Borboleta Amarela

Cerca de 5 frases e pensamentos: Borboleta Amarela

Hai-Kai de Outono

Uma borboleta amarela?
Ou uma folha seca
Que se desprendeu e não quis pousar?

Mario Quintana
383 compartilhamentos

A lua tão brilhante
Tão cheia, lá no céu
Acompanhada de suas estrelas
Iluminando o mundo

Me pergunto, você é uma lua?
Você brilha tanto, foi capaz de me iluminar no escuro
Seu brilho me guiou até uma saída dessa escuridão
Você me trouxe a luz que eu procurava na imensidão

Suas estrelas me contaram que você era especial
Um brilho próprio uma mente casual
Você foi inteligente, ou não?
Tirar alguém da escuridão, tirar-me de lá

A lua aos meus olhos, tão linda
Tão enorme
Brilhosa e reluzente

A lua tão honesta
Tão dócil e tão pura
Você me tirou da escuridão

Você é o meu infinito, minha gratidão sem fim
Meu amor proíbido
Ah amiga, por que tão distante?
Pode chegar mais perto?
Preciso do seu abraço, talvez um pouco do seu brilho
Não quero ser apagado, não gosto do meu escuro

Tão solitário, você poderia, por favor, mandar algumas de suas estrelas?
Apenas para me iluminarem, tão só, me ajude
Minha escuridão me engole
Me ilumine no infinito preto

Borboleta-Amarela
Inserida por Borboleta-amarela

E do chão frio me levantei
A parede branca encarei.
Comigo, pensei: "Por que tão sozinha?"

Me fechei em pensamentos como esse. Me permitiria a dor mais uma vez?

Melhor não, a vida cheia dos pequenos detalhes me aguarda.

E de dor, já eu não passava...

Borboleta-Amarela
Inserida por Borboleta-amarela

A folha da frôndula
Solta, tão bela
A Borboleta amarela

Tom Goldani
Inserida por tomgoldani
1 compartilhamento

Embriagada de ardor matinal,
tonteia uma borboleta amarela.
Encolhido e com sono, um homem velho
descansa sentado junto à janela.
Entre as folhas da primavera, um dia
de viagem cantando partiu ele:
de uma porção de ruas a poeira
passou voando sobre os seus cabelos.
Naturalmente as árvores em flor
e as borboletas voando amarelas
parecem hoje as mesmas de outros tempos:
como se o tempo não tocasse nelas.
Os perfumes e as cores, entretanto,
tornaram-se mais finos e mais raros:
fez-se mais fria a luz, e o próprio ar
parece mais difícil respirar.
Como abelha a zumbir, a primavera
baixinho entoa os seus graciosos cantos:
a borboleta adeja em amarelo,
e o céu vibra em cristal de azul e branco.

Angell mayan
Inserida por AngellMayan
1 compartilhamento