplice do pensar,
E você diz que me admira,
Nem se deixa acreditar

Amor puro, surreal
Que jamais veio igual
Em três noites se viveu
Viveu o sobrenatural

Amor puro, nada banal
Que vem do fundo de você,
Na tua mão um novo prazer,
Algo sobrenatural"

Caco Antibes
2 compartilhamentos

Quem hoje quer ganhar demais, corre o risco de amanhã perder a paz.

Caco ximenes
Inserida por CacoXimenes

Muitas vezes os trilhos da vida nos conduz em linha reta eté chegarmos na gruta escura do destino e em meio a embrutecida monotonia do caminho não enxergamos a esperança que brota dos pedregulhos, restando apenas dormentes parafuzos que com perseverança sustentam a nossa vida, entre a distancia e a fé.

Caco ximenes
Inserida por CacoXimenes

Trate o politiqueiro com a politica, pois se o tratares com politicagem inevitavelmente te tornaras politiqueiro

Caco ximenes
Inserida por CacoXimenes

Não basta ser pobre.Tem que deixar o biscoito cair no chão,Pegar rapidinho...assoprar e falar:
O que não mata engorda

Miguel Falabella (Caco Antibes)

Delegacia de polícia é que nem cemitério. Se você ficar lá por mais de cinco minutos, acontece alguma merda.

Miguel Falabella (Caco Antibes)

Estou um caos. Estou um caco. E sabe? Ninguém nota. Há quem disse uma vez que estaria comigo. Eu não devo mais confiar em ninguém nem esperar nada de ninguém. Eu sempre fui o amigo q eu estava presente, o amigo que corria atrás, mesmo quando se estava óbvio que minha presença não mudava em nada, mesmo assim eu ia. E agora que mudei, o que fazem? Me culpam, dizem que nada vem de graça e que tudo deve ser recíproco. Mas e porque então não estiveram comigo e não estão agora? Se eu sempre estive com vocês.

Júnior Pereira

E quando eu o conheci , tinha mais cinco ou sei lá dez, afim de mim , ou afim da minha boca apenas, recebi propostas e convites, de altos , baixos, ricos ,universitários, fortes e populares , tanta gente chata, mas eu estava um caco , um caos, e não queria ninguém, ninguém que me prendesse, ou que me apegasse, queria viver, sem laços , por que as vezes laços cortam e eu já havia sido cortada, mas aí ele apareceu, e os cortes cicatrizavam a cada palavra dita, quando percebi não havia mais cicatrizes , e ele , foi a minha única exceção

K Rocha
Inserida por poetize

As vezes pergunto-me porque me doí tanto, por muitas vezes ter me entregado tanto. Digo-lhes, porque se eu não for assim fico doente. As decepções cada dia mais me ensina crescer e ser forte por fora, mais por dentro sou como um caco de vidro que precisa ser pegado com uma pá para ser jogada ao lixo.
Um sorriso no rosto não mostra sua dor, não transparece seu sofrimento. Mas quem te olhar nos olhos, identificará a solidão de sua alma.

Sarah Hadassa
Inserida por SarahHadassa

Não se deve perder tempo com o estúpido:

Ensinar o imbecil é como emendar cacos, ou acordar alguém que dorme sono profundo. / Falar ao imbecil é como falar a quem está dormindo; no fim ele pergunta: «O que é que foi mesmo?» / Chore pelo morto, porque ele perdeu a luz; chore pelo imbecil, porque ele perdeu o bom-senso. / É menos triste chorar pelo morto que agora descansa, porque a vida do imbecil é pior que a morte. / O luto pelo morto dura sete dias, mas para o imbecil e para o injusto dura a vida inteira. / Não gaste palavras com o insensato, e evite andar com o estúpido. / Fique longe dele, para não se aborrecer e não se sujar lidando com ele. Afaste-se dele e ficará tranqüilo, e a insensatez dele não irritará você. / O que é mais pesado que o chumbo? Qual é o seu nome, senão «insensato»? / Areia, sal e barra de ferro são mais fáceis de carregar do que um insensato.
Eclo 22, 7-14

Ben Sirac
Inserida por pensandogrande

A gente acha que é super herói e pisa em caco de vidro, a gente esquece que sangra e ignora a dor da ferida, mas ela continua lá, latente.

Mariana Romariz
Inserida por marianaromariz

Trocamos toda a herança e sabedoria de nossos pajés por um caco de espelho sujo sobre o qual debruçaremos a admirar, pelo resto de nossas vidas, nossa própria feiura.

Leonardo V. Castro
Inserida por leovcastro