Coleção pessoal de zatonio

1 - 20 do total de 162 pensamentos na coleção de zatonio

Somos fragilmente
findos.
Inda que nos imaginemos
Infinitos...

Zatonio Lahud
Tags: poesia infinito

Eu,
Que livre
Um dia fui...
Virei escravo
Da saudade
De tua ausência.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

A História da decadência e queda de homens poderosos está sempre ligada a excesso de orgulho, vaidade e sexo.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

O STF, que deveria ser o guardião da ordem jurídica da Nação é, em verdade, o cafetão da zona jurídica que assola o Brasil!

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

Enquanto não vencer o populismo, o corporativismo, o fisiologismo e o nepotismo, o Brasil será sempre a nação que virou um tempo verbal: o país do futuro... do passado!

Zatonio Lahud

Pensamento do Google (o genérico de Deus)

Vinde a mim os ignorantes e eu vos iluminarei!

Zatonio Lahud

O que pode custar
uma noite de amor?
Às vezes, nada...
Outras,
uma eternidade
de saudade e dor.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

O politicamente correto é uma forma de stalinismo cultural!

Zatonio Lahud

Roubava...
Sem remorso
Todas que podia
Depois as amava
E as soltava pelo mundo
Em forma de poesia
As palavras roubadas
O poeta.

Zatonio Lahud

Vivemos tempos soturnos.
Tempos tristes...
Tempos rudes!
Tempos de louvação à morte.
Teremos tempo de ver mais humanos tempos?

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

Quanto mais poder um burro tem mais coices ele dá!

Zatonio Lahud

Pai,
perdoa-lhes,
eles não sabem
o que fazem...

Mais de 2 mil anos depois:

Pai,
perdoa-lhes,
eles não aprenderam
nada...

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

O "Burrismo" é a mais importante das ideologias criadas pelo homem. Vomite uma profusão de asneiras e milhões te seguirão e matarão em seu nome.

Zatonio Lahud

Desde menino
Ouço dizer
Ser o Brasil
O país do futuro

No entanto
Até hoje
Só vivi
O futuro
Do pretérito

Quão longe
Nos perdemos
Nas sendas do passado
Que nosso futuro
Tão longínquo...
Vive sendo adiado?

Zatonio Lahud

Pensamento anarquista do Barão:

Manda quem pode, eu desobedeço porque não tenho juízo.

Zatonio Lahud

Por falta de tempo
Perdemos o mais precioso
De todos os tempos
O de perder tempo
Proseando com os amigos
É o tempo perdido
Mais útil que podemos ter
É tempo ganho
Tempo feliz.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

O sujeito era tão ruim de cama que levou chifre até de sua boneca inflável.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

Um burro será sempre um burro, mas um burro que lê bons livros ao menos será um burro culto.

Zatonio Lahud

Pensamentos do Barão

Em terra de burro quem tem um neurônio é gênio.

Zatonio Lahud

Uma vírgula
Ponto
Um ponto e vírgula
Pronto
A vida toma acento
Entre símbolos ( ... )
Entre amores. Ponto?
Uma vírgula! Segue...
Entre reticentes reticências...
Até a morte...
O ponto final.

Zatonio Lahud
Tags: poesia vírgula