Sara Cindy S.L.

Encontrados 18 pensamentos de Sara Cindy S.L.

Diario de Sara

Em dias de chuva eu fico triste sabe,
Levi é a cor que eu não consigo ver do lado de cá da cerca.
As minhas lágrimas as vezes se misturam as gotas da chuva,
Não se vêem borboletas amarelas
Nem cor de uva.
A grama alta às vezes como tapete felpudo que eu vou mesmo descalça sem medo de cortar os pés, estão encharcadas.
Eu tenho medo dele me achar
Uma menina boba.
Eu nem sou como Arethusa toda, toda.
Ah bobagem ele não pode ver.
Que cheiro deve ter meus cabelos pra Levi?
Amêndoas e baunilha o deixaram suspirando.
cheiro de leite
E leite combina com o quê?
Eu me pego pensando sem querer
Eu até que quero pensar,
Se ao invés de cheiro ele pudesse provar o gosto?
Talvez as amêndoas de Arethusa ficassem no bolso.
Levi parece um menino saidinho
Qualquer dia desses sem querer
Querendo dou um beijo nele com gosto de jaca.
Será que depois disso poderei vê-lo sorrindo?
Eu tenho medo.
Às vezes tenho medo da cerca.
Corremos risco do arame nos cortar
E se a gente sangrar?
É coisa de gente grande ter medo
Aposto.
Eu dormiria grudadinha ao pé da cerca
Se Levi estivesse lá.
Eu confio nele
Mas eu penso um tantão de coisas
Que me dão medo.
Que ele não leia nunca meu diário
Amém.
Ah que Arethusa vire uma bruxa descabelada,
Com cheiro de alecrim com pimenta do reino.

Sara Cindy
Holambra , 06/11/19

Sara Cindy S.L.

Folhas de diário de amor.

As vezes eu me levanto da grama,
Com meu coração nublado...
Como é que a gente faz dar certo amor de amigo?
De repente eu pensar assim é egoísmo.
O mundo pára quando escuto sua voz.
Quando ele fala mil e uma bobeiras...
Eu acho que eu tenho medo de coisas boas...
Pedi minha mãe uma Dipirona pra vê se passava uma dor por dentro.
Dizem que Dipirona passa tudo.
E será que passa a vontade de ficar mudo?
A gente fica mudo quando se apaixona?
Tá certo, você é um diário mudo apaixonado...folhas caladas.
É tão frio longe da grama
A mão de Levi é quentinha...
Que ele nunca leia meu diário
Que a boca dele tenha gosto de biscoito de abacaxi.
Amém.
Ah obrigada por Arethusa
Ter virado cuscuz de avestruz.
Amém.

Sara Cindy
Holambra, 7/11/2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Ainda bem que eu tenho você...
O que seria de mim sem Essas folhas?
Quem sabe me achariam morta afogada em tantas palavras.
Talvez eu devesse fazer ciúmes em Levi.
Da turma dos bobos ele dá aula de esperteza.
Vi ele deixando " Nálucia" pegar um papel de carta.
Passa ano entra ano
Ele acha que ainda vai impressionar
Com eles.
É Levi tem suas relíquias
De verdade eu sei lá ás vezes é
Ruim ser amiga de Levi e gostar dele
Um "cado bão ".
Tenho que fingir que não vejo as coisas
Eu queria mesmo é que Levi falasse alguma coisa, tipo que eu sou bonita como Arethusa..
Eu tenho que arrumar um cheiro bom, daqueles que o vento traz.
Ah falei que gosto dele...Ele de alguma forma ele gosta de mim.
Eu acho que ele se assustou.
Acho que quem não vê, gosta mais de que quem pode vê. Vê se pode?
Que Levi nunca veja meu diário,
Amém.
E Que ele nunca esqueça de mim
Que eu seja especial como casco de jabuti.
Amém.

Sara gostava de
Falar coisas estranhas no fim dos seus desabafos.
Sabia que Deus guardava tudo.
E que nas coisas mais simples estava florindo cada vez mais um sentimento verdadeiro entre ela e Levi.

Sara Cindy S.L
Holambra, 8/11/19

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Folhas de um diário

Pular a cerca de fato foi o auge da emoção.
Certamente devo ter assustado Levi.
O fato dele poder enxergar me tirou umas angústias de dias...
Eu quero que Levi me veja.
Não que vá mudar algo, bom, talvez ele goste mais de mim, ou não.
Ah caramba, Arethusa? Nálucia?
Ah elas não conhecem Levi como eu.
Tudo bem ele é assanhado às vezes, isso sim...
Ah, eu sei de uma coisa eu peguei na mão dele, dei um beijo no rosto agora eu vou esperar,
Daqui a pouco mais ele enjoa de mim.
Aff eu gosto de mais da conta dele
Será que demais da conta é amor pra vida toda?
Eu quero um amor pra vida toda.
Que Levi nunca leia meu diário
Amém.
Que Levi não me deixe nunca, nunquinha.
Que seja tomando suco de jaca
Ou chá de abobrinha.
Entornando suco no quarto
Ou café na cozinha.
Bom dia 😘

