Letícia Del Rio

151 - 175 do total de 420 pensamentos de Letícia Del Rio

Sonho de olhos bem abertos,
Com o dia,
Aquele belo dia,
Nós dois deitados na areia da praia,
Onde as incontáveis estrelas clareiam,
Iluminam os olhares,
Ouvindo o ruído do mar,
Manso,
Maré baixa numa noite calorosa,
A brisa refresca nossos corpos,
Nossos sorrisos refrescam os nossos corações,
Que de tão perto,
Logo se ajeitam no mesmo compasso,
Fazemos um laço,
Tão forte,
Não por sorte,
Mas por pulso firme do Criador.
Um prazer,
Maior que todos desse mundo,
Um mergulhar profundo,
Onde um se tornam dois,
Com a bênção do nosso Salvador.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Tuas palavras,
O que você é,
Não o que você faz.
Porquê quando alguém faz, pode deixar de fazer a qualquer momento,
Mas quando se é,
Traz segurança,
Paz,
A confiança.
Confio na sua fé,
Por isso confio em você,
Clareza em tuas intenções,
Beleza nos versos,
Me olha por dentro,
Me vira do avesso,
Eu e você não temos mistério,
Gestos sinceros,
Me fazem gostar ainda mais de você,
Não é sem querer não,
Em desequilíbrio de coração,
Mas com toda consciência,
Descendência,
De à cada passo ser mais de você.
Desejo de cuidar,
De amar,
Te dar a mão e viajar o mundo,
Num imenso amor,
Tão profundo,
Que só quem tem fé é capaz de imaginar.
Agradeço à Deus,
Sobre você e eu,
Minha bênção que vem do altar!

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Quero ser aquela brisa leve na janela,
Que sente na pele dia quente de verão,
Quero ser tua paz ,
Quem te satisfaz,
Meu colo seja teu refúgio,
Jamais subterfúgio,
Após um longo e cansativo dia,
Um conforto,
Quero ser teu lar,
Pra onde tenha sempre o desejo de voltar,
Sabor daquele chocolate delicado,
Derretendo na boca bem devagar,
Aroma de café pela manhã te fazendo levantar,
Que seja essa minha doçura,
Equilibrada,
Delicadeza no paladar,
Que eu seja sutileza,
Como um sussurro no ouvido,
Claro e profundo,
Onde a compreensão só interessa a nós,
Vocabulário próprio,
Presentes que não tem preço,
Por serem manifestações vindas da alma.
Quero a plenitude de Deus,
Entre você e eu,
Pedaço do céu na Terra,
Uma vontade enorme de te chamar de meu amor.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

A arte representa o desnudamento da alma,
É quando seu eu interior transcende o corpo físico e se mostra em palavras, canções, pinturas e tantas outras formas.
Expressões.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Imagine você e eu,
Naquele dia de chuva,
Nos dois de pantufa,
Esperando o sol nascer,
Longas conversas,
Chá quentinho, café,
Deitados no tapete,
Envoltos de edredom,
Nossa vitrola tocando aquele jazz,
O nosso som,
Estrelas iluminam a noite,
O sol logo nasce,
Alegria de um novo dia,
Como se o tempo fosse vento,
Traspassando-nos tão rápido,
Sem sombra de lamentos,
Apenas sorrisos largos,
Toques sinceros,
Palavras de amor.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Sonho alto,
Mas de pés bem fixos ao chão,
Aprendi que a fé,
Está de mãos dadas com a imaginação.
O calor da emoção não altera minha percepção,
Observo,
Como águia,
Olhar fixo, fito a caça,
Representatividade de objetivos,
Com eles bem traçados,
Sigo olhando pro alto,
Para Aquele que me pôs essa fé,
A cada conquista a glória,
Que nunca minha,
Reconheço a minha dependência de Deus,
Vem os fracassos, vindo de escolhas inexatas,
Nunca olho como horas ingratas,
Apenas como águia observo.
Fito os olhos na caça,
E na direção certa,
De fé e ação coberta,
A recompensa sempre vem.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Dia de chuva, o pensamento traz você,
Tempo amigo, perto de te ver,
Nesse belo dia eu quero ser tua poesia,
Canção,
Mergulhar no fundo do castanho de teus olhos,
Fazer-te em sorrisos largos,
Com todo carinho e juízo,
Presente lindo que Deus me deu,
Coisa linda do céu!

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Eu creio em nós,
Não por sentimentos rasos ou achismos,
Quero viver com você a paz de um amor tranquilo.
Quero ser seu descanso,
Alegria e jamais agonia.
Sabor doce,
Saudável como açúcar maskavo,
Sem peso,
Com todo carinho,
Atenção e comprometimento.
Juntos de mãos dadas,
Vamos vencendo na fé,
Que as mudanças venham ser para melhorar cada vez mais,
Sempre na paz,
Quero o prazer da tua presença,
Quero morar no teu sorriso,
Que nossas vidas sejam cada vez mais um pedaço do paraíso.
Essa é minha fé,
Através da presença que me põe de pé.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Presença constante,
Te carrego em pensamento,
Quero ser o teu porto,
Lugar com segurança para que possa descansar,
Brisa suave,
Aquele dia de tarde num trapiche à beira mar,
Deixo que me conduzas nessa dança,
Com confiança,
Sabendo para onde vai me levar,
Jamais negarei minha presença,
Como um reflexo onde é inevitável sempre se olhar,
Quero ser presença intensa fixa,
Quero morar no teu olhar.
Olhar que unimos para um único lugar,
Objetivo certo aonde queremos chegar,
O céu, aonde um dia iremos morar,
Enquanto isso, que a presença um do outro seja sempre um paraíso,
A presença de Deus é vitória certa,
Porquê o céu só é céu, pois Ele mora lá!