Sara Cindy S.L.
Holambra
2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

...a gente não tem medo quando ama.
Quando a gente ama compra briga
Compra até jujuba sortida
(Odeio as verdes)
Como que a gente começa algo que nunca viveu?
Aprende. Um pouco cada dia.
Degusta, toca com os olhos...
É, Levi é bom de tato, mas tudo que verá daqui pra frente mudará sua vida.
A visão nos rege pro bem ou pro mal.
Mesmo sabendo que terá uma vida inteira pra aprender, gosto da idéia de fazer parte desses pequenos grandes passos. ( olhares)
É ele é branquelo e aguado (lindo)
Mas mais bonito que antes
Tem um brilho colorido nos olhos dele.
Tá bom eu sei, ele ainda não disse
Mas eu sei que ele me ama.
Eu tive uma idéia boba.
Levi me faz ter as idéias mais engraçadas.
Os sonhos mais fofos
Os gostos imprevisíveis
Acho que a maneira dele me tratar como menina fez com que eu me apaixonasse por ele.
.
.
Dia desses ele disse: - Sara fecha os olhos e abra a boca.
- ah lá vem você com essas brincadeiras Levi, o que é agora?
- Vamos, confie em mim.
- não é torta de cebola com pepino né Levi?
- não sua boba.
- tá.
Colocou na minha boca uma colherada de Danone de maçã Verde.
Abri os olhos e olhei pra ele...desejando que visse através dos meus olhos a surpresa. Eu adorava danone, Levi também.
Levi sabia que coisas bobas e simples me conquistavam.
Levarei pra ele danones, falarei da intensidade do vermelho,
Falarei da emoção do verde que nos impulsiona a caminhar,
E da alegria do amarelo que nos traz alegria como o sol,
Levi é meu sol.
Eu sei que qualquer dia desses eu vou dizer que o amo,
Mas vou esperar a hora certa.
Amém, que ele não veja antes da hora
Esse diário,
Que ele fique feliz com os danones
Como crianças com chocotone.
E pizza de peperroni
Amém.

Sara Cindy
Holambra 2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Um diário declarado

Levi me surpreende
Sempre.
Ele disse que me ama.
Saudade é uma palavra cruel
Do ponto de vista, de uma distância intocável.
Eu tenho saudade da minha amiga Lili.
Foi morar na cidade.
A Gente até fala, mas pouco.
Mas do ponto de vista tocável,
Ficar esse tempo longe de Levi,
Me fez ter certeza do que é amar de verdade, assim de verdadinha como a gente gosta de falar.
O diminutivo pra nós expressa grandeza, sabemos bem.
Tudo isso me dá certeza eu jamais encontrarei alguém como ele.
Sobre metades que falam por aí?
Eu me sinto jorrar como fonte de jardim dia e noite. Levi me transborda.
Eu o amo cada dia mais,
Por ele ser presente mesmo
Ausente, por dar cor aos meus dias
Por ser o bobo mais especial que jamais poderia ter imaginado encontrar
A Gente se transborda tanto que é difícil disfarçar.

Uma pena meu pai ter entrado na sala eu o teria beijado.
A presença dele me causa tanta coisa
O toque dele certamente me fará perder o centro de mim.

Que Levi não leia essa folhas,
( talvez ele faça piada )
Talvez um dia ele possa ler.
Que toda distância
Que toda saudade
Vire um fonte de felicidade
Amém.

Sara Cindy
Holambra 2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Vi pousar sobre a flor uma borboleta amarela,
Por instantes parei a leitura pra olhar pra ela...
Pude ver que seu mundo parava
As asas desaceleravam,
Naquele momento importava-lhe a flor.
Parei o capítulo dois de nós dois,
Refletia sobre o que acontecia
Ah sim, eu poderia fazer de conta que não.
Eu poderia fechar meus olhos.
vai me consumir as horas que percebo tão veloz e rápida é o tempo que fica.
Será que te ter muito nem é o bastante para que eu não me sinta
Mumificada o pouco de tempo que se afasta?
Eu sei que folhas não tem seu fim
Enquanto haja tinta,
Enquanto letras imprimem constantemente essas nossa páginas
Eu quero ler todas as suas
Folhas cruas e tão cheias de simplicidade e verdade.
Coloquei a borboleta e as suas sementes no meu coração.
Eu te amo Levi.

Sara Cindy
Holambra 2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Cheiro de árvore nova
Um aroma que só tem nessa época do ano.
Talvez tenha adormecido uns dois minutos nos braços dele, dono da minha primavera, enquanto desaceleravam nossos corações.
Há tempo pra tudo né...
Tempo de sentir,
Tempo de esperar,
Tempo de ser feliz,
Tempo de abraçar,
Tempo de parar.
Tem mais tempo pra nós sabemos
A gente sabe o tanto que é bom mesmo tendo tão pouco (além do tempo)
Era bom apenas sentir suas suaves mãos entre meus cabelos,
Pelos ombros,
Enquanto desenhava com a ponta dos dedos meu queixo, Enquanto inclinava levemente pra tão somente pra me dar o paraíso, um beijo suave transbordando entrega e necessidade
De aproveitar cada fração de segundo.
Ali, Naquele lugar, palco das nossas diversões de criança,
Ferramentas perigosas talvez
Mas naquele dia o único perigo era perder o tempo preciso que tínhamos.
Era o suficiente
O que tínhamos, o que somos um pro outro basta.
Será que eu já posso dizer que te amo Levi?
Terei vergonha no dia que ler esse diário,
Mas sei que um dia ele será seu
Assim como é meu.
Amém.
Que todo tempo
Gire como catavento
Infinito sentimento
De não acabar
Se o vento faltar vamos soprar
Ou com nossas próprias mãos fazê-lo rodar...

Sara Cindy
Holambra 2019

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

O lado de dentro.

De onde se vêem?
De dentro.
Dentro é o único lugar onde não podem separa -los
Sobre onde está o amor
Quando ele tem data pra se encontrar
Como a folha que cai da árvore no outono,
Na sua estação
No seu tempo
O tempo...
Ele é tão perfeito
Talvez pareça atrasado
E seria tão perfeito como agora?
A semente
O broto, a árvore, a folha nova
A estatura,
A estrutura,
A raíz,
O fruto.
E agora é a hora de ser colhido
Saboreado.
Valorizamos todo o processo até aqui.
Eu sei do lado de dentro e de fora
Que você chegou na hora.
Eu te amo pra sempre.

Sara cindy

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Som do amor.

Fala que me ama
E em meu peito se ajeita
Inventa traços
Contorna o abraço
Desenha em mim suas notas tão perfeitas.
Enquanto no seu colo me ajeita
Na mira dos seus olhos
Uma leitura de um agora tão marcado
O gosto da uma necessidade longe de ser fisiológica.
Mas totalmente dentro de uma esfera inexplicável
Onde a fome é de alma...
Nosso amor é música
Somos a melodia
A sintonia das notas
O começo, meio e fim
De algo infindável
Inabalável.

Sara Cindy

Sara Cindy S.L.

...Eu te amo
No presente
Passado e futuro.
Com tijolos de amor
Construo até você
Uma escada de excelência.
Aprendendo a dizer não
A sobrevivência
E vivendo
Sublimemente com
Você tudo o que permitido nos for...

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

E será que perpétuo será
O nó que da garganta
No peito comece a habitar?
Homogênea emoção
Não sei se aprenderei a fingir
Que tudo bem a soma de dois inteiros
For pra sempre uma metade .
Ocultarei sua real importância
Disfarçarei o desejo abrasador
Misturado ao amor cultivado
Com tanto apreço,
Entre mil caminhos eu como cega te acharia na multidão apenas pelas batidas do seu coração,
Pela frequência do querer
Como barco a vela guiado pelo vento.
Assim como a gente se acha todo dia.
A Gente se acha com as mãos
Com o pensamento,
Quando vamos a lugares tão especiais
Juntos...
Ou quando a gente cria junto meia dúzia de atos tão pensados
E nem combinados.
O que combina é o que é quanto está junto...

Sara Cindy S.L.

Eu voltei pra casa,
O coração tão longe de mim,
A vida tão apagada
Como a própria morte.
Que seja um pássaro
Que seja um homem
A dor na grama era evidente em ambos e me dilacerou da mesma forma.
Acho que a gente vai aprendendo
A saborear a força, o gosto de algumas comidas ruins como jiló.
Só porque de alguma forma é preciso
O nutriente que ela tem,
Ou o gosto ruim precisa contrastar
Por um motivo que só Deus poderia explicar...
A Gente não gosta de falar de percursos e de chegadas
E de fins, mas o que fazer no cenário
Onde se sangra e onde aparentemente se foi a vida?
Sangrar, inventar o ar.
E como a gente chorava quando se machucava lá no casebre,
E saía correndo,
Chamando mamãe.
Agora a gente prende a respiração
E sente o suor brotar do rosto de tanta dor, mas aguenta calado.
Na esperança de sermos cobertos por um bálsamo.
Enquanto nos invadia a esperança do canto, Abraçada com Levi
Era possível senti-lo tremer
Tamanha era sua dor.
tão grande, refletia em mim.
Até porque eu odeio saber que ele sofre.
Mesmo com todas as palavras
Com todo amor, Eu disse a ele que o único fim infindável
É o que eu sinto por ele.
O ninho onde há proteção
Alimento e amor
Prevalecerá
Estando vazio,
Estando habitado,
Estando presente,
À algumas quadras,
Algumas estradas...
Infelizmente não se ouvirá o canto daquele pássaro.
Mas se ouvirá o canto da esperança sobrevoando sobre as nossas vidas,
E o amanhã é tão surpreendente, mas
Esperamos como prévia certeza a dor.
Eu engano todo o quadro de impossibilidades,
E transformo na mais linda realidade.