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Poetiza, sim sou,
Não por querer,
Sim, pelo desejo de Quem me Criou,
Com palavras contorno em formato minhas idéias,
Transbordo em mim,
Prolixidade me precede,
Não consigo parar,
Como um pintor que com seu pincel mostra-se em cores,
Mostro-me em caneta e papel,
Pinto minhas idéias em formato de letra,
Meu ser num papel,
Sou melhor com palavras escritas,
Transcrevo-me com maior precisão,
Numa conversa intrínseca,
Entendimento de mim,
Meu eu transcrito em verso,
Não o inverso,
Este é o meu universo.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

O pior tipo de ausência é a que se faz presente mediante presença.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Tudo começou em prolixidade,
Chegou vestido de sorrisos e poesias,
Munido de versos e melodias,
Olhos castanhos,
Morava nos meus versos,
Eu me fiz parte dos teus,
Nunca foi ausência,
Sendo que a pior ausência é a que se dá na presença,
É sentir saudade mesmo estando perto
Ausência de palavras,
Demonstrações de afeto,
Carinhos, palavras sinceras, segurança,
O calor de beijos intermináveis,
Canções de amor.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Só, de tão audível silêncio que ensurdesse,
Só, de um tão alto silêncio que estilhaça a vidraça, dessa vida que se passa.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Papel e caneta temporariamente viram fumaça,
Criatividade que se esvai,
Tempo que corre,
Saudade aperta no peito,
Palavras dão lugar ao silêncio.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Tornei-me em palavras intrínsecas,
Prolixidade me passa,
Como num dia chuvoso,
Tempo nublado,
Impetuoso vento,
Logo o cinza do silêncio dá lugar ao azul alaranjado do céu,
Cores quentes,
O calor do sol esquenta a pele,
As palavras voltam a soar.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Introspectiva,
Lanço-me em meu interior,
Visceral,
Viajo em cada passo à fundo,
Redescubro-me contigo,
Reforma interior,
Certeza da escolha certa,
Deus, você e eu,
Quero percorrer contigo longo caminho,
Cabelos brancos,
Mãos dadas,
Noites inteiras contigo abraçada,
Longos beijos que sem necessidade de palavras desnudam cada pensamento de amor,
Entrega,
Somos um só.
Deus, você e eu.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Quem pode mais que Cristo,
Falar sobre amor não correspondido?

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Lindas palavras camufladas de amor,
Somente se transformam em tristeza e dor,
Palavras,
Se tornam grandes mentiras,
Quando não vividas,
Prefiro que sejas,
Então fico em silêncio,
Para que meu caráter se torne prolixo.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

O caráter de uma pessoa é forjado pelos seus frutos e não pelas suas palavras.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

A triste realidade deste mundo,
Um desamor tão profundo,
Obscuro orgulho,
Maduro,
Coração impuro,
Não se compraz,
Lágrimas para ele,
São como pingos de chuva,
Inodoros, insípidos e sem cor,
Usa pessoas como objetos,
Se finge de amor,
Causando a mais imensa dor,
Sem pedir desculpas,
Pois, não há consciência,
Num eu tão grande que causa dormência,
Anestésico pesado,
Alucinógeno desse mundo,
Escuro e profundo,
Sem precedentes,
Destruição de muitos,
Aprendizado à astutos.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

O tempo é como o vento,
Sopra para longe cada amargo momento.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

O segredo da mais pura paz e verdadeira felicidade é o Amor,
O Amor tem Nome,
Acima de todos os nomes,
Senhor Jesus,
O verdadeiro Amor,
Não se prova por belas palavras,
O Amor tem formato de Cruz,
Quem Ama como Ele Amou,
Dá a vida, trata o outro,
Como a si,
O Amor verdadeiro tem gosto,
Não traz desgosto,
Pois, onde à luz,
Não há espaço para trevas,
E vice versa.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

O segredo é o amor,
Os bons olhos são luz,
Que transformam solidão em esperança,
Olhe com olhar de uma criança,
Que com pureza alcança,
A plenitude de Deus.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Na memória, as lembranças daquela cidade,
Tão fria,
Quanto os corações de quem habita,
Tão cinza,
Quanto seu sombrio amor,
Que não convence,
Não se dá,
Guarda-se à si mesmo em sofrimento,
Próprio e alheio,
Solidão.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987

Plantei Amor,
Colhi felicidade.

Letícia Del Rio
Inserida por LeticiaDelRio1987