Gratidão nas folhas desse diário
Tão seu como meu,
cantante como um canário
Poemas como nosso abecedário
Hahaha perfume de jaca no meu armário.
Amém.
Paciente como patins no paralelepípedo.
Amo você, for ever...

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Amor..quanta saudade cabe num peito.
Afastar o pensamento da realidade, cada dia é mais difícil.
Porque a realidade é que eu faria o que estivesse ao meu alcance pra estar com você..
Todos os livros,
Escritos
Projetos,
Todos sem rumo antes
Agora tão ligados aos meus olhos fechados,
Buscando o brilho dos seus
Suas piadas inesperadas..
Nem de olhos abertos tenho trégua,
Eu me jogo em teus braços
Eu sinto seus lábios por toda parte,
e anseio dia e noite
Me entregar a ti
De todo corpo
De toda alma
De toda vida...

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Eu me dei conta,
Não consigo escrever mais
Algo que te descreva a mais.
Mergulhada dentro de um sentimento
Oceânico,
Eu naufraguei propositalmente
Em nome de viver as profundezas desse amor.
Longe de ser morte ou derrota naufragar,
Longe de ser vida em terra firme estar.
Não tem fim o horizonte
Não se sabe o fim
Mas sabe-se o começo da fonte
Jorrando incessantemente
Águas que nos saciam o breve e valioso momento.
Tem cor, vida e amor
No infinito profundo e eterno oceano.
Amor de oceano...

Sara Cindy S.L.

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Tracejo seu rosto com poesias
Escritas a língua,
Portuguesa ou a que você quiser,
O caminho até a sua boca
É uma pintura vintage,
Raridade e preciosidade
Não importa nossa idade
Transformamos tudo em realidade.
Dentro de nós não cabem brevidades
Temos bagagem de felicidade,
Juntos parecendo loucos,
Vivemos um Amor de provar aos poucos
É o sabor do vinho que ficou guardado.
A vinha escolhida,
Pra ser o amor da minha vida.

Sara Cindy S.L

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Os olhos negros como escuridão
Paralisaram o curso da respiração.
Assim como congelaram uma via de olhares buscando um só instante
O mergulhar de quem sabe, um mar de lágrimas boas.
Que importa o que dizem os invejosos de nós?
Eles nos olham na esperança de encontrar quem sabe alguma verdade
Que ressignifique algo num interior hipócrita e medíocre,
Moldado por pensamentos e crenças
De homens.
Não me enquadram em seus inúteis padrões.
Quem faz as escolhas do coração senão o próprio, com sua vida própria pulsante e ávida por bater, como asas de um beija-flor...
Viverei apenas de te olhar com meus olhos fechados,
Perto e longe.
Braile de amor, porque foi no escuro que aprendi a te amar...

Sara Cindy S.L

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2

Vento frio no fim da tarde era sempre normal no campo.
A noite já caía a temperatura e ainda mais em janeiro apesar de verão,
Chovia torrencialmente
Fora e dentro.
*
- Promete que vai ficar bem Levi?
- Só se prometer nunca ir embora,
Nem pra comprar pão Sara.
- Hahaha combinado! Morreremos de fome, mas juntos...
*
Eu beijei os olhos dele, cheirei os cabelos (amava o perfume dos cabelos dele)
Ele precisava descansar, esperei que dormisse para sair.
Era ruim saber que Levi estava doente e nem existia um remédio pra o que ele tinha no momento, mas a dor amenizava com morfina.
Eu voltei pra casa com o cheiro dele nos meus braços, na minha roupa
Nas minhas mãos,
Queria correr o relógio
E pular a etapa da dor
É, não dá pra burlar a vida.
Só sei que eternas são as horas longe dele,
Eu aqui quase não durmo esperando que amanheça e eu tenha a chance de respirar mesmo ar que ele...
E quando a gente ama, a gente faz questão de viver a dor, e a alegria.

Certeza de não ter cometido nenhum engano,
Foi te entregar meu coração
E dizer todo dia 56× te amo

Sara.

Sara Cindy S.L.
Inserida por diariodesara